Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Sexta-feira, 13 DE Novembro 2009

ESTA temporada foi sem sombra de dúvida de sonho para a equipa de futsal do Desportivo, visto que conseguiu cumprir com dois dos principais objectivos que se propunha a princípio: conquistar o Campeonato da Cidade de Maputo e a Taça Maputo.

As competições do futsal estão comprometidas devido à crise
A última prova foi conseguida na última terça-feira, dia em que a capital do país comemorou o seu 122º aniversário.

Os festejos “alvi-negros” foram por isso redobrados com a vitória na final sobre o Al Mahid, por 7-4. Um triunfo, que, diga-se de passagem, já era esperado dado o maior potencial dos comandados de Inácio Sambo, que nas meias-finais já tinham afastado a Liga Muçulmana, treinada por Aly Hassan, nos penaltes, por 5-4, após um empate a três bolas no período regulamentar.

Amanhã realiza-se a festa de consagração do Desportivo que esta época venceu tudo que havia para ganhar: Super taça, Torneio 25 de Junho, e as já referidas provas

publicado por Vaxko Zakarias às 14:08
 O que é? |  O que é? | favorito

ESTA temporada foi sem sombra de dúvida de sonho para a equipa de futsal do Desportivo, visto que conseguiu cumprir com dois dos principais objectivos que se propunha a princípio: conquistar o Campeonato da Cidade de Maputo e a Taça Maputo.

As competições do futsal estão comprometidas devido à crise
A última prova foi conseguida na última terça-feira, dia em que a capital do país comemorou o seu 122º aniversário.

Os festejos “alvi-negros” foram por isso redobrados com a vitória na final sobre o Al Mahid, por 7-4. Um triunfo, que, diga-se de passagem, já era esperado dado o maior potencial dos comandados de Inácio Sambo, que nas meias-finais já tinham afastado a Liga Muçulmana, treinada por Aly Hassan, nos penaltes, por 5-4, após um empate a três bolas no período regulamentar.

Amanhã realiza-se a festa de consagração do Desportivo que esta época venceu tudo que havia para ganhar: Super taça, Torneio 25 de Junho, e as já referidas provas

publicado por Vaxko Zakarias às 14:08
 O que é? |  O que é? | favorito

CADA vez mais, o sábado de todas as decisões para a Selecção Nacional de Futebol se aproxima. Aliás, é já amanhã.

Mart Nooij (centro) fala a Imprensa
Amanhã, a partir das 15.00 horas, no Estádio da Machava, o santuário que se estima festivo com a fervorosamente aguardada qualificação de Moçambique para o Campeonato Africano das Nações Angola-2010. A ansiedade, o optimismo e até alguma euforia em demasia vão caracterizando as conversas dos adeptos, enquanto, na via diária Hotel Rovuma-local de treino, e vice-versa, o técnico Mart Nooij prefere a máxima prudência e vai prevenindo os seus atletas em relação ao tipo de adversário que terão pela frente: uma Tunísia madura, astuta e perfeitamente à altura de chegar a Maputo e mandar no jogo como lhe convém, nesse seu afã de garantir o apuramento para o Mundial da África do Sul.

E porque o seleccionador nacional não pretende ludibriar a ninguém, nomeadamente no que diz respeito à matriz táctica da equipa, o técnico disse ontem, na habitual Conferência de Imprensa que antecede estes embates, que os “Mambas”, essencialmente, vão ao Vale do Infulene à busca do resultado; do resultado que assegure a qualificação, ficando o futebol-espectáculo para outras ocasiões, pois esta partida, pelo seu cariz, não recomenda veleidades. Segundo ele, os seus pupilos têm que ter muita paciência e ser suficientemente inteligentes para dar a volta às múltiplas vicissitudes que os tunisinos irão impor.

Pela sua importância e singularidade, o desafio de amanhã está a mobilizar não somente a cidade de Maputo, que em particular terá o privilégio de o viver no seu âmago, como também todo o país. De diversos pontos, as informações são de uma expectativa jamais vivida nos últimos anos e “todo o mundo” está preparado para que a onda vermelha vinque a sua verticalidade. Ao mesmo tempo que se vão fazendo prognósticos e conjecturas sobre o desfecho da contenda, se aprimora a festa que deverá assinalar a transição dos “Mambas” para o grande convívio com a fina-flor do futebol continental.

Determinados, mas com alguma contenção, os tunisinos desembarcaram na noite de quarta-feira, num voo “charter”, tendo ontem efectuado um treino no campo do Costa do Sol. Esta tarde, à hora aprazada para o desafio, realizarão o tradicional treino de adaptação ao palco do jogo, neste caso, no Vale do Infulene. Humberto Coelho acredita que as “Águias do Cartago” têm chances de carimbar o passaporte rumo à África do Sul, no entanto, reconhece que Moçambique pratica um bom futebol e possui jogadores bem dotados tecnicamente, pelo que terá de encontrar antídotos para contrariar o favoritismo e a grande motivação da equipa e dos seus adeptos.

A SITUAÇÃO É SÉRIA

SELECCIONADOR nacional, o holandês Mart Nooij
Interrompendo o seu ciclo normal de trabalho definido para esta curta semana, tendo em conta que, contrariamente ao habitual, o jogo é no sábado, Mart Nooij dedicou algum tempo, ontem de manhã, à Comunicação Social, para abordar vários contornos em relação ao desafio. Segundo disse a começar, à excepção de Mano, a braços com uma grave lesão e que o obrigou a uma intervenção cirúrgica, a equipa está completa e todos os atletas vêm treinando sem quaisquer limitações, facto que “a priori” deixa o “mister” satisfeito.

O técnico holandês afirmou que, dependendo de tudo que possa acontecer, a situação é bastante séria e deve ser encarada como tal por toda a gente. A importância da partida não tem a ver somente com o peso do oponente, que reconhece ser reputado, mas acima de tudo com a concretização do sonho de todos nós, que é a presença no CAN, isto é, entre as 16 melhores selecções do continente.

“Como sabem, desde que cá cheguei o futebol da selecção tem sido iminentemente espectacular e elogiado tanto dentro como fora do país. Isso revela que os jogadores apreenderam os meus conceitos e há, indubitavelmente, um grande crescimento. Mas o futebol-espectáculo que habituamos os adeptos pode ter o seu fim, em face das circunstâncias, tal como irá acontecer no sábado. Isto porque não interessa jogar para a perfeição, mas sim para o objectivo que nos interessa, neste caso, a vitória e consequente qualificação para o CAN”, referiu.

Mart Nooij acrescentou que estamos perante uma partida em que a selecção pode não vir a preencher todas as expectativas, nomeadamente no que concerne ao seu futebol atacante, atractivo, maior posse de bola e sua circulação a toda a largura do terreno, pois o objectivo de triunfar obrigará a equipa técnica a mudar de estratégia, até porque se está perante um adversário com bons argumentos.

“Os atletas serão instruídos no sentido de jogar para construir o resultado que todos nós desejamos. Não terão a habitual liberdade para criarem a seu bel-prazer, dado que a responsabilidade é enormíssima. A Tunísia tem outros interesses, daí o nosso cuidado em relação à táctica e estratégia de jogo a utilizar”.

Segundo o “mister”, a partida de amanhã talvez irá exigir o dobro de concentração comparativamente àquilo que sucedeu diante do Quénia. Justificando, disse que os quenianos vieram a Maputo para se fecharem de forma compacta. Sabíamos que seria assim, daí que tivemos muita paciência e no momento certo fizemos o que pretendíamos. “Também contra a Tunísia teremos que ter paciência, mas o jogo, igualmente, nos exigirá muita coragem. Por isso, a equipa tem que estar bem mentalmente e os atletas usarem da sua inteligência para superar as fortes barreiras que terão pela frente”.

ALEXANDRE ZANDAMELA

publicado por Vaxko Zakarias às 14:01
 O que é? |  O que é? | favorito

CADA vez mais, o sábado de todas as decisões para a Selecção Nacional de Futebol se aproxima. Aliás, é já amanhã.

Mart Nooij (centro) fala a Imprensa
Amanhã, a partir das 15.00 horas, no Estádio da Machava, o santuário que se estima festivo com a fervorosamente aguardada qualificação de Moçambique para o Campeonato Africano das Nações Angola-2010. A ansiedade, o optimismo e até alguma euforia em demasia vão caracterizando as conversas dos adeptos, enquanto, na via diária Hotel Rovuma-local de treino, e vice-versa, o técnico Mart Nooij prefere a máxima prudência e vai prevenindo os seus atletas em relação ao tipo de adversário que terão pela frente: uma Tunísia madura, astuta e perfeitamente à altura de chegar a Maputo e mandar no jogo como lhe convém, nesse seu afã de garantir o apuramento para o Mundial da África do Sul.

E porque o seleccionador nacional não pretende ludibriar a ninguém, nomeadamente no que diz respeito à matriz táctica da equipa, o técnico disse ontem, na habitual Conferência de Imprensa que antecede estes embates, que os “Mambas”, essencialmente, vão ao Vale do Infulene à busca do resultado; do resultado que assegure a qualificação, ficando o futebol-espectáculo para outras ocasiões, pois esta partida, pelo seu cariz, não recomenda veleidades. Segundo ele, os seus pupilos têm que ter muita paciência e ser suficientemente inteligentes para dar a volta às múltiplas vicissitudes que os tunisinos irão impor.

Pela sua importância e singularidade, o desafio de amanhã está a mobilizar não somente a cidade de Maputo, que em particular terá o privilégio de o viver no seu âmago, como também todo o país. De diversos pontos, as informações são de uma expectativa jamais vivida nos últimos anos e “todo o mundo” está preparado para que a onda vermelha vinque a sua verticalidade. Ao mesmo tempo que se vão fazendo prognósticos e conjecturas sobre o desfecho da contenda, se aprimora a festa que deverá assinalar a transição dos “Mambas” para o grande convívio com a fina-flor do futebol continental.

Determinados, mas com alguma contenção, os tunisinos desembarcaram na noite de quarta-feira, num voo “charter”, tendo ontem efectuado um treino no campo do Costa do Sol. Esta tarde, à hora aprazada para o desafio, realizarão o tradicional treino de adaptação ao palco do jogo, neste caso, no Vale do Infulene. Humberto Coelho acredita que as “Águias do Cartago” têm chances de carimbar o passaporte rumo à África do Sul, no entanto, reconhece que Moçambique pratica um bom futebol e possui jogadores bem dotados tecnicamente, pelo que terá de encontrar antídotos para contrariar o favoritismo e a grande motivação da equipa e dos seus adeptos.

A SITUAÇÃO É SÉRIA

SELECCIONADOR nacional, o holandês Mart Nooij
Interrompendo o seu ciclo normal de trabalho definido para esta curta semana, tendo em conta que, contrariamente ao habitual, o jogo é no sábado, Mart Nooij dedicou algum tempo, ontem de manhã, à Comunicação Social, para abordar vários contornos em relação ao desafio. Segundo disse a começar, à excepção de Mano, a braços com uma grave lesão e que o obrigou a uma intervenção cirúrgica, a equipa está completa e todos os atletas vêm treinando sem quaisquer limitações, facto que “a priori” deixa o “mister” satisfeito.

O técnico holandês afirmou que, dependendo de tudo que possa acontecer, a situação é bastante séria e deve ser encarada como tal por toda a gente. A importância da partida não tem a ver somente com o peso do oponente, que reconhece ser reputado, mas acima de tudo com a concretização do sonho de todos nós, que é a presença no CAN, isto é, entre as 16 melhores selecções do continente.

“Como sabem, desde que cá cheguei o futebol da selecção tem sido iminentemente espectacular e elogiado tanto dentro como fora do país. Isso revela que os jogadores apreenderam os meus conceitos e há, indubitavelmente, um grande crescimento. Mas o futebol-espectáculo que habituamos os adeptos pode ter o seu fim, em face das circunstâncias, tal como irá acontecer no sábado. Isto porque não interessa jogar para a perfeição, mas sim para o objectivo que nos interessa, neste caso, a vitória e consequente qualificação para o CAN”, referiu.

Mart Nooij acrescentou que estamos perante uma partida em que a selecção pode não vir a preencher todas as expectativas, nomeadamente no que concerne ao seu futebol atacante, atractivo, maior posse de bola e sua circulação a toda a largura do terreno, pois o objectivo de triunfar obrigará a equipa técnica a mudar de estratégia, até porque se está perante um adversário com bons argumentos.

“Os atletas serão instruídos no sentido de jogar para construir o resultado que todos nós desejamos. Não terão a habitual liberdade para criarem a seu bel-prazer, dado que a responsabilidade é enormíssima. A Tunísia tem outros interesses, daí o nosso cuidado em relação à táctica e estratégia de jogo a utilizar”.

Segundo o “mister”, a partida de amanhã talvez irá exigir o dobro de concentração comparativamente àquilo que sucedeu diante do Quénia. Justificando, disse que os quenianos vieram a Maputo para se fecharem de forma compacta. Sabíamos que seria assim, daí que tivemos muita paciência e no momento certo fizemos o que pretendíamos. “Também contra a Tunísia teremos que ter paciência, mas o jogo, igualmente, nos exigirá muita coragem. Por isso, a equipa tem que estar bem mentalmente e os atletas usarem da sua inteligência para superar as fortes barreiras que terão pela frente”.

ALEXANDRE ZANDAMELA

publicado por Vaxko Zakarias às 14:01
 O que é? |  O que é? | favorito

O FERROVIÁRIO foi homologado pela Associação de Futebol da Cidade de Maputo como campeão da cidade de Maputo de juniores após um mês de análise de processos disciplinares que envolviam três dos maiores emblemas do país: Desportivo, Costa do Sol e Ferroviário.

Onde Dominguez estivesse, a vigilância "locomotiva" era cerrada
A investigação era sobre a falsificação de idades, algo que ficou provado, segundo um comunicado da AFCM. A “novela” teve um desfecho feliz para os “locomotivas” que foram os menos penalizados por ter ficado claro que Gabriel de Fátima Banze actuou irregularmente em dois jogos, estando o clube obrigado a pagar uma multa de mil meticais, sendo quinhentos em cada partida. Ficou comprovado, segundo a AFCM, que o atleta nasceu em 1990 e não em 1991 conforme vinha registado no documento.

De acordo com o comunicado, ficou assente que o jogador ficará suspenso de toda a actividade desportiva durante nove meses com efeitos a partir de 3 de Novembro (terça-feira da semana passada).

DESPORTIVO EM QUEDA LIVRE

Coube ao Desportivo, com particular incidência, mudar o tom do espectáculo

O Ferroviário ficou na primeira posição com 54 pontos e viu o seu rival o Desportivo cair da primeira para última com apenas quatro pontos. Os “alvi-negros” foram os mais penalizados pelo facto de José Elson Lifança ter alinhado em quase todos os jogos facto que foi com que perdesse quase todos os pontos que havia conquistado.

Segundo o Conselho de Disciplina da AFCM ficou provado depois de um trabalho aturado que o atleta nasceu em 1990 e não 1991 como indicava a sua documentação, tendo ficado deliberado que ficará suspenso durante 12 meses. De acordo com o mesmo documento, o Desportivo terá ainda que pagar uma multa de dez mil meticais.

COSTA DO SOL DESCE DEZ DEGRAUS

A luta pela posse do esférico foi uma constante

O Costa do Sol também sentiu na pele a mão pesada da AFCM ao cair do terceiro para o décimo lugar depois de ficar comprovado que o atleta Ossama Nakuta Mutumana jogou com a idade falsa ficando suspenso por nove meses. O clube terá que pagar uma multa de seis mil meticais.

Ficou provado que Ossama Mutumana apresentou documentação de 1991 quando nasceu em 1990. Em todos os casos os efeitos das penalizações começaram a ter efeitos práticos a partir de 3 de Novembro corrente.

publicado por Vaxko Zakarias às 13:43
 O que é? |  O que é? | favorito

O FERROVIÁRIO foi homologado pela Associação de Futebol da Cidade de Maputo como campeão da cidade de Maputo de juniores após um mês de análise de processos disciplinares que envolviam três dos maiores emblemas do país: Desportivo, Costa do Sol e Ferroviário.

Onde Dominguez estivesse, a vigilância "locomotiva" era cerrada
A investigação era sobre a falsificação de idades, algo que ficou provado, segundo um comunicado da AFCM. A “novela” teve um desfecho feliz para os “locomotivas” que foram os menos penalizados por ter ficado claro que Gabriel de Fátima Banze actuou irregularmente em dois jogos, estando o clube obrigado a pagar uma multa de mil meticais, sendo quinhentos em cada partida. Ficou comprovado, segundo a AFCM, que o atleta nasceu em 1990 e não em 1991 conforme vinha registado no documento.

De acordo com o comunicado, ficou assente que o jogador ficará suspenso de toda a actividade desportiva durante nove meses com efeitos a partir de 3 de Novembro (terça-feira da semana passada).

DESPORTIVO EM QUEDA LIVRE

Coube ao Desportivo, com particular incidência, mudar o tom do espectáculo

O Ferroviário ficou na primeira posição com 54 pontos e viu o seu rival o Desportivo cair da primeira para última com apenas quatro pontos. Os “alvi-negros” foram os mais penalizados pelo facto de José Elson Lifança ter alinhado em quase todos os jogos facto que foi com que perdesse quase todos os pontos que havia conquistado.

Segundo o Conselho de Disciplina da AFCM ficou provado depois de um trabalho aturado que o atleta nasceu em 1990 e não 1991 como indicava a sua documentação, tendo ficado deliberado que ficará suspenso durante 12 meses. De acordo com o mesmo documento, o Desportivo terá ainda que pagar uma multa de dez mil meticais.

COSTA DO SOL DESCE DEZ DEGRAUS

A luta pela posse do esférico foi uma constante

O Costa do Sol também sentiu na pele a mão pesada da AFCM ao cair do terceiro para o décimo lugar depois de ficar comprovado que o atleta Ossama Nakuta Mutumana jogou com a idade falsa ficando suspenso por nove meses. O clube terá que pagar uma multa de seis mil meticais.

Ficou provado que Ossama Mutumana apresentou documentação de 1991 quando nasceu em 1990. Em todos os casos os efeitos das penalizações começaram a ter efeitos práticos a partir de 3 de Novembro corrente.

publicado por Vaxko Zakarias às 13:43
 O que é? |  O que é? | favorito
Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
14
15
19
21
22
23
27
28
29
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO