Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Quarta-feira, 26 DE Outubro 2011
Posse do presidente da FDMM (A. Marrengula)

O DESPORTO motorizado moçambicano conta pela primeira vez na sua história de existência com a respectiva federação, cuja direcção foi empossada na passada sexta-feira em Maputo.

 

Liderada por Manuel Ramessane, mais conhecido por Nelinho, a direcção da Federação do Desporto Motorizado de Moçambique (FDMM) vai orientar os destinos da modalidade nos próximos cinco anos, tendo como missão primordial alargar a base de praticantes e do movimento associativo ao nível nacional.

 

 

O desporto motorizado é actualmente praticado no sul e centro do país, onde estão sediados alguns clubes e núcleos, nomeadamente no Maputo-cidade e província (Matola), Gaza (Xai-Xai), Sofala (Beira), Manica (Chimoio), Tete e Zambézia (Quelimane). Porquanto, o maior movimento está na cidade do Maputo e Beira, onde se situam os clubes históricos da modalidade, designadamente o Automóvel Touring Clube de Moçambique e Motor Clube da Beira.

 

 

Falando na ocasião, o presidente eleito no escrutínio realizado em Julho último, no Chimoio, Manuel Ramessane defendeu a projecção da modalidade para outros pontos do país e, depois, a inscrição da federação nos organismos internacionais. Salientou que este é o momento de organização e adopção de mecanismos que visem o melhor funcionamento dos clubes.

 

 

Por seu turno, António Marques prometeu apoiar a federação para o alcance dos objectivos almejados, com destaque para competições a nível das três zonas para as quais foram indicados vices-presidentes de direcção.

 

 

Enquanto isso, António Munguambe, director do Instituto Nacional do Desporto, disse que a federação ora criada é a legítima, porque envolve os verdadeiros fazedores da modalidade ao nível do país, dai que merecerá todo o apoio do Governo.  

 

 

Munguambe falou nesses termos em virtude da confusão gerada no seio do desporto motorizado, quando um grupo de independentes decidiu criar a federação, elaborando os respectivos estatutos e submetendo-os ao Ministério da Justiça para a aprovação, num processo em que os fazedores da modalidades foram excluídos.

 

 

Por razões menos esclarecidas, os estatutos da dita Federação do Desporto Motorizado de Moçambique foram aprovados pela Justiça, mas ela foi imediatamente impugnada pelos clubes e, como consequência, criaram a federação cuja direcção foi empossada sexta-feira.

Munguambe anotou que se vai encontrar um mecanismo para dissolver aquela federação, tendo em conta que foi publicada no Boletim da República. 

  

MESA DA ASSEMBLEIA-GERAL 

Presidente: António Marques

Vice-Presidente: Ricardo Portugal

Secretária: Helena Nicolau

 

DIRECÇÃO

 


Presidente: Manuel Ramessane

Vice-Presidente (Norte): Alberto Luís

Vice-Presidente (Centro): Eurico Gonçalves

Vice-Presidente (Sul): Abdul Ibraimo

Secretário-Geral: por indicar

Tesoureiro: Álvaro Rocha

 

CONSELHO FISCAL

 


Presidente: Aguinaldo Namburete

Vice-Presidente: Nuro Hassan

Secretária: Elizabeth Cumbana

 

 

CONSELHO JURIDICIONAL E DE DISCIPLINA


Presidente: Victor Júnior

Vice-Presidente: Victor Faustino

Secretário: Alfredo Gaspar

 

CONSELHO TÉCNICO

Presidente: Paul Del Ré

Vice-Presidente (Norte): Cristo Sael

Vice-Presidente (Centro): Carlos Silva

Vice-Presidente (Sul): Fernando Salvado

 

CONSELHO DE COMISSÁRIO E JUIZES

 


Presidente: José Pepe

Vice-Presidente (Norte): Manuel dos Santos

Vice-Presidente (Centro): João Antunes

Vice-Presidente (Sul): Filipe Tenifala

 

TRIBUNAL DE APELAÇÃO NACIONAL

 


Juízes: Francisco Cuna, Eliseu de Sousa e Arnaldo Constantino
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 15:53
 O que é? |  O que é? | favorito
Ferroviario

EMOÇÃO e suspense estarão de mãos dadas na segunda volta do Campeonato de Basquetebol da Cidade do Maputo em seniores masculinos, que esta noite se inicia com a efectivação de quatro partidas.

 

Embora não seja uma etapa verdadeiramente decisiva, já que a prova é disputada em três voltas, não deixará de ser interessante ver a forma como os contendores, em particular os candidatos ao título, se irão digladiar pelos lugares cimeiros, na perspectiva de uma ponta final mais tranquila.

 

 

Por enquanto, apesar de o Desportivo encabeçar invicto a tabela classificativa, nada ainda é líquido, pois, por um lado, a sua vantagem sobre os outros concorrentes é mínima – um ponto face ao Ferroviário e dois em relação ao Maxaquene -, e, por outro, entra para a segunda volta bastante pressionado, tendo como primeiros adversários precisamente estes dois times. E, após perderem nos confrontos anteriores, “locomotivas” e “tricolores” procurarão não somente a vingança como também mostrar que são tão adultos quanto os “alvi-negros”.

 

 

As hostilidades, nesse aspecto, serão abertas esta noite, a partir das 20.00 horas, no pavilhão do Desportivo, quando os donos da casa receberem o Ferroviário, em desafio referente à oitava jornada. Estarão em campo alguns dos melhores executantes da praça, daí a grande expectativa em torno deste embate, que será antecedido (18.30) da partida entre Aeroporto e Costa do Sol.

 

 

Já o Maxaquene inicia a segunda volta praticamente sem pressão, defrontando no seu pavilhão a Real Sociedade, jogando antes Universidade Pedagógica e A Politécnica.

 

 

Para o Campeonato de Seniores Femininos, o acerto do calendário (primeira jornada) poderá proporcionar à Liga Muçulmana a ascensão ao comando, caso vença A Politécnica B, com quem joga no seu pavilhão, a partir das 19.00 horas. Neste momento, em que somente falta este embate para a conclusão da primeira volta, o comando pertence à A Politécnica A com nove pontos.
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 15:43
 O que é? |  O que é? | favorito
Andebol

O MAXAQUENE e o Matchedje correm o risco de perderem a hegemonia do andebol em seniores masculinos e femininos a nível da capital do país. Este estatuto ficou seriamente comprometido, no último fim-de-semana, depois de os “tricolores” e as “militares” terem perdido frente aos principais concorrentes na quinta jornada do campeonato da cidade do Maputo.

 

A equipa do Maxaquene, composta por jogadores que na sua maioria constituem a Selecção Nacional, perdeu com a turma da Malhangalene, por 30-21, que passou a contar com 18 pontos, mais três que os “tricolores”.

 

 

Já o Matchedje foi derrotado pelo Maxaquene, por 21-19, numa partida bastante equilibrada. As “tricolores” somam agora 18 pontos mais três em relação as “militares”.

 

 

Quando faltam três jornadas para o final da prova, as equipas da Malhangalene e do Maxaquene têm todas as condições reunidas para se sagrarem campeãs, uma vez que os adversários que se seguem são teoricamente acessíveis. Na próxima jornada, Malhangalene e Maxaquene defrontam Costa do Sol e Matolinhas, respectivamente.

 

 

Ainda em desafios da ronda do fim-de-semana, o Costa do Sol venceu Mahotas, por 30-20, em seniores masculinos, enquanto o Maxaquene bateu o Matchedje, por 22-13, em juniores femininos.
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 15:39
 O que é? |  O que é? | favorito
(C. Borges/CBFS)

MOÇAMBIQUE despediu-se da pior forma do Grand Prix de Futsal 2011 ao ser goleado pela sua similar de Angola, por 9-2, em partida de atribuição do 11° lugar.

 

Assim, o combinado nacional terminou na 12ª posição.

A turma nacional entrou muito mal no jogo permitindo que os angolanos abrissem o marcador nos primeiros minutos numa rápida jogada de ataque.

 

 

Pouco depois a selecção de Angola marcou o segundo golo. A equipa moçambicana não estava bem no jogo, mas mesmo assim conseguiu reagir, com um belo golo apontado por Carlão.

 

 

Ainda na primeira parte, os angolanos chegaram ao 3-1, resultado verificado ao intervalo.

 

 

Na segunda parte, o “team” angolano entrou melhor, tal como no primeiro período, e não tardou a avolumar o “score”.

A perder, por 4-1, Moçambique tornou-se mais ofensivo e Dino reduziu a desvantagem. Mas estava escrito que o dia não era da equipa moçambicana, visto que após o seu segundo golo os comandados de Roberval relaxaram e assistiram o adversário a passear classe apontado mais cinco golos, fixando o resultado final em 9-2.

 

 

BRASIL VOLTA AO REINADO 

Enquanto isso, a selecção brasileira venceu o Grand Prix de Futsal batendo, na final, a Rússia, por 2-1.

Na Arena Amadeu Teixeira, em Manaus, a equipa brasileira teve um adversário difícil e só conseguiu o superar no prolongamento após um empate a um golo no tempo regulamentar.

 

 

Cinco vezes campeã, a selecção brasileira havia perdido a hegemonia em 2010, quando foi derrotada pela Espanha, por 2-1.

Com a vitória de domingo, os brasileiros conquistam o sexto troféu do Grand Prix, que se fortalece a cada ano como uma das principais competições mundiais.
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 15:36
 O que é? |  O que é? | favorito
Maputo jets

A EQUIPA do Maputo Jet’s manteve a liderança do Campeonato de Voleibol da Cidade do Maputo de seniores masculinos ao vencer a Académica B, por 3-1 (25-23/25-23/19-25 e 25-18) em partida da 16ª jornada.

 

 

 

Com este triunfo, o combinado da “Jet’s” passou a contar com 25 pontos mais um que a Académica M que venceu a Hotso, por 3-0 (25-11/25-23 e 25-10).

 

 

Noutra partida, a mcel B bateu a sua homónima “A”, por 3-0 (25-17/25-21 e 30-28).

 

 

Refira-se, que a turma do Maputo Jet’s está bem encaminhada para conquistar o troféu na medida em que terá pela frente adversários fáceis.

 

Em femininos realizou-se apenas um jogo em atraso da primeira jornada com a Graal a derrotar a Hotso, por 3-0 (25-21/25-20 e 25-18). Com este encontro chegou ao final a prova com a Graal a consolidar o segundo lugar e a Académica a sagrar-se campeã.  

 

CLASSIFICAÇÃO:


FEMININOS: Académica (30), Graal (23), Fire Ladies (19), Maputo Jet’s/FPLM (9), Hotso (9) e BM (0).

 

MASCULINOS: Maputo Jet’s/FPLM (25), Académica M (24), Académica B (16), mcel B (13), Hotso (11), mcel A (11) e BM (0).

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 15:28
 O que é? |  O que é? | favorito
Desportivo vs

O TÓRRIDO calor de domingo serviu para chamar a atenção. O verdadeiro Verão já aqui está presente e a hora (15.00) em que habitualmente se iniciam os desafios do Moçambola começa a ficar desajustado, tendo em conta que o ocaso agora se verifica mais tarde. Vai daí, a Liga Moçambicana de Futebol decidiu adoptar o horário para esta altura do ano, passando os jogos a começar às 15.30.

 

O novo horário começará a vigorar a partir da próxima jornada, a vigésima quarta, marcada para 5 e 6 de Novembro, tendo em conta a paragem que se verificará este fim-de-semana, para dar lugar às meias-finais da Taça de Moçambique.

 

 

A 24ª ronda do Moçambola-2011 contempla os encontros Atlético Muçulmano-Costa do Sol, Chingale-Desportivo, Ferroviário do Maputo-HCB do Songo, Ferroviário de Nampula-Liga Muçulmana, Matchedje-Maxaquene, Sporting da Beira-Incomáti e Vilankulo FC-Ferroviário da Beira.
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 15:20
 O que é? |  O que é? | favorito
Outubro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
15
16
19
22
23
29
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO