Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Sexta-feira, 16 DE Dezembro 2011
publicado por Vaxko Zakarias às 12:46
 O que é? |  O que é? | favorito
Valige Tauabo

OS Campeonatos Nacionais de Ténis de seniores e juniores arrancam simultaneamente este domingo nos “courts” do Jardim Tunduru, na cidade de Maputo. Esta é uma edição longe de corresponder as expectativas face às limitações financeiras, uma vez que a Federação Moçambicana de Ténis (FMT), à semelhança de outras, não dispõe de fundos que anualmente são alocados pelo Fundo de Promoção Desportiva para as actividades mais importantes, como é o caso dos campeonatos nacionais.

 

As delegações provinciais aos “Nacionais” em perspectiva serão as mais reduzidas de todos os tempos, sendo que cada uma será composta por dois atletas, cabendo às associações provinciais assegurar as despesas de transporte e alojamento, o que não tem sido habitual.

 

 

Entretanto, fora de Maputo-cidade e província, que jogando em casa entrarão com maior número de atletas, estão confirmados oito jogadores das províncias de Sofala, Manica, Tete, Nampula e Niassa. No entanto, caberá a cada delegação decidir a inclusão de juniores ou seniores no número limite a seleccionar.

 

As duas provas serão disputadas nas categorias de singulares homens e senhoras, rapazes e raparigas, respectivamente.

Este é o primeiro campeonato em que a FMT se encarregará pela premiação. O presidente da instituição, Valige Tauabo, afirmou que dada a limitação de meios, os atletas que vêm das províncias vão estagiar em casa de familiares ou amigos.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:41
 O que é? |  O que é? | favorito
piscina Raimundo Franisse, na Associação de Natação da Cidade do Maputo (ANCM)

O CAMPEONATO de Natação de Verão da Cidade do Maputo, que devia ter arrancado quarta-feira, na piscina Raimundo Franisse, na Associação de Natação da Cidade do Maputo (ANCM), ficou adiado para uma data ainda a anunciar por razões organizacionais.

 

Para minimizar a situação da falta de competições, aliada à indisponibilidade da piscina, que motivou o atraso da abertura da época (abre normalmente a 1 de Setembro), a ANCM projectou o Torneio de Preparação para este fim-de-semana, abrindo espaço para que os clubes avaliem o estado de forma dos respectivos atletas a anteceder o campeonato.

 

 

O torneio, a ser disputado em quatro jornadas (duas sábado e igual número no domingo) nos escalões de pré-iniciados, iniciados, infantis, juvenis, juniores e seniores, vai contar com a participação de quatro clubes, nomeadamente Golfinhos, Ferroviário, Desportivo e Tubarões.

Aos melhores classificados individuais, os primeiros três, serão atribuídas medalhas de ouro, prata e bronze, respectivamente, ganhando o que obtiver maior número de medalhas de ouro em cada escalão e sexo. E aos três melhores clubes caberão taças e será proclamado vencedor o clube que reunir maior número de medalhas de ouro. 

 

 

O adiamento do Campeonato de Verão deve-se aos trabalhos finais em curso na piscina da ANCM, que foi alvo de algumas obras de vulto, com destaque para a pintura geral do recinto (interna e externa), mudança do bloco de partida e mexidas na maquinaria que garante o funcionamento daquela infra-estrutura. Desde a semana passada que decorria o enchimento da água para posterior tratamento, a anteceder o início das actividades. Na altura, a ANCM havia projectado o arranque das actividades das escolas de iniciação.

 

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:21
 O que é? |  O que é? | favorito
Ferroviario vs Maxaquene

À MEDIDA que a Liga Nacional de Basquetebol em seniores masculinos se aproxima do final, a margem de erro das equipas participantes vai diminuindo.

 

Se na fase de grupos havia espaço para errar, hoje, com a disputada dos quartos-de-final, em que apenas o vencedor pode seguir em frente, a margem de erro é zero!

 

 

O desafio mais apetitoso da ronda é aquele que terá a honra de encerrar a ronda, trata-se do Desportivo-Costa do Sol com início previsto para as 20.00 horas no Pavilhão do Maxaquene, palco que vem albergando, desde sábado passado, a mais importante competição de basquetebol do país.

 

 

Desportivo, segundo da Série A, não deixou uma boa impressão na última partida da fase de grupos, tendo perdido com o Ferroviário, facto que lhe custou a perda do primeiro lugar. Muitos passes falhados, oportunidades claras de encestar, foram desperdiçados vezes sem conta pelos “alvi-negros” que hoje terão pela frente um velho conhecido, o Costa do Sol, naquele que também é conhecido como “derby das aves”, ou não estivessem frente a frente “águias” e “canários”.

 

 

 

A expectativa é enorme em torno deste jogo, até porque os “canarinhos” já mostraram que possuem argumentos para triunfar. As “águias” que se cuidem, e se repetirem a desastrosa exibição frente aos “locomotivas”, as probabilidades de ficarem pelo caminho são maiores.  

 

      

Dos grandes, o Ferroviário do Maputo, primeiro classificado da Série “B”, é o que teoricamente tem a vida mais facilitada atendendo que defronta A Politécnica, quarto da A. Após o triunfo diante do rival Desportivo, os “locomotivas” estão em alta na prova a todos os níveis. A confiança, moral e, acima de tudo, o espírito de grupo ficaram fortalecidos e é de esperar que a “locomotiva” passeie a sua classe já a pensar no embate das meias-finais.  

 

 

A anteceder este desafio, o Maxaquene, primeiro da Série B, mede forças com a UP, quarto da A. Trata-se de um despique com espectro de vingança por parte dos “tricolores”, visto que ainda têm a espinha entalada na garganta depois de terem sido surpreendidos por este mesmo adversário no Campeonato da Cidade do Maputo. Embora seja inquestionável que os campeões nacionais são favoritos a vencer é preciso realçar que doutro lado estará uma equipa motivada e que quer criar mais desabores.

 

 

Os ânimos vão aquecer quando o Ferroviário da Beira, segundo da Série B, bater-se com a Soprotecção de Quelimane, terceiro do A, naquela que é a única partida que não envolve equipas da capital do país. Estarão em campo duas equipas superiormente estruturadas e que têm oferecido muita qualidade à prova, sendo que hoje não deverá fugir à regra. Antevê-se um desafio equilibrado entre beirenses e quelimanenses.

 

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:10
 O que é? |  O que é? | favorito
Desportivo de Maputo

A PRIMEIRA fase da Liga Nacional de Basquetebol serviu, mais uma vez, para elucidar o poderio das equipas da cidade do Maputo. Das dez equipas envolvidas na fase de grupos, seis eram da capital do país e todas lograram transitar para os quartos-de-final, a saber: Maxaquene, Desportivo, Ferroviário do Maputo, Costa do Sol, Universidade Pedagógica (UP) e A Politécnica.  

 

 

Os indicadores são claros no que diz respeito à superioridade dos representantes da cidade do Maputo em relação às equipas das províncias. De uma maneira geral, o nível de básquete dos maputenses continua a estar uns bons degraus acima do das restantes formações do resto do país.

 

Embora se procure encontrar um equilíbrio através de uma Liga de Basquetebol mais profissional e regular procurando envolver diversos clubes, o fosso é ainda significativo. A aposta na regularização da competição interna, a nível da própria província ou cidade, é definitivamente a base, o alicerce para a médio e longo prazo, se possa ter “básquete” nas outras províncias.

 

 

O Ferroviário da Beira é a única equipa que vai tentando lutar para quebrar a hegemonia das equipas da capital do país. Com presenças frequentes nas Ligas Nacionais, mostra que a aposta na bola-ao-cesto é séria. À semelhança dos beirenses pede-se que surjam mais formações com a mesma disponibilidade e força, se assim for, a modalidade ganhará mais interesse e competitividade.

 

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:04
 O que é? |  O que é? | favorito
Inak Garcia

NO desafio entre o Maxaquene e o Ferroviário da Beira houve um despique à parte envolvendo dois técnicos espanhóis: Inak Garcia e Luís Hernandez. Eles que um dia antes do jogo haviam mantido uma longa conversa, quiçá já a projectarem as suas férias na terra natal, Espanha, travaram um duelo interessante na “guerra” das tácticas.

 

Durante sensivelmente duas horas a amizade foi “posta de lado”, afinal amizade e trabalho são coisas que não se misturam, cada um luta para defender o seu “pão”. Inak, ao serviço do Maxaquene, e Hernandez, do Ferroviário da Beira, mantiveram um equilíbrio na forma como foram gerindo as suas formações. Nalgumas vezes eram os “tricolores” que estavam por cima dos acontecimentos, noutras os beirenses, uma toada que se prolongou até o último minuto. Era difícil vaticinar qual dos espanhóis seria o último a rir.

 

Mas, no último minuto, Hernandez meteu “água”, complicou o lógico, ao abdicar dos bases numa altura em que estava melhor e precisava de pegar no jogo. Inak, que não é nenhum leigo na matéria, muito menos ingénuo, deu ordens para o “pressing”, estratégia certa para aplicar a machadada final ao seu compatriota. 

 

 

 

JOGOS DOS QUARTOS-DE-FINAL

 

Hoje

 

 

 

 

14:00 h Ferroviário do Maputo (1° da Série A)-A Politécnica (4° da B).

16:00 h – Maxaquene (1° da Série B)-UP (4° da Série A).

18:00 h Ferroviário da Beira (2° da Série B)-Soprotecção de Quelimane (3° da Série A).

20:00 h Desportivo (2° da Série A)-Costa do Sol (3°  Série B).

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:50
 O que é? |  O que é? | favorito
Quinta-feira, 15 DE Dezembro 2011
Maxaquene vs Ferroviário

O MAXAQUENE, campeão da duas últimas edições da Liga Nacional de Basquetebol em seniores masculinos, e o Ferroviário, campeão em 2008, não deixaram os seus créditos por mãos alheias ao apurarem-se para os quartos-de-final como primeiros classificados nas respectivas séries, depois de ontem terem terminado a participação na primeira fase com vitórias sobre os principais concorrentes.

 

Assim em desafios da quarta e última jornada, os “tricolores” venceram o Ferroviário da Beira, por – , na Série B, enquanto os “locomotivas” bateram o Desportivo, finalista vencido na edição anterior, por 59-48, na A.

 

O Maxaquene e o Ferroviário exibiram total supremacia na primeira fase tendo somado por vitórias os quatro jogos disputados.

Na noite de ontem, com o pavilhão do Maxaquene a registar a maior enchente desde que iniciou a prova (último sábado), a equipa “tricolor” e “locomotiva” tinham pela frente os testes mais difíceis já que defrontavam os principais rivais da fase de grupos. Ambos souberam dar uma resposta que dignifica o estatuto que têm no basquetebol a nível nacional.

 

Nos quartos-de-final, o Maxaquene defrontará a UP, que na tarde de ontem, venceu a formação da Matolinhas, por 53-50, e assegurou o quarto lugar da Série A. Matolinhas, à semelhança da ISP de Tete, foram eliminados.

 

O Desportivo vai medir forças com o Costa do Sol, terceiro classificado da Série B, que ontem venceu A Politécnica, por 69-58. quarto classificado da Série B, que no desafio de ontem, perdeu com o Costa do Sol, por 69-58.

 

O Ferroviário de Maputo, por sua vez, bate-se, nos “quartos”, com A Politécnica, quarto classificado da Série B.

Já o Ferroviário da Beira, segundo da Série B, terá que esgrimir forças com o terceiro da “A”, a Soprotecção, que ficou de fora na ronda de ontem devido ao número impar de equipas.

 

Hoje é dia de descanso para as equipas e quiçá traçarem a melhor estratégia para a fase do “mata-mata” a ter início já amanhã.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 14:02
 O que é? |  O que é? | favorito
Bola

Série A


Matolinhas-UP (50-53)

Ferroviário do Maputo-Desportivo (59-48)

Soprotecção de Quelimane ficou de fora

 

Série B


Costa do Sol- A Politécnica (69-58)

Ferroviário da Beira –Maxaquene (49-65)

ISP de Tete ficou de fora

Jogos dos quartos-de-final

 

AMANHÃ

 

 

Ferroviário do Maputo (1° da Série A)-A Politécnica (4° da B)

Desportivo (2° da Série A)-Costa do Sol (3°  Série B)

Maxaquene (1° da Série B)-UP (4° da Série A)

Ferroviário da Beira (2° da Série B)-Soprotecção de Quelimane (3° da Série A)

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 13:55
 O que é? |  O que é? | favorito

DECORRE desde 26 de Novembro o II Torneio Infanto-Juvenil da Cidade da Matola em andebol envolvendo a pequenada dos 12 ao 14 anos pertencente a várias escolas primárias locais, nomeadamente Matola C, Ngungunhane, Bagamoio, Tunduro, Matola D, Matola H e Abubacar, mais as secundárias da Matola e da Liberdade.

 

O torneio, que se prolongará até 23 de Dezembro de 2011, conta com a participação de 18 equipas, sendo 10 masculinas e as restantes femininas, totalizando um universo de 250 atletas.

 

 

Este evento é promovido pela Associação de Andebol da Cidade do Maputo (APAND) e tem como principais objectivos massificar a modalidade a curto prazo, potenciar os campeonatos dos Jogos Desportivos Escolares, preparar atletas para os próximos Jogos da CPLP, projectar jogadores para representar a província no desporto federado, isto a médio prazo e transformar Matola em capital de andebol, a longo prazo.

O evento será acompanhado por palestras com a finalidade de associar a componente educativa com temas como direitos da criança, boas práticas ambientais e combate aos males que enfermam a sociedade, com destaque para droga e HIV/SIDA.

 

Homenagem a Fau…

 

A introdução deste torneio, em 2009, seguiu-se à morte do ex-professor e treinador do Desportivo da Matola e tornou-se num evento em sua homenagem. Aliás, a APAND quer com este torneio resgatar jogadores à imagem dos atletas que outrora deram muito de si em representação da Matola, que era a potência do andebol nacional.

 

São os casos de Nuno, Canda, Dua, Abdul, Gota, em masculinos; Tilela, Arlinda, entre outras, em femininos.

 

Porém, o maior revés que o andebol da província do Maputo enfrenta é falta de interesse nos poucos clubes existentes de abraçar a modalidade para darem continuidade ao trabalho que é feito ao nível dos Jogos Escolares e actividades de projecção de talentos levada a cabo pela APAND. Para minimizar o problema, a associação vai organizar um campeonato provincial envolvendo jovens com idade para o desporto escolar.

 

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 13:41
 O que é? |  O que é? | favorito

ACADÉMICA B e Fire Ladires conquistaram, no último, a Taça Maputo de voleibol em seniores masculinos e femininos, respectivamente.

 

A surpresa veio em masculinos com Académica B a vencer Académica M, por 3-1 com os parciais de 26/24-25/20-20/25 e 25/23.

A segunda equipa dos “estudantes” mostrou-se mais coesa que os teoricamente mais fortes após quatro “sets” muito bem disputados.

Em femininos, Fire Ladies teve de se empenhar a fundo para vencer Maputo Jet’s/FPLM pelo mesmo resultado mas com os parciais de 25/20-17/25-25/18 e 25/18.

 

A mcel B ficou em terceiro lugar, em masculinos, ao vencer a Hulene Sports numa partida bastante renhida. O triunfo de 3-2 foi obtido só ao quinto “set”. Os parciais foram os seguintes: 25/19-26/24-29/31-23/25 e 15/09.

 

 

Entretanto, Académica M garantiu o terceiro lugar, em seniores femininos, ao vencer, na quarta-feira, Académica B, por 3-0, com os parciais de 25/8-25/19 e 25/18.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 13:33
 O que é? |  O que é? | favorito
Dezembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO