Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Quarta-feira, 23 DE Fevereiro 2011

O estado de degradação da pista do Parque dos Continuadores, na cidade de Maputo, está a criar uma agitação que caminha para polémica, envolvendo diferentes agentes desportivos ligados ao atletismo.

 

O estado de degradação da pista do Parque dos Continuadores na cidade de Maputo está a condicionar a preparação dos atletas nacionais para os Jogos Africanos Maputo-2011. Alguns atletas seleccionáveis temem lesões e dizem ser bastante perigoso e difícil manter os níveis de rendimento e, também, o volume de treinamento nas condições em que a pista se encontra.

 

António Fingia, praticante de atletismo, garante que se sente bastante animado para dar seu contributo à selecção moçambicana nos Jogos Africanos, no entanto, o estado da pista torna todo o processo preparativo complicado.

 

Fingia faz parte de um grupo de atletas que se encontra em Angola, cumprindo um programa preparatório. “É muito difícil, porque, quando entramos na pista, a dado momento da fase do treino, temos que esquivar as covas ou interromper um determinado ritmo de treino. Trabalhando desta forma é difícil conseguir resultados compatíveis com alta competição, porque o ensaio é mal feito”.

 

Já Sónia Jorge prefere não se fazer à pista, pois receia lesionar-se. “Para quem é nova utilizadora da pista, não é fácil correr e treinar tranquilamente, pois está sempre em constante risco de colocar mal o pé numa cova, e daí poderá advir uma lesão”.

 

Alguns agentes da modalidade já levantam vozes no sentido de se utilizar a pista do Estádio Nacional de Zimpeto. Mas o secretário-geral da Federação Moçambicana de Atletismo, Guilherme Nhamposse, diz que a utilização daquela pista carece de autorização da IAAF (Federação Internacional de Atletismo).

 

O Estádio Nacional de Zimpeto ainda não foi inaugurado, mas, dentro das nossas missões, fizemos um pedido à Direcção Nacional dos Desportos para ver se utilizamos a pista para efeitos de testes, mas ainda não temos resposta. Por outro lado, é preciso sublinhar que a utilização da pista carece de uma certificação por parte da IAF, na qualidade de organismo que tutela a modalidade.“

 

Fonte:O Pais

publicado por Vaxko Zakarias às 09:35
 O que é? |  O que é? | favorito

Campeonato de Tenis no jardim Tunduro.

 
 

Luís de Sousa vai subsidiar o treinamento da Selecção Nacional até 18 de Março com vista a fortalecer a capacidade e performance dos tenistas que irão representar o país nos jogos.

Paralelamente a isso e tendo em conta que este é o ano dos Jogos Africanos, a direcção da Federação Moçambicana de Ténis (FMT) tem vindo a desenvolver planos de acção para a formação para árbitros e treinadores.

 

OFICIAIS DA ITF EM MAPUTO

 

Enquanto isso, dois oficiais da Federação Internacional de Ténis (ITF) visitarão Moçambique em princípios de Março. Trata-se de Riaan Kruger, que foi recentemente nomeado oficial para o desenvolvimento da ITF para a África Austral, que virá inteirar-se do nível de desenvolvimento do ténis moçambicano e prosseguir com a colaboração que vinha tendo com a FMT, para além de verificar o grau de organização dos Jogos Africanos.

 

Espera-se igualmente pela vinda de Ian Smith, que é coordenador da ITF na área arbitragem em África. Smith, que estará em Maputo em meados de Março, irá ministrar cursos de Nível 1.

 

Os árbitros que demonstrarem melhor desempenho irão fazer, em Maio, participar no curso de Nível 2 em Durban, na vizinha África do Sul.

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 09:21
 O que é? |  O que é? | favorito

LamáO GUARDA-redes Lamá foi a única novidade na apresentação, há dias, do plantel do Costa do Sol. O internacional moçambicano, que no ano passado representou a Liga Muçulmana, destacou-se entre os atletas que desfilaram na “passarelle” preparada para o efeito no complexo Ma Tchiki Tchiki.

 
 

Lamá, dispensado dos campeões nacionais, muda-se assim para um dos maiores emblemas nacionais. O “keeper” terá no plantel “canarinho” a concorrência do experiente Antoninho e do jovem Abú.

 

Mas o mais aplaudido e acarinhado foi Josimar, que desfilou apoiado em canadianas. O médio ofensivo recupera de uma fractura no tornozelo sofrida há pouco mais de um mês numa partida amigável frente ao Ferroviário da Beira.

 

Mas apesar de estar sem fazer o que mais gosta, Josimar mostrou-se animado e confiante numa recuperação rápida e eficaz.

 

Ruben, que também estava afastado dos relvados devido a uma lesão, mereceu igualmente uma forte ovação da família “canarinha”, que, unida, testemunhou a intervenção confiante do presidente Augusto de Sousa Fernando.

 

O presidente do Costa do Sol anunciou os horizontes do clube, que se consubstanciam em levar o Costa do Sol ao plano primordial do futebol nacional tal como o tem sido ao longo da sua história. “Queremos uma equipa vencedora, capaz de conquistar o Moçambola e a Taça de Moçambique. O Costa do Sol é um dos maiores clubes do país e merece ser dignificado. Quero voltar em 2012 e dizer missão cumprida”, frisou, ajuntando ser seu desejo ver os adeptos apoiarem incondicionalmente os jogadores.

 

Para além de Lamá foram apresentados outros reforços, sendo de salientar Evans (ex-Liga Muçulmana), Gito e Henry (ex-HCB), Babo (ex-Sporting da Beira), Tchaka (ex-Ferroviário do Maputo), Chez (ex-Atlético Muçulmano) e Jordão (ex-Textáfrica).

 

O plantel “canarinho” será constituído por 27 jogadores: Antoninho, Abú e Lamá (guarda-redes); Kito, Jonas, João Mazive, Dito, Manuelito e Nelsinho (defesas); Mambo, Sanito, Ruben, Josimar, Gito, Tchaka, Cláudio, Lanito, Dino, Chez e Henry (médios); e David, Tó, Babo, Jordão e Evans (avançados).

Fone:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 09:13
 O que é? |  O que é? | favorito

A ACADEMIA Mário Esteves Coluna, na Namaacha, acolhe desde segunda-feira mais um curso para árbitros (principais e assistentes) promovido pela Federação Internacional de Futebol (FIFA) em coordenação com a entidade que tutela a modalidade a nível nacional, a Federação Moçambicana de Futebol (FMF).

 

 
 

Dois instrutores internacionais, nomeadamente o brasileiro António Pereira e o sul-africano Carlos Henriques, orientam o curso, que consiste na actualização de novos métodos de arbitragem.


Os trabalhos iniciaram-se com testes físicos no Parque dos Continuadores, após os quais os instruendos partiram para a Namaacha, onde estão a ser submetidos a aulas teóricas e práticas. O curso, que termina na sexta-feira, vem colmatar o défice que existe de reciclagem a nível dos árbitros do Moçambola.

 

Aliás, o presidente da Comissão Nacional de Árbitros de Futebol (CNAF), Venildo Mussane, comentou, em contacto com a nossa Reportagem, a promessa não cumprida pela Liga Moçambicana de Futebol (LMF), que se havia predisposto a capacitar árbitros do Moçambola antes do início desta que é a maior prova futebolística nacional.

 

Esta situação é vista por Mussane como falta de interesse pela formação dos árbitros, mas anotou que “são as mesmas pessoas que depois reclamam pelo mau trabalho daqueles”.

“Eles querem apenas pessoas para trabalhar, mas não se preocupam com a sua preparação”, atacou.

Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 09:06
 O que é? |  O que é? | favorito

logo mocambolaA PEQUENA cidade turística de Vilankulo está pronta para receber o Moçambola-2011, em particular a sua cerimónia de abertura, no dia 5 de Março, caso a Direcção da Liga Moçambicana de Futebol assim o considere. O representante da província de Inhambane na maior competição futebolística do nosso país, que na jornada inaugural recebe a Liga Muçulmana, campeã nacional, manifestou esse desejo junto da LMF, tendo esta ficado de estudar o caso, pois outros pontos também mostraram disponibilidade em acolher o pontapé de saída da competição.

 
 
O patrono do Vilankulo FC, Yassin Amugy, tem como principal atractivo o facto de o Estádio Municipal local apresentar aquilo que designou de um dos melhores relvados do país, para além de balneários reabilitados efectivamente à altura de um grande recinto. Nos últimos anos, cidades como Beira, Tete e Matola foram palco da cerimónia de abertura do Moçambola, e Vilankulo, no seu segundo ano no campeonato, apresenta-se como forte candidato a gozar deste privilégio.
 
Na primeira jornada, para além de Vilankulo, que receberá a Liga Muçulmana, outros pontos que terão jogos são Maputo (Maxaquene-Ferroviário da Beira, Matchedje-Incomáti, Atlético Muçulmano-HCB do Songo e Desportivo-Ferroviário de Nampula), Tete (Chingale-Costa do Sol) e Beira (Sporting-Ferroviário do Maputo).
 
Entretanto, à semelhança da nossa edição de ontem, apresentamos hoje algumas reacções ao sorteio do Moçambola-2011, com as declarações do patrono do Vilankulo FC, Yassin Amugy, do presidente do Matchedje, Norberto dos Santos, do treinador do Incomáti, Hilário Manjate, e secretário-geral do Sporting, Carlos Pestamgy.

 

FOI FEITA A MINHA VONTADE

 
 

Yassin AmugyHÁ um mês, tinha manifestado interesse de jogar em casa com o campeão nacional. É bastante motivador e uma boa oportunidade para fazermos uma grande estreia”, disse Yassin Amugy, presidente do Vilankulo FC, confiante num bom resultado.  

 

Yassin acrescentou que os residentes de Vilankulo poderão assistir a um bom espectáculo de futebol, pois acredita estarem reunidas as condições para a vila acolher a cerimónia de abertura do Moçambola. “O nosso campo está praticamente pronto. Neste momento é um dos melhores recintos desportivos em termos de relva e de balneários”.

O presidente do Vilankulo FC afirma ser objectivo da turma inhambanense não perder em casa, e tal deve começar já na ronda inaugural, contra a Liga.

INICIAR COM VITÓRIA

 
 

Norberto dos SantosÉ difícil prever como será o jogo da primeira jornada, porque o Incomáti é uma equipa pouco conhecida, uma vez ter ascendido ao Moçambola este ano. Espero que seja um bom jogo e que o Matchedje ganhe”, palavras de Norberto dos Santos, presidente dos “militares”.

 

Segundo ele, este ano a sua equipa procurará melhorar a classificação de 2010 (quinto lugar) e frisou que as portas para a entrada de mais reforços continuam abertas. “Penso que temos espaço para contratar mais um ou dois jogadores”. 

HAVERÁ CAMPEONATO ATÉ AO FIM

 

 

Carlos PestamgyO SORTEIO quis que defrontássemos o Ferroviário do Maputo na primeira jornada. Para nós, até é bom nos estrear com um potencial candidato ao título, porque tal permitirá testar as nossas capacidades”, palavras de Carlos Pestamgy, Secretário-Geral do Sporting da Beira.

 

O facto de começar em casa deixa o dirigente leonino satisfeito. Pestamgy acredita num campeonato ainda mais competitivo, com equipas melhor preparadas e mais equilibradas, à semelhança do ano passado, lutando pelo título até à última jornada.

 

GARANTIR A MANUTENÇÃO O MAIS CEDO POSSÍVEL

 
 

Hilário ManjateTEMOS que estar sempre com o pensamento na vitória. Quis o sorteio que na primeira jornada jogássemos com o Matchedje, e é dentro desse espírito ganhador que temos que o enfrentar”, considera Hilário Manjate, treinador do Incomáti.

 

O “mister” diz que, mesmo jogando na cidade do Maputo, sentir-se-á em casa, visto que o Incomáti é do Maputo. Acrescenta que o seu objectivo é amealhar pontos para garantir a manutenção o mais cedo possível.

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 08:30
 O que é? |  O que é? | favorito
Fevereiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
19
20
21
26
27
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO