Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Terça-feira, 01 DE Fevereiro 2011

Luís, do Ferroviário, desfere um remate (A. Marrengula)O FERROVIÁRIO consolidou a liderança do Torneio “O Treinador” em futebol, ao empatar domingo no Estádio da Machava, com o Incomáti a zero golo, em partida da segunda jornada.


 

A equipa “locomotiva” lidera com quatro pontos, mais um que Matchedje e Atlético Muçulmano, que, no confronto entre si, ganharam os “militares” por 1-0.

O torneio “O Treinador” começou no sábado, com o Ferroviário a vencer o Matchedje por 2-1 e o Atlético a bater o Incomáti por 1-0. A terceira e última jornada se realiza na quinta-feira. O Matchedje mede forças com o Incomáti e Atlético bate-se com Ferroviário.

 

Entretanto, no domingo, a equipa comandada por Chiquinho Conde perdeu a oportunidade de dar um passo importante para conquistar o primeiro troféu da época. Os prognósticos apontavam para uma vitória folgada dos verde-e-branco, mas a equipa de Xinavane soube contrariar esse favoritismo. Jogou de igual para igual e por duas vezes dispôs de oportunidades claras para abrir o marcador.

 

A primeira foi desperdiçada pelo capitão Paíto, a meio da primeira parte, mas foi na segunda que “Machava” estremeceu, quando Duda (um dos reforços do Incomáti) num pontapé livre rematou forte, valendo a intervenção do guarda-redes Mahomed.

O Ferroviário, que tinha o dever de assumir as rédeas, denotou muitas dificuldades para se impor. O sector ofensivo foi o mais débil. Luís, a principal referência no ataque, ainda está longe de estar em forma. Aníbal (reforço para esta época) ainda está à procura de se enquadrar no renovado Ferroviário.

 

Ficou claro que Chiquinho ainda tem muito trabalho pela frente. As saídas de Jerry, Momed Hagy e Ítalo (titulares da época passada) abalaram a estrutura “locomotiva” no que se refere ao padrão de jogo utilizado nas últimas duas épocas, o que faz com que o técnico esteja a implementar um novo modelo adequado ao remodelado plantel.

 

Entre os reforços, é de salientar Clésio Baúque um jovem de apenas 17 anos, que na época passada actuava nos juvenis. Segundo, Chiquinho Conde, o 9 do Ferroviário fará parte dos 25 jogadores que formarão o plantel.

 

Clésio correspondeu à aposta do “mister”. Movimentou-se muito bem na área, abrindo linhas de passe. Foi protagonista de uma das poucas oportunidades de golo que os “locomotivas” dispuseram.

Para além do atacante, Chiquinho lançou Lanito, Chico e Rachid, um trio de jovens promissores. Num dia de experiência, ficaram fora de jogo Jotamo e Whisky, habituais titulares.

 

Hilário Manjate, treinador do Incomáti, também apresentou uma segunda equipa. Apenas quatro titulares alinharam de início, nomeadamente Duda, Nélio, Paíto e Jaime.

Mas Hilário terá ficado satisfeito com a produção dos aspirantes, visto que deixaram muito boas indicações, o que faz antever que a equipa técnica terá uma “boa” dor de cabeça para definir o plantel.

 

Enquanto isso, um autogolo marcado por Mduduzi, defesa do Atlético, no primeiro minuto, deu a vitória ao Matchedje.

 

Os comandados de Garrincha esforçaram-se para alcançar pelo menos um empate, mas falharam no último reduto. O lance mais perigoso foi protagonizado por Sipho.

O empate era o mais ajustado, a julgar por aquilo que foram as incidências do jogo.

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 09:46
 O que é? |  O que é? | favorito

 

Equipe do AtleticoO ATLÉTICO Muçulmano já abriu as suas oficinas tendo em vista a presente época futebolística. As sessões de treino decorrem no campo do Maxaquene (baixa) e incidem na consolidação do plantel.

 
 

Ao que tudo indica, Garrincha ainda terá muito trabalho pela frente, se se atender que tem às suas ordens neste momento 30 jogadores, um número acima daquele que o técnico pretende venha a formar o plantel (24). Aliás, quando começou a preparação, na semana passada, a equipa técnica chegou a contar com 100 jogadores.

Assim sendo, mais de metade dos atletas serão dispensados ou emprestados para rodarem noutros clubes.

 

Importa referir que os jogadores à disposição da equipa técnica passaram por uma pré-eleição visto que na semana passada, Garrincha e Freddy tiveram que orientar treinos com cerca de 100 jogadores. Conforme se pode constatar, as dores de cabeça já foram bem maiores para dupla técnica.

 

Na semana passada, Garrincha trabalhou com dois grupos. A preparação física foi privilegiada, mas houve espaço para uma “peladinha” de 15 minutos. Neste período, Garrincha aproveitou para tirar mais algumas conclusões em relação aos que serão dispensados. Mas pelo que foi dado a observar a tarefa do técnico não será fácil visto haver muita qualidade.

 

É com base nessa “legião” de jogadores que Garrincha que irá formar um plantel forte e capaz de melhorar a 11ª posição obtida no Moçambola 2010. Em 2009, o Atlético foi a equipa-sensação ao conquistar a Taça de Moçambique.

 

A equipa “muçulmana” é uma das que mais viu sair jogadores de extrema importância. Os defesas centrais Hilário e Chico rumaram para o Matchedje e Ferroviário da Beira, respectivamente. O médio defensivo Moka também foi para os “locomotivas” da Beira, enquanto os avançados Patrício e Chez saíram para o Desportivo e Costa do Sol, respectivamente. O guarda-redes Anivaldo rumou ao Chingale. Ao todo saíram do Atlético sete jogadores titulares da temporada passada.

 

Garrincha está a batalhar no sentido de encontrar substitutos à altura para estes lugares. As entradas dos médios Rocha (ex-Desportivo da Matola), Orlando (ex-FC Lichinga), Ngoni (ex-HCB), Julinho (ex-Matchedje), Macome (ex-Ferroviário de Maputo), e do guarda-redes Romeu (ex-Chingale) podem servir para cobrir sobretudo as lacunas a meio-campo e na baliza, mas a zona central da defesa continua a carecer de reforços.

 

Segundo, o técnico o plantel está aberto a saídas e entradas de jogadores. “Ainda esperamos contar com alguns jogadores experientes. Aguardamos a cedência por parte do Maxaquene de um sul-africano e outros que possam nos servir”.

A equipa do Atlético está nesta altura a participar no Torneio “O Treinador”, tendo ganho ao Incomáti, por 1-0 e perdido com o Matchedje pelo mesmo resultado. Na quinta-feira defronta o Ferroviário em partida da terceira e última jornada.

OCUPAR O MEU ESPAÇO

 
 

RomeuACEITEI este convite porque vejo que o Atlético é formado por um grupo jovem e bastante competitivo”, palavras do guarda-redes Romeu, ex-Chingale.

Romeu afirma que lutará para merecer a confiança do treinador. “A concorrência é sempre bem-vinda. Não tenho que me preocupar com isso. Tenho é que me empenhar nos treinos. Só assim posso conquistar o meu espaço.”

RELANÇAR A MINHA CARREIRA

 
 

JulinhoESTOU no Atlético para relançar a minha carreira e ajudar o clube a ter uma boa prestação esta época”, afirma Julinho.

 

Julinho acredita que depois de estar durante dois anos com uma lesão no joelho, está agora em condições de voltar a atingir a “perfomance” registada no Costa do Sol há três anos.

 

Sinto-me em perfeitas condições para jogar e dar o meu máximo. Sei que posso voltar a ser aquele jogador combativo”.

 

MOSTRAR O MEU VALOR

 
 

MacomeQUERO mostrar o meu valor. No Ferroviário não tive oportunidade de jogar, mas acredito que no Atlético tenho mais ‘chances’ de mostrar as minhas qualidades”, diz o jovem Macome, emprestado pelos “locomotivas”. 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 09:32
 O que é? |  O que é? | favorito

atletismoUMA corrida pedestre está no topo do programa desportivo a ter lugar no fim-de-semana na cidade da Matola, por ocasião do 39º aniversário da urbe.

 
 

Perto de 200 atletas, entre federados e populares, vão participar na prova, que se iniciará às 6.00 horas de sábado.

Espera-se que, internamente, marquem presença atletas de Tete, Manica, Inhambane, Gaza e Maputo. A nível externo, aguarda-se pela participação de atletas das vizinhas Suazilândia e África do Sul.

 

Para além de atletismo, estão previstas competições de ciclismo, que envolverão atletas pré-seleccionados para os Jogos Africanos, a ter lugar de 3 a 18 de Setembro corrente em Maputo.

 

Está igualmente agendada a final do Campeonato Recreativo da Matola e um torneio quadrangular de basquetebol envolvendo equipas das escolas que se preparam para a presente edição dos Jogos Escolares, que estarão também baseados na Matola e do “Basket Show”. 

 

PERÍCIA AUTOMÓVEL TAMBÉM EM DESTAQUE

 
 

A Wanga Race Clube de Maputo, em parceria com o Município da Matola, organiza domingo, das 15:00 até perto das 19:00 horas, uma prova de perícia automóvel, que inclui o “show” de motas, karts e bicicletas no âmbito das comemorações do 39° aniversário daquela urbe.

A prova consistirá no factor tempo e contorno de obstáculos no desenho de circuito da cidade concebido para o efeito, na qual ganha o concorrente que fizer o menor tempo.

Espera-se a participação de não menos de 40 concorrentes nas classes referenciadas.

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 09:22
 O que é? |  O que é? | favorito
Fevereiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
19
20
21
26
27
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO