Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Quarta-feira, 28 DE Setembro 2011
Moçambicanos festejam a passagem aos quartos-de-fina

DEZ anos depois, Moçambique volta a marcar presença nos quartos-de-final do Campeonato do Mundo de Hóquei em Patins do Grupo A. O feito foi conseguido ontem frente à Angola, por 4-3, no prolongamento, depois de o tempo regulamentar ter terminado com uma igualdade a três golos.

 

Bruno Pinto, com um portentosa “stickada” cá do meio da rua, apontou o golo de ouro que voltou a colocar para já a Selecção Nacional no grupo das oito melhores do mundo, um marco extraordinária que volta a acontecer na cidade argentina de San Juan, curiosamente o mesmo palco, que há dez os hoquistas nacionais tinham festejado a passagem aos “quartos”. É caso para dizer San Juan terra nossa! 

 

 

No que diz respeito ao jogo, de referir que Moçambique entrou muito forte no ataque com Pedro Nunes a voltar a apostar na equipa que tinha defrontado Portugal, ou seja, Igor Alves, na baliza; Kiko e Bruno Pinto, na defesa; Frederico Saraiva e Mário Rodrigues; no ataque.

 

 

A forma como a equipa nacional se fez ao rectângulo do jogo antevia que a ordem era para atacar e ganhar, até porque a verdade manda dizer que quem defende acaba perdendo. A atitude ofensiva da equipa moçambicana foi coroada com um golo apontado aos oito minutos por intermédio de Bruno Pinto na sequência de um penalte, a castigar falta sobre Mário Rodrigues.

 

 

Em desvantagem no marcador, Angola teve que correr atrás do prejuízo. Passou a deter mais posse bola com os moçambicanos a defenderem-se no seu meio campo, fazendo uso do sistema em quadrado.

 

 

Mas este bloco falhou porque a equipa nacional estava muito recuada e facilitava em algum momento aos angolanos. Quem soube aproveitar o espaço concedido foi André Centeno que atirou forte de longe com Igor Alves a não ver sequer a bola partir devido ao “cacho” de jogadores que estava à sua frente. Abalados pelo golo, os comandados de Pedro Nunes desconcentraram-se e sofreram o segundo, novamente por André Centeno. Num só minuto (13), a equipa moçambicana passava da posição de vencedor para vencida.

 

 

As coisas ficaram azedas para o lado moçambicano, visto que os angolanos estavam super motivados.

 

 

Mas a Selecção Nacional soube dar a melhor resposta ao melhor momento dos “Kambas”. Passou a ser mais agressiva quando perdesse a bola e mais rápida no ataque. Foi assim que numa bela jogada de contra-ataque conduzida por Frederico Saraiva, Moçambique chegou ao empate 2-2, após um toque de mestria de Mário Rodrigues.

 

 

O intervalo chegou com o mesmo resultado que se verificou há dois anos no Mundial de Vigo. Mas era certo que este não podia ser o resultado final, visto que, em caso de empate teria que se recorrer ao prolongamento.

 

 

Sabendo dessa nova regra (o “goal-average” já não serve em caso de igualdade pontual), o conjunto nacional entrou aguerrido e logo no primeiro minuto voltou a estar na posição de vencedor. Frederico Saraiva fez o seu oitavo golo na prova o terceiro do jogo, após uma excelente assistência de Mário Rodrigues. Galvanizado, o combinado nacional poderia ter dilatado a vantagem, mas o remate de Bruno Pinto foi devolvido pelo poste. O mesmo jogador desperdiçou logo a seguir um penalte. 

 

 

 

Com os pupilos de Nunes a serem perdulários, foram os angolanos que chegaram ao empate (3-3) na sequência de um penalte convertido por Kirro aos 17 minutos. O golo surgiu já perto do final e as duas equipas já apresentavam sinais de cansaço. Mas coube a equipa nacional a chance de decidir o jogo a seu favor ainda no período regulamentar, mas desta vez Frederico Saraiva não teve o faro de golo que o caracteriza.

 


Quis o destino que fosse Bruno Pinto, autor do primeiro golo, a tornar-se no homem do jogo com um golo de se lhe tirar o chapéu.

 

 

Nos quartos-de-final, Moçambique terá como adversário, ao que tudo indica, o Brasil. O jogo está agendado para amanhã e tem início previsto para as 23:00 horas (18:00 horas de San Juan).

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:13
 O que é? |  O que é? | favorito
sinto-me:
MUNDIAL DE HÓQUEI EM PATINS 2011

Grupo A


1ª Jornada: Espanha-Chile (8-1) e Suíça-Holanda (6-0)

 

2 ª Jornada: Espanha-Holanda (15-1) e Chile-Suíça (3-1)

 

 

                        J          V         E          D         G         P

 


ESPANHA            2          2          0          0          23-2     6

Suíça                 2          1          0          1          10-3    3

Chile                 2          1          0          1          4-9      3

Holanda            2          0          0          2          1-21    0

 

 

Grupo B

 


1 ª Jornada: África do Sul-Itália (0-11) e Alemanha-Argentina (2-4)

2ª Jornada: Alemanha-Itália (1-6) e Argentina-África do Sul (6-1)

 

 

                        J          V         E          D         G         P

 


ITÁLIA              2          2          0          0          17-1     6

Argentina          2          2          0          0          10-3    6

Alemanha         2          0          0          2          3-10    0

Á.Sul                2          0          0          2          0-17    0

 

 

Grupo C

 


1 ª Jornada: Moçambique-EUA (10-1) e Angola-Portugal (2-6)

2 ª Jornada: EUA-Angola (4-7) e Moçambique-Portugal (3-7)

 

 

                            J          V         E          D         G         P


PORTUGAL              2          2          0          0          13-5     6

Moçambique           2          1          0          1          13-8    3

Angola                   2          1          0          1          9-10    3

EUA                       2          0          0          2          5-17    0

 

 

Grupo D

 


1 ª Jornada: Inglaterra-Colômbia (1-5) e França-Brasil (1-8)

 

 

2 ª Jornada: Inglaterra-Brasil (2-7) e Colômbia-França (2-4)                      

                        J          V         E        D         G         P

BRASIL             2          2          0          0          15-3      6

Colômbia          2          1          0          1          7-5        3

França             2          1          0           1          5-10      3

Inglaterra         2          0          0          2          3-12      0

 

 

Fonte:Jonal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:07
 O que é? |  O que é? | favorito
Moçambique

OS factos são claros e indiscutíveis: a nossa selecção jogou bem, até onde foi possível chegar, mas as malianas foram esmagadoramente superiores e a sua confortabilíssima vantagem de 30 pontos (73-4) não deixa margem para quaisquer equívocos. E, hoje, no epílogo da primeira fase do Afrobásquete Mali-2011, a turma moçambicana, já com o segundo lugar garantido, defronta a modesta formação do Gana.

 

Quando se pretende discutir uma partida desta magnitude e perante um adversário que “a priori” se sabia detentor de mais e melhores argumentos, a estratégia deve ser montada de tal maneira que nada falhe e, acima de tudo, a eficiência esteja em primeiro lugar. No caso do desafio de ontem à noite, no abarrotado pavilhãao do Estáadio 26 de Março, em Bamako, não resta a menor dúvida que as moçambicanas estiveram bem no global, no entanto, irreconhecíveis no detalhe. O detalhe que constrói as vitórias e, consequentemente, faz conquistar os campeonatos e que, neste caso, são os pontos.

 

 

 

A equipa teve índices de concretização extraordinariamente confrangedores. Foi uma noite em que não teve nem duplos nem triplos, situação muitíssimo bem aproveitada pelas “aguias de rapina” para o seu banquete, fazendo alarde do seu basquetebol tecnicamente bem trabalhado, conjunto bem estruturado e uma grande capacidade de aproveitamento dos ressaltos e dos erros do adversário. Enfim, um basquetebol verdadeiramente de arregalar os olhos.

 

 

Começando pelo princípio, é importante dizer que Moçambique emudeceu o pavilhão, mercê de uma entrada que teve todos os condimentos necessários para prometer uma grande partida.

 

 

Enquanto as malianas se precipitavam em tudo e reinava nas suas hostes um desacerto total, as nossas jogadoras controlavam os acontecimentos e tudo lhes saía a contento. Nessa altura, técnico Carlos Alberto Niquice (Bitcho) tinha em campo um quinteto harmonioso em todos os aspectos, daí a sua música bem interpretada por Deolinda Ngulela, Anabela Cossa, Cátia Halar, Leia Dongue e Deolinda Gimo.

 

 

Espanto geral no pavilhão, porém, os números não enganavam: 10-1 favorável à turma nacional, nos cinco minutos iniciais do primeiro período. As jogadoras se empolgaram, mas, claro, sem embandeirar em arco, pois sabiam que tal não sentenciava rigorosamente nada. E o mérito da nossa selecção residia numa defesa bastante pressionante sobre todas as unidades, facto que baralhou a capacidade ofensiva das malianas, uma vez surpreendidas com uma situação daquela natureza.

 

 

 

Só que, afinal, o banqute das “águias” – cognome da selecção do Mali – ainda estava a ser preparado. E, quais aves de rapina, trouxeram à superfície todo o seu potencial de campeãs africanas e começaram a mandar nas quatro linhas a seu bel-prazer.

 

 

Bitcho viu-se obrigado a efectuar várias mutações no seu xadrez, na tentativa de emprestar à equipa maior fulgor ofensivo, que estava sendo incapaz, mas debalde. Ou melhor, foi pior a emenda que o soneto, pois a saída da “play-maker” Deolinda Ngulela deixou a selecção sem uma contra-resposta segura e à altura de ripostar ao jogo das malianas.

 

 

 

A partir dessa altura, passou-se a assistir ao crescimento vertiginoso das anfitriãs, mercê do excelente trabalho debaixo da tabela de Djenaba Cissoko e de destemidas intervenções, aliadas às magníficas rotações de Meiya Tirera, Aissata Maiga e Hamssatou Maiga, qualquer delas jogadoras desequilibradoras e contemporâneas de Anabela Cossa, Deolinda Gimo, Filomena Micato e companhia, com as quais disputaram a final do Afrobásquete de Sub-20, em Maputo. As malianas foram crescendo, crescendo, até que empataram e com determinação ultrapassaram todas as vicissitudes que poderiam atrapalhar a sua vitória.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:58
 O que é? |  O que é? | favorito
Moçambique

ESTA tarde, a partir das 14.00 horas de Bamako (16.00 de Maput0), no Pavilhão dos Desportos Modibo Keita, a selecção nacional poderá fechar a fase de grupos do Afrobásqute Mali-2011 com chave de ouro, quando defrontar o Gana. É uma das mais fracas equipas da prova e as nossas jogadoras, de certeza, quererão descarregar toda a sua fúria sobre as modestas ganesas, que até vão admirando a forma como as moçambicanas jogam.

 

 

Sendo certo que Mali terminará em primeiro – defronta hoje a RD Congo – e Moçambique em segundo, começa-se a conjecturar, para os quartos-de-final, na sexta-feira, a reedição de um encontro entre a nossa selecção e a Nigéria, depois de se terem enfrentado em duas ocasiões nos X Jogos Africanos de Maputo-2011. Na primeira, na fase de grupos, as moçambicanas ganharam e, na segundo, paraa discussão do bronze, as nigerianas e triunfaram e “roubaram-nos” a medalha.

 

 

Nas outras partidas de hoje, Tunísia tem pela frente Costa do Marfim, Guiné joga com Angola, Ruanda defronta Nigéria e Camarões encontra-se com Senegal.

 

  • Alexandre Zandamela, em Bamako
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 11:54
 O que é? |  O que é? | favorito
AS selecções nacionais de Sub-20 e 17 retomam as suas actividades normais

AS selecções nacionais de Sub-20 e 17 retomam as suas actividades normais depois do seu envolvimento nos Jogos Africanos Maputo-2011.

 

Os “Mambinhas” de Sub-20 têm no horizonte o torneio da Cosafa, que será disputado em Dezembro, no Botswana. Enquanto os sub-17 perspectivam os compromissos do próximo ano, uma vez gorada a pretensão de Moçambique de acolher o torneio Cosafa da categoria.

 

 

Portanto, os “Mambinhas” de Sub-20, orientados pelo moçambicano Calton Banze, retomam a sua rotina habitual de dois treinos semanais (às segundas e terças) no campo do 1º de Maio, à semelhança dos Sub-17, sob comando do alemão Sascha Bauer, contratado em Abril último no âmbito dos acordos entre as federações moçambicana e alemã.

 

O objectivo é manter um contacto permanente entre os jogadores e proporcioná-los o ritmo competitivo, dentro de uma filosofia e metodologia de jogo uniformizados.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:29
 O que é? |  O que é? | favorito
Raimundo Diomba premeia Theura Chang

NHAMBAVALE, Chidenguele e Gaza passaram definitivamente para a história, inscritos com letras de ouro no mapa africano e do mundo, ao acolher de forma suprema as provas de canoagem durante os recentes Jogos Africanos realizados no nosso país”. Este sentimento foi manifestado pelo governador Raimundo Diomba, durante a recepção oferecida aos atletas e os mais de 200 voluntários que deram o seu contributo, durante aquele evento internacional.

 

As excelentes condições naturais e infra-estruturais de que dispõe a lagoa de Nhambavale permitiram que naquele local fosse realizado, nas vésperas das competições que movimentaram um total de 15 países, o congresso da Federação Africana de Canoagem.

 

 

Na ocasião, vários países com grandes tradições na modalidade como é o caso da África do Sul, manifestaram vontade de regressar àquela região, para a realização de estágios e competições.

 

 

Ficou provado que não obstante esta ter sido a nossa primeira experiência, acreditamos que com trabalho sério e bem planificado poderemos colocar o nosso país no patamar da prática de modalidades aquáticas. Nos próximos eventos queremos estar no pódio com muito ouro, prata e bronze, porque temos capacidade e potencialidade para atingir esses objectivos”, disse Diomba.

 

 

O papel das escolas e dos clubes para a realização desse sonho, segundo aquele governante, será determinante, tendo apelado, por seu turno, a um maior protagonismo por parte do empresariado local no seu envolvimento em iniciativas de carácter cultural e desportivo, porque podem se tirar vantagens no incremento dos seus negócios e na sua participação como precursores de iniciativas que levem a juventude e a sociedade em geral a primar pela prática desportiva, visando o aprimoramento de uma vida sã

 

 

Na sua alocução, o governador de Gaza enalteceu o papel dos voluntários pela forma disciplinada e abnegada como se entregaram para garantir o sucesso dos trabalhos em Chidenguele e dos atletas da província.

 

 

Uma palavra de apreço vai para os dois atletas de Gaza, destacados para representar o nosso país em tão prestigiada competição internacional, e esperamos que com o seu trabalho, dedicação e empenho, possam atingir níveis que nos possam orgulhar”, afirmou.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:15
 O que é? |  O que é? | favorito
Matchedje

A EQUIPA principal de futebol do Matchedje, cujos jogadores não recebem salários há sensivelmente três meses, primou pela ausência no torneio quadrangular alusivo às festividades do 25 de Setembro, dia das Forças Armadas de Defesa de Moçambique (FADM), realizado sexta-feira e sábado últimos, no campo do Costa do Sol, no qual participaram Águias Especiais e as turmas de militares do Zimbabwe e da Zâmbia.  

 

Para colmatar a lacuna, o Matchedje fez-se representar por um misto de juniores e reservas.

No primeiro encontro, na sexta-feira, o misto derrotou Águias Especiais, por 1-0, enquanto os zimbabweanos venciam os tanzanianos, por 2-1.

Já na final, no sábado, o misto baqueou diante dos zambianos (0-1), que deste modo conquistaram o troféu em disputa. O jogo para o apuramento do terceiro lugar foi ganho pelos tanzanianos, que desfeitearam Águias Especiais, por 2-0.

 

 

De salientar que a equipa principal do Matchedje não treina desde 1 de Setembro em protesto contra o não pagamento de ordenados desde Julho último e ameaça não participar nos próximos jogos do Moçambola.

 

 

Os jogadores do Matchedje, numa clara tentativa de solucionar os seus problemas, endereçaram cartas à Liga Moçambicana e Federação Moçambicana de Futebol.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:44
 O que é? |  O que é? | favorito
legua

UMA Légua marcou sábado no Tofo, província de Inhanbane, o início da Semana Nacional do Desporto, que este ano decorre sob o lema “O Desporto Inspirado nos Ideais de Samora Machel Promove a Unidade Nacional”.

 

A cidade de I’bane foi o epicentro das actividades desportivas e sócio-culturais levadas a cabo em todas capitais provinciais e alguns distritos do país, com destaque para as corridas massivas que decorreram em simultâneo na manhã de sábado. Perto de 200 participantes, entre populares, federados, dirigentes e militares, deram corpo à légua que teve como meta a Pista 7 de Setembro.

 

 

Egas Lourenço e Guilhermina Davane foram os vencedores e receberam como prémio televisores. Os outros destacados foram igualmente premiados com electrodomésticos (fogoões, ferros de engomar, DVD’s, entre outros).  

 

 

Para além da légua, I’bane foi palco de paraquedismo, futebol de onze, basquetebol, vólei de sala e praia, entre outras realizações desportivas e sócio-culturais, como é o caso da feira da saúde. 

 

 

A presente edição, que se prolongará até 1 de Outubro, tem a prerrogativa de coincidir com o lançamento da primeira edição da meia-maratona do Tofo, que decorrerá anualmente e curiosamente no período alusivo à Semana Nacional do Desporto, razão pela qual a organização escolheu o local como ponto central das festividades deste ano.

 

 

De salientar que este evento tem como objectivo a promoção das actividades desportivas e recreativas a todo nível, com a finalidade de estimular o cidadão à prática desportiva. Por outro lado, visa promover a participação da sociedade civil nas comemorações do 25 de Setembro, dai a obrigatoriedade do envolvimento dos militares em todas as actividades previstas.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:36
 O que é? |  O que é? | favorito
Jumisse

O LEIXÕES venceu no domingo o Sp. Covilhã, por 1-0, em jogo da quinta jornada da Liga Orangina, e alcançou a liderança, contabilizando os mesmos 10 pontos do Atlético. O único golo da partida foi apontado pelo moçambicano Jumisse aos cinco minutos da primeira parte.

 

 

Depois de um cruzamento feito para a área do Covilhã, Jumisse aproveitou a bola perdida e limitou-se a empurrar para o fundo das redes de Nuno Santos, inaugurando assim o marcador.

 

Refira-se que o Leixões é treinado por Litos, técnico português que teve uma passagem pelo futebol moçambicano onde treinou o Maxaquene numa altura em que Jumisse fazia parte da equipa “tricolor”.

 

 

Litos viu no médio moçambicano qualidade e chamou-o na temporada passada no Portimonense. Mas as coisas não correram muito bem e Litos e Jumisse acabaram abandonando a equipa de Portimão. Agora vivem uma nova experiência e por enquanto vai correndo bem.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:17
 O que é? |  O que é? | favorito
Samora Machel

TEM início no sábado, em Maputo, a Taça Samora Machel em futebol de cinco, vulgo futsal, prova destinada às equipas universitárias a nível da capital do país, promovido pela Universidade Eduardo Mondlane (UEM).

 

Para o efeito, está marcado para as 17.30 horas de hoje, no Pavilhão Gimnodesportivo da UEM, um encontro entre os responsáveis dos conjuntos inscritos.  

 

 

Para esta prova, estão inscritas 10 equipas, metade das quais representam a UEM, nomeadamente Faculdades de Direito, Medicina, Veterinária, Arquitectura e Planeamento Físico e Escola Superior de Ciências do Desporto (ESCIDE). Juntam-se a estas as Universidades Pedagógica (UP), Técnica (UDM) e São Tomás (USTM), mais os Institutos Superiores de Tecnologias e Comunicação (ISUTC) e Ciências de Saúde (ISCISA).

 

 

Entretanto, as modalidades de futebol de 11 e basquetebol entram em acção na taça a partir da segunda semana de Outubro, enquanto o voleibol arranca na terceira.

 

 

Jogos da 1ª jornada de futsal (sábado)

 

Pavilhão Norte da UEM

 


08H00 – ISUTC X ESCIDE

08H50 – Direito X ISCISA

09H30 – Medicina – X USTM

10H20 – Veterinária X UDM

11H00 – Arquitectura X UP

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:01
 O que é? |  O que é? | favorito
Setembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
17
18
23
24
25
26
subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO