Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Sexta-feira, 18 DE Fevereiro 2011

 

Clube maritimo de desportosEntre os dias 4 e 6 de Março

Uma equipa de pesca desportiva, do Clube Marítimo de Desporto, vai tomar parte dum Concurso de Pesca Desportiva na África do Sul, entre os dias 4 e 6 de Março, em representação de Moçambique.
 
O concurso é uma prova qualificativa ao Campeonato Mundial da modalidade, onde para pontuar só conta o peixe de bico.
 

A equipa moçambicana vai competir a bordo da embarcação “Black Watch” e é composta por quatro pescadores desportivos, nomeadamente Nuno de Sousa, Dino Ramos, Hélio Rito e Duarte Rato. Esta equipa representa Moçambique na qualidade de campeão nacional de 2010.

 

 

Segundo concurso do campeonato-2011

 

 

Este sábado tem lugar no alto mar o segundo dos seis concursos pontuáveis para o Campeonato-2011.

 

 

A segunda das seis provas do campeonato anual promovido pelo Clube Marítimo dos Desportos contará com a participação de embarcações, tripulações e pescadores e movimentará, durante todo o dia, dezenas de participantes.


Fonte:O Pais

publicado por Vaxko Zakarias às 09:27
 O que é? |  O que é? | favorito

 

 

Equipe do Costa do Sol em treinoUM Costa do Sol musculado e combativo é o que poderá ser visto este ano. O treino realizado na segunda-feira no “sintético” e no campo de futebol de praia deixou transparecer uma equipa “canarinha” muito forte fisicamente.

 
 

No sentido de “blindar” fisicamente os jogadores foi contratado um preparador físico zimbabweano, Thompson Matande, uma inovação no “staff” técnico dos “canarinhos”.

Debaixo de um sol abrasador, o Costa do Sol regressou ao trabalho. Os atletas foram submetidos a um treino de resistência na areia solta do campo de futebol de praia. Thompson não se cansou de puxar pelo físico dos jogadores que acabaram o treino de “rastos”. 

 

O empenho e a entrega foram notáveis em todos os jogadores que foram assistidos de perto pelo treinador principal, David Mandigora.

 

Os “criativos” Ruben e Josimar, lesionados, foram os grandes ausentes. Mas as atenções dos adeptos do Costa do Sol, que se fizeram presentes em número reduzido, estavam viradas para os reforços. Babo (ex-Sporting da Beira), Gito e Henry (ex-HCB), Jordão (ex-Textáfrica) Chez (ex-Atlético Muçulmano), Evans (ex-Liga Muçulmana) e Tchaka (ex-Ferroviário de Maputo) são algumas das novas caras. Todos compareceram no treino e exibiram disposição em lutar por um lugar na equipa principal.

 

Nesta altura, Mandigora trabalha com 26 jogadores e tem o plantel completamente definido, embora não feche a porta para a entrada de um e outro jogador que possa ser uma mais-valia.

 

TEMOS FORTES AMBIÇÕES – AFIRMA TCHAKA

 
 

TchakaO Costa do Sol luta sempre pelo título. É sempre bom estar num clube com esta dimensão e que entra para ganhar todas as competições internas que participa”, afirma Tchaka, reforço dos “canarinhos”.

 

O médio diz estar muito satisfeito com a ida para o Costa do Sol. “Fui bem recebido pelos meus colegas. Alguns já me conheciam do Ferroviário. Outros conheci na selecção, por isso a minha integração foi fácil”. 

 

Tchaka mostra-se esperançado num ano de sucesso. “Este ano acredito que o Costa do Sol se apresentará dentro das suas reais capacidades. O grupo está unido e tem muita qualidade”.

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 09:13
 O que é? |  O que é? | favorito

PRESIDENTE da Associação dos Comités Nacionais Olímpicos de África, o costa-marfinense Lassana Palenfo e Aires AliO PRESIDENTE da Associação dos Comités Nacionais Olímpicos de África, o costa-marfinense Lassana Palenfo, diz-se impressionado com os trabalhos em curso no país tendo em vista os Jogos Africanos Maputo-2011, que decorrerão de 3 a 18 de Setembro.

 
 

Palenfo, que é igualmente presidente do Comité Olímpico da Costa do Marfim, falava depois do encontro com o Primeiro-Ministro, Aires Aly, ontem, no qual fez a resenha da visita que efectuou ao país para se inteirar da preparação deste que é um dos maiores eventos africanos.

 

No encontro com Aires Aly, Palenfo deu o ponto de situação da preparação dos Jogos Africanos depois de vários encontros que teve com as entidades desportivas nacionais, nomeadamente o Comité Organizador do evento (COJA), o Ministério da Juventude e Desportos e Comité Olímpico de Moçambique.

 

Deu um balanço positivo das actividades em curso e ficou impressionado com o Estádio Nacional do Zimpeto e com as obras em curso na vila olímpica e nas principais infra-estruturas que irão acolher o evento.

 

A ACNOA irá apoiar materialmente para que os jogos de Maputo tenham os melhores atletas sensibilizando as federações internacionais para disponibilizarem o mínimo de equipamento necessário e trazerem técnicos para acompanharem as equipas participantes

 

O presidente da entidade elucidou que ao aceitar acolher os Jogos Africanos, Moçambique assumiu um grande desafio pela dimensão internacional que este evento tem, situação que se agrava com o facto de ter que fazer tudo em dois anos. Isso acontece porque os jogos tinham sido inicialmente atribuídos à Zâmbia, que devia prepará-los em quatro anos que, como mandam as regras estabelecidas pela entidade gestora do desporto em África, é o mínimo de tempo que se pode dar ao país organizador.


A Zâmbia anunciou a sua desistência em finais de 2008 e Moçambique herdou deste país os jogos, tendo formalizado todo o processo para a sua admissão já no ano passado.

Aires Aly disse, na ocasião, que organizar os Jogos Africanos constitui o momento mais alto para os moçambicanos e trata-se de mais um grande desafio aos africanos, sendo a continuidade do que aconteceu na vizinha África do Sul com a realização do Mundial-2010.

 

O presidente da ACNOA reiterou que os Jogos Africanos são um grande desafio desde a componente organizacional até a competitiva, tendo em conta que algumas das modalidades na agenda deste evento qualificam directamente para os Jogos Olímpicos, no caso concreto dos que decorrerão em Londres, em 2012.

 

Por seu turno, o vice-ministro da Juventude e Desportos, Carlos Sousa, salientou que a vinda do presidente do ACNOA a Moçambique é muito importante porque aquela organização desportiva continental tem um papel a dizer na organização do evento, sendo estes os Jogos Olímpicos de África.     
  • SALVADOR NHANTUMBO
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 09:05
 O que é? |  O que é? | favorito

Equipe do Desportivo do MaputoDESPORTIVO-Estrela Vermelha e Maxaquene-Ferroviário são os jogos marcados para esta noite no pavilhão dos “alvi-negros” referentes à segunda jornada do Torneio de Abertura de hóquei em patins.

 
 

O Desportivo e o Estrela, que beneficiaram das faltas de comparência do Maxaquene e Ferroviário na primeira jornada, partem para esta ronda na condição de líderes. Portanto hoje “alvi-negros” e “alaranjados” disputarão, a partir das 20.00 horas, a liderança isolada da primeira competição da época.

 

Noutro desafio, “locomotivas” e “tricolores” procurarão amealhar os primeiros pontos.

O Torneio de Abertura é disputado num sistema de todos contra todos numa única volta.

O Desportivo é o detentor do troféu.

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 08:59
 O que é? |  O que é? | favorito
tags:

Baia de MaputoREALIZA-SE amanhã, na baía do Maputo, a segunda jornada do concurso de pesca desportiva, envolvendo mais de 87 pescadores de várias nacionalidades em representação de 21 embarcações.

 
 

A largada está prevista para as 5.00 horas da manhã defronte do Clube Marítimo de Desportos,  promotor do torneio, e cada embarcação só poderá inscrever um número mínimo de dois pescadores desportivos e um máximo de seis.

 

Este torneio é também pontuável para o Campeonato Nacional de pesca desportiva no alto-mar e classificativo para o “Troféu Ford”, anualmente organizado  pelo Clube Marítimo.

A agremiação tem neste momento as melhores embarcações do país e é apontada como séria candidata à conquista do concurso. Entretanto, a tarefa dos pescadores da casa não será fácil, apesar do favoritismo atribuído. O Clube Naval de Maputo, que ganhou o torneio “Tren Tyre”, vai tentar manter a primeira posição.

 

O Campeonato Nacional de pesca desportiva congrega seis torneios e são realizados,  no alto-mar, na cidade do Maputo. A embarcação “Lucky Lucky”, filiada ao Clube Marítimo, está apostada na revalidação do título do  “Troféu Ford”, como detentor dos troféus das duas últimas edições. Aliás, é a formação mais totalista do torneio de pesca desportiva.

 

A competição será disputada de acordo com os regulamentos da IGFA, não sendo permitida a utilização de fio superior a 130 lbs de tensão nos molinetes. Será permitido aos pescadores o “release”, desde que seja filmada e visível a retirada do anzol ou corte da linha e que o peixe capturado nade por si mesmo. No caso do “release” de um “marlin”, será atribuída a pontuação equivalente a 150 Kg e 40 Kg para o veleiro.


O primeiro classificado da prova vai receber 70 mil meticais, o segundo 30 mil e o terceiro 20 mil meticais. Cada embarcação receberá quatro medalhas e o pescador que capturar o maior peixe bonificado terá direito a 100 litros de combustível. Por seu turno, o pescador que apanhar o maior peixe de bico será distinguido com uma medalha.

 

A pontuação da prova obedecerá aos padrões definidos pela coordenação do certame, tendo sido escolhidas 14 espécies. Um marlin de mais 150 kg vale oito pontos/kg; um veleiro com mais de 40 kg equivale a 10 pontos/kg; o  bico curto, wahoo, dourado, atum dentes de cão ganham sete pontos/kg.

 

O peso mínimo aceitável é de 5 kg, sendo que um atum mais ou igual a 15kg vale sete pontos/kg; um atum e xareu de 5 kg equivale a cinco pontos/kg; o filho-pródigo, barracuda, boga, arco-íris e a palmeta de 5kg correspondem a três pontos/kg; enquanto a serra de mais ou igual a 10 kg soma igualmente três pontos e a de 5kg amealha dois pontos/ Kg.

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 08:55
 O que é? |  O que é? | favorito
O PRESIDENTE da Associação dos Comités Nacionais Olímpicos de África, PRESIDENTE da Associação dos Comités Nacionais Olímpicos de África, Lassana Palenfo, garantiu apoio às entidades desportivas nacionais na organização dos Jogos Africanos Maputo-2011, que decorrerão de 3 a 8 de Setembro próximo. DESPORTO

Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 08:43
 O que é? |  O que é? | favorito
Fevereiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
19
20
21
26
27
subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO