Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Terça-feira, 16 DE Agosto 2011
Apartamentos da Vila Olímpica

NESSA altura pronta a habitar, a Vila Olímpica, contígua ao Estádio Nacional do Zimpeto, abre oficialmente no próximo dia 28, a uma semana da cerimónia de inauguração dos X Jogos Africanos do Maputo-2011. A delegação moçambicana, anfitriã do evento, será a primeira a entrar naquele recinto, três dias antes da sua abertura.

 

Neste momento a trabalhar-se a todo o vapor, nuns casos, na conclusão dos 848 apartamentos concebidos para albergar os seis mil atletas previstos para disputar esta Olimpíada continental, assim como os seus treinadores, pessoal médico e de apoio; e, noutros, no apetrechamento das “flats” em mobiliário, a Vila Olímpica é o centro nevrálgico dos Jogos Africanos, daí a imperiosidade da sua entrega por parte do empreiteiro, tal como tem vindo a ser sublinhado pelos responsáveis do Governo moçambicano e do Comité Organizador (COJA).

 

 

De acordo com o calendário de ocupação da vila, as selecções moçambicanos serão as primeiras a alojar-se, num dia que se prevê bastante agitado, pois, para além da cerimónia eminentemente relacionada com a sua entrada naquele local, está em preparação um gigantesco movimento popular de apoio aos atletas, à semelhança da marcha realizada sábado, desde a Estátua Eduardo Mondlane até à Praça da Paz, cuja finalidade foi a sensibilização da população e divulgação do evento.

 

 

Embora ainda estejam a ser preparados os números finais, a serem conhecidos já depois de amanhã, Moçambique contará com uma das maiores delegações ao certame, somente superado pelos “colossos” África do Sul e Nigéria, que se aproximam de meio milhão de elementos, entre atletas, técnicos e dirigentes.

 

 

A comitiva nacional far-se-á à Vila Olímpica no dia 25, para, a 28, ter lugar a cerimónia oficial da sua abertura. No entanto, não serão somente os moçambicanos a ocupar os apartamentos antes desse dia, pois, de acordo com o calendário de chegada dos diversos países participantes, selecções há que têm agendado o seu desembarque no Maputo nas vésperas dessa data, como é o caso da nigeriana.

 

 

Tal como acontece connosco, somente esta semana também os outros países conhecerão definitivamente a composição numérica das respectivas selecções, uma vez que ainda estavam em disputa torneios de qualificação nalgumas modalidades.

 

 

Portanto, como se pode depreender, à semelhança do próprio processo de organização do evento, nomeadamente em relação ao parque infra-estrutural, na componente construção e reabilitação, igualmente nas delegações desportivas de quase todos os países está-se num verdadeiro contra-relógio.

 

 

Entretanto, tendo sido abandonada a ideia da construção de um gigantesco restaurante na própria vila, que fosse capaz de dar vazão ao volume de solicitações que terá por parte dos seus milhares de habitantes, o local de alimentação será agora montado no recinto do Instituto Superior de Relações Internacionais (ISRI), que dista a 200/300 metros da vila olímpica.

 

 

 

Tratando-se de uma situação provisória, isto é, que durará apenas o período dos Jogos Africanos – de 3 a 18 de Setembro, e pouco mais – a opção recaiu em tendas gigantes com uma ocupação simultânea de dois mil a três pessoas, para além de uma cozinha industrial que se considera perfeitamente à altura de corresponder à demanda, até porque, para além dos atletas, estarão igualmente milhares de voluntários, com o seu espaço específico para as refeições.
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 14:45
 O que é? |  O que é? | favorito
boxe

TRÊS modalidades marcarão o início das competições dos X Jogos Africanos do Maputo-2011 antes da cerimónia oficial de inauguração do evento, marcada para 3 de Setembro. Trata-se dos torneios de voleibol e de boxe, cujo começo está previsto para o primeiro dia do mês, assim como de basquetebol feminino, que arranca a 2, isto devido à exiguidade de pavilhões para as modalidades de salão.

 

Segundo o preconizado, os recintos escolhidos para as provas de voleibol e de boxe são os do Maxaquene e do Estrela Vermelha, respectivamente. O pavilhão dos “tricolores” cederá, posteriormente, espaço ao basquetebol masculino, enquanto o dos “alaranjados” tem, após o boxe, uma outra modalidade prevista.

 

 

No que diz respeito ao básquete feminino, a antecipação do seu arranque tem a ver com o Campeonato Africano a ter lugar em Bamako, capital do Mali, de 24 de Setembro a 2 de Outubro, com o respectivo vencedor a qualificar-se para os Jogos Olímpicos de Londres-2012.
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 14:36
 O que é? |  O que é? | favorito
Academia do Corinthians

A SELECÇÃO Nacional de Futebol de Sub-23, que se encontra no Brasil desde a passada quinta-feira, vai cumprir o seu estágio competitivo com vista aos Jogos Africanos concentrado na Academia do Corinthians, clube da I Divisão brasileira.

 

Os “Mambinhas”, que vão estagiar durante 17 dias estando naquela colectividade de São Paulo, efectuarão jogos com equipas brasileiras, bem como com selecções de alguns Estados federais. O Secretário-Geral da Federação Moçambicana de Futebol, Filipe Johane, não colocou de lado a possibilidade de o time defrontar o próprio Corinthians.

 

 

 

Enquanto isso, a selecção feminina partiu ontem para o Lesotho, onde amanhã mede forças com a sua congénere local, também no âmbito da preparação para os Jogos Africanos. A fechar o estágio competitivo, a equipa volta a jogar no sábado, em Pretória, desta feita com a selecção sul-africana, regressando domingo a Maputo.

 

 

 

Maria de Lurdes Mutola
A confirmar-se a integração de Lurdes Mutola no conjunto, a equipa estará mais fortalecida, até porque é intenção da equipa técnica que Mutola sirva de impulso para estimular o espírito vitorioso e fortalecer psicologicamente as suas colegas, depois do desaire no Torneio da Cosafa, em Harare, prova que serviu de primeiro ensaio ao conjunto.
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 14:22
 O que é? |  O que é? | favorito
JOSINA Machel, detentora do título

A JOSINA Machel, detentora do título, viu o sonho de repetir o feito do ano passado desvanecer-se no último sábado ao ser derrotada pela Francisco Manyanga, por 38-36, em partida dos quartos-de-final do Básquete Show/mcel.

 

A turma da Josina Machel, que apostava muito forte na revalidação do título, não conseguiu resistir à maior agressividade da Francisco Manyanga que segue moralizada para a conquista do seu primeiro título.

 

 

De referir que nesta ronda observou-se a queda de ex-campeões, isto porque para além da Josina, a equipa da Matola, vencedora das duas primeiras edições, foi eliminada de forma vergonhosa pela Zona Verde, por 38-20.

A Escola Secundária Francisco Manyanga e a Zona Verde juntam-se, assim, a Kitabu e Mahlazine nas meias-finais a terem lugar no próximo sábado no pavilhão do Ferroviário.
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 13:47
 O que é? |  O que é? | favorito

A ASSOCIAÇÃO Desportiva da Maxixe, ao vencer no último fim-de-semana o Centro Juvenil da Maxixe por quatro bolas sem resposta, sagrou-se virtual campeã provincial de Inhambane quando ainda faltam duas jornadas para o final da prova.

Partida Estrela Vermelha- 1° de Maio
 

Com esta vitória, a equipa da Maxixe soma 46 pontos contra 37 do Ferroviário de Inhambane, segundo classificado derrotado domingo passado pelo Belenense de Homoíne, por duas bolas sem resposta.

 

 

A Liga Muçulmana, que goleou a Latoaria de Chicuque, por 6-0, está a três pontos do Ferroviário de Inhambane.

O Nova Aliança da Maxixe é penúltimo classificado do Campeonato Provincial de Inhambane, embora tenha perdido com Temusa Costa do Sol da Massinga, por três bolas sem resposta, e Porbono de Morrumbene sucumbiu frente a Palmeiras de Homoíne, por quatro tentos sem resposta.

O “provincial” é disputado nesta temporada por dez equipas e é dos mais competitivos dos últimos quatro anos.

 

Cidade de Maputo: Mahafil aviva corrida ao título

 

O Mahafil manteve acesa a luta pelo título do Campeonato de Futebol da Cidade do Maputo (Liga GWM) ao derrotar, no último sábado, no campo do Costa do Sol, o Estrela Vermelha, por 1-0, em partida da 16ª e penúltima jornada.

 

 

Com este triunfo, o Mahafil passou a somar 24 pontos reduzindo de nove para seis pontos a desvantagem em relação ao Estrela. Quando faltam duas jornadas para o término da prova, os comandados de Uzaras Mahomed ainda têm esperanças de se sagrarem campeões, mas para tal estão obrigados a ganhar e esperar que os “alaranjados” percam nas últimas duas jornadas.

 

 

De referir que, apesar da derrota, os detentores do título continuam em posição privilegiada para repetirem o feito do ano passado, se se atender que apenas um empate garante-lhes tal proeza.

 

 

Nota ainda para a goleada do 1° de Maio sobre o Beira-Mar da Catembe, por 5-0. Os “alvi-rubros” mantiveram-se na quarta posição com 23 pontos.

 

 

A Académica ganhou ao União FC, por 2-0, e consolidou a segunda posição agora com 26 pontos, no entanto já não tem chances de lutar pelo título visto que só tem mais um jogo por realizar.

 

 

No embate mais empolgante da ronda, o Ferroviário das Mahotas venceu o Nova Aliança, por 3-2.

As Águias Especiais ficaram de fora devido ao número ímpar de equipas.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 13:41
 O que é? |  O que é? | favorito

O Desportivo de Nacala terminou a primeira volta do “Nampulense” destacado na primeira posição. No pretérito fim-de-semana, os nacalenses foram a Monapo ganhar o Benfica local, por 2-0, naquele que era o desafio mais importante da quinta jornada.

 

 

À entrada para esta ronda, as duas equipas estavam separadas por um ponto, a maior para o Desportivo com oito. O Benfica procurava, no seu reduto, assaltar a liderança, no entanto os comandados de José Sambo foram mais astutos e não só consolidaram o primeiro lugar como aumentaram a vantagem pontual.

Noutros jogos, o Ferroviário de Nacala, a jogar em casa, consentiu um empate a zero golo, diante do Sporting de Nampula.

Noutro embate, o Benfica de Nampula derrotou o HCN, por 3-2.

 

 

MAIS VIOLENTO QUE NUNCA

 


Entretanto, mais uma vez a violência voltou no último fim-de-semana aos campos onde decorrem os jogos do Campeonato Provincial de Nampula, vulgo “Nampulense”, desta feita ao campo do Desportivo de Nacala-Porto, onde os adeptos do Ferroviário local foram os principais protagonistas por alegada má actuação da arbitragem na partida que os “locomotivas” disputaram com o Sporting da capital provincial, cujo resultado final foi um empate a zero bola.

 

 

Dados recolhidos pela nossa Reportagem referem que dado o carácter violento das cenas registadas, que incluíram o arremesso de pedras contra a equipa de arbitragem, foi necessário o uso de gás lacrimogéneo por parte da Polícia para evitar o pior, manchando, dessa forma, um certame que se pretende mais competitivo e sem prática de qualquer tipo de vandalismo.

 

 

Os nacalenses pediam a cabeça do quarteto de arbitragem e do técnico da equipa, Aleixo Fumo. Nisso os presentes na tribuna não escaparam ao gás lacrimogéneo, tendo o presidente do Sporting de Nampula saído afectado e levado para o hospital para ser assistido após ter-se sentido mal.

 

 

É um cenário que desde há muito se vem registando nos campos de futebol da província, que apesar de constituir uma grande ameaça ao desenvolvimento da modalidade, não parece que algo está a ser feito por quem de direito com vista a corrigir, punindo exemplarmente os protagonistas.

 

 

CLASSIFICAÇÃO:

 


1° Desportivo de Nacala (11)

2° Benfica de Monapo (7)

3° Fer. Nacala (6)

4° Benfica de Nampula (6)

5° HCN (4)

6° Sporting (4)

 

 

Na próxima jornada, o Desportivo de Nacala recebe o Sporting de Nampula, enquanto o Benfica de Nampula joga com o Ferroviário de Nacala. Outro jogo da jornada será dirimido entre o Benfica de Monapo e Hospital Central de Nampula.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 13:38
 O que é? |  O que é? | favorito

O Clube do Chibuto está muito próximo da conquista do título de campeão provincial de futebol, bastando para o efeito um empate com o Clube de Gaza, no derradeiro jogo da competição a ter lugar em Xai-Xai, no próximo domingo.

 

 

Clube de Gaza

Chibuto viu as suas esperanças renovadas ao cilindrar, no seu reduto, o Costa do Sol por seis bolas sem resposta.

O almejado empate irá, na última jornada, eventualmente colocar esta formação com igual número de pontos com o seu mais directo perseguidor, o Ferroviário de Gaza, treinado por Erasmo Cabral, mas com vantagem para os chibutenses que venceram os “locomotivas” nos dois confrontos entre ambos.

 

 

Assim, Chibuto continua à frente com 33 pontos mais dois que o Ferroviário, seguido do Clube de Gaza, com 27 pontos, que semana finda foi ao Chókwè sofrer uma derrota, por uma bola sem resposta, frente à Associação Desportiva local, enquanto Estrela Vermelha empatava em Xai-Xai com o Mandlakazi sem abertura de contagem e o Ferroviário goleava o Tekamala, por 5-0.

 

 

A última jornada reserva-nos um aliciante Clube de Gaza-Clube do Chibuto, Tekamahala-Associação Desportiva do Chókwè, Ferroviário-Mandlakazi e Estrela Vermelha-Costa do Sol.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:54
 O que é? |  O que é? | favorito

O Vila Pita venceu e convenceu o Ferroviário de Quelimane, por 2-0, e “obrigou” a direcção a encomendar as faixas de campeão provincial de futebol da Zambézia. Já é um dado quase que consumado que o Vila Pita é o campeão provincial de futebol porque se isolou com seis pontos do seu mais directo perseguidor, o Palmeiras FC. Teles foi o autor dos dois golos.

 

 

O campeonato está a duas jornadas do fim e o Vila Pita, que lidera o certame com 36 pontos, está praticamente apurado para a poule de apuramento da zona Centro, prova que dá acesso ao Moçambola. O jogo entre o Vila Pita e o Ferroviário, ambos de Quelimane, era impróprio para cardíacos e aguardado com inusitada expectativa por parte dos aficionados pelo futebol na cidade de Quelimane.

 

 

Foram noventa minutos de futebol bonito e com os condimentos necessários que puseram em delírio o público que lotava por completo o relvado dos “locomotivas”. Depois de uma primeira parte bem disputada, os golos só apareceram na segunda metade.

 

 

Teles foi o “herói” da tarde ao apontar dois golos de belo efeito que fizeram explodir as bancadas. Teles é um exímio jogador e com qualidades natas para poder singrar no futebol nacional, bastando para isso ter a oportunidade para provar que tem muito futebol nos pés. Este jovem “obrigou” a direcção do Vila Pita de Quelimane a encomendar as faixas de campeão provincial de futebol da Zambézia, edição-2011.

 

 

Nas duas jornadas ainda por disputar, o Vila Pita precisa apenas de um ponto, proeza que pode cometer sem grandes embaraços, tendo em conta os adversários que terá pela frente, nomeadamente Palmeiras FC e Gumula FC.

 

 

 

logo do Benfica de Qelimane

O Palmeira FC subiu da terceira para segunda posição, mercê da derrota de duas bolas sem resposta que infringiu ao Benfica. Devido à derrota que sofreu diante do Vila Pita, o Ferroviário de Quelimane desceu da segunda para a terceira posição e hipotecou todas as possibilidades de lutar pelo título.

 

 

 

Noutros jogos disputados no pretérito fim-de-semana, 3 de Fevereiro venceu Gumula FC, por 1-0, Palmeiras FC bateu Benfica, 2-0, enquanto o Ferroviário de Mocuba cilindrava o Matchedje, por quatro bolas sem concorrência.

 

 

 

A prova é liderada por Vila Pita com 36 pontos, Palmeiras FC tem 30, Ferroviário de Quelimane 28, Ferroviário de Mocuba 24, Liga Muçulmana e 3 de Fevereiro, ambos com 16 pontos, Benfica 13, Gumula FC 12 e o “lanterna vermelho” é o Matchedje com cinco pontos.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:38
 O que é? |  O que é? | favorito
Ferroviario de Pemba vs VFC

Os “locomotivas” de Pemba, mais uma vez sob a batuta de Zainadine Mulungo, vão consolidando, semana a semana, a liderança do Campeonato Provincial de Futebol de Cabo Delgado, nesta temporada disputado por sete equipas. Agora com 20 pontos, têm a seguir o Atlético de Montepuez com 17, seguido de um triunvirato constituído pelo Desportivo do Ibo, Desportivo de Mocímboa da Praia e Associação Desportiva de Pemba, com oito pontos cada, Desportivo de Pemba seis e, na cauda, a equipa do planalto de Mueda, que teve a sua primeira vitória neste fim-de-semana, com quatro pontos.

 

 

Está-se na nona jornada e o Ferroviário de Pemba bateu a sua arquirival Associação Desportiva, num jogo que se antevia fosse a doer e chegou a demonstrá-lo, com actos de vandalismo à mistura, o que levou a que o árbitro não apitasse a segunda parte, por alegadas razões de segurança.

 

 

 

Na verdade, por contestação do público afecto ao Pembinha, em face de jogadas que acharam mal ajuizadas e que na sua opinião haviam influenciado na igualdade com que a primeira parte terminou, os adeptos dos azuis-e-brancos não deixaram que a equipa de arbitragem saísse para o intervalo, lançando pedras para o relvado, e só depois de cerca de 20 minutos puderam lograr retirar-se, sob protecção policial.

 

 

 

O intervalo durou mais de 45 minutos, porque o árbitro José Tuti não mais quis voltar às quatro linhas, tendo pedido que o acompanhassem à sua casa, protegido, o que fez com que se decidisse por elevar o auxiliar Amade Amade a árbitro, o qual viria a dar por concluída a partida com o resultado de 2-1, favorável aos “locomotivas”. Foi, igualmente, necessário encontrar, entre os espectadores, quem pudesse estar no lugar de quarto árbitro.

 

 

Por sua vez, na cidade de Montepuez, o Atlético local recebia e batia o Desportivo de Pemba (3-1), enquanto em Mueda acontecia a primeira vitória do Desportivo frente ao seu homónimo de Mocímboa da Praia pelo mesmo “score”. A equipa do Ibo esteve de fora, em face do número ímpar de equipas que militam no “Provincial” de Cabo Delgado. 
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 10:59
 O que é? |  O que é? | favorito

SR. DIRECTOR!

 

 

Entrega das 150 casas

Muito obrigado por me ter concedido este espaço para a publicação desta carta. O bairro do Zimpeto, minha zona residencial, foi eleito para acolher infra-estruturas de grande envergadura, nomeadamente o Mercado Grossista do Zimpeto, Estádio Nacional do Zimpeto e a vila olímpica. São infra-estruturas que estão a atrair a atenção dos moçambicanos e não só, dado que conferem outra dinâmica ao bairro, por isso é que há muita procura de terrenos ou casas para habitação. Zimpeto está valorizado.

 

As infra-estruturas desportivas acima descritas vão acolher de 3 a 18 de Setembro os X Jogos Africanos. Moçambique aceitou este desafio ciente de que é um país que ainda está a lutar pelo seu desenvolvimento, uma vez que a maioria da população vive em condições de extrema pobreza.

Para a concretização deste mega-evento desportivo, várias acções estão em curso, desde a conclusão da vila olímpica à reabilitação de outras infra-estruturas, tirando o estádio nacional. Porém, a comunidade residente no bairro do Zimpeto ainda não está a sentir o aproximar deste evento, sabido que este lugar será a principal fonte de atracção.

 

 

Neste momento, julgo que a publicidade se devia fazer sentir com maior intensidade, os panfletos deviam circular em todos os bairros para todos os estratos sociais, em suma, a população devia sentir o pulsar deste movimento desportivo mesmo antes do seu início.

 

 

 

 

Um dentre vários problemas que devem ser resolvidos imediatamente prende-se com a transitabilidade das vias de acesso. A estrada que parte da Estrada Nacional Nº 1 e que dá acesso à vila olímpica ainda não foi concluída, apesar de a sua construção ter iniciado muito antes da inauguração do estádio nacional a 23 de Abril deste ano pelo Presidente da República, Armando Guebuza.

 

 

A estrada está sendo feita com recurso a pavet. Durante as obras houve momentos de recuo e avanço; nos últimos tempos, a equipa destacada para esta empreitada está virada para a abertura de valas de drenagem para escoamento das águas. Contudo, em certos lugares o pavet está a ser retirado, o que não oferece muita segurança sobre o término das obras antes do início dos jogos.

 

 

Foram igualmente construídas rampas que dão acesso ao Centro de Saúde do Zimpeto assim como o nivelamento do solo, mas até então nada está concluído. Faltam poucos dias para o início dos jogos e continuamos sem ver mudanças.

 

 

Estimados dirigentes, precisamos de sentir que Moçambique está a acolher um evento de nível africano e a população está convidada a fazer parte dele. A população está carente de informação sobre os jogos para poder participar e se identificar com o evento.

 

 

Não é admissível que os moradores do bairro do Zimpeto, há escassos dias do início dos jogos, não sintam que algo vai acontecer na sua zona residencial. Aliás, apercebemo-nos disso apenas quando há cortes constantes de energia eléctrica para trabalhos de fornecimento de corrente previamente anunciados pela Electricidade de Moçambique.

 

 

 

A outra coisa que notamos é o movimento de jovens que se dirigem aos ensaios no estádio para além dos trabalhadores envolvidos na construção da vila olímpica e a sua movimentação à hora do almoço quando se dirigem ao Mercado Estádio Nacional Combate à Pobreza ou ainda aqueles vendedores que se posicionam em locais estratégicos e com produtos atractivos para as refeições dos trabalhadores. O movimento de viaturas também é notório. Mas, sobre os jogos seguramente que não se está a fazer um trabalho intenso de divulgação.

 

 

Neste momento sentimo-nos à margem do que vai acontecer nesta zona residencial. A informação que temos é apenas a divulgada nos órgãos de comunicação social quando, na verdade, os chefes de quarteirão, secretários e mais estruturas do bairro seriam os portadores de informação e mobilização da comunidade para se identificar com esse evento.

Precisamos de mais divulgação sobre os X Jogos Africanos.

  • Felisberto João
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 09:54
 O que é? |  O que é? | favorito
Agosto 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
14
20
21
27
28
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO