Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Terça-feira, 08 DE Março 2011
Mexer

Na Grécia, o Panathinaikos de Simão Mathe, que não foi utilizado pelo técnico português Jesualdo Ferreira, vai de mal a pior.


Com o internacional moçambicano Mexer a titular, o Olhanense  empatou, domingo, com o Vitória de Setúbal a zero, no Estádio do Bonfim, em jogo da 22.ª jornada da Liga. O central, que falhou o embate diante do FC Porto, foi aposta principal de Daúto Faquirá, numa partida em que, segundo escreve o jornal “A Bola”,  o Olhanense foi o conjunto que mostrou maior ligação e que mais lances de perigo criou. Os algarvios, escreve “A Bola”, podiam ter chegado à vantagem de grande penalidade, mas Rui Duarte permitiu a defesa de Diego. A terminar o encontro, Cadú atirou ao poste da baliza sadina. Com este resultado, o Olhanense perdeu a oportunidade de subir provisoriamente ao quinto lugar. O Vitória mantém-se na antepenúltima posição.

 

 

Panathinaikos de Simão afunda


Na Grécia, o Panathinaikos de Simão Mathe, que não foi utilizado pelo técnico português Jesualdo Ferreira, vai de mal a pior! O “Pana” perdeu ontem no terreno do Larissa, por 2-0, em desafio da 25ª jornada do campeonato grego de futebol.  Os golos do Larissa foram apontados por Fabrice Pacrate (22 minutos) e Joel Tshibamba (27 minutos). Com esta derrota, o Panathinaikos viu o Olimpiacos, líder da prova com 61 pontos, aumentar a vantagem pontual para 13 pontos na tabela classificativa. Na próxima jornada, agendada para o dia 19 de Março, o Panathinaikos mede forças com o Iraklis, conjunto que ocupa a oitava posição com 32 pontos.

 

Paíto titular


Paíto, que evolui no Neuxatel Xamax, fez os 90 minutos, sábado, na derrot

a da sua equipa com o Belinzoma (2-1), em desafio inserido na jornada 23 da “Swiss Super League”.

 

Mauro Lustrinelli colocou o Bellinzona em vantagem no marcador. Mas, aos 58 minutos, o argentino Almirares restabeleceu a igualdade. Já no minuto 90, Dragan Mihajlovichć fixou o resultado final em 2-1.  O Neuxatel Xamax, disputadas que estão 24 jornadas, ocupa a 9ª posição com 22 pontos. Próxima ronda, ou seja, 24ª, o Xamax irá medir forças com o FC Thun, sexto classificado, com um total de 29 pontos.

 

Jumisse sai lesionado


Jumisse, que na reabertura do mercado se transferiu do Portimonense (Portugal) para o Ermis Aradippou (Chipre),  foi substituído aos 45 minutos na derrota, sábado, da sua equipa diante do Achnas, por 1-0.

 

 

 

 

publicado por Vaxko Zakarias às 14:12
 O que é? |  O que é? | favorito

"Temos várias participações bem sucedidas de atletas nas modalidades de atletismo e voleibol."

 

O director provincial da Juventude e Desportos de Manica, Fernando Pinho, está insatisfeito com o reduzido número de atletas que foram chamados a integrar as pré-selecções moçambicanas que vão disputar os X Jogos Africanos, Maputo-2011. Pinho é de opinião que os atletas de Manica foram colocados à margem do processo de preparação, ao não serem observados por alguns técnicos que têm essa responsabilidade.

 

Sem revelar o número que gostaria de ver integrado nem dos que estão integrados nas várias pré-selecções, Pinho considera que Manica está à margem do processo. Para sustentar a sua posição, apontou a falta de acompanhamento das federações, dado os técnicos de algumas selecções não terem escalado Manica, onde poderiam ter observado atletas tidos como seleccionáveis. A fonte vai mais longe ao afirmar que Manica, na modalidade de voleibol - que no ano passado foi escalada por um técnico observador -, não conseguiu enquadrar a maior parte dos pré-seleccionados nos trabalhos rumo aos Jogos Africanos. Na visão do director Pinho, Manica pode fornecer um substancial número de atletas às pré-selecções, a avaliar pelos resultados que os atletas desta província têm conseguido nas competições de nível regional e nacional.

 

Nós sentimos que há falta de acompanhamento por parte das federações na constituição das selecções. Esta questão já foi levantada, porque estou em crer que a província de Manica pode fornecer muito mais atletas. Mas, para isso acontecer, as federações devem ir mais vezes às províncias. Nós não temos recebido essas visitas dos presidentes ou dos técnicos das federações, no sentido de verificarem as potencialidades, não só de Manica, mas igualmente das outras províncias, pois penso que este problema não é só de Manica, como de todas as outras províncias. Isso faz com que muitos talentos fiquem de fora dessa grande competição”, considerou Fernando Pinho.

 

Fonte:O Pais

publicado por Vaxko Zakarias às 14:03
 O que é? |  O que é? | favorito
Março 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
18
19
20
21
22
26
27
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO