Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Terça-feira, 26 DE Abril 2011

 

 

 

estadio-inaugurac-fogo_

 

 

 

O céu de Zimpeto, num trabalho apresentado pelo projecto Mozfires, ficou colorido de fogo de artifício, acompanhado de uma “banda sonora“ à altura.

O país testemunhou, sábado último, a inauguração do Estádio Nacional do Zimpeto, numa cerimónia dirigida pelo presidente da República, Armando Guebuza. Esta mega-cerimónia contou com a presença de mais de 40 mil pessoas, que não quiseram perder este momento ímpar da história do país.

 

Quando eram 16h30 minutos, o presidente da República chegou àquele parque desportivo acompanhado pela esposa, e foi recebido pelo comité constituído pelo ministro da Juventude e Desportos, Pedrito Caetano, pela governadora da cidade de Maputo, Lucília Hama, pelo edil da cidade capital, David Simango, entre outras personalidades, num acto acompanhado de diversas manifestações culturais.

 

De seguida, o chefe do estado descerrou a placa comemorativa, dando assim início à cerimónia. Posto isto, dirigiu-se ao interior do recinto desportivo, o epicentro da festa de inauguração do empreendimento, orçado em 57 milhões de meticais, valor financiado pelo governo da China. No seu discurso, Guebuza destacou que, “com este empreendimento, está criado mais um pólo de desenvolvimento da cidade de Maputo. Maputo está a registar mudanças. Moçambique está a crescer. O povo moçambicano, este povo heróico e especial, está a vencer a pobreza, no campo e na cidade”.

 

Um dos momentos mais marcantes da noite foi quando um grupo de 1 500 crianças (de diversas escolas circunvizinhas), todas trajadas de branco, apresentou ginástica massiva e outras coreografias. Num claro momento de exaltação da cultura moçambicana, houve espaço ainda para a apresentação de danças tradicionais: mapiko (Cabo Delgado) e Xigubo (sul do país). Depois, foi a vez do show pirotécnico, que coloriu o ambiente de festa.

 

Terminada a primeira parte da inauguração, foi a vez das selecções nacionais de Moçambique e da Tanzania se fazerem  ao rectângulo do jogo para as habituais sessões de aquecimento. Já no decorrer da partida, e porque a noite era mesmo de festa para os moçambicanos, os mambas não quiseram ficar alheios à mesma e foram marcando golos à Tanzania, desencadeando muita alegria e emoção dentro do estádio.

 

 

Fonte:O Pais

publicado por Vaxko Zakarias às 11:33
 O que é? |  O que é? | favorito

 

 

 

NO sábado, faltavam 133 dias para o arranque dos X Jogos Africanos de Maputo-2011. Na inauguração do Estádio Nacional do Zimpeto, o Presidente da República, Armando Guebuza, consciente da exiguidade do tempo, chamou à atenção para a necessidade de se andar mais depressa, porque a expectativa assim o exige.

 

Num discurso em que fez questão de abranger vários segmentos do fenómeno desportivo, aliando a inauguração do Estádio Nacional do Zimpeto aos Jogos Africanos que aquele majestoso complexo será o epicentro, o Presidente da República disse que o desporto, nas suas diferentes modalidades, é gerador de uma dinâmica social e económica própria que se entrelaça com outros sectores da intervenção humana para contribuir para a produção de riqueza e criação do emprego.

 

 

Para além disso, segundo Armando Guebuza, o desporto tem o condão de promover a inclusão social, combater a ociosidade e de produzir uma sociedade com mais saúde e com mais qualidade de vida, pelo que, sublinha, é hora de investirmos ainda mais no desporto, como factor de desenvolvimento humano e de luta contra a pobreza. “Para este objectivo convidamos o sector privado a aumentar a sua visibilidade não só em intervenções de responsabilidade social como também investimentos de vulto de formação e apoio a atletas e ao desenvolvimento de infra-estruturas desportivas”, afirmou o Chefe do Estado.

 

 

Referindo-se, em particular, aos X Jogos Africanos de Maputo-2011, a decorrerem entre os dias 3 e 18 de Setembro, Guebuza reiterou que estes são Jogos de toda a nação moçambicana, daí a importância de todos participarem na sua preparação, realização e apoio no seu decurso. “O Estádio Nacional do Zimpeto, o principal palco destes Jogos, já aqui está; a Vila Olímpica e a Piscina Olímpica estão a ganhar forma a olhos vistos aqui mesmo ao lado; a reabilitação de outras infra-estruturas está em curso; e a divulgação terá, necessariamente, que ganhar novo dinamismo, ímpeto e abrangência”, observou.

 

 

Dentro deste contexto, o Presidente da República disse que cada um de nós deve se preparar e fazer a sua parte para que alcancemos esse tão almejado sucesso na divulgação, organização e realização destes Jogos. “Que cada um de nós reflicta e ponha em acção o seu plano para fazer deste evento um acontecimento memorável e uma oportunidade de negócio e de confraternização com os nossos hóspedes”, disse.

 

 

Na óptica do Chefe do Estado, o nosso maior desafio é usar os Jogos Africanos como Jogos de reafirmação da moçambicanidade, da auto-estima e da heroicidade desta Pátria de Heróis. “Faltam apenas 133 dias até à data do início dos Jogos. Temos que andar mais depressa. A expectativa assim o exige. As nossas responsabilidades assim nos impõem e a nossa tradição de nos esmerarmos em tudo o que fazemos não nos permite outra opção que não seja o passo acelerado”, concluiu Armando Guebuza.

 

Entretanto, intervindo na mesma cerimónia, o Ministro da Juventude e Desportos, Pedrito Caetano, disse que com a inauguração do Estádio Nacional do Zimpeto está dado um passo gigantesco para que a Cidadela Desportiva de Maputo seja uma realidade, vincando igualmente o compromisso de tudo fazer para que este majestoso complexo seja também um exemplo de conservação, estima e correcta utilização, de forma que as gerações vindouras igualmente se beneficiem dele.
Fontte:Jornal Noticias

 

publicado por Vaxko Zakarias às 11:04
 O que é? |  O que é? | favorito

 

Pedrito Caetano

O COMITÉ Executivo do Conselho Superior do Desporto de África (SCSA) reúne-se entre hoje e amanhã, em Maputo, na sua 42ª sessão, tendo como objectivo fundamental analisar o processo de preparação dos X Jogos Africanos, numa altura em que estamos a escassos cinco meses da realização do evento.

 

 

O encontro foi precedido, sábado e domingo, da terceira reunião conjunta entre o SCSA, diferentes organismos continentais do desporto e o COJA Africanos. Falando no acto, o Ministro da Juventude e Desportos, Pedrito Caetano, disse que o compromisso do Governo moçambicano em levar a cabo os Jogos Africanos estava expresso, nomeadamente na inauguração do Estádio Nacional do Zimpeto, que será o “quartel-general” do evento.,

 

 

A vossa presença entre nós, quando caminhamos a passos largos em direcção ao grande evento aguardado por todos os africanos, não só nos estimula a trabalhar ainda mais, como também é uma ocasião para, através de diversas experiências trazidas por gente ilustre e conhecedora de realizações desportivas desta magnitude, aprimorarmos tudo quanto fizemos até aqui e acelerarmos a caminhada”, afirmou o ministro.

 

 

Pedrito Caetano aproveitou a ocasião para convidar a todos os dirigentes e organismos representados naquele encontro para que nos apoiem em todos os sentidos, pois, segundo frisou, o êxito dos X Jogos Africamos não é apenas êxito de Moçambique, na qualidade de país organizador, mas sim de todo o continente, entanto que dono desta festa desportiva e veículo privilegiado de fortificação da união entre os jovens africanos.

 

Muito embora nesta caminhada estejamos a conhecer alguns embaraços, ditados pela conjuntura internacional, facto que se reflecte no Orçamento do Estado e, consequentemente, no orçamento dos Jogos, o Governo moçambicano e o COJA reafirmam que continuarão a emprestar o seu saber em prol dos Jogos Africanos”, prometeu o Ministro da Juventude e Desportos.
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 10:50
 O que é? |  O que é? | favorito

 

INAUGURAÇÃO DO ESTÁDIO NACIONAL DO ZIMPETO - O dilema das cadeiras VIP

OS “Very Important Person” enfrentaram um dilema que jamais esquecerão no histórico sábado da inauguração do Estádio Nacional do Zimpeto. Membros dos órgãos de soberania, ministros, vice-ministros e outras figuras importantes da hierarquia política, económica, social e desportiva ficaram estupefactos com a realidade que viveram no lugar que lhes foi reservado, precisamente a zona VIP.

 

 

Lugar bonito, esmerado, engalanado, plantas à volta e sorridentes moças do protocolo, tudo isto conferia ao local todo o charme convidativo, que, para incredulidade de “todo o mundo”, viria a ser reduzido a pó por um fenómeno tragicómico: as cadeiras, em conjuntos de cerca de 10, foram se partindo, deixando os VIP atónitos.

 

Inicialmente, até deu algum gozo, dado que os chineses, construtores do estádio, são conhecidos pela sua rigorosidade mesmo no detalhe. Mas, quando as cadeiras se foram quebrando em cadeia, aí o assunto ganhou de facto contornos de seriedade.

 

Ao que soubemos dos responsáveis do estádio, foram cerca de 100 cadeiras partidas e somente na área VIP, uma vez que, na tentativa de adornar a zona, o empreiteiro terá usado material pouco consistente e o resto foi o que se viu: quebra e quebra acolá, com naturais comentários desabonatórios de permeio.

 

Garantiram-nos, entretanto, que no domingo, dia seguinte à inauguração, foi feito o levantamento dos estragos e, ontem mesmo, iniciou-se a reposição dos danos, na esperança de que o fenómeno não se repita em futuras ocasiões.
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 10:16
 O que é? |  O que é? | favorito

 

voleibol_taca_da_cidade_de_maputo_jet_s_e_academica_reinam_medium

ACADÉMICA M e mcel carimbaram o passaporte para a final do Torneio de Abertura de voleibol, em seniores masculinos, ao derrotarem, sábado, nas meias-finais, Maputo Jet’s e Académica B, respectivamente, pelo mesmo resultado (3-0).

 

 

Assim sendo, Académica e mcel protagonizarão uma final inédita no dia 7 de Maio.

Os “estudantes” são os principais candidatos a conquistar o troféu, embora doutro lado esteja uma equipa da mcel que surge esta época bem estruturada e disposta a bater o pé aos crónicos vencedores.

 

Em femininos, os finalistas serão encontrados no próximo fim-de-semana com a disputa dos encontros Graal-Hotso e Académica-Maputo Jet’s.

A primeira fase foi disputado em grupos, tendo a Graal ficado em primeiro, a Académica em segundo e a Maputo Jet’s e Hotso, em terceiro e quarto lugares, respectivamente.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:04
 O que é? |  O que é? | favorito

 

Mussa Osman

O FERROVIÁRIO de Nampula joga amanhã em Maputo frente ao líder Maxaquene no seu primeiro encontro do Moçambola-2011 já sem o técnico Mussá Osman. Nos outros embates referentes à sétima jornada (conclusão), os “locomotivas” da capital deslocam-se à Beira para defrontar o seu homónimo local, enquanto a Liga Muçulmana vai a Xinavane, onde lhe espera o Incomáti.

 

 
Para estes encontros, o Maxaquene, na qualidade de líder e a jogar em casa, Liga Muçulmana e Ferroviário de Maputo, apesar destes últimos actuarem fora de portas, são favoritos. 
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 09:54
 O que é? |  O que é? | favorito

 

Chingale de Tete

 

O CHINGALE não foi para além de um empate (0-0) diante do Sporting da Beira, em casa, num jogo em que era favorito a avaliar pelos últimos resultados que a equipa de Tete vem obtendo.

 

Sérgio Faife, treinador do Chingale, optou logo no início da partida por um jogo totalmente ofensivo, balanceando a equipa para um ataque cerrado com um sistema táctico de 4x3x3, o que manietou o Sporting, que sabia muito bem das dificuldades que iria encontrar.

Porém, os beirenses aos poucos foram acertando e já à entrada do primeiro quarto hora, já aparecia muitas vezes com algumas tendências para o ataque. Foi assim que numa destas jogadas, Clemente cruzou com perigo para a defesa de Joaquim.

 

Volvidos 20 minutos, assistiu-se a um espectáculo de falhanços protagonizado pelos atacantes do Chingale, principalmente por parte de Hadji e Alone, que mesmo com o guarda-redes batido não conseguiam enviar a bola para o lugar certo, senão muito longe da baliza ou por cima do travessão.

 

O Sporting respondeu com algum perigo e desperdiçou uma oportunidade soberba, quando a bola “rasgou” a área sem ninguém para a emenda. Minutos depois, terminava a primeira parte.

 

Veio a segunda, com o Chingale, tal como aconteceu logo no início da partida, a desenhar iniciativas para o golo, mas o Sporting compactou-se todo na sua defesa na tentativa de manter a igualdade, optando sempre pelos contra-ataques.

 

O tempo foi correndo e o Sporting simulava faltas inexistentes para frustrar, até certa maneira, o caudal ofensivo do Chingale. E no final o empate confirmou-se.

 

O árbitro realizou um trabalho normal, tendo exibido duas cartolinas amarelas aos jogadores, Zé do Chingale e Muchave do Sporting da Beira, por anti- jogo.

 

FICHA TÉCNICA


ÁRBITRO: Celestino Djimo, auxiliado por Eduardo Gatoma e Bento Chenjeramao. Ribeiro Manuel foi quarto árbitro.

 

CHINGALE: Joaquim; Celso, Fredy, Louis (Alex), Tony; Hadji, Zé, Gabito (Magaba), Maurício; Paulo (Rafael) e Alone.

 

SPORTING BEIRA: Gona; Babugy, Carlitos, Dulinho, Mwenhe (Malangue); Tacuzua, Avú (Paito), Gabriel, Michael; Muchave e Clemente (Breandean).

 

Acção disciplinar: cartões amarelos para Zé e Muchave.

  • Bernardo Carlos
Fonte:Jornal Noticias

 

publicado por Vaxko Zakarias às 09:46
 O que é? |  O que é? | favorito

 

Taça de Moçambique

O FERROVIÁRIO das Mahotas apurou-se para a segunda eliminatória da Taça de Moçambique ao vencer no domingo União FC, por 4-1, na marcação de grandes penalidades.

 

 

No final do tempo regulamentar verificava-se uma igualdade a um golo pelo que este despique esteve longe de ser favas contadas para os “locomotivas”. Aliás, o facto de o jogo ter sido decidido apenas na lotaria dos penaltes elucida o quanto foi renhido o confronto entre estas duas equipas do mesmo escalão.

 

Este foi o primeiro jogo dos quatro que irão se realizar na primeira eliminatória da Taça de Moçambique, que numa primeira fase só envolve equipas da primeira divisão do Campeonato da Cidade do Maputo.

 

Académica, Estrela Vermelha, Nova Aliança, 1° de Maio, Águias Especiais e Beira-Mar da Catembe são outras formações que estarão também em acção na primeira eliminatória.

 

Refira-se que as equipas do Moçambola só entram em cena na quarta e última eliminatória da fase da cidade do Maputo.

 

INCOMÁTI GOLEADOR


O Incomáti apurou-se para a segunda eliminatória de forma convincente ao golear o Ntumbuluku FC da Moamba, por 9-0.

O Incomáti, que regressou ao Moçambola após muitos anos de ausência, fez desta feita jus ao estatuto de potencial favorito à vitória.

O Clube de Xinavane venceu o Clube da Manhiça, por 5-4, nos penaltes após um empate a dois golos no final do tempo regulamentar.

 

O Djuba FC também venceu na marcação de grandes penalidades o Desportivo da Matola, por 4-3, após um nulo no final do período regulamentar.

 

A partida entre o Atlético Muçulmano e a Liga FC foi adiada para 4 de Maio, próxima quarta-feira devido ao facto de a primeira equipa ter jogado com o Matchedje no pretérito fim-de-semana em desafio pontuável para o Moçambola.
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 09:01
 O que é? |  O que é? | favorito

O DISTRITO de Marromeu é o grande vencedor da fase provincial de Sofala dos décimos Jogos Desportivos Escolares, edição-2011, ao arrecadar um total de 206 pontos.

 

Enquanto isso, Cheringoma e Marínguè ocuparam a segunda e terceira posições, com 204 e 200 pontos, respectivamente, e em último ficou Machanga com apenas 10 pontos.

 

O Pavilhão dos Desportos da Beira foi o principal palco da fase provincial de Sofala dos 10ºs Jogos Desportivos Escolares. Foram, para o efeito, movimentadas seis modalidades, nomeadamente xadrez, atletismo, futebol salão, salto de corda, andebol e futebol.

 

Sendo assim, ontem foram conhecidos os mais de 70 atletas pré-seleccionados que, a partir do próximo dia 5 de Maio, irão se juntar para o arranque dos treinos que culminará com a composição da selecção definitiva que vai representar Sofala na fase nacional, em Maputo.

 

Além disso, o distrito de Chibabava teve o galardão da equipa mais disciplinada do evento que teve Marromeu como o grande vencedor absoluto. Aliás, esta última região foi, igualmente, o líder na modalidade de atletismo feminino, enquanto Gorongosa venceu em masculinos.
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 08:50
 O que é? |  O que é? | favorito
Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
16
17
22
23
24
25
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO