Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Sexta-feira, 19 DE Agosto 2011
moçambicano

DEPOIS da estreia vitoriosa sobre Madagáscar por 10 pontos (77-67), quarta-feira, no Palácio dos Desportos de Antananarivo, a Selecção Nacional enfrenta um adversário temível na segunda jornada do Campeonato Africano de Basquetebol de Seniores Masculinos.

 

Trata-se da Nigéria, que está em terras malgaxes como uma das candidatas à conquista do título e que esta tarde, a partir das 14:00 horas, encontrará uma formação moçambicana destemida e sem quaisquer temores.

 

 

Se para os nigerianos, após o triunfo tranquilo sobre o Mali por 84-59, este desafio poderá servir de confirmação do seu poderio e da sua condição de principal favorita do Grupo A, para a nossa selecção será um jogo em que deverá dar o máximo de si, na tentativa de contrariar o seu oponente.

 

 

Nas quatro linhas teremos um basquetebol com características diferentes: jogo tecnicamente melhor elaborado, mas com o senão de a equipa ser relativamente baixa do ponto de vista de estatura em relação a Moçambique; jogo assente na capacidade muscular dos seus atletas, bom aproveitamento ofensivo, incluindo nos ressaltos, porém, tacticamente com menos dotados, pelo lado da Nigéria.

 

 

Para além do Moçambique-Nigéria, realizam-se hoje os embates Madagáscar-Mali, também para o Grupo A, Costa do Marfim-Egipto e África do Sul-Camarões, para o D.
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 13:03
 O que é? |  O que é? | favorito
Pavilhão da Académica

QUANDO faltam 15 dias para o início dos Jogos Africanos, prova que de 3 a 18 do próximo mês vai centrar as atenções dos amantes do desporto por todo Continente Africano e não só, os recintos desportivos começam a ficar concluídos, como é o caso dos pavilhões da Académica e da Munhuana, cuja entrega ao COJA será feita hoje.

 

Trata-se do segundo lote de obras a ser entregue, depois do Pavilhão do Maxaquene, recintos a serem igualmente utilizados naquela que é a maior competição desportiva africana.

 

 

Os pavilhões da Académica e da Munhuana irão acolher as modalidades de andebol, karate; e netball, respectivamente. O recinto dos “estudantes” é o que causou uma melhor impressão. Foi totalmente remodelado, desde a mudança do parquet à implementação de uma cobertura nova e de boa qualidade. O sistema de iluminação é moderno e até quarta-feira estavam em curso alguns trabalhos de afinação para que nada falhe no dia das provas.

 

 

 

Foi criado um espaço para conferências de Imprensa e trabalhos de rotina dos jornalistas. Outra novidade é que nas anteriores bancadas de cimento foram montadas pequenas cadeiras plásticas, como forma de emprestar maior conforto e comodidade aos assistentes. A loiça sanitária já está completamente montada e até dá gosto entrar nos balneários. É caso para dizer “quem te viu e quem te vê”!

 

 

gora decorrem trabalhos fora do pavilhão. Procura-se dar um toque de beleza às partes exteriores. Aliás, este foi um ponto focado pelo Primeiro-Ministro, Aires Aly, aquando da sua visita às infra-estruturas desportivas no início do mês. Considerou a entrada para os recintos desportivos como sendo o cartão-de-visita.

 

 

O cenário que se vive na Académica é praticamente o mesmo da Munhuana. As obras que decorrem nesta altura são de pormenor. O sistema de luz foi melhorado e foram construídas salas VIP de Imprensa e ainda um campo para aquecimento.

Elisa Cossa: a surpresa entre os 20 convocados

 
Elisa Cossa

A INCLUSÃO de Elisa Cossa na lista de atletas que representarão a Selecção Nacional de Atletismo nos Jogos Africanos é a grande novidade.

A atleta, que havia sido suspensa por ter proferido palavras injuriosas pondo em causa a seriedade da Federação Moçambicana da modalidade, viu a sua pena suspensa, depois da FMA ter entendido que a atleta fez tais pronunciamentos sem consciência ou conhecimento do seu estatuto dentro da hierarquia desportiva da FMA e igualmente dos regulamentos e princípios de ética. Considera-se assim que a arguida não tem ainda consciência devida sobre esta matéria e se deduziu que a mesma não teve a noção objectiva de que estaria a infringir os princípios básicos de conduta e ética desportiva.

 

 

 

 

Assim sendo, a corredora dos 400 e 800 metros irá integrar a equipa moçambicana.

Ao todo são 20 os atletas convocados, sendo dez masculinos e os restantes femininos, onde os destaques vão para os “porta-estandartes” da selecção Kurt Couto e Leonor Piúza. Trata-se de atletas de maior referência nacional actualmente, mas é preciso igualmente destacar a presença de jovens talentosos que podem protagonizar agradáveis surpresas, como são os casos de Salomé Mugabe, Sílvia Panguane, Kudzanai Alberto e Flávio Siholhe.

 

 

 

LISTA DOS ATLETAS DA SELECÇÃO NACIONAL DE ATLETISMO

 

 


MASCULINOS: Kurt Couto (400m barreiras e 4x400m); Kudzanai Alberto (100m e salto em comprimento); António Figia (100m e 200m); Afonso Zandamela (Triplo e Salto em Comprimento); Chambalson Chambal (Salto em altura); Titos Nhassila (400 e 100 m barreiras e 4x400m); Salvador Chitzondzo (400 e 200m); Flávio Siholhe (800m, 1500 e 4x400m); Samuel Machava (800m, 400 e 4x400m); Manuel Macossa (Meia-Maratona); Domingos Dolis (Dardo)

 

 

 

Anatercia Quive

FEMININOS: Anatércia Quive (100m, 200m, 4x100 e 4x400m); Leonor Piúza (800m e 4x400m); Telma Cossa (100m barreiras e 4x100m); Salomé Mugabe (Heptatlo/peso e dardo); Elisa Cossa (800m, 400m e 4x400m); Elsa Macie (400m e 4x400m); Hortência Domingos (5000m e 10000m); Sílvia Panguana           (100mb e 4x100m) e Sónia Chembene (Salto em comprimento); Georgina Chirinza (Dardo e peso); Naira Zonguene (1500m e 4x400m).

 

 

 

A Comissão Técnica é constituída por Humberto Mane (seleccionador); Samuel Azarias, Ângelo Mucavele e Justino Daniel Lobo (técnicos), Francisco Paulo (coordenador técnico).

 

 

 

Marchas de divulgação escalam outras cidades

 

AS marchas destinadas à sensibilização e divulgação dos Jogos Africanos que começaram no pretérito sábado, no Maputo, escalam outras cidades do país, num movimento popular que se espera bastante concorrido e que efectivamente possa servir para levar a mensagem do evento a milhares de cidadãos.

 

 

 

Denominado “Movimento Cívico Rumo aos X Jogos Africanos de Maputo-2011”, o evento terá lugar amanhã nas cidades de Tete, Quelimane e Lichinga, enquanto na capital do país está marcada uma sessão de música gospel no Centro Cultural Universitário (ex-Cinema dos Continuadores).

 

 

 

Já no dia 27 o movimento agitará Xai-Xai com um “road show” que se irá prolongar até Chidenguele, palco das provas de canoagem da Olimpíada continental. No dia 3 de Setembro, enquanto no Maputo registar-se-á a cerimónia de abertura dos Jogos, na Beira, acontecerá a marcha de apoio a este acontecimento.

 

 

Este movimento todo é organizado pela Associação das/os Secretárias/os Moçambicanas (ASSEMO), Associação dos Estudantes Finalistas Universitários de Moçambique (AEFUM), Associação Moçambicana de Música Gospel (AMOGOSPEL) e Associação Moçambicana para as Vítimas de Acidentes de Viação (AMVIRO).
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 12:48
 O que é? |  O que é? | favorito

 

Akil Marcelino

AKIL Marcelino foi afastado quarta-feira do comando técnico do Ferroviário da Beira devido a maus resultados no Moçambola, a principal prova futebolística do país. O porta-voz do clube “locomotiva”, Anísio Páscoa, que confirmou a notícia, explicou que se tratou de uma rescisão amigável devido à má classificação da equipa.

 

Anotou que houve um grande esforço da equipa técnica em superar o problema. Porém, a situação prevaleceu até que as partes chegaram a um acordo de rescisão amigável.

 

 

Não se tratou de incompetência, pois a equipa técnica vinha fazendo um grande esforço para que os resultados aparecessem, mas infelizmente não apareciam. A situação já não agradava à direcção e à própria equipa técnica e, desse modo, tivemos que chegar a este acordo”, comentou.

 

 

Portanto, Mussá Osman é provável sucessor de Akil Marcelino. Anísio Páscoa não confirmou a informação. Mas admitiu que já existe um nome que será anunciado brevemente.
Fonte:Jornal Noticias

 

publicado por Vaxko Zakarias às 12:35
 O que é? |  O que é? | favorito
Clube de Gaza

OS jogos Clube de Gaza-Clube do Chibuto e Mandlakazi-Ferroviário, cujos desfechos irão ditar o vencedor do Campeonato Provincial de Futebol, estão a ser rodeados de uma expectativa invulgar e tema candente de conversas no dia-a-dia dos amantes da modalidade.

 

O Clube do Chibuto, entretanto, é o que aparentemente se apresenta com maiores hipóteses de conquistar o certame, uma vez que um empate com o Clube de Gaza poderá ditar a arrecadação do almejado troféu.

 

 

 

Informações em nosso poder dão conta do facto de as atenções estarem mais viradas para o campo dos “locomotivas” de Xai-Xai, onde se irão defrontar o Clube de Gaza e o Clube do Chibuto, havendo indicação de preparação de inúmeras caravanas oriundas do Chibuto e da capital do país incorporando adeptos das terras de “Xitonhane” determinados a puxar pela sua equipa.

 

 

Sabe-se ainda que para incentivar a equipa do Chibuto foram estipulados pela direcção do clube prémios aliciantes, cujos valores não foram revelados.

 

 

Segundo nos foi assegurado por Nunes Chaúque, treinador do Clube do Chibuto, a equipa respira neste momento boa saúde, não obstante algumas reservas em relação a alguns atletas nucleares que estão a recuperar de algumas mazelas.

 

 

Contrariamente ao que se pensa, apesar de o empate ser suficiente para nos sagrarmos campeões, nós iremos jogar pela vitória, e este é o resultado da grande recuperação que registámos nesta segunda volta.

Queremos ainda enaltecer o grande apoio que temos vindo a receber por parte da direcção do clube e da massa associativa, esta que se irá associar aos esforços dos nossos dirigentes reforçando os prémios do jogo contra o Gaza”, disse Chaúque.

 

 

Por seu turno, Erasmo Cabral, treinador do Ferroviário de Gaza, outro candidato ao título, a saída sempre difícil da sua formação para o campo municipal de Mandlakazi vai ser contornada por uma entrega abnegada dos seus jogadores naquele derradeiro embate.

 

 

Foi necessário mais uma vez incutir nos jogadores a necessidade de demonstrar o seu valor em campo, e que somos candidatos ao título em qualquer campo, bastando para tal que suem a camisola e dar tudo para ganhar a partida e ficar à espera de um possível despiste do Clube do Chibuto frente ao Gaza”, disse Cabral.

 

 

Enquanto isso, Arlindo Nhancale, “mister” da jovem formação de Mandlakazi, disse que a intenção da sua formação não é a de impedir que o seu adversário de domingo se sagre campeão, mas sim de encerrar a época, brindando os adeptos com uma vitória convincente.

 

 

 

Provámos ao longo da presente época que temos valor. Vamos manter o nosso habitual espírito de equipa e encarar este desafio com optimismo.

 

 

Os cinco reforços que nos foram cedidos da capital do país estão a ser determinantes no que toca à nova maneira de estar em campo da nossa equipa.

 

 

Por outro lado, a direcção do clube tem estado muito presente e com muita responsabilidade tem estado a prestar um grande contributo para o sucesso da equipa.

 

 

No domingo, que ganhe o melhor, e que o melhor seja definitivamente o Clube de Mandlakazi, porque bem merece”, finalizou Nhancale.

 

 

  • Virgílio Bambo
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 09:41
 O que é? |  O que é? | favorito
Agosto 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
14
20
21
27
28
subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO