Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Segunda-feira, 28 DE Fevereiro 2011

A cinco dias do início do Campeonato Nacional de Futebol, o Moçambola-2011, os 14 clubes que vão dar corpo à competição afinam as suas pontarias para entrarem da melhor forma possível na prova máxima do nosso desporto-rei.

 

O Vilankulo FC, que abriu as suas “oficinas” no passado mês de Janeiro, apresentou já o seu plantel de 23 jogadores para a temporada-2011. O grande destaque vai para a manutenção da espinha dorsal do ano passado e a remodelação do seu Estádio.

 

A contratação de sete jogadores oriundos de diversas equipas  e províncias diferentes, que se alia ao facto de ter mantido a espinha dorsal do plantel do ano passado constitui um aspecto que poderá contribuir para um bom desempenho no Moçambola-2011, por parte do Vilankulos FC e faz com que Yassine Amuji acredite numa boa época.

 

É motivo para nos orgulhar do nosso trabalho. Primeiro, porque conseguimos manter a espinha dorsal do ano passado, que é importante para qualquer equipa. Segundo, porque conseguimos trazer reforços que creio que vão conseguir contribuir para que o clube alcance os seus objectivos.

 

 É prematuro para mim dizer que tipo de equipa terei, mas o que prometo é muito trabalho e colocar a equipa num bom lugar. A nossa classificação este ano é um desafio. Nós, como profissionais, temos que encarar isso e lutar para nos impormos”.

 

 

Crescêncio José


Fonte:O Pais

publicado por Vaxko Zakarias às 09:35
 O que é? |  O que é? | favorito

Jotamo, capitão do Ferroviário, recebe o troféu (C. Bila)ESTÁ a ser um início de temporada verdadeiramente prometedor para o Ferroviário de Maputo. A uma semana do arranque do Moçambola-2011, os “locomotivas” conquistaram ontem a Taça de Honra de Futebol da Cidade de Maputo, mercê da sua vitória na final da prova sobre o Matchedje por 2-1, em partida disputada no Estádio 1º de Maio Standard Bank. Trata-se do segundo troféu ganho pela formação de Chiquinho Conde este ano, depois do Torneio “O Treinador”.

 
 

Na final de ontem, presenciada por numeroso público já a fazer as conjecturas em relação àquilo que poderá ser o desempenho das suas equipas no Campeonato Nacional, foram 90 minutos de um desafio em que o equilíbrio foi a nota dominante, embora com algum ascendente do Ferroviário, que desfrutou de maior número de oportunidades de marcar.

 

O primeiro tento da contenda foi da autoria de Whisky, a conferir razão à melhor produção ofensiva dos “locomotivas”, só que o Matchedje também quis mostrar que se encontra bem estruturado neste começo do ano, empatando através de Silva. Já a caminho do fim, Buramo, reforço que veio do Ferroviário da Beira, assinou o golo que proporcionou a Taça de Honra a Chiquinho Conde e seus pupilos.

 

No desafio para a atribuição do terceiro lugar, Costa do Sol derrotou Desportivo por 7-6, no desempate através de pontapés da marca de grande penalidade, após empate a zero golo no final do tempo regulamentar.

 

Enquanto isso, outros pontos do país também registaram ontem desafios decisivos para várias competições. Tete e Manica tiveram a final da Supertaça provincial, conquistada pela HCB e Textáfrica, respectivamente. A turma de Cahora Bassa venceu o Chingale por 3-1, em desafio disputado no Estádio 27 de Novembro, no Songo, e os “fabris” da Soalpo derrotaram os Leões de Vumba pela marca de 2-1.

 

Em Sofala, apesar de o Sporting já ter ganho por antecipação o Torneio de Abertura, o “derby” beirense entre Ferroviário e Têxtil do Púnguè não deixou de ser referência, com o triunfo a pertencer aos “locomotivas” por 2-1. Finalmente, o Vilankulo FC apresentou o plantel aos seus adeptos, com uma igualdade (1-1) perante o Estrela Vermelha de Maputo, com quem havia jogado e vencido no sábado por quatro bolas sem resposta.

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 09:23
 O que é? |  O que é? | favorito

TomásUM triunvirato de luxo, referência incontornável da selecção nacional e que levou o perfume do seu futebol a outras paragens do globo, vai apadrinhar a nona edição da Copa Coca-Cola, que tem início amanhã em Lichinga, capital provincial do Niassa. Trata-se de Chiquinho Conde, hoje técnico principal do Ferroviário, Tico-Tico, último capitão dos “Mambas” e ainda a fazer as delícias dos adeptos do Desportivo, e Tomás Inguana, director desportivo dos “alvi-negros”.

 
 

Perante uma competição que, paralelamente à componente recreativa e interacção entre jovens estudantes-atletas, tem a ver com a pesquisa de talentos pelo país fora para posteriormente servirem os nossos clubes federados e até a própria selecção, a missão dos padrinhos do evento relaciona-se com a detecção desses talentos, aconselhamento e projecção, a partir da sua inquestionável experiência como jogadores de futebol.

 

Chiquinho Conde, Tico-Tico e Tomás Inguana aceitaram o repto que lhes foi lançado pelos organizadores do evento, neste caso, a Coca-Cola, este ano coadjuvado pela Prosport, e, para além de se terem afirmado orgulhosos com a eleição, vêem na sua missão uma oportunidade para ajudar no lançamento de jovens futebolistas, numa altura em que o país se ressente de novos jogadores capazes de quebrar a monotonia em que nos encontramos mergulhados.

 

Aliás, durante o lançamento da Copa Coca-Cola 2011, na semana passada, foi apresentado um exemplo de um jogador que nasceu deste certame e que hoje evolui ao mais alto nível. Trata-se de Jordão, atacante que este ano representa o Costa do Sol, depois de na época transacta ter evoluído no Textáfrica. Jordão foi vencedor da copa em 2006.

 

Entretanto, a prova arranca amanhã, em Lichinga, envolvendo diversas escolas secundárias e técnicas do Niassa. Serão cinco dias de competição, após os quais será apurado o representante da província para a fase nacional. De permeio, na sexta-feira, terão lugar partidas do escalão feminino, que pela primeira vez estará presente na Copa Coca-Cola.

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 09:14
 O que é? |  O que é? | favorito

DanitoA TAÇA de Honra/Sojogo ficou ontem pintada de verde-e-branco, com o Ferroviário a sagrar-se vencedor ao bater na final o Matchedje por 2-1. No primeiro jogo da tarde, o Costa do Sol venceu nos penaltes o Desportivo por 7-6, após um nulo no período regulamentar.

 
 

Ao suar do último apito de Mateus Infante, viveu-se um momento de grande festa, com parte dos 1500 adeptos que acorreram ao campo do 1º de Maio a jubilar nas bancadas. Para além do troféu, entregue ao capitão Jotamo pela governadora da Cidade do Maputo, Lucília Hama, os “locomotivas” arrecadaram 50 mil meticais de prémio, enquanto os “militares” ficaram com 25 mil.


Em relação à contenda, Buramo, que no meio da segunda parte havia saltado do banco para o lugar de Vling, tornou-se na figura do encontro ao marcar o golo que selou a vitória do Ferroviário. Chiquinho Conde ganhou claramente na aposta com a entrada do médio ofensivo ex-Ferroviário da Beira, não só pelo tento marcado, como também pelo dinamismo que emprestou à equipa.

 

Buramo entrou muito bem no jogo e deu a machadada final com um tiro de belo efeito, a que Zacarias se limitou a seguir o esférico com os olhos. Antes de se anichar no fundo da baliza, a bola ainda embateu caprichosamente no poste. Estavam jogados 78 minutos quando os “locomotivas” se colocaram outra vez em vantagem, isto porque pertenceu a Whisky o golo inaugural, à passagem dos oito minutos.

 

Os “locomotivas” estiveram sempre na mó de cima. Aliás, o primeiro golo reflecte uma entrada mais arrojada dos comandados de Chiquinho Conde, que trataram de assumir as rédeas do jogo e mostrar que queriam marcar cedo. Foi com esta atitude e com uma certa dose de perspicácia que Whisky, na sequência de um livre directo, fez o golo com muita mestria. Motivado pelo tento, o mesmo jogador podia ter visado novamente as redes de Zacarias, mas errou no alvo por muito pouco.

 

Embora os “militares” respondessem em contra-ataques rápidos, pertenciam aos “locomotivas” os lances mais perigosos, tendo Luís, aos 28 minutos, e o central Chico, aos 36, estado perto do golo. No minuto a seguir, Silva, médio do Matchedje, devia ter sido expulso, após agredir Rachid na face. O árbitro, que estava muito próximo do lance, fez vista grossa.


Na segunda parte, o Matchedje entrou desinibido e não tardou que fizesse o empate. Leonel, o menos conformado, lançou a bola para West, que endossa a Silva, para este, de primeira, rematar forte, não dando quaisquer chances de defesa a Pinto. Estavam transcorridos 49 minutos.

 

Com o marcador em 1-1, a partida ganhou mais interesse, visto que o Matchedje cresceu claramente e o Ferroviário teve que voltar a correr pela vitória, e até podia ter se recolocado na frente do marcador, se Rachid tivesse sido mais certeiro. A resposta da turma “militar” veio aos 60 minutos, com Zito a cabecear ao lado. Mas estava destinado que seriam os “locomotivas” a marcar o segundo, por intermédio de Buramo. 

 

FICHA TÉCNICA

 

Árbitro: Mateus Infante, auxiliado por Baltazar Hilário e Joaquim Sambo. Quarto árbitro: Dércio Kevas.

 

Ferroviário - Pinto; Jotamo, Chico, Kiki e Butana (Zabula); Whisky, Danito Parruque, Rachid (Aníbal) e Joca (Amílcar); Vling (Buramo) e Luís (Sissoko).

 

Matchedje – Zacarias; Caló, Cufa, Hilário e Osvaldo (Kikito); West (Palinga), Zito (Nito), Silva e Vasco; Leonel e Jair.

 

Acção disciplinar: cartão amarelo para Jotamo e Leonel.

 

Golos: Whisky (8 m) e Buramo (78 m); Silva (49 m).

  • Ivo Tavares
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 09:06
 O que é? |  O que é? | favorito

FACULDADE de Agricultura da Universidade Católica de MoçambiqueA FACULDADE de Agricultura da Universidade Católica de Moçambique, a funcionar na cidade de Cuamba, província do Niassa, encontra-se envolvida na construção de um novo e grande campo para a prática de modalidades desportivas de salão, nomeadamente futsal, basquetebol, andebol e voleibol, que neste momento não existem naquela urbe devido à falta de infra-estruturas para tal.

 
 

A Direcção da faculdade acredita que, com a conclusão daquele recinto, Cuamba irá dispor de um dos grandes e melhores pavilhões multidisciplinares da região construídos de raiz por uma instituição de ensino privada. O mesmo não só servirá os estudantes da instituição, como também todos os interessados na prática desportiva.

 

O nosso objectivo é fazer com que a cidade de Cuamba tenha condições infra-estruturais para também desenvolver o desporto. A nossa faculdade já tem equipas que podem incentivar a prática daquelas e doutras modalidades nesta cidade”, disse José Savanguane, director daquela faculdade.

 

Alguns residentes de Cuamba mostram-se satisfeitos com a iniciativa da Faculdade de Agricultura da Universidade Católica de construir aquela infra-estrutura, porquanto há muito que precisavam, tendo em conta que os poucos campos que existiam encontram-se em estado avançado de degradação devido à falta de manutenção.

 

Veja só que o único e melhor campo que tínhamos para básquete e futsal encontra-se num estado de abandono e o que se vê lá, neste momento, é só capim. Ninguém se interessa em recuperá-lo. Espero que o novo campo traga outra dinâmica na prática de desporto em Cuamba”, disse Mário Maurício, residente naquela cidade.

 

O nosso interlocutor acrescentou que é com grande tristeza que hoje vê as condições de conservação em que se encontra o campo, tanto é que já despontaram ali muitos talentos, que chegaram a representar a província do Niassa nas competições nacionais.

 

As palavras de Mário Maurício foram secundadas por Anastácia Nuves, que já praticou basquetebol em tempos idos no referido recinto. Ela disse esperar que o novo campo venha reactivar a prática do desporto em Cuamba.

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 08:56
 O que é? |  O que é? | favorito
Fevereiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
19
20
21
26
27
subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO