Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Quarta-feira, 09 DE Dezembro 2009


A SELECÇÃO Nacional de futebol de Sub-20 estreou-se com um empate a um golo diante de Madagáscar no Torneio da Cosafa da categoria que decorre desde o último fim-de-semana em Joanesburgo, resultado que pode comprometer as suas aspirações que passam por atingir a final, repetindo, desta feita, a proeza do ano passado em que falharam o troféu ao perderá com a África do Sul por 3-2. Os “Mambinhas” têm hoje uma missão espinhosa frente à Suazilândia que determinará a sua continuidade neste evento, ou seja a transição para as meias-finais.

Este é um jogo crucial para os Sub-20 a quem apenas a vitória interessa, uma vez que um novo empate, para não falar de derrota, esgotará todas as possibilidades de transitarem para a fase seguinte.

Enquanto isso, esta partida marcará a estreia da Suazilândia, atendendo que o grupo dos “Mambinhas” (B) integra apenas três equipas. Os suázis voltam a jogar amanhã com Madagáscar para a decisão do futuro de cada uma das equipas, numa altura em que tudo está em aberto para os três concorrentes.

SEM VEIA GOLEADORA

Os “Mambinhas” revelaram alguma incapacidade de transformar as oportunidades criadas em golos e, com este cenário, os malgaxes, mesmo sem dominar o jogo, fizeram o que os moçambicanos não conseguiram, marcando primeiro aos 15 minutos da segunda parte.

Sorte é que estiveram à altura de repor a igualdade dez minutos depois, com golo de Maninho.

O encontro foi caracterizado por muito nervosismo que culminou com a expulsão de um jogador para cada lado. O defesa central Aguiar não vai alinhar hoje frente à Suazilândia e é uma baixa de vulto para a equipa moçambicana.
publicado por Vaxko Zakarias às 16:58
 O que é? |  O que é? | favorito


A SELECÇÃO Nacional de futebol de Sub-20 estreou-se com um empate a um golo diante de Madagáscar no Torneio da Cosafa da categoria que decorre desde o último fim-de-semana em Joanesburgo, resultado que pode comprometer as suas aspirações que passam por atingir a final, repetindo, desta feita, a proeza do ano passado em que falharam o troféu ao perderá com a África do Sul por 3-2. Os “Mambinhas” têm hoje uma missão espinhosa frente à Suazilândia que determinará a sua continuidade neste evento, ou seja a transição para as meias-finais.

Este é um jogo crucial para os Sub-20 a quem apenas a vitória interessa, uma vez que um novo empate, para não falar de derrota, esgotará todas as possibilidades de transitarem para a fase seguinte.

Enquanto isso, esta partida marcará a estreia da Suazilândia, atendendo que o grupo dos “Mambinhas” (B) integra apenas três equipas. Os suázis voltam a jogar amanhã com Madagáscar para a decisão do futuro de cada uma das equipas, numa altura em que tudo está em aberto para os três concorrentes.

SEM VEIA GOLEADORA

Os “Mambinhas” revelaram alguma incapacidade de transformar as oportunidades criadas em golos e, com este cenário, os malgaxes, mesmo sem dominar o jogo, fizeram o que os moçambicanos não conseguiram, marcando primeiro aos 15 minutos da segunda parte.

Sorte é que estiveram à altura de repor a igualdade dez minutos depois, com golo de Maninho.

O encontro foi caracterizado por muito nervosismo que culminou com a expulsão de um jogador para cada lado. O defesa central Aguiar não vai alinhar hoje frente à Suazilândia e é uma baixa de vulto para a equipa moçambicana.
publicado por Vaxko Zakarias às 16:58
 O que é? |  O que é? | favorito


OS “Mambas” vão brindar os presos da Machava, concretamente da Cadeia de Máxima Segurança, vulgo BO, com futebol de primeira água esta manhã (9.00 horas), no âmbito da inserção social do recluso.

A Selecção Nacional cumpre assim a promessa feita há meses quando iniciou o intercâmbio entre as equipas do Moçambola e reclusos e que permitiu que várias equipas se deslocassem às Cadeias Central e de Máxima Segurança da Machava, casos do Costa do Sol, Ferroviário, Maxaquene, Liga Muçulmana, Atlético Muçulmano, Matchedje, HCB de Songo e algumas universidades sediadas na cidade de Maputo.

Espera-se por um ambiente bastante comovente, como tem sido apanágio, a equipa de reclusos, para a recepção dos “Mambas”, reforçado-se com a junção das duas selecções, nomeadamente da BO e da Cadeia Central, para formar o que apelidaram de “Mambas da Machava”.

Este jogo marcará o fim da época futebolística nas Cadeias Central e da Máxima Segurança da Machava.

Infelizmente, os reclusos não terão a oportunidade de ver todos os artistas e seus ídolos, sobretudo aqueles que actuam no estrangeiro, que disputam os respectivos campeonatos. Praticamente, os “Mambas” que hoje escalarão a BO fazem parte do grupo interno, que na última terça-feira iniciou a preparação para o CAN de Angola-2010.

Trata-se dos guarda-redes Binó, Lamá e Pinto; os defesas Fanuel, Campira e Whisky e Mayunda; os médios Momed Hagy, Nelinho, Danito Parruque, Mustafá, Alvarito, Carlitos e Josimar e os avançados Jerry, Hélder Pelembe e Tony, este último que se juntou hoje ao grupo. Ruben e Luís continuam a pautar pela ausência e sem justificação, segundo contou fonte da equipa técnica. Por seu turno, Mexer e Zainadine Júnior foram dispensados para atenderem a sua transferência para o Sporting de Portugal.

De salientar que, por cada golo, a selecção de reclusos terá um prémio especial correspondente a cinco dias de visita extra por cada um dos integrantes da equipa como prenda especial por ocasião das festas do Natal e fim-do-ano que se aproximam. No intercâmbio com as equipas do Moçambola, as selecções da BO e da Cadeia Central tiveram em cada golo registado um dia de visita extra. '

Entretanto, a par da partida de futebol, a organização preparou espaço para a realização de algumas actividades culturais envolvendo os grupos culturais da Associação Provida, promotora do intercâmbio, e de Nomo e Búfalo/Wantsongo.
publicado por Vaxko Zakarias às 16:47
 O que é? |  O que é? | favorito


OS “Mambas” vão brindar os presos da Machava, concretamente da Cadeia de Máxima Segurança, vulgo BO, com futebol de primeira água esta manhã (9.00 horas), no âmbito da inserção social do recluso.

A Selecção Nacional cumpre assim a promessa feita há meses quando iniciou o intercâmbio entre as equipas do Moçambola e reclusos e que permitiu que várias equipas se deslocassem às Cadeias Central e de Máxima Segurança da Machava, casos do Costa do Sol, Ferroviário, Maxaquene, Liga Muçulmana, Atlético Muçulmano, Matchedje, HCB de Songo e algumas universidades sediadas na cidade de Maputo.

Espera-se por um ambiente bastante comovente, como tem sido apanágio, a equipa de reclusos, para a recepção dos “Mambas”, reforçado-se com a junção das duas selecções, nomeadamente da BO e da Cadeia Central, para formar o que apelidaram de “Mambas da Machava”.

Este jogo marcará o fim da época futebolística nas Cadeias Central e da Máxima Segurança da Machava.

Infelizmente, os reclusos não terão a oportunidade de ver todos os artistas e seus ídolos, sobretudo aqueles que actuam no estrangeiro, que disputam os respectivos campeonatos. Praticamente, os “Mambas” que hoje escalarão a BO fazem parte do grupo interno, que na última terça-feira iniciou a preparação para o CAN de Angola-2010.

Trata-se dos guarda-redes Binó, Lamá e Pinto; os defesas Fanuel, Campira e Whisky e Mayunda; os médios Momed Hagy, Nelinho, Danito Parruque, Mustafá, Alvarito, Carlitos e Josimar e os avançados Jerry, Hélder Pelembe e Tony, este último que se juntou hoje ao grupo. Ruben e Luís continuam a pautar pela ausência e sem justificação, segundo contou fonte da equipa técnica. Por seu turno, Mexer e Zainadine Júnior foram dispensados para atenderem a sua transferência para o Sporting de Portugal.

De salientar que, por cada golo, a selecção de reclusos terá um prémio especial correspondente a cinco dias de visita extra por cada um dos integrantes da equipa como prenda especial por ocasião das festas do Natal e fim-do-ano que se aproximam. No intercâmbio com as equipas do Moçambola, as selecções da BO e da Cadeia Central tiveram em cada golo registado um dia de visita extra. '

Entretanto, a par da partida de futebol, a organização preparou espaço para a realização de algumas actividades culturais envolvendo os grupos culturais da Associação Provida, promotora do intercâmbio, e de Nomo e Búfalo/Wantsongo.
publicado por Vaxko Zakarias às 16:47
 O que é? |  O que é? | favorito


MUSSÁ Osman vai continuar no comando técnico da equipa principal do Grupo Desportivo e Recreativo da Hidroeléctrica de Cabora-Bassa (HCB).

O anúncio foi feito no dia no dia 4 de Dezembro corrente, durante a cerimónia da tomada de posse da nova direcção da colectividade. Adelino de Almeida é o novo presidente do HCB, sucedendo deste modo, a José da Costa.

A reunião da assembleia-geral do HCB, que culminou com a eleição dos novos corpos gerentes, foi convocada para analisar o desempenho da anterior direcção durante o “Moçambola” passado, tendo-se constatado que, dentre vários aspectos, houve má gestão e uso indevido dos recursos financeiros do clube, deixando a agremiação com algumas dívidas de alimentação e alojamento dos atletas, prémios de jogos, entre outros.

O novo elenco da direcção do Grupo Desportivo da Hidroeléctrica de Cahora-Bassa, decidiu, após a sua tomada de posse, que a equipa técnica liderada pelo técnico Mussá Ossman vai manter-se por mais uma temporada e esforços estão sendo envidados para o apetrechamento da equipa em termos de jogadores, de forma a encarar o Moçambola do próximo ano com outra postura.

“A nossa aposta é manter a equipa no Moçambola e queremos ficar nos primeiros cinco lugares nesta prova que se avizinha, porque já temos condições para tal. Temos infra-estruturas suficientes para trazermos o canecão do Moçambola pela primeira vez à Vila do Songo. Vamos dignificar o nosso maior patrocinador, a empresa HCB, e trazer o espectáculo da maior prova futebolística do nosso país ao Songo”, disse o engenheiro Francisco Xavier no acto da tomada de posse da nova direcção do Clube da HCB.

De recordar que, no passado dia 29 de Novembro, o HCB inaugurou o seu campo relvado de futebol e o bairro dos jogadores com capacidade para albergar cerca de 40 atletas, sendo o primeiro clube a possuir infra-estruturas desportivas completas na província de Tete.

O presidente da Assembleia-Geral do Grupo Desportivo e Recreativo da HCB, engenheiro Francisco Xavier, disse que a sua colectividade vai fazer tudo o que estiver ao seu alcance para apoiar o Chingale a regressar o mais rapidamente possível ao Moçambola.
publicado por Vaxko Zakarias às 16:35
 O que é? |  O que é? | favorito


MUSSÁ Osman vai continuar no comando técnico da equipa principal do Grupo Desportivo e Recreativo da Hidroeléctrica de Cabora-Bassa (HCB).

O anúncio foi feito no dia no dia 4 de Dezembro corrente, durante a cerimónia da tomada de posse da nova direcção da colectividade. Adelino de Almeida é o novo presidente do HCB, sucedendo deste modo, a José da Costa.

A reunião da assembleia-geral do HCB, que culminou com a eleição dos novos corpos gerentes, foi convocada para analisar o desempenho da anterior direcção durante o “Moçambola” passado, tendo-se constatado que, dentre vários aspectos, houve má gestão e uso indevido dos recursos financeiros do clube, deixando a agremiação com algumas dívidas de alimentação e alojamento dos atletas, prémios de jogos, entre outros.

O novo elenco da direcção do Grupo Desportivo da Hidroeléctrica de Cahora-Bassa, decidiu, após a sua tomada de posse, que a equipa técnica liderada pelo técnico Mussá Ossman vai manter-se por mais uma temporada e esforços estão sendo envidados para o apetrechamento da equipa em termos de jogadores, de forma a encarar o Moçambola do próximo ano com outra postura.

“A nossa aposta é manter a equipa no Moçambola e queremos ficar nos primeiros cinco lugares nesta prova que se avizinha, porque já temos condições para tal. Temos infra-estruturas suficientes para trazermos o canecão do Moçambola pela primeira vez à Vila do Songo. Vamos dignificar o nosso maior patrocinador, a empresa HCB, e trazer o espectáculo da maior prova futebolística do nosso país ao Songo”, disse o engenheiro Francisco Xavier no acto da tomada de posse da nova direcção do Clube da HCB.

De recordar que, no passado dia 29 de Novembro, o HCB inaugurou o seu campo relvado de futebol e o bairro dos jogadores com capacidade para albergar cerca de 40 atletas, sendo o primeiro clube a possuir infra-estruturas desportivas completas na província de Tete.

O presidente da Assembleia-Geral do Grupo Desportivo e Recreativo da HCB, engenheiro Francisco Xavier, disse que a sua colectividade vai fazer tudo o que estiver ao seu alcance para apoiar o Chingale a regressar o mais rapidamente possível ao Moçambola.
publicado por Vaxko Zakarias às 16:35
 O que é? |  O que é? | favorito


HÁ unanimidade: o país possui uma extensa costa marítima e gente particularmente com habilidade para a prática de desportos náuticos.

Assim sendo, urge aproveitar ao máximo essas potencialidades para rapidamente se expandir e massificar a execução de modalidades como a vela e a canoagem, que, inclusive, fazem parte do rol das disciplinas previstas para os Jogos Africanos de Maputo-2011. Esta posição foi a tónica dominante dos pronunciamentos oficiais e informais dos participantes na cerimónia da tomada de posse, segunda-feira à noite, da primeira Federação Moçambicana de Vela e Canoagem.

Tendo como Presidente da Direcção José Luís Alcântara Santos e reunindo nos seus diversos órgãos nomes sonantes do desporto, e não só, como são os casos de Luís Bernardo Honwana, José Forjaz, Joel Libombo, Celso Correia, Mário Samboco e Carlos Prista, a ora constituída Federação Moçambicana de Vela e Canoagem promete trabalhar arduamente de forma a colocar estas duas modalidades ao serviço das massas, tirando partido das óptimas condições que a natureza nos oferece.

Conforme fez questão de vincar o seu presidente, José Luís Alcântara Santos, numa cerimónia em que esteve presente o Ministro da Juventude e Desportos, Fernando Sumbana, a constituição desta Federação é corolário de um trabalho abnegado levado a cabo por diversas pessoas apaixonadas pelos desportos náuticos, na perspectiva não somente de se verem aglutinados num fórum que seja seu interlocutor junto da sociedade, na esfera desportiva nacional e internacional e junto do Governo, como também trazer à tona modalidades que Moçambique pode ter vantagens comparativas nas competições internacionais, destacando, para já, os Jogos Africanos de 2011, aguardados com enorme expectativa pelos amantes e praticantes da vela e da canoagem, pois será uma oportunidade para realmente testarem as suas qualidades.

Aliás, segundo Alcântara Santos, nas tarefas imediatas destaca-se também a inscrição da Federação nos organismos internacional e continental, para que a participação do país comece a ser uma realidade. Paralelamente a este aspecto, está a organização de provas internacionais para aquilatar o nível dos nossos atletas.

Congratulando-se com a formação da Federação Moçambicana de Vela e Canoagem, o Ministro da Juventude e Desportos disse que o acto representava um importante passo rumo ao relançamento e prática regular de modalidades que, num país como o nosso, com uma extensa costa marítima, constituem o meio de trabalho de milhares de moçambicanos.

Segundo Fernando Sumbana, pelo facto de esta Federação surgir num momento particularmente importante da história desportiva do nosso país, pelo facto de acolhermos a décima edição dos Jogos Africanos, espera que o novo organismo impulsione o rápido desenvolvimento destas duas modalidades, a vela e a canoagem, de modo a que possamos, no mínimo, nos representar na maior festa desportiva do continente.

“Para tal, a organização e o espírito empreendedor são condições indispensáveis para colhermos louros do surgimento desta agremiação, a breve trecho. Organização a partir da base, isto é, dos clubes e em todas as províncias, até à Federação, numa cadeia que deve funcionar em harmonia, através de processos transparentes, participados e virados para o mesmo objectivo: a rápida expansão e desenvolvimento da modalidade, tirando melhor partido das condições que a natureza oferece ao nosso país”, disse Sumbana.


COMPOSIÇÃO DO ELENCO

A Federação Moçambicana de Vela e Canoagem tem a seguinte composição:

Mesa da Assembleia-Geral

Presidente: Luís Bernardo Honwana; Vice-Presidente: José Forjaz; Secretário: Joel Libombo

Direcção

Presidente: José Luís Alcântara Santos; Vice-Presidente: Décio Muianga; Secretário-Geral: Diogo Margarido; Tesoureira: Dalva Brito

Conselho Técnico

Presidente: Carlos Prista; Vogais: Oliviero Davolio e Sérgio Zibane

Conselho Fiscal

Presidente: Celso Correia; Secretário: Sérgio Assubuji; Vogal: Pedro Mosca

Conselho Jurisdicional

Presidente: Daniel Lampião; Vogais: Raul Dias e Carimo Valgy

Conselho de Disciplina

Presidente: Mário Samboco; Vogais: Jorge Graça e Hélio da Rosa Alberto
publicado por Vaxko Zakarias às 16:22
 O que é? |  O que é? | favorito


HÁ unanimidade: o país possui uma extensa costa marítima e gente particularmente com habilidade para a prática de desportos náuticos.

Assim sendo, urge aproveitar ao máximo essas potencialidades para rapidamente se expandir e massificar a execução de modalidades como a vela e a canoagem, que, inclusive, fazem parte do rol das disciplinas previstas para os Jogos Africanos de Maputo-2011. Esta posição foi a tónica dominante dos pronunciamentos oficiais e informais dos participantes na cerimónia da tomada de posse, segunda-feira à noite, da primeira Federação Moçambicana de Vela e Canoagem.

Tendo como Presidente da Direcção José Luís Alcântara Santos e reunindo nos seus diversos órgãos nomes sonantes do desporto, e não só, como são os casos de Luís Bernardo Honwana, José Forjaz, Joel Libombo, Celso Correia, Mário Samboco e Carlos Prista, a ora constituída Federação Moçambicana de Vela e Canoagem promete trabalhar arduamente de forma a colocar estas duas modalidades ao serviço das massas, tirando partido das óptimas condições que a natureza nos oferece.

Conforme fez questão de vincar o seu presidente, José Luís Alcântara Santos, numa cerimónia em que esteve presente o Ministro da Juventude e Desportos, Fernando Sumbana, a constituição desta Federação é corolário de um trabalho abnegado levado a cabo por diversas pessoas apaixonadas pelos desportos náuticos, na perspectiva não somente de se verem aglutinados num fórum que seja seu interlocutor junto da sociedade, na esfera desportiva nacional e internacional e junto do Governo, como também trazer à tona modalidades que Moçambique pode ter vantagens comparativas nas competições internacionais, destacando, para já, os Jogos Africanos de 2011, aguardados com enorme expectativa pelos amantes e praticantes da vela e da canoagem, pois será uma oportunidade para realmente testarem as suas qualidades.

Aliás, segundo Alcântara Santos, nas tarefas imediatas destaca-se também a inscrição da Federação nos organismos internacional e continental, para que a participação do país comece a ser uma realidade. Paralelamente a este aspecto, está a organização de provas internacionais para aquilatar o nível dos nossos atletas.

Congratulando-se com a formação da Federação Moçambicana de Vela e Canoagem, o Ministro da Juventude e Desportos disse que o acto representava um importante passo rumo ao relançamento e prática regular de modalidades que, num país como o nosso, com uma extensa costa marítima, constituem o meio de trabalho de milhares de moçambicanos.

Segundo Fernando Sumbana, pelo facto de esta Federação surgir num momento particularmente importante da história desportiva do nosso país, pelo facto de acolhermos a décima edição dos Jogos Africanos, espera que o novo organismo impulsione o rápido desenvolvimento destas duas modalidades, a vela e a canoagem, de modo a que possamos, no mínimo, nos representar na maior festa desportiva do continente.

“Para tal, a organização e o espírito empreendedor são condições indispensáveis para colhermos louros do surgimento desta agremiação, a breve trecho. Organização a partir da base, isto é, dos clubes e em todas as províncias, até à Federação, numa cadeia que deve funcionar em harmonia, através de processos transparentes, participados e virados para o mesmo objectivo: a rápida expansão e desenvolvimento da modalidade, tirando melhor partido das condições que a natureza oferece ao nosso país”, disse Sumbana.


COMPOSIÇÃO DO ELENCO

A Federação Moçambicana de Vela e Canoagem tem a seguinte composição:

Mesa da Assembleia-Geral

Presidente: Luís Bernardo Honwana; Vice-Presidente: José Forjaz; Secretário: Joel Libombo

Direcção

Presidente: José Luís Alcântara Santos; Vice-Presidente: Décio Muianga; Secretário-Geral: Diogo Margarido; Tesoureira: Dalva Brito

Conselho Técnico

Presidente: Carlos Prista; Vogais: Oliviero Davolio e Sérgio Zibane

Conselho Fiscal

Presidente: Celso Correia; Secretário: Sérgio Assubuji; Vogal: Pedro Mosca

Conselho Jurisdicional

Presidente: Daniel Lampião; Vogais: Raul Dias e Carimo Valgy

Conselho de Disciplina

Presidente: Mário Samboco; Vogais: Jorge Graça e Hélio da Rosa Alberto
publicado por Vaxko Zakarias às 16:22
 O que é? |  O que é? | favorito


NEM os mais pessimistas podiam imaginar que à entrada para a última jornada o Barcelona ainda estivesse a fazer contas para garantir o apuramento para os oitavos-de-final.

Hoje em partida da sexta e última jornada da Liga dos Campeões Europeus de futebol, os detentores do título jogam fora com o Dínamo de Kiev e podem ficar afastados dos “oitavos” caso percam por 0-2 e se registe uma vitória no encontro entre o Inter de Milão e o Rubin Kazan.

Mas, caso o Dínamo não some os três pontos, o Inter apenas terá de empatar (0-0 ou 1-1) para seguir em frente. Qualquer empate com mais golos dará o passaporte ao Rubin.

O Inter e o Rubin Kazan estão a dois pontos do Barça, enquanto o Dínamo de Kiev tem apenas menos um. Assim, qualquer uma das equipas pode ainda conseguir o apuramento para os oitavos-de-final.

No Grupo E, está tudo definido, a Fiorentina e o Lyon estão apurados para os oitavos-de-final, o Liverpool vai à Liga Europa, enquanto o Debreceni, último classificado, fica afastado de qualquer prova.

A luta é pelo primeiro lugar, a Fiorentina, comandante, joga em Anfield Road com o Liverpool, e o Lyon defronta o Debreceni.

No Grupo G, o Sevilha é o único “team” apurado para os “oitavos” e o seu acompanhante pode ser o estreante Urinea Urziceni que só precisa de empatar fora com o Estugarda para seguir em frente.

O Esturgada, por sua vez, precisa de vencer o Urinea para se manter em prova. O Glasgow Rangers está condenado ao último lugar.

No Grupo H, o Arsenal apurou-se para a próxima fase. Resta agora ao Olympiacos e Standard de Liége lutarem pelo segundo lugar.

O Olympiacos precisa de empatar com o Arsenal para seguir em frente, enquanto os belgas estão obrigados a vencer o AZ para saltarem para o segundo posto, já que a equipa de Laszlo Boloni tem vantagem no confronto directo com os gregos. Ao AZ basta sonhar com a presença na Liga Europa, objectivo que alcançará caso vença o Standard.

HOJE

Grupo E- Liverpool-Fiorentina E Lyon-Debreceni VSC

Grupo F – Inter de Milão-FC Rubin Kazan e Dínamo de Kiev-Barcelona

Grupo G – Estugarda- Unirea Urziceni e Sevilha-Rangers

Grupo H – Olympiacos-Arsenal e Standard de Liège-AZ Alkmaar
publicado por Vaxko Zakarias às 16:03
 O que é? |  O que é? | favorito


NEM os mais pessimistas podiam imaginar que à entrada para a última jornada o Barcelona ainda estivesse a fazer contas para garantir o apuramento para os oitavos-de-final.

Hoje em partida da sexta e última jornada da Liga dos Campeões Europeus de futebol, os detentores do título jogam fora com o Dínamo de Kiev e podem ficar afastados dos “oitavos” caso percam por 0-2 e se registe uma vitória no encontro entre o Inter de Milão e o Rubin Kazan.

Mas, caso o Dínamo não some os três pontos, o Inter apenas terá de empatar (0-0 ou 1-1) para seguir em frente. Qualquer empate com mais golos dará o passaporte ao Rubin.

O Inter e o Rubin Kazan estão a dois pontos do Barça, enquanto o Dínamo de Kiev tem apenas menos um. Assim, qualquer uma das equipas pode ainda conseguir o apuramento para os oitavos-de-final.

No Grupo E, está tudo definido, a Fiorentina e o Lyon estão apurados para os oitavos-de-final, o Liverpool vai à Liga Europa, enquanto o Debreceni, último classificado, fica afastado de qualquer prova.

A luta é pelo primeiro lugar, a Fiorentina, comandante, joga em Anfield Road com o Liverpool, e o Lyon defronta o Debreceni.

No Grupo G, o Sevilha é o único “team” apurado para os “oitavos” e o seu acompanhante pode ser o estreante Urinea Urziceni que só precisa de empatar fora com o Estugarda para seguir em frente.

O Esturgada, por sua vez, precisa de vencer o Urinea para se manter em prova. O Glasgow Rangers está condenado ao último lugar.

No Grupo H, o Arsenal apurou-se para a próxima fase. Resta agora ao Olympiacos e Standard de Liége lutarem pelo segundo lugar.

O Olympiacos precisa de empatar com o Arsenal para seguir em frente, enquanto os belgas estão obrigados a vencer o AZ para saltarem para o segundo posto, já que a equipa de Laszlo Boloni tem vantagem no confronto directo com os gregos. Ao AZ basta sonhar com a presença na Liga Europa, objectivo que alcançará caso vença o Standard.

HOJE

Grupo E- Liverpool-Fiorentina E Lyon-Debreceni VSC

Grupo F – Inter de Milão-FC Rubin Kazan e Dínamo de Kiev-Barcelona

Grupo G – Estugarda- Unirea Urziceni e Sevilha-Rangers

Grupo H – Olympiacos-Arsenal e Standard de Liège-AZ Alkmaar
publicado por Vaxko Zakarias às 16:03
 O que é? |  O que é? | favorito

CRISTIANO Ronaldo, Lionel Messi, Andres Iniesta, Xavi e Kaká são os cinco finalistas que concorrem para a atribuição do prémio Melhor jogador do Mundo da FIFA, prémio que será conhecido no próximo dia 21 de Dezembro em Zurique.

Os cinco finalistas foram confirmados após a votação dos treinadores e capitães das selecções de todo o mundo sobre uma lista elaborada por especialistas da Comissão de Futebol da FIFA.

Num duelo entre Real Madrid (Cristiano Ronaldo e Kaká) e Barcelona (Messi, Xavi e Iniesta), o internacional português deverá perder o título conquistado no ano passado para o argentino, tal como aconteceu na “Bola de Ouro”, prémio atribuído pela revista francesa France Football.

Durante a Gala do Melhor Jogador do Mundo da FIFA 2009 também serão conhecidos os vencedores do ‘FIFA/FIFpro World XI’, jogadores que irão integrar a melhor equipa do ano.
publicado por Vaxko Zakarias às 15:54
 O que é? |  O que é? | favorito

CRISTIANO Ronaldo, Lionel Messi, Andres Iniesta, Xavi e Kaká são os cinco finalistas que concorrem para a atribuição do prémio Melhor jogador do Mundo da FIFA, prémio que será conhecido no próximo dia 21 de Dezembro em Zurique.

Os cinco finalistas foram confirmados após a votação dos treinadores e capitães das selecções de todo o mundo sobre uma lista elaborada por especialistas da Comissão de Futebol da FIFA.

Num duelo entre Real Madrid (Cristiano Ronaldo e Kaká) e Barcelona (Messi, Xavi e Iniesta), o internacional português deverá perder o título conquistado no ano passado para o argentino, tal como aconteceu na “Bola de Ouro”, prémio atribuído pela revista francesa France Football.

Durante a Gala do Melhor Jogador do Mundo da FIFA 2009 também serão conhecidos os vencedores do ‘FIFA/FIFpro World XI’, jogadores que irão integrar a melhor equipa do ano.
publicado por Vaxko Zakarias às 15:54
 O que é? |  O que é? | favorito

O AL Ahli FC, campeão da Liga dos Emiratos Árabes Unidos e o Auckland City, campeão da Oceânica, dão hoje o pontapé-de-saída do Campeonato do Mundo de Clubes de futebol, cujo detentor do título é o Manchester United.

A prova realiza-se na cidade árabe de Abu Dhabi e reúne sete equipas, onde consta o campeão africano, o TP Mazembe do Congo, que entra em acção na sexta-feira para medir forças com o campeão asiático, o Pohang Steelers FC da Coreia do Sul, em desafio dos quartos-de-final. O vencedor deste jogo terá pela frente, nas meias-finais, na próxima terça-feira, os argentinos do Estudiantes de La Plata, campeões da Copa Libertadores da América do Sul.

Mas o principal candidato a vencer o troféu, o Barcelona, só entra em acção na próxima quarta-feira, até porque hoje joga com o Dínamo de Kiev em desafio da Liga dos Campeões Europeus. É, aliás, na condição de vencedor desta prova que os catalães estarão em Abu Dhabi para tentarem conquistar o troféu.

Os comandados de Guardiola entrarão nas meias-finais, mas ainda aguardam pelo seu adversário. O vencedor do jogo Al Ahli e Aukland jogará com o campeão da CONCACAF, os mexicanos do Atlante FC, só depois desse confronto é que sairá o oponente dos campeões europeus.

A final da competição está marcada para o dia 19 do corrente mês.
publicado por Vaxko Zakarias às 15:49
 O que é? |  O que é? | favorito

O AL Ahli FC, campeão da Liga dos Emiratos Árabes Unidos e o Auckland City, campeão da Oceânica, dão hoje o pontapé-de-saída do Campeonato do Mundo de Clubes de futebol, cujo detentor do título é o Manchester United.

A prova realiza-se na cidade árabe de Abu Dhabi e reúne sete equipas, onde consta o campeão africano, o TP Mazembe do Congo, que entra em acção na sexta-feira para medir forças com o campeão asiático, o Pohang Steelers FC da Coreia do Sul, em desafio dos quartos-de-final. O vencedor deste jogo terá pela frente, nas meias-finais, na próxima terça-feira, os argentinos do Estudiantes de La Plata, campeões da Copa Libertadores da América do Sul.

Mas o principal candidato a vencer o troféu, o Barcelona, só entra em acção na próxima quarta-feira, até porque hoje joga com o Dínamo de Kiev em desafio da Liga dos Campeões Europeus. É, aliás, na condição de vencedor desta prova que os catalães estarão em Abu Dhabi para tentarem conquistar o troféu.

Os comandados de Guardiola entrarão nas meias-finais, mas ainda aguardam pelo seu adversário. O vencedor do jogo Al Ahli e Aukland jogará com o campeão da CONCACAF, os mexicanos do Atlante FC, só depois desse confronto é que sairá o oponente dos campeões europeus.

A final da competição está marcada para o dia 19 do corrente mês.
publicado por Vaxko Zakarias às 15:49
 O que é? |  O que é? | favorito
Dezembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO