Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Sexta-feira, 17 DE Junho 2011
Cursantes

ARRANCOU na segunda-feira, na capital do país, um curso de capacitação das novas regras de hóquei em patins. A formação está a ser orientada pelo presidente do Comité Europeu da modalidade (CERH), o português Carlos Graça, que durante dez dias irá capacitar árbitros, técnicos, jogadores e dirigentes sobre o novo regulamento.

 

Carlos Graça, que durante muitos anos foi árbitro internacional, afirmou que a introdução das novas regras no hóquei moçambicano melhorarão a imagem da modalidade. “Alguns continentes, sobretudo o europeu pôs em prática as novas normas. E os resultados foram positivos. O jogo passou a ser mais fluido, o nível de faltas diminuiu, o que tornou a partida menos prolongada, aumentando claramente o tempo útil dos jogos. Penso que Moçambique, cujo hóquei está em notável evolução, a introdução das novas regras será também um sucesso”.

 

Mas para que tal aconteça, Carlos Graça defende que os dirigentes terão que ser capazes de dar continuidade a estes ensinamentos. “É primordial que após o curso, se continue a fazer-se um acompanhamento até que a aplicação do novo regulamento se consolide”.

 

Falando sobre a razão que levou a alteração das regras, o presidente da comissão europeia frisou que a nível disciplinar a modalidade começava a ganhar contornos violentos.

 

Era visível alguma brutalidade na prática da modalidade com constantes faltas, algumas das quais graves, situações que faziam com que o jogo se prolongasse por muito tempo”.

 

Acrescentou que a competição estava a tornar-se pouco atractiva para o público e que por isso era preciso incutir nos atletas um espírito de maior disciplina.

EQUACIONA-SE MAIS ALTERAÇÕES

 

Carlos Graça sustenta, que as opiniões colhidas de vários intervenientes, deixou a comissão técnica que trabalhou na reformulação do manual de regras satisfeita. “O nosso projecto alcançou em parte os objectivos a que se propôs. Mas não significa que não possa haver alterações, até porque neste ano de experiência já detectámos alguns erros”.

 

 

No entanto, Carlos Graça diz que tais erros só deverão ser corrigidos no próximo ano. “Prometemos as federações que não iríamos mexer nas regras este ano para permitir que se adaptem em primeiro lugar a esta nova realidade”. Sublinhe-se, que as novas regras foram aprovadas em 2008.

 

 

Graça, que se encontra na capital do país a convite da Federação Moçambicana de Patinagem (FMP), refere que irá procurar leccionar da melhor forma para que todos os intervenientes retenham os ensinamentos, em particular os que estarão no Campeonato do Mundo do Grupo A, a realizar-se de 24 de Setembro a 1 de Outubro, em San Juan, Argentina.

 

 

Questionado sobre as implicações que as novas regras poderão ter para a Selecção Nacional no Mundial por apenas nesta altura estar a preparar-se para introduzir as novas regras quando estamos há sensivelmente três meses do evento, aquele dirigente defendeu haver tempo suficiente para os árbitros, técnicos, atletas e dirigentes as assimilarem.

APOIAREI SEMPRE QUE FOR SOLICITADO

 

A parceria entre o CERH e a FMP é para continuar por muitos anos. Carlos Graças sublinha que o bom relacionamento com a direcção da Federação Moçambicana permite que esta aliança se alargue a outros domínios. “Sempre que for solicitado estarei disponível a apoiar o desenvolvimento da modalidade. Fazendo uso das boas relações que temos com outras instituições ligadas a modalidade é possível ajudar ainda mais o hóquei moçambicano”, sentenciou.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:32
 O que é? |  O que é? | favorito
Estas

DEPOIS de alguma polémica sobre a sua participação nas provas sob a égide da Associação de Basquetebol da Cidade do Maputo (ABCM), facto que levou, inclusive, a uma reunião com os clubes para se debater o assunto, a nóvel formação sénior feminina da Liga Muçulmana já se vai estrear nas competições da bola-ao-cesto da capital do país, facto que sucederá amanhã, na segunda jornada do campeonato. Será o regresso à quadra das antigas craques do Desportivo, juntamente com o seu treinador Nazir Salé, agora envergando a camisola “muçulmana”.

A saída das “alvi-negras” Valerdina Manhonga, Anabela Cossa, Cátia Halar, Odélia Mafanela, Leia Dongue, Filomena Micato, entre outras, para a Liga Muçulmana, após Nazir Salé decidido abrir o departamento de basquetebol neste clube, esteve envolvida num verdadeiro celeuma, entretanto sanada mercê de um diálogo entre as partes, até porque, embora sem o charme que o levou à conquista de dois títulos africanos, para além de competições internas, o Desportivo continua com o básquete sénior feminino.

 

 

Com o campeonato iniciado semana passado, e depois de ter estado isenta da jornada inaugural, a Liga Muçulmana compete pela primeira vez tendo como adversário o Maxaquene, em jogo marcado para amanhã, a partir das 16.30 horas, no campo do Ferroviário. Trata-se de um momento em que muitos adeptos aproveitarão para satisfazer a sua curiosidade e até matarem saudades em relação ao grande talento daquele conjunto de atletas.

 

Antes deste desafio, estarão em campo A Politécnica “B” e Desportivo, às 15.20 horas, enquanto A Politécnica “A” e Ferroviário, no encontro de maior cartel da ronda, se encontrarão quando forem, 18.00 horas.

 

Na jornada inaugural, A Politécnica “A” levou de vencida Maxaquene pela marca de 62-38 e Ferroviário bateu Desportivo por 56-29.

Entretanto, ainda a disputarem a Taça Maputo, os seniores masculinos conheceram, esta quarta-feira, a efectivação de mais uma jornada, na qual o destaque vai para a derrota do Maxaquene diante do Costa do Sol por 76-70, enquanto Desportivo se sobrepôs ao Ferroviário por 60-42.

Fora da componente competição, referência para a presença entre nós do ex-basquetista português Henrique Vieira, que iniciou a sua carreira em Moçambique e que actualmente é treinador do Benfica.

 

Durante a sua estada em Maputo, Vieira irá orientar um “clinic” destinado a técnicos da modalidade, designadamente nos dias 20, 21 e 22, para treinadores do básquete “show”, de iniciados e monitores de mini-básquete, das 15.30 às 17.30 horas; e para treinadores da Liga Vodacom e competição, entre as 18.00 e as 20.00 horas.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:24
 O que é? |  O que é? | favorito

 

Desportivo vs Maxaquene

TREZE jornadas, 39 pontos e, no final, a proclamação do campeão nacional, assim como a sentença em relação aos três despromovidos para o escalão secundário, eis, pois, o que nos reserva a segunda etapa do Moçambola-2011, cujo início tem como aliciante a viagem dos vizinhos Maxaquene e Desportivo a Beira e Nampula, respectivamente.

Ainda não há campeão. Há, isso sim, fortes candidatos que nesta segunda volta se irão digladiar de forma acérrima pela conquista do tão almejado “canecão”.
Ainda não se sabe quem irá descer de divisão. Neste momento, existem três formações abaixo da linha de água, porém, nada indica que serão elas a submeterem-se à força. Portanto, como se pode depreender, a procissão ainda vai no adro em todas as vertentes do campeonato e nas ambições dos intervenientes, mas de uma coisa estamos certos: doravante, cada ponto será uma conta preciosa na hora da decisão.

Tal como testemunhámos no decurso da primeira volta, a competitividade tem sido a característica principal do Moçambola-2011. Aliado a isso, a incerteza quanto ao seu desfecho, sustentada pelas surpresas que aqui e acolá vão ocorrendo, fazem com que a prova, de jornada em jornada, seja revestida de muito interesse. Consequentemente, estádios com numeroso público nas bancadas, festa vivida com animação, espevitando, desse modo, os artistas para desempenhos à dimensão da grandiosidade do certame.

 

 

 

Aliás, se, por exemplo, no fecho da primeira volta tivemos o exemplo eloquente do “derby” entre Desportivo e Maxaquene, no Estádio Nacional do Zimpeto, onde o Moçambola se sentiu verdadeiramente Moçambola e bastante engrandecido, no início da segunda etapa, os vizinhos voltam a estar na crista da onda, este domingo, face às suas deslocações para terrenos tradicionalmente complicados e para enfrentar adversários em ascensão.

 

Os líderes do campeonato têm a plena consciência de que o Chiveve precisa de concentração máxima, sobretudo quando se trata de defrontar o Ferroviário. O Maxaquene viaja com os seus galões de comandante destacado, porém, os beirenses, tal como fez o Chingale, não se deixarão assustar com esse estatuto, encarando a partida com a seriedade que ela merece. Arnaldo Salvado dispõe de uma máquina muito prática e acima de tudo eficiente a atacar, só que os “locomotivas”, apesar de não estarem a fazer uma prova brilhante, saberão de certeza dar uma resposta digna, no seu campo, a partir das 15.00 horas.

 

 

No mesmo dia, os “alvi-negros” estarão no Estádio 25 de Junho, naturalmente fazendo as contas da vitória, mas também considerando o facto de o Ferroviário de Nampula ter registado, nas últimas jornadas, um salto gigantesco, tendo pesado o seu triunfo sobre o homónimo da capital, no Estádio da Machava. A capital do norte acolhe algumas pedras que fizeram uma carreira de sucesso no Desportivo, pelo que neste reencontro, certamente sem qualquer espírito vingativo, procurarão mostrar que ainda são craques.

ATENÇÃO AO VILANKULO

No desafio que assinalou a abertura oficial do Moçambola-2011, no Estádio Municipal de Vilankulo, a formação da casa decepcionou os seus adeptos, ao perder com a Liga Muçulmana por uma bola sem resposta, tento de Dário Monteiro. Nesta viragem, amanhã, no campo dos “muçulmanos, na Matola, os visitantes procurarão pagar pela mesma moeda, no entanto, enfrentarão um adversário extremamente animado, em particular depois de ascender ao segundo posto da tabela classificativa, uma oportunidade para melhor se posicionar na discussão do título.

 


Dois históricos derrotados na abertura do campeonato jogam desta vez em casa. Trata-se do Costa do Sol, que amanhã recebe o Chingale, e do Ferroviário, que no domingo terá pela frente o Sporting. “A priori”, ambos se apresentam como favoritos à vitória, mas também colocamos algumas reservas devido à sua irregularidade, aliada ao facto de os oponentes serem equipas bastante batalhadoras.

 

Depois da goleada infligida aos “leões”do Chiveve, a HCB parece disposta a repetir a proeza, na recepção, domingo, ao Atlético Muçulmano. A turma do Songo está em condições competitivas de voltar aos lugares cimeiros, daí que tentará capital ao máximo oportunidades desta natureza, até porque os “muçulmanos” enfrentam alguma instabilidade desportiva.

 

O Incomáti, uma das equipas-sensação do Moçambola-2011, joga domingo com um adversário que venceu em Maputo. Referimo-nos ao Matchedje, que vai a Xinavane à procura de um desfecho que seja o início de uma verdadeira viragem, mas a equipa de Hilário Manjate não dará o braço a torcer.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 09:42
 O que é? |  O que é? | favorito
Chiquinho Conde

AQUILO que já se conjecturava, em face da sofrível carreira da equipa no Moçambol-2011, acabou por se consumar ao fim da tarde de ontem: Chiquinho Conde foi demitido do cargo de treinador do Ferroviário do Maputo, segundo decisão tomada pela direcção do clube.

 

Há muito que o ambiente estava turvo nos “locomotivas”, mas a situação degradou-se por completo na 13ª jornada, quando, em pleno Estádio da Machava, o Ferroviário perdeu diante do seu homónimo de Nampula por 2-1, precipitando-se para a 11ª posição da tabela classificativa, mesmo juntinho à linha de água.

 

Chiquinho Conde já predizia um cenário de “chicotada psicologia”, ao se afirmar, no final desse jogo, disposto a abandonar o lugar, caso o entendimento dos dirigentes do clube fosse esse, argumentando que, sendo ele o timoneiro, é, em primeira e última instância, o responsável pelos maus resultados que se verificam na equipa.

 

É mais fácil e cómodo afastar o treinador, quando os resultados desportivos não aparecem, do que mandar embora um plantel de 25 jogadores”, teria dito o jovem técnico campeão nacional em 2009, prevendo precisamente este amargo desenlace.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 08:55
 O que é? |  O que é? | favorito
Junho 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO