Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Quinta-feira, 05 DE Maio 2011

 

O avançado zimbabweano Gwata Tendai

 

 

 

 

O avançado zimbabweano Gwata Tendai, do Vilankulo Futebol Clube, foi protagonista, na oitava jornada do Campeonato Nacional de Futebol, vulgo Moçambola-2011, de um registo de que muitos atacantes gostariam de ser os protagonistas: ser autor do golo cem desta prova rainha do futebol moçambicano.

O centésimo golo surgiu a concluir um passe do seu colega  Belo, que ganhou a bola no meio campo e rasgou para o ataque. Tendai rematou em arco de fora da grande área, e o guarda-redes do Matchedje nem chegou a ensaiar o exercício de defesa.

 

 

Crescêncio José

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 14:00
 O que é? |  O que é? | favorito

 

Edson Madeira em combate

 

A PRESTAÇÃO da Selecção Nacional de Judo no Campeonato Africano de Judo, que decorreu semana passada no Senegal, não foi positiva. O combinado nacional, constituído por Edson Madeira, Leopoldo Tanque, Bruno Luzia e Neuso Sigaúgue, não conseguiu medalhas.

 

No entanto, Edson Madeira, combatendo na categoria de menos de 71 quilos, foi o que mais se destacou, tendo sido derrotado no apuramento para o terceiro classificado frente a um ganês, após ter contraído uma lesão (fractura da costela).

 

Madeira, o melhor judoca nacional da actualidade, começou bem a prova com vitórias sobre um atleta de Cabo Verde e dois judocas do Burundi, facto que lhe valeu o apuramento para as meias-finais onde perdeu frente a um egípcio.   

Leopoldo, a lutar nos menos de 81 quilos, também teve um início prometedor com triunfos sobre um atleta do Botswana e do Quénia, mas na terceira eliminatória não resistiu ao maior poderio do lutador angolano.

Bruno Luzia e Neuso Sigaúgue não tiveram igual sorte tendo ficado pela primeira eliminatória.

Refira-se que o quarteto nacional realizou antes da prova um estágio competitivo em Paris, França, tendo em vista a participação nos Jogos Africanos – Maputo 2011.
Fonte:Jornal Noticias

 

publicado por Vaxko Zakarias às 12:59
 O que é? |  O que é? | favorito
sinto-me:

 

 

Pedro Tivane

A SELECÇÃO Nacional de hóquei em patins que tomará parte no Campeonato do Mundo da modalidade em San Juan, Argentina, de 24 de Setembro a 1 de Outubro, entrou, semana passada, numa nova fase de preparação. Após sensivelmente mês e meio a trabalhar a componente física passou a dar ênfase às sessões técnico-tácticas.

 

 

Pedro Tivane, seleccionador adjunto, faz uma avaliação positiva da preparação efectuada até esta altura. Sublinha a melhoria considerável da condição física dos atletas, facto que se reflecte num dinamismo mais apurado na execução das jogadas de ataque bem como na recuperação da bola em situações de contra-ataque.

 

A nova etapa, ora iniciada, é, de acordo com Tivane, reflexo de que a preparação decorre a bom ritmo.

Estou satisfeito com o empenho de todos os jogadores. Tenho notado uma grande evolução nos jogadores menos utilizados na selecção, como é o caso do Boby (Hélder Mateus). Deu uma boa resposta no torneio realizado na África do Sul, é positivo para a selecção visto que aumenta as opções de escolha”.

 

 

O seleccionador adjunto afirma que a nova etapa preparatória incidirá no treino técnico individual e no delineamento dos processos tácticos a implementar já frente à selecção sul-africana no Torneio Internacional a realizar-se no final deste mês na capital do país.

Para Tivane, esta será mais uma oportunidade para testar a equipa moçambicana e voltar a experimentar outros modelos de jogo.

 

Para fazermos uma avaliação mais detalhada da condição física e técnico-táctica dos nossos jogadores precisamos de realizar jogos de controlo. Este torneio será importante para limarmos algumas arestas relativamente ao nosso posicionamento em campo em diferentes situações do jogo”.

 

Nesse torneio, Tivane deseja contar com todos os jogadores. “A equipa que jogou na África do Sul não se apresentou na máxima força. Aproveitei para experimentar os jogadores menos utilizados, mas para este torneio quero contar com todos”.

 

 

AGRADA-ME COMEÇAR COM ESTADOS UNIDOS

 

 

Convidado a fazer um breve comentário sobre o calendário de Moçambique no Mundial, o técnico considerou que o sorteio foi óptimo, na medida em que, para ele, começar com os EUA é uma oportunidade para arrancar com o pé direito para depois enfrentar Angola, na disputa pelos quartos-de-final, com maior confiança.

 

 

 

SELECÇÃO EM TESTE AGRIDOCE NA RAS


 

Bruno Pimentel

A Selecção Nacional efectuou recentemente alguns jogos de controlo na África do Sul tendo em vista o Mundial.

 

Ao primeiro jogo, o combinado nacional, que se apresentou sem alguns dos jogadores preponderantes, casos de Bruno Pimentel, Arnaldo Queiroz, Spiros Esculudes (Kiko) e Ivan Esculudes (Maninho), foi derrotado pelo Invitation, por 3-8. Na ausência destes, o técnico Pedro Tivane aproveitou para dar a oportunidade a jogadores que não têm tido espaço para mostrar o seu valor na selecção, casos de Boby, Mercy Mungói, Afonsinho, Eduardo, Nando, Donaldo, Juma e Arsénio Farranguana. Os mais experientes na equipa nacional eram Nuno Tavares e Nelson Miquessene (Mafamba), os únicos que já estiveram numa fase final do Mundial.

 

No segundo encontro, o combinado nacional logrou vencer a selecção de juniores da África do Sul, por 6-4. Ao intervalo os comandados de Tivane venciam, por 5-1. Foi uma partida acessível, sobretudo na primeira parte, o que fez com que os hoquistas nacionais tenham relaxado na etapa complementar.

 

No embate derradeiro, frente à selecção principal sul-africana, a equipa nacional realizou um memorável início de jogo. À passagem dos cinco minutos já vencia por 3-0, mas veio ao de cima o cansaço e permitiram que o adversário chegasse ao empate ainda na primeira parte. Na segunda só deu África do Sul e o resultado fixou-se em 4-8.

Conforme ressalvou Tivane, este foi um torneio em que o resultado era menos importante, interessava, isso sim, rodar e observar os jogadores menos utilizados.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:44
 O que é? |  O que é? | favorito

 

Alex  Alves

JÁ é ponto assente e de domínio público. O brasileiro Alex Alves é o novo treinador principal do Ferroviário de Nampula, devendo ser coadjuvado nas suas funções por Sataca. A nova equipa técnica, que substitui a dupla Mussá Osman/Aleixo Fumo, foi apresentada ontem de manhã ao grupo de trabalho, num acto que contou com a destacável presença do “estado-maior” da direcção “locomotiva”.

 

 

O vice-presidente do clube, Luís Munguambe, disse que a contratação de Alex Alves, que já treinou Textáfrica e Ferroviário da Beira, tem como principal objectivo criar condições para que a equipa reverta o actual cenário de maus resultados e de mau ambiente de trabalho que caracteriza a colectividade.

 

Neste momento não estamos preocupados com o passado. Temos, isso sim, a obrigação de levantar a cabeça, olhar para frente e mudar o actual cenário que nada dignifica a colectividade. Queremos que jogo a jogo se melhore a nossa prestação no Moçambola”, referiu Munguambe, que não se quis pronunciar sobre algumas zonas de penumbra que estão por detrás da demissão de Mussá Osman, que na altura da tomada da decisão para a sua saída a equipa por si comandada estava a um ponto do líder da prova.

 

Num outro desenvolvimento, Munguambe não descartou a possibilidade de o novo timoneiro propor a contratação de jogadores na reabertura do mercado, em Junho próximo, se as condições assim o exigirem, apesar de reconhecer que, para o efeito, a Direcção deverá fazer uma “ginástica” financeira, a avaliar pela situação que se criou com a demissão de Mussá Osman.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

 

publicado por Vaxko Zakarias às 12:31
 O que é? |  O que é? | favorito

 

emblema de moçambique

A OITAVA reunião nacional de planificação do Ministério da Juventude e Desportos (MJD) tem lugar, a partir de hoje até amanhã, no distrito do Bilene, província de Gaza, com objectivo de assegurar a realização de uma política unitária e coordenada a nível daquela instituição.

 

 

O encontro servirá para a elaboração das linhas gerais do plano económico e social do MJD e do plano operativo local, bem como reflectir sobre o balanço de actividades do primeiro trimestre e aferir o grau de cumprimento das recomendações do décimo Conselho Coordenador.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:23
 O que é? |  O que é? | favorito

 


 

Nacionais de atletismo

O EQUILÍBRIO foi a nota dominante no arranque dos “nacionais” de atletismo em seniores, juniores e juvenis (masculinos e femininos) que decorrem desde terça-feira no Estádio Nacional do Zimpeto. Os juvenis, o primeiro escalão a entrar em acção, travaram uma luta bastante renhida com os títulos a repartirem-se por várias equipas.

 

 

 

O Ferroviário do Maputo, um dos potenciais candidatos à conquista do título, justificou o estatuto com Crev Machava a sagrar-se campeão nacional dos 100 e 110 metros barreiras com os tempos de 11,2 e 16,7 segundos, respectivamente.

O Ferroviário das Mahotas também destacou-se com Gracinda Mafuca a conquistar dois títulos nos 100 e 400 metros com as marcas de 12,9 e 62,1 segundos, respectivamente.

 

Celso Cossa, da Universidade São Tomás, dominou os 400 metros, em masculinos, com o tempo de 51,8 segundos.

Júlia Balão, do Sport Clube de Chimoio, cometeu a proeza de ser a primeira atleta de fora da capital do país a conquistar a primeira posição. O feito foi alcançado nos 1500 metros, tendo estabelecido a marca de 5.10,04 minutos. Em masculinos, o título ficou na posse de Albertino Mamba, da UP, que correu a distância em 4.02,12 minutos.

 

Nas provas técnicas, o destaque vai para Arneta Buene, do Desportivo do Maputo, que se sagrou campeã nacional do triplo salto e salto em altura com os registos de 10, 39 e 1,25 metros, respectivamente.

 

A prova é liderada pelo Ferroviário do Maputo em masculinos e femininos com 30 e 45 pontos, respectivamente, na classificação por equipas.

O Matchedje ocupa o segundo, em masculinos, com 24 pontos, enquanto A Politécnica, em segundo tem 20.

 

Em femininos, o Desportivo ocupa o segundo lugar com 26 pontos, seguido do Sport Clube de Chimoio com 23 pontos.

De referir que em juvenis estabeleceu-se um recorde em termos de participação com 19 equipas a marcarem presença.

O momento mais esperado da prova ocorre no sábado e domingo com os seniores a entrarem em cena, mas hoje e amanhã será a vez dos juniores competirem. 
Fonte:Jornal Noticias

 

publicado por Vaxko Zakarias às 12:08
 O que é? |  O que é? | favorito

 

Desportivo vs Liga Mulçulmana

DEPOIS de, no final da temporada passada, o futebol doméstico ter sido abalado por denúncias de corrupção, eis que, à oitava jornada, o Moçambola-2011 é colhido com acusações de alegados favorecimentos à Liga Muçulmana por parte dos árbitros, facto que levou o Desportivo a apresentar, ontem, uma queixa à Procuradoria-Geral da República.

 

 

Os factos remontam o pretérito domingo. O palco foi o campo da Liga Muçulmana, na Matola, tendo como intervenientes os donos da casa e os “alvi-negros”. A arbitragem esteve a cargo de Ainad Ussene, um dos juízes renomados da praça, auxiliado por Gimo Patrício, da Beira, e Estrela Gonçalves, de Tete. O jogo terminou com o triunfo dos campeões nacionais por uma bola sem resposta. O resultado, porém, é contestado de forma cáustica pelo Desportivo, sob alegação de haver fortes indícios de corrupção, razão bastante para ter, ontem, entregue uma carta-denúncia ao Gabinete Central de Combate à Corrupção (GCCC), órgão tutelado pela Procuradoria-Geral da República.

 

Numa conferência de Imprensa havida ao fim da tarde de terça-feira na sua sede, o Desportivo esgrime vários argumentos, essencialmente consubstanciados no seguinte: golo anulado a Tico-Tico; expulsão de Abílio numa altura de clara ascendência “alvi-negra”; tento da Liga Muçulmana, apontado por Jerry, numa situação em que o guarda-redes Leonel tinha o esférico dominado; sequência de foras-de-jogo assinaladas com o evidente objectivo de limitar a iniciativa atacante da sua equipa; e período de compensação que não reflecte o tempo perdido ao longo da partida, de modo a não permitir a recuperação do Desportivo.

 

Este rol de acontecimentos, de acordo com António Grispos, vice-presidente do clube, que revelou estar na posse de imagens televisivas que atestam esta situação, indiciam claramente que houve casos de fraude a favor de alguém, daí que a Direcção do Desportivo tenha decidido apresentar uma denúncia ao GCCC, alegando ter havido corrupção neste jogo, apontando os nomes do árbitro Ainad Ussene e do assistente Gimo Patrício.

 

O Desportivo acha que os senhores Ainad Ussene e Gimo Patrício não agiram de conformidade com o preceituado nas leis do jogo e nem sequer idóneas como pessoas. Perante esta situação, e paralelamente à denúncia ao Gabinete Central de Combate à Corrupção, iremos exigir à Liga Moçambicana de Futebol para que não volte a escalar os senhores Ainad Ussene e Gimo Patrício nos jogos do Desportivo. Aliás, já há muito que tínhamos defendido que a escala dos árbitros devia ser por sorteio e não por escolha, conforme é prática no Moçambola”, explicou António Grispos.

 

Segundo ele, caso a LMF não acolha esta exigência, o clube não se responsabilizará por eventuais consequências que poderão advir, uma vez que não somente a Direcção como também os adeptos “alvi-negros” estão agastados com a continuada atitude indecorosa de Ainad Ussene, em particular.

 

Queremos que a Liga Moçambicana de Futebol tome a peito estes factos e castigue de forma exemplar o senhor Ainad Ussene, sobretudo porque ele é recorrente e perverte a imagem do nosso futebol. Os senhores Ainad Ussene e Gimo Patrício, assim como outros da sua trilha, devem ser banidos da arbitragem, pois só dessa forma poderemos expurgar a imagem do nosso futebol”, acrescentou o vice-presidente do Desportivo.

 

Na sua explanação, António Grispos sublinhou que todas as situações anómalas ocorridas durante a contenda apontam que só houve um lado prejudicado, neste caso, o Desportivo. “Tratou-se de um caso deliberado e o Desportivo foi prejudicado de forma grave, levando-nos a concluir que existe, da parte dos senhores Ainad Ussene e Gimo Patrício, alguma animosidade para com o Desportivo ou então um elemento externo”, concluiu.
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 12:00
 O que é? |  O que é? | favorito
Maio 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
14
15
17
21
22
28
29
subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO