Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Terça-feira, 03 DE Maio 2011

 

Estádio Nacional do Zimpeto

CAIU no último sábado o pano sobre a 42ª Sessão Ordinária do Comité Executivo do SCSA (Conselho Superior do Desporto em África) que teve lugar na capital do país, durante uma semana, cujo objectivo era fazer a apreciação final dos trabalhos realizados com vista à 10ª edição dos Jogos Africanos a decorrem em Maputo de 3 a 18 de Setembro próximo.

 

 

O último dia era aguardado com muito interesse visto que se ficaria a saber sobre a avaliação final por parte do SCSA depois da visita que o seu secretário-geral, Sonstone Kashiba, juntamente com os chefes da missão dos países da região efectuaram, na sexta-feira, aos recintos desportivos que estão a ser construídos para acolherem a maior competição africana.

 

Falando ao “Notícias”, no encerramento da cerimónia, o secretário-geral do SCSA, Sonstone Kashiba, considerou que os trabalhos estão a correr a bom ritmo e ficou satisfeito com o facto de as infra-estruturas responderem na plenitude as exigências dos Jogos Africanos, embora sublinhe que ainda há trabalho pela frente.

 

Dou nota positiva ao trabalho que Moçambique tem vindo a realizar. Tem feito o possível para acolher a prova. As instalações desportivas têm padrões aceitáveis.

Há alguns trabalhos que devem ser feitos, mas o Governo moçambicano garantiu que todas as obras serão concluídas antes do início dos Jogos Africanos”.

 

Questionado sobre as infra-estruturas que precisam de obras aceleradas, Kashiba respondeu que “a Vila e Piscina Olímpica é que precisam de trabalhos mais cuidadosos, porque são de raiz. Existem também algumas instalações a precisarem de retoques como, por exemplo, os pavilhões do Maxaquene, Académica, Estrela e o campo do Costa do Sol”.

O EVENTO JÁ É UMA CERTEZA

 

Nesta altura, o secretário-geral do SCSA-Zona VI considera ser impensável falar-se da transferência dos Jogos Africanos para um outro país. Segundo ele, os Jogos Africanos em Moçambique já são uma certeza. “Posso garantir que os Jogos Africanos serão realizados em Moçambique. Esta é uma prova muito importante para todos os moçambicanos porque serão muitos países presentes e será importantíssimo para elevação do nome desportivo deste país”.

 

Segundo Sonstone Kashiba, Moçambique tem todas as condições para fazer dos Jogos Africanos uma competição ainda mais brilhante.

Na última sessão do Comité Executivo do SCSA foi lançado o manual dos Jogos Africanos, uma espécie de guia para os países que estarão presentes na competição.

Sonstone Kashiba

SCSA SERÁ DISSOLVIDO

 

ESTÁ iminente a dissolução do SCSA (Conselho Superior do Desporto em África). Nesta altura estuda-se a criação de um comité que possa dar sequência aos trabalhos desenvolvidos pelo SCSA.

O desaparecimento daquela instituição de acordo com o seu secretário-geral é uma questão de tempo que irá permitir preparar o terreno para o nascimento de outra agremiação.

 

 “Existe a intenção de dissolver o SCSA, mas importa clarificar que não será substituído pela ANOCA (Associação dos Comités Olímpicos Nacionais de África). Haverá uma comissão composta pela União Africana e outras instituições para desempenhar as funções do SCSA”.

 

Explicando sobre a razão da dissolução do SCSA, aquele dirigente afirmou: “O SCSA foi fundado com o objectivo de criar condições para responder as novas dimensões e exigências do desporto em África. É um Órgão que existe há muito tempo, por isso entendemos que já cumpriu com a sua missão”.

DEVEDORES DE FORA

 

Questionado sobre os países que não pagaram as quotas ao SCSA, Kashiba explicou que “na reunião do Comité Executivo ficou decidido que os países em dívida deverão liquidar as suas dívidas sob o risco de não participarem nos Jogos Africanos”.

Convidado a divulgar a lista dos países em dívida, Kashiba preferiu não o fazer, justificando-se no facto de ser um assunto interno, ou seja, entre o SACSA e os devedores.

 

No entanto, sabe-se que São Tomé e Príncipe é um dos países em risco de não participar na competição. 
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 11:40
 O que é? |  O que é? | favorito


Luis Alberto

 

LUÍS Alberto López Hernandez é o novo treinador da Selecção Nacional Feminina de Basquetebol. O técnico espanhol assinou, na quinta-feira, com a Federação Moçambicana de Basquetebol (FMB), um contrato por um período de seis meses e foi apresentado como o homem que terá a missão de preparar a turma moçambicana para tomar parte do Campeonato Africano de Basquetebol a decorrer no Mali em Setembro próximo.

 

Mas a grande missão proposta a Luís Hernandéz é levar o combinado nacional aos Jogos Olímpicos de Londres-2012. Para tal terá que colocar a formação moçambicana num dos dois primeiros lugares.

 

A contratação do técnico espanhol tem a mão forte do Comité Olímpico de Moçambique que através do programa “Team Suppoort Grants” da Solidariedade Olímpica disponibilizou à FMB o treinador espanhol. Ambas instituições assinaram também um acordo de parceria que prevê, para além do acompanhamento da selecção feminina por parte de Luís Hernandez, o apoio a outros quadrantes da modalidade.

 

Á luz do referido programa, o Comité Olímpico irá pagar o salário (três mil dólares norte americanos/mês) do técnico espanhol durante os seis meses (Abril a Setembro); o alojamento e alimentação; transporte para os treinos, competições e outros locais em serviço.

 

Hernandéz, o segundo treinador de nacionalidade espanhola a treinar em solo moçambicano depois de Inak Garcia, disse estar extremamente satisfeito com o facto de puder vir treinar num país diferente e com outro tipo de cultura. Acrescentou estar preparado para enfrentar o desafio de qualificar a selecção feminina para os Jogos Olímpicos.
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 11:26
 O que é? |  O que é? | favorito


 

hcb

 

MAU espectáculo de futebol, foi o que se viu em plena festa do trabalhador, no Estádio 27 de Novembro, na vila do Songo. O jogo iniciou com ambas as equipais a trocar bem o esférico, mas com maior ascendência para os donos da casa, embora sem muita pressão, porque Mavó, o principal motor do time, estava em dia não, longe dos seus habituais arranques para a frente ofensiva.

 

Os pupilos de Victor Urbano apresentaram-se apáticos e não tiveram um domínio suficiente do jogo, permitindo constantes fugas dos avançados do Incomáti, que por várias vezes penetraram até à baliza adversária, só que no momento da verdade chutavam para muito longe do alvo.

O tempo foi correndo, com os jogadores da HCB a tentar imprimir uma outra dinâmica à partida, face a um Incomáti que bem sabia das dificuldades que encontraria no Songo, daí a sua maior precaução pela defesa, saindo em contra-ataques que às vezes surpreendiam os visitados.

 

Na etapa complementar, viu-se uma HCB inconformada e muito preocupada em chegar ao golo, mas o adversário tudo fazia para manter a sua baliza inviolável, incluindo queimar o tempo com constantes quedas, facto que levou o árbitro a mostrar por quatro vezes o cartão amarelo.

Este estilo de jogo do Incomáti manietou a HCB, que não conseguiu estruturar nenhuma jogada de realce. O técnico Victor Urbano fez todas as mexidas que lhe ocorreram, mas em nada valeram. Os 90 minutos, mais 10 de compensação, chegaram com o público irritado devido à forma de actuar do conjunto de Xinavane.

 

Apesar de ter feito bom trabalho, o árbitro pecou por demorar na chamada de atenção aos jogadores do Incomáti, sobretudo ao guarda-redes Maria, que foi bastante “especialista” em fabricar lesões.

 

FICHA TÉCNICA;


Árbitro: Alberto Celestino, auxiliado por Bento Chengerenão e Eduardo Gatoma. Quarto árbitro: César Colar

 

HCB – Dionísio; Belmiro (Dula), Rogério, Calima e Antoninho; Fabrice, Dangalira, Marlon e Charley; Mavó (Diogo) e Andro, (Elídio)

 

INCOMÁTI – Maria; Matawene, Tawinha, Kikita e Vinito; Paíto, Gil, Mitó (Claudinho) e Mozer; Félix (Duda) Caló (Zola)

 

Acção disciplinar – cartão amarelo para Maria, Tawinha, Vinito e Gil.
  • Bernardo Carlos
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 10:24
 O que é? |  O que é? | favorito

 

Prova de atletismo

QUATRO modalidades, nomeadamente ginástica, tiro, barco a vela e halterofilismo foram excluídas dos Jogos Africanos. Esta decisão foi tomada no encerramento do Comité Executivo do SCSA.

 

 
Avaliamos as instalações para essas modalidades e vimos que Moçambique não reúne condições. Posto isto serão 20 as modalidades presentes na prova e não 24 como estava estabelecido”, justificou Kashiba.

Revelou que algumas modalidades avançaram com a proposta de inscrição na prova mas que não foram aceites por o terem feito tardiamente. Trata-se de esgrima e luta livre.

 

Eis a lista das modalidades eleitas: Andebol, atletismo, badminton, basquetebol, boxe, ciclismo, futebol, karaté, judo, natação, ténis, ténis de mesa, netball, voleibol, taekwondo, canoagem, triatlo, remo, xadrez e desporto para pessoa portadora de deficiência (atletismo e natação).

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:19
 O que é? |  O que é? | favorito

 

Chingale de Tete

OS representantes de Tete no Moçambola-2011 marcaram passo na oitava jornada e quem disso tirou proveito foi o Maxaquene, que desse modo se distanciou ainda mais dos seus dois perseguidores.

 

 
Coincidentemente, Chingale e HCB não foram além da igualdade sem abertura de contagem nos seus jogos: os “canarinhos” na visita ao Atlético Muçulmano e a turma do Songo na recepção ao Incomáti de Xinavane. Somando agora 15 pontos, Chingale e HCB estão agora a cinco do líder Maxaquene, que foi ao Chiveve derrotar o Sporting da Beira por uma bola sem resposta. Deste triunvirato da frente, na próxima jornada, enquanto os “tricolores” têm um jogo relativamente fácil, perante o Atlético Muçulmano, o Chingale recebe o Vilankulo FC e a HCB vem a Maputo, pela quarta vez, para defrontar a campeã Liga Muçulmana.  
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 10:13
 O que é? |  O que é? | favorito
Maio 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
14
15
17
21
22
28
29
subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO