Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Quarta-feira, 23 DE Novembro 2011

 

 

A SEGUNDA jornada do Torneio Samora Machel em hóquei em patins tem agendado para esta noite, no pavilhão do Estrela Vermelha, embates entre os vencedores e derrotados da ronda inaugural.

 

Assim, o Ferroviário, que destronou na primeira jornada, o Desportivo, mede forças, a partir das 20:00 horas, com o Estrela Vermelha, no jogo de abertura.

 

A seguir será a vez da Liga Muçulmana, que venceu o Estrela, na estreia, jogar com o Desportivo.

Se no jogo entre o Ferroviário e o Estrela, os “locomotivas” são claramente favoritos, o mesmo já não se pode dizer em relação ao embate entre “alvi-negros” e “muçulmanos”. É que apesar de as “águias” terem maior tradição e reunirem maior expressão na modalidade, o facto é que nesta altura não atravessam um bom momento e podem ser surpreendidos pela Liga que possui uma equipa melhor estruturada e mais motivada.

 

 

CLASSIFICAÇAO ACTUAL


                                             J             V             D                G         P

Ferroviário                               1          1          0          17-2     3

Liga Muçulmana                       1          1          0          4-3       3

Estrela Vermelha                     1          0          1          3-4       0

Desportivo                               1          0          1          2-17     0

publicado por Vaxko Zakarias às 13:00
 O que é? |  O que é? | favorito
Tico-Tico

A ESCOLINHA de futebol de Tico-Tico passará a ter um apoiante de peso e de nível mundial. Trata-se do Real Madrid, um dos maiores clubes do mundo, que decidiu juntar-se ao projecto do ex-capitão dos “Mambas” que se focaliza na construção de centros para a criação de talentos em todo o país.

 

Para o efeito, será assinado ainda esta semana um acordo entre a Escolinha do Tico e o Real Madrid através da sua fundação. A aliança entre as duas entidades será celebrada na capital espanhola, Madrid, e contará com a presença do Vice-Ministro da Juventude e Desportos, Carlos de Sousa (Cazé).

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:51
 O que é? |  O que é? | favorito
Aníbal Armando

A COMISSÃO Nacional de Árbitros de Futebol (CNAF) suspendeu o árbitro Aníbal Armando por um período de 150 dias (cinco meses) de toda a actividade desportiva por erros graves cometidos no jogo entre a Liga Muçulmana e Sporting da Beira da 25ª jornada do Moçambola.

 

A CNAF, reunida em sessão extraordinária no dia 17 do mês em curso, apreciou o relatório do jogo nº 171 dirigido Aníbal Armando, tendo como auxiliares Francisco Machel e Raimundo Artur. O quarto árbitro foi Sérgio Lopes, e decidiu penalizar o juiz e um dos seus coadjuvantes.  

A grave intervenção de Aníbal Armando neste encontro, aliás a única que concorreu para a sua penalização, foi evitar a expulsão do guarda-redes Simplex, numa jogada em que o “keeper” travou em falta o meio-campista leonino, Degato, quando este se escapuliu deste e pronto para marcar mais um golo.

Simplex já havia visto um amarelo e, na circunstância, Aníbal Armando sancionou propositadamente Cantoná que já estava fora da jogada, evitando o verdadeiro infractor que, na sequência disso, acumularia o segundo amarelo que dá direito à expulsão.

A CNAF considerou igualmente culpado o segundo auxiliar, Raimundo Artur, pelo facto de a jogada ter acontecido no meio-campo sobre o seu controlo, tendo-lhe aplicado uma pena de três meses de suspensão.

 

A CNAF, no seu comunicado que pune Aníbal Armando, e um dos seus auxiliares, escreve que, “face às constatações, imagens de vídeo do jogo e as observações do delegado técnico nomeado pela CNAF para observar os árbitros, a direcção deste órgão deliberou o seguinte:

1º - Punir o senhor Aníbal Armando com a pena de 150 dias de suspensão por ter infringido o artigo 91º, alínea f), número 1, conjugado com o artigo 114º, alínea c), de acordo com o Regulamento de Arbitragem em vigor.

- Agravante: a sua decisão prejudicou o Sporting da Beira, pois teria jogado mais 45 minutos em superioridade numérica.

- Atenuante: o facto de até à data do jogo ter tido um bom comportamento.


2º - Punir o senhor Raimundo Artur com a pena de 90 dias de suspensão, por ter infringido o artigo 9º, alínea f), número 1, conjugado com o artigo 114º, alínea c), de acordo com o Regulamento de Arbitragem em vigor.

- Atenuante: o facto de até à data ter tido um bom comportamento; o lance ocorre no lado contrário do seu meio-campo, área diagonal do árbitro principal.


3º - Ilibar os senhores Francisco Machel e Sérgio Lopes”.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:46
 O que é? |  O que é? | favorito
Chingale quer brindar população de Tete

OS atletas do Chingale, que desde segunda-feira se encontram no Maputo para o jogo de sábado à noite da final da Taça de Moçambique/mcel frente ao Ferroviário do Maputo, afirmam que querem levar o canecão para a população da província de Tete.

 

O Chingale desembarcou ao fim da tarde de segunda-feira na capital do país e alojou-se na Vila Olímpica, próximo do Estádio Nacional do Zimpeto, onde a final da Taça de Moçambique/mcel vai ter lugar. Ontem iniciaram as sessões de trabalho específico para o encontro com os “locomotivas” mesmo no Estádio Nacional, devendo prosseguir hoje, reservando o dia de amanhã para a adaptação ao piso no período da noite, portanto à hora do jogo de sábado. 

 

Paulo, um dos jogadores preponderantes do Chingale, apontou que o maior objectivo é ganhar ao Ferroviário do Maputo e trazer o trófeu para a província de Tete.

 

 

Não tememos o adversário porque estamos em pé de igualdade. Acabámos juntos o Moçambola e a classificação final mostra que vamos discutir o troféu taco-a-taco. O Ferroviário é igual a nós assim como uma outra equipa que esteve no Moçambola que acaba de terminar. É verdade que nas últimas jornadas não tivemos bons resultados, mas nem com isso vamos baixar a cabeça, pois o adversário também esteve nas mesmas condições que as nossas”, disse Paulo, médio esquerdo do Chingale.

 

 

Para aquele atleta, o Moçambola já terminou e agora o que resta é salvar a época ganhando a Taça de Moçambique/mcel. Acrescentou que não é a primeira vez que o Chingale chega à final da segunda maior prova do futebol moçambicano e, desta vez, vai decidido para tirar sono aos “locomotivas” do Maputo.

 

 

Referindo-se aos últimos resultados do Moçambola, Paulo disse que a equipa já na ponta final da prova começou a ressentir-se de algum cansaço, tendo, consequentemente, baixado de rendimento e, como resultado, acabou averbando derrotas consecutivas em casa e fora.

Hilário, outro jogador do Chingale, disse que o jogo com o Ferroviário do Maputo vai ser uma partida sem grandes pormenores técnicos uma vez que as duas equipas se conhecem e trazem uma longa tradição.

 

 

Só para ver, no Moçambola, nós ganhámos ao Ferroviário em casa e quando fomos ao Estádio da Machava eles também nos venceram. Hoje estamos juntos para discutirmos a Taça de Moçambique/mcel e tenho a certeza que se não houver mãos estranhas no jogo vamos fazer um bom jogo e podemos sair do campo com os três pontos, que é o nosso principal objectivo”, comentou Hilário.

Para Tony, ponta-de-lança do Chingale, a equipa vai com a moral alta e pronta a defrontar o Ferroviário com a finalidade de levar a Taça de Moçambique/mcel para a província de Tete.

 

 

É verdade que vamos jogar com um adversário de renome no futebol nacional, mas nós também já temos nome neste país. Em qualquer ponto deste país também temos adeptos, por isso o nosso grande segredo é a auto-estima e estamos claros que podemos, muito bem, ganhar a Taça de Moçambique/mcel. É só ver que lutámos tanto para chegar à final e por que não ganharmos o troféu? O importante é acreditarmos em nós. Tudo é possível”, apontou Tony.

 

 

Hadjy, avançado dos tetenses, por sua vez, afirmou que o facto de o jogo se realizar no Estádio Nacional do Zimpeto e à noite nada preocupa os jogadores do Chingale, porque ele como alguns dos seus colegas já efectuaram jogos em estádios maiores que Zimpeto e no período nocturno. Jogar no Zimpeto é o mesmo que actuar em qualquer outro campo relvado de futebol.

 

 

Segundo Hadjy, a história passada revela que o próprio Ferroviário sabe muito bem que o Chingale joga bem fora de casa e num passado muito recente derrotou em pleno Estádio da Machava o Ferroviário.

 

 

Vamos com bons homens e munidos de toda a ferramenta para desmontarmos a “locomotiva” com o nosso verdadeiro valor. Queremos demonstrar a nossa valentia e estamos bem seguros que vamos fazer um bom jogo e trazermos resultados”, afirmou Hadjy.

O treinador principal do Chingale, Sérgio Faife, não escondeu as suas intenções de conquistar a Taça de Moçambique/mcel no jogo da final.

 

 

O Ferroviário não é um bicho de sete cabeças. É um adversário como um outro qualquer. É um adversário que defrontámos duas vezes ao longo do Moçambola onde na nossa casa ganhámos, 2-1, e na Machava, em casa deles, perdemos pelo mesmo resultado. Pelo que este será o terceiro jogo este ano com o Ferroviário e por coincidência numa final da Taça de Moçambique/mcel”, disse Faife.

 

 

O técnico principal do Chingale afirmou que vai ao Zimpeto para ganhar e conquistar a Taça de Moçambique/mcel, tendo acrescentado que “estamos a trabalhar no duro para conseguirmos ultrapassar este adversário que, por natureza, é forte e difícil, mas não é impossível de ser ultrapassado”, disse Sérgio Faife, acrescentando ainda que a saúde da equipa é boa. Os seus atletas estão em condições de jogar sem nenhum receio.

 

 

 

Estou muito feliz como treinador por ter toda a equipa saudável depois da grande maratona do Moçambola que acaba de terminar. Não temos lesões, muito menos outras adversidades que possam impedir o rendimento de toda a equipa o que é muito bom e as opções que serão feitas terão como  motivos técnicos e não por imperativos de saúde. Tenho a certeza que o Ferroviário está a preparar-se para procurar ultrapassar todos os obstáculos do Chingale e nós também estamos a fazer o mesmo, procurar fazer o melhor de nós, procurar os pontos fracos do adversário”, finalizou Sérgio Faife.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:36
 O que é? |  O que é? | favorito
Novembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
19
20
21
25
26
27
28
29
30
subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO