Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Quarta-feira, 04 DE Novembro 2009

O MOÇAMBOLA-2009 termina domingo. Nesse dia será conhecido o vencedor (campeão nacional) e as equipas que nele permanecerão e as restantes duas que vão acompanhar o Ferroviário de Nacala para o escalão secundário.

imagem corporativa do moçambola
Os olhos de todos estão, em primeiro lugar, postos na luta pelo título, uma vez que até ao momento ainda não se conhece o campeão, estando o Ferroviário e o Desportivo, ambos da capital do país, nessa luta, com algum ascendente para os “locomotivas”, que apenas precisarão de um empate para repetirem a proeza do ano passado. Mas lá na cauda, trava-se outro despique interessante: o da sobrevivência.

São no total cinco equipas nessa peleja, nomeadamente o Textáfrica, Atlético Muçulmano, ambos com 30 pontos; Chingale, FC Lichinga e Ferroviário de Nampula com 28 cada. Pelo que os preparativos para esta derradeira ronda não deixam ninguém sossegado e cada um luta pela salvação.

Para que esta ronda seja devidamente acompanhada, a Liga Moçambicana de Futebol agendou os jogos menos importantes para sábado e os mais aliciantes e decisivos para domingo. Sendo assim, o Ferroviário-Desportivo, que decide o título, será o único no domingo na cidade de Maputo, estando os restantes dois, Liga Muçulmana-Matchedje e Costa do Sol-Maxaquene, antecipados para sábado.

FC Lichinga-Atlético, Ferroviário de Nacala-HCB, Ferroviário da Beira-Textáfrica e Chingale-Ferroviário de Nampula serão no domingo. Entretanto, lancemos um olhar sobre o que está a acontecer com os que lutam pelo troféu, que ontem retomaram os trabalhos já com a integração dos jogadores que estiveram ao serviço da Selecção Nacional no Torneio da COSAFA, terminado domingo no Zimbabwe.

publicado por Vaxko Zakarias às 15:02
 O que é? |  O que é? | favorito

O MOÇAMBOLA-2009 termina domingo. Nesse dia será conhecido o vencedor (campeão nacional) e as equipas que nele permanecerão e as restantes duas que vão acompanhar o Ferroviário de Nacala para o escalão secundário.

imagem corporativa do moçambola
Os olhos de todos estão, em primeiro lugar, postos na luta pelo título, uma vez que até ao momento ainda não se conhece o campeão, estando o Ferroviário e o Desportivo, ambos da capital do país, nessa luta, com algum ascendente para os “locomotivas”, que apenas precisarão de um empate para repetirem a proeza do ano passado. Mas lá na cauda, trava-se outro despique interessante: o da sobrevivência.

São no total cinco equipas nessa peleja, nomeadamente o Textáfrica, Atlético Muçulmano, ambos com 30 pontos; Chingale, FC Lichinga e Ferroviário de Nampula com 28 cada. Pelo que os preparativos para esta derradeira ronda não deixam ninguém sossegado e cada um luta pela salvação.

Para que esta ronda seja devidamente acompanhada, a Liga Moçambicana de Futebol agendou os jogos menos importantes para sábado e os mais aliciantes e decisivos para domingo. Sendo assim, o Ferroviário-Desportivo, que decide o título, será o único no domingo na cidade de Maputo, estando os restantes dois, Liga Muçulmana-Matchedje e Costa do Sol-Maxaquene, antecipados para sábado.

FC Lichinga-Atlético, Ferroviário de Nacala-HCB, Ferroviário da Beira-Textáfrica e Chingale-Ferroviário de Nampula serão no domingo. Entretanto, lancemos um olhar sobre o que está a acontecer com os que lutam pelo troféu, que ontem retomaram os trabalhos já com a integração dos jogadores que estiveram ao serviço da Selecção Nacional no Torneio da COSAFA, terminado domingo no Zimbabwe.

publicado por Vaxko Zakarias às 15:02
 O que é? |  O que é? | favorito

O FERROVIÁRIO de Maputo adoptou a política de silêncio enquanto carrega baterias para o embate decisivo do próximo domingo, no Estádio da Machava, com o rival Desportivo.

Treino do Ferroviário de Maputo (J. Capela).
Os “locomotivas” querem manter um discurso linear e que não deturpe aquilo que é a sua estratégia para o mais aguardado embate que decidirá o campeão da presente edição do Moçambola. Chiquinho Conde não aceitou ceder qualquer declaração em relação à preparação da equipa e perspectivar o desafio de domingo na sessão de treino de ontem, reiterando que tudo o que diz respeito ao encontro com os “alvi-negros” será abordado esta manhã numa conferência de Imprensa que será orientada pela direcção do clube, tendo como pano de fundo o lançamento do jogo.

Aliás, é compreensível que o Ferroviário não queira deitar os seus trunfos para este jogo em mãos alheias, assim como o seu adversário. Aliás, o provérbio português é claro: “o segredo é a alma do negócio”. E é isto que implicitamente ficou nas pequenas declarações de Chiquinho Conde à nossa Reportagem antes do treino de ontem, no campo do Ferroviário da Baixa.

INTENSIDADE E VELOCIDADE

Foi visível a preocupação de Chiquinho Conde em dotar a equipa de maior celeridade na abordagem do jogo, perfeição na execução do passe e frieza no momento de concretização. Face à importância deste jogo, o Ferroviário apresentou-se ontem com todo o seu “staff” e, da equipa usual, nenhuma ausência foi registada, sendo que todos os jogadores que integraram a Selecção Nacional no Torneio da COSAFA, no Zimbabwe, estiveram igualmente presentes, casos do guarda-redes Pinto, Danito Parruque, Momed Hagy, Whisky, Luís e Jerry.

Tudo ficou claro que não há nenhuma baixa na equipa principal, sendo que o guarda-redes Mahomed, Maurício, Tony Gravata, Jotamo, Butana, Artur Manhiça, Faife, Fredy, Mendes, Tchaka, Jair, Joca, Dário, Zabula também estiveram em acção.

O Ferroviário não terá ficado muito afectado com a paragem do Moçambola, uma vez que participou num torneio na Suazilândia, a convite de equipas locais, nomeadamente o Eleven Men e Mbambane Highlanders, às quais venceu por 5-1 e 1-0, respectivamente.

O torneio, que serviu para a inauguração de um pequeno estádio em Manzini, foi importante para os “locomotivas” manterem o ritmo competitivo, para além do facto de parte dos seus jogadores preponderantes terem participado no Torneio da COSAFA.

publicado por Vaxko Zakarias às 14:53
 O que é? |  O que é? | favorito

O FERROVIÁRIO de Maputo adoptou a política de silêncio enquanto carrega baterias para o embate decisivo do próximo domingo, no Estádio da Machava, com o rival Desportivo.

Treino do Ferroviário de Maputo (J. Capela).
Os “locomotivas” querem manter um discurso linear e que não deturpe aquilo que é a sua estratégia para o mais aguardado embate que decidirá o campeão da presente edição do Moçambola. Chiquinho Conde não aceitou ceder qualquer declaração em relação à preparação da equipa e perspectivar o desafio de domingo na sessão de treino de ontem, reiterando que tudo o que diz respeito ao encontro com os “alvi-negros” será abordado esta manhã numa conferência de Imprensa que será orientada pela direcção do clube, tendo como pano de fundo o lançamento do jogo.

Aliás, é compreensível que o Ferroviário não queira deitar os seus trunfos para este jogo em mãos alheias, assim como o seu adversário. Aliás, o provérbio português é claro: “o segredo é a alma do negócio”. E é isto que implicitamente ficou nas pequenas declarações de Chiquinho Conde à nossa Reportagem antes do treino de ontem, no campo do Ferroviário da Baixa.

INTENSIDADE E VELOCIDADE

Foi visível a preocupação de Chiquinho Conde em dotar a equipa de maior celeridade na abordagem do jogo, perfeição na execução do passe e frieza no momento de concretização. Face à importância deste jogo, o Ferroviário apresentou-se ontem com todo o seu “staff” e, da equipa usual, nenhuma ausência foi registada, sendo que todos os jogadores que integraram a Selecção Nacional no Torneio da COSAFA, no Zimbabwe, estiveram igualmente presentes, casos do guarda-redes Pinto, Danito Parruque, Momed Hagy, Whisky, Luís e Jerry.

Tudo ficou claro que não há nenhuma baixa na equipa principal, sendo que o guarda-redes Mahomed, Maurício, Tony Gravata, Jotamo, Butana, Artur Manhiça, Faife, Fredy, Mendes, Tchaka, Jair, Joca, Dário, Zabula também estiveram em acção.

O Ferroviário não terá ficado muito afectado com a paragem do Moçambola, uma vez que participou num torneio na Suazilândia, a convite de equipas locais, nomeadamente o Eleven Men e Mbambane Highlanders, às quais venceu por 5-1 e 1-0, respectivamente.

O torneio, que serviu para a inauguração de um pequeno estádio em Manzini, foi importante para os “locomotivas” manterem o ritmo competitivo, para além do facto de parte dos seus jogadores preponderantes terem participado no Torneio da COSAFA.

publicado por Vaxko Zakarias às 14:53
 O que é? |  O que é? | favorito

O TREINO do Desportivo decorreu ontem no campo do Costa do Sol num ritmo acelerado.

Desportivo de Maputo em treino (C.Bernardo)
À excepção de Secanhe, Josué e Abílio, lesionados, os restantes jogadores transpiraram a camisola numa sessão muito animada e competitiva. Nelinho, Mexer, Zainadine Júnior e Mayunda, que estiveram ao serviço da Selecção Nacional no Torneio da COSAFA, integraram o treino e mostraram-se em boa condição física e sobretudo moralizados para o triunfo da sua equipa.

O treino começou com o plantel repartido em grupos de oito jogadores a trocarem a bola ao primeiro toque e muito rapidamente. Foi uma espécie de aquecimento com bola e que deixou indicações de haver muita vontade e sede de jogar, algo que não é de estranhar visto que o Moçambola está interrompido há cerca de duas semanas e a ansiedade de alguns jogadores voltarem a competição é enorme.

Seguiu-se a uma sessão de apuro físico, mas sem bola, e com Artur Semedo a comandar as “operações”. Foi um treino que serviu para os jogadores aquecerem ainda mais a musculatura para uma sessão enérgica de remates à baliza de dentro e de fora da grande área.

Houve um notável empenho de todos que procuraram violar as redes à guarda de Jaimito, uma novidade entre os postes, visto que esteve lesionado, e deixou mostras de estar em condições de ser mais uma opção do “mister” Semedo para o jogo de domingo. Para além de Jaimito, constituem opção Vítor e Marcelino, sendo que o último tem sido o titular.

Uma carta fora do baralho para o jogo com o Ferroviário é Secanhe, que tem ocupado o lado direito, após a lesão de Josué. Com duas baixas para o lado direito da defesa, é bem provável que Semedo faça alinhar Zainadine Júnior que já actuou nessa posição várias vezes.

Foi ainda possível ver o ensaio de algumas jogadas tácticas que Semedo poderá privilegiar ao longo do embate frente aos “locomotivas”.

O Desportivo volta a treinar esta manhã no campo do Maxaquene (baixa), sendo que na sexta-feira regressa no reduto dos “canarinhos” que devido à relva sintética é benéfico para ambientação dos jogadores se se atender que irão encontrar o mesmo piso no Estádio da Machava, palco que irá acolher o desafio da decisão do título.

publicado por Vaxko Zakarias às 14:47
 O que é? |  O que é? | favorito

O TREINO do Desportivo decorreu ontem no campo do Costa do Sol num ritmo acelerado.

Desportivo de Maputo em treino (C.Bernardo)
À excepção de Secanhe, Josué e Abílio, lesionados, os restantes jogadores transpiraram a camisola numa sessão muito animada e competitiva. Nelinho, Mexer, Zainadine Júnior e Mayunda, que estiveram ao serviço da Selecção Nacional no Torneio da COSAFA, integraram o treino e mostraram-se em boa condição física e sobretudo moralizados para o triunfo da sua equipa.

O treino começou com o plantel repartido em grupos de oito jogadores a trocarem a bola ao primeiro toque e muito rapidamente. Foi uma espécie de aquecimento com bola e que deixou indicações de haver muita vontade e sede de jogar, algo que não é de estranhar visto que o Moçambola está interrompido há cerca de duas semanas e a ansiedade de alguns jogadores voltarem a competição é enorme.

Seguiu-se a uma sessão de apuro físico, mas sem bola, e com Artur Semedo a comandar as “operações”. Foi um treino que serviu para os jogadores aquecerem ainda mais a musculatura para uma sessão enérgica de remates à baliza de dentro e de fora da grande área.

Houve um notável empenho de todos que procuraram violar as redes à guarda de Jaimito, uma novidade entre os postes, visto que esteve lesionado, e deixou mostras de estar em condições de ser mais uma opção do “mister” Semedo para o jogo de domingo. Para além de Jaimito, constituem opção Vítor e Marcelino, sendo que o último tem sido o titular.

Uma carta fora do baralho para o jogo com o Ferroviário é Secanhe, que tem ocupado o lado direito, após a lesão de Josué. Com duas baixas para o lado direito da defesa, é bem provável que Semedo faça alinhar Zainadine Júnior que já actuou nessa posição várias vezes.

Foi ainda possível ver o ensaio de algumas jogadas tácticas que Semedo poderá privilegiar ao longo do embate frente aos “locomotivas”.

O Desportivo volta a treinar esta manhã no campo do Maxaquene (baixa), sendo que na sexta-feira regressa no reduto dos “canarinhos” que devido à relva sintética é benéfico para ambientação dos jogadores se se atender que irão encontrar o mesmo piso no Estádio da Machava, palco que irá acolher o desafio da decisão do título.

publicado por Vaxko Zakarias às 14:47
 O que é? |  O que é? | favorito

O MATCHEDJE é virtual campeão da cidade de Maputo de andebol em seniores femininos. Nem a derrota ante o Maxaquene, por 20-24, tirou o título às “militares” que até se apresentaram no último fim-de-semana com uma segunda equipa já a pensar no Campeonato Nacional.

O DESPORTO vai de mal a pior na província de Gaza, principalmente na cidade de Xai-Xai, onde as modalidades de salão
O Maxaquene apenas festejou a doce vitória sobre o Matchedje por ter quebrado a invencibilidade das “militares” que durou cerca de duas épocas.

Quando falta uma jornada para o final, as comandadas de Zéck’s lideram com 16 pontos, mais dois que as pupilas de Elias. E tudo indica que o confronto entre estas duas melhores equipas de andebol da cidade de Maputo vai ser mais acesa nos “Nacionais” de Tete, em Dezembro próximo. O Matolinhas, último classificado, ficou de fora nesta ronda.

Em masculinos a prova é liderada pelo Maxaquene que ao que tudo indica poderá revalidar o título, embora o 1º de Maio esteja a dar boas indicações.

publicado por Vaxko Zakarias às 14:41
 O que é? |  O que é? | favorito

O MATCHEDJE é virtual campeão da cidade de Maputo de andebol em seniores femininos. Nem a derrota ante o Maxaquene, por 20-24, tirou o título às “militares” que até se apresentaram no último fim-de-semana com uma segunda equipa já a pensar no Campeonato Nacional.

O DESPORTO vai de mal a pior na província de Gaza, principalmente na cidade de Xai-Xai, onde as modalidades de salão
O Maxaquene apenas festejou a doce vitória sobre o Matchedje por ter quebrado a invencibilidade das “militares” que durou cerca de duas épocas.

Quando falta uma jornada para o final, as comandadas de Zéck’s lideram com 16 pontos, mais dois que as pupilas de Elias. E tudo indica que o confronto entre estas duas melhores equipas de andebol da cidade de Maputo vai ser mais acesa nos “Nacionais” de Tete, em Dezembro próximo. O Matolinhas, último classificado, ficou de fora nesta ronda.

Em masculinos a prova é liderada pelo Maxaquene que ao que tudo indica poderá revalidar o título, embora o 1º de Maio esteja a dar boas indicações.

publicado por Vaxko Zakarias às 14:41
 O que é? |  O que é? | favorito

INDUBITAVELMENTE, as quatro formações que disputarão as meias-finais da Liga Nacional de Basquetebol Vodacom já estão encontradas.

Jogo de Basquebol entre Real Sociedade e Benfica de Quelimane
Os prognósticos e conjecturas que essencialmente apontavam para uma transição clara e inequívoca do Ferroviário, Desportivo e Maxaquene foram na íntegra consumados. A única surpresa, muito provavelmente, terá residido na qualificação do Ferroviário da Beira, que se sobrepôs ao Costa do Sol na luta directa pela quarta vaga. Entretanto, enquanto ainda se aguarda pela 14ª e derradeira jornada para a definição exacta do escalonamento destas equipas apuradas para os “play-off”, Chiveve voltou a reluzir, com os “locomotivas” a ganharem e convencer “tricolores” (92-89) e “canarinhos (100-82), vincando, uma vez mais, as suas pretensões de chegar ao título.

Com a classificação a apresentar-nos Ferroviário e Desportivo com 24 pontos, Maxaquene 23 e Ferroviário da Beira 22, dificilmente se pode vaticinar qual será a posição final do quarteto da frente e nem tão pouco o vencedor desta fase regular da Liga Nacional de Basquetebol Vodacom.

Todas as decisões foram remetidas para a última jornada, no próximo fim-de-semana, na qual, “a priori”, os verde-e-brancos da Beira têm o triunfo praticamente garantido, uma vez que defrontam um time de menor expressão e, curiosamente, também da sua cidade: o Desportivo. Porém, isto não quer dizer que este adversário irá entregar a vitória de bandeja, pois também trava a sua luta pelo sexto lugar, tendo como oponente o Benfica de Quelimane.

Os outros três apurados para as meias-finais enfrentam partidas extremamente difíceis, com o destaque a recair para o Desportivo-Ferroviário, que em princípio decidirá o vencedor da fase regular, tendo em conta que estas duas equipas estão empatadas na liderança. Por seu turno, Maxaquene terá pela frente Costa do Sol, um conjunto já fora da acção e que, quiçá, terá sido a maior decepção da prova, dado que era apontado como um dos sérios candidatos à transição para os “play-off”, que obedecerão o sistema de disputa à melhor de três.

ACHAS À FOGUEIRA

É verdade que nada ainda estava definido, com exactidão, em relação ao futuro dos quatro da frente, mas não resta a menor dúvida que o Ferroviário da Beira veio deitar mais achas a uma fogueira cujas labaredas já estavam muito intensas. É que o seu duplo triunfo, no Pavilhão dos Desportos local, diante do Costa do Sol pela marca de 100-82 e do Maxaquene por uma diferença de três pontos (92-89) aproximou-lhes do triunvirato da capital do país, estando neste momento com menos um ponto dos “tricolores” e dois dos comandantes da prova.

Trata-se de uma situação que fará com que a última jornada seja encarada com bastante seriedade por parte de todos os intervenientes, uma vez que, apesar das quatro primeiras posições garantirem a transição para as meias-finais, afigura-se importante cativar um determinado lugar, tendo em conta o próximo adversário.

Este facto surge porque, como já se sabe, o primeiro classificado defrontará o quarto e o segundo o terceiro, pelo que as equipas procuram, na medida do possível, se evitar mutuamente, embora esteja já claro que sempre teremos um confronto entre dois representantes de Maputo.

Na pretérita dupla jornada, para além de o Chiveve ter novamente reluzido – Desportivo, Maxaquene e Costa do Sol deram-se mal com os ares locais – poucas referências há a registar, dado que a supremacia dos favoritos não chegou a estar em causa, tanto nos embates dirimidos na Beira como em Quelimane e Maputo.

O campeão Ferroviário foi primeiro à capital da Zambézia derrotar o Benfica por 97-67, para depois descer para a cidade de Maputo, onde venceu a Real Sociedade pela marca de 77-55. Viagem oposta fez o Desportivo, que numa jornada bateu a Real Sociedade por 82-71 e, noutra, se sobrepor ao Benfica de Quelimane pela marca de 114-66.

Beira foi visitada pelo Maxaquene e Costa do Sol, que, tendo perdido com o Ferroviário, desforraram diante do Desportivo local: os “tricolores” ganharam por 91-62 e os “canarinhos” pela marca de 106-69, num fim-de-semana em que três equipas chegaram à centena de pontos.

RESULTADOS E CLASSIFICAÇÃO

12ª JORNADA

Desp. Beira-Maxaquene (62-91)

Fer. Beira-Costa do Sol (100-82)

Benf. Quelimane-Fer. Maputo (67-97)

Desp. Maputo-Real Sociedade (82-71)

13ª JORNADA

Benf. Quelimane-Desp. Maputo (66-114)

Fer. Maputo-Real Sociedade (77-55)

Desp. Beira-Costa do Sol (69-106)

Fer. Beira-Maxaquene (92-89)

J V D CESTOS P

FER. MAPUTO 13 11 2 1151-850 24

Desp. Maputo 13 11 2 1135-845 24

Maxaquene 13 10 3 1107-827 23

Fer. Beira 13 9 4 1191-768 22

Costa do Sol 13 6 7 1133-1037 19

Benf. Quelimane 13 2 11 940-1219 15

Desp. Beira 13 2 11 836-1275 15

Real Sociedade 13 1 12 852-1110 14

PRÓXIMA JORNADA (14ª E ÚLTIMA)

Desp. Maputo-Fer. Maputo

Maxaquene-Costa do Sol

Fer. Beira-Desp. Beira

Benf. Quelimane-Real Sociedade

publicado por Vaxko Zakarias às 14:38
 O que é? |  O que é? | favorito

INDUBITAVELMENTE, as quatro formações que disputarão as meias-finais da Liga Nacional de Basquetebol Vodacom já estão encontradas.

Jogo de Basquebol entre Real Sociedade e Benfica de Quelimane
Os prognósticos e conjecturas que essencialmente apontavam para uma transição clara e inequívoca do Ferroviário, Desportivo e Maxaquene foram na íntegra consumados. A única surpresa, muito provavelmente, terá residido na qualificação do Ferroviário da Beira, que se sobrepôs ao Costa do Sol na luta directa pela quarta vaga. Entretanto, enquanto ainda se aguarda pela 14ª e derradeira jornada para a definição exacta do escalonamento destas equipas apuradas para os “play-off”, Chiveve voltou a reluzir, com os “locomotivas” a ganharem e convencer “tricolores” (92-89) e “canarinhos (100-82), vincando, uma vez mais, as suas pretensões de chegar ao título.

Com a classificação a apresentar-nos Ferroviário e Desportivo com 24 pontos, Maxaquene 23 e Ferroviário da Beira 22, dificilmente se pode vaticinar qual será a posição final do quarteto da frente e nem tão pouco o vencedor desta fase regular da Liga Nacional de Basquetebol Vodacom.

Todas as decisões foram remetidas para a última jornada, no próximo fim-de-semana, na qual, “a priori”, os verde-e-brancos da Beira têm o triunfo praticamente garantido, uma vez que defrontam um time de menor expressão e, curiosamente, também da sua cidade: o Desportivo. Porém, isto não quer dizer que este adversário irá entregar a vitória de bandeja, pois também trava a sua luta pelo sexto lugar, tendo como oponente o Benfica de Quelimane.

Os outros três apurados para as meias-finais enfrentam partidas extremamente difíceis, com o destaque a recair para o Desportivo-Ferroviário, que em princípio decidirá o vencedor da fase regular, tendo em conta que estas duas equipas estão empatadas na liderança. Por seu turno, Maxaquene terá pela frente Costa do Sol, um conjunto já fora da acção e que, quiçá, terá sido a maior decepção da prova, dado que era apontado como um dos sérios candidatos à transição para os “play-off”, que obedecerão o sistema de disputa à melhor de três.

ACHAS À FOGUEIRA

É verdade que nada ainda estava definido, com exactidão, em relação ao futuro dos quatro da frente, mas não resta a menor dúvida que o Ferroviário da Beira veio deitar mais achas a uma fogueira cujas labaredas já estavam muito intensas. É que o seu duplo triunfo, no Pavilhão dos Desportos local, diante do Costa do Sol pela marca de 100-82 e do Maxaquene por uma diferença de três pontos (92-89) aproximou-lhes do triunvirato da capital do país, estando neste momento com menos um ponto dos “tricolores” e dois dos comandantes da prova.

Trata-se de uma situação que fará com que a última jornada seja encarada com bastante seriedade por parte de todos os intervenientes, uma vez que, apesar das quatro primeiras posições garantirem a transição para as meias-finais, afigura-se importante cativar um determinado lugar, tendo em conta o próximo adversário.

Este facto surge porque, como já se sabe, o primeiro classificado defrontará o quarto e o segundo o terceiro, pelo que as equipas procuram, na medida do possível, se evitar mutuamente, embora esteja já claro que sempre teremos um confronto entre dois representantes de Maputo.

Na pretérita dupla jornada, para além de o Chiveve ter novamente reluzido – Desportivo, Maxaquene e Costa do Sol deram-se mal com os ares locais – poucas referências há a registar, dado que a supremacia dos favoritos não chegou a estar em causa, tanto nos embates dirimidos na Beira como em Quelimane e Maputo.

O campeão Ferroviário foi primeiro à capital da Zambézia derrotar o Benfica por 97-67, para depois descer para a cidade de Maputo, onde venceu a Real Sociedade pela marca de 77-55. Viagem oposta fez o Desportivo, que numa jornada bateu a Real Sociedade por 82-71 e, noutra, se sobrepor ao Benfica de Quelimane pela marca de 114-66.

Beira foi visitada pelo Maxaquene e Costa do Sol, que, tendo perdido com o Ferroviário, desforraram diante do Desportivo local: os “tricolores” ganharam por 91-62 e os “canarinhos” pela marca de 106-69, num fim-de-semana em que três equipas chegaram à centena de pontos.

RESULTADOS E CLASSIFICAÇÃO

12ª JORNADA

Desp. Beira-Maxaquene (62-91)

Fer. Beira-Costa do Sol (100-82)

Benf. Quelimane-Fer. Maputo (67-97)

Desp. Maputo-Real Sociedade (82-71)

13ª JORNADA

Benf. Quelimane-Desp. Maputo (66-114)

Fer. Maputo-Real Sociedade (77-55)

Desp. Beira-Costa do Sol (69-106)

Fer. Beira-Maxaquene (92-89)

J V D CESTOS P

FER. MAPUTO 13 11 2 1151-850 24

Desp. Maputo 13 11 2 1135-845 24

Maxaquene 13 10 3 1107-827 23

Fer. Beira 13 9 4 1191-768 22

Costa do Sol 13 6 7 1133-1037 19

Benf. Quelimane 13 2 11 940-1219 15

Desp. Beira 13 2 11 836-1275 15

Real Sociedade 13 1 12 852-1110 14

PRÓXIMA JORNADA (14ª E ÚLTIMA)

Desp. Maputo-Fer. Maputo

Maxaquene-Costa do Sol

Fer. Beira-Desp. Beira

Benf. Quelimane-Real Sociedade

publicado por Vaxko Zakarias às 14:38
 O que é? |  O que é? | favorito

NIGÉRIA e Burquina Faso, as duas equipas africanas, que lograram transitar para os oitavos-de-final do Campeonato do Mundo de Futebol de Sub-17, têm missões distintas, visto que irão medir forças com adversários de menos e maior dimensão.

logo do mundial sub 17
Os nigerianos, anfitriões da prova, jogam com a modesta selecção da Nova Zelândia, enquanto os burquinabes defrontam a poderosa equipa espanhola. Ambos os encontros realizam-se amanhã.

Nos jogos de hoje, nota de destaque para um duelo europeu, que irá opor a Suíça à Alemanha, e um sul-americano entre a Argentina e a Colômbia.

QUADRO COMPLETO DOS JOGOS DOS OITAVOS-DE-FINAL

HOJE

Argentina - Colômbia

Turquia - Emiratos Árabes Unidos

Suiça - Alemanha

Itália - Estados Unidos

AMANHÃ

Espanha - Burquina Faso

Irão - Uruguai

México – Coreia do Sul

Nigéria - Nova Zelândia

publicado por Vaxko Zakarias às 14:23
 O que é? |  O que é? | favorito

NIGÉRIA e Burquina Faso, as duas equipas africanas, que lograram transitar para os oitavos-de-final do Campeonato do Mundo de Futebol de Sub-17, têm missões distintas, visto que irão medir forças com adversários de menos e maior dimensão.

logo do mundial sub 17
Os nigerianos, anfitriões da prova, jogam com a modesta selecção da Nova Zelândia, enquanto os burquinabes defrontam a poderosa equipa espanhola. Ambos os encontros realizam-se amanhã.

Nos jogos de hoje, nota de destaque para um duelo europeu, que irá opor a Suíça à Alemanha, e um sul-americano entre a Argentina e a Colômbia.

QUADRO COMPLETO DOS JOGOS DOS OITAVOS-DE-FINAL

HOJE

Argentina - Colômbia

Turquia - Emiratos Árabes Unidos

Suiça - Alemanha

Itália - Estados Unidos

AMANHÃ

Espanha - Burquina Faso

Irão - Uruguai

México – Coreia do Sul

Nigéria - Nova Zelândia

publicado por Vaxko Zakarias às 14:23
 O que é? |  O que é? | favorito

A QUARTA jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões Europeus conclui-se hoje. Um dos desafios a seguir atentamente será entre o Rubin Kazan, campeão russo, e o Barcelona, detentor do título, pontuável para o Grupo F.

Rubi Kazan fez festa em Camp Nou
Este despique ganha interesse depois de na jornada anterior, o estreante, Rubin Kazan, ter ido obter um triunfo estonteante em Camp Nou sobre o Barcelona. A tarefa do “Barça” será ainda mais complicada já que o jogo realiza-se na Rússia, onde irá ter como adversário exterior o frio “gélido”. Contudo, os detentores do troféu sabem que estão proibidos de perder sob o risco de comprometerem a passagem para os oitavos-de-final.


Por outro lado, uma vitória do Rubin Kazan, no Estádio Centralniy, pode colocar os russos em boa posição para se apurarem.

O campeão russo partilha de forma surpreendente o primeiro lugar do Grupo F com o Barcelona e o Dínamo de Kiev, que recebe o Inter de Milão.

JOGOS PARA HOJE

Grupo E: Fiorentina-Debreceni e Lyon-Liverpool;

Classificação: Lyon, 9; Fiorentina, 6; Liverpool, 3; Debrecen, 0

Grupo F: Rubin Kazan-Barcelona e Dínamo de Kiev-Inter de Milão:

Classificação: Barcelona, 4; D. Kiev, 4; Rubin Kazan, 4; Inter, 3

Grupo G –Unirea Urziceni-Rangers e Sevilha-Estutgarda;

Classificação: Sevilha, 9; Unirea Urziceni, 4; Estugarda, 2; Rangers, 1

Grupo H: Arsenal-AZ Alkmaar e Standard de Liège-Olympiacos FC.

Classificação: Arsenal, 7; Olimpiacos, 6; AZ Alkmaar, 2; Standard, 2

publicado por Vaxko Zakarias às 14:11
 O que é? |  O que é? | favorito

A QUARTA jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões Europeus conclui-se hoje. Um dos desafios a seguir atentamente será entre o Rubin Kazan, campeão russo, e o Barcelona, detentor do título, pontuável para o Grupo F.

Rubi Kazan fez festa em Camp Nou
Este despique ganha interesse depois de na jornada anterior, o estreante, Rubin Kazan, ter ido obter um triunfo estonteante em Camp Nou sobre o Barcelona. A tarefa do “Barça” será ainda mais complicada já que o jogo realiza-se na Rússia, onde irá ter como adversário exterior o frio “gélido”. Contudo, os detentores do troféu sabem que estão proibidos de perder sob o risco de comprometerem a passagem para os oitavos-de-final.


Por outro lado, uma vitória do Rubin Kazan, no Estádio Centralniy, pode colocar os russos em boa posição para se apurarem.

O campeão russo partilha de forma surpreendente o primeiro lugar do Grupo F com o Barcelona e o Dínamo de Kiev, que recebe o Inter de Milão.

JOGOS PARA HOJE

Grupo E: Fiorentina-Debreceni e Lyon-Liverpool;

Classificação: Lyon, 9; Fiorentina, 6; Liverpool, 3; Debrecen, 0

Grupo F: Rubin Kazan-Barcelona e Dínamo de Kiev-Inter de Milão:

Classificação: Barcelona, 4; D. Kiev, 4; Rubin Kazan, 4; Inter, 3

Grupo G –Unirea Urziceni-Rangers e Sevilha-Estutgarda;

Classificação: Sevilha, 9; Unirea Urziceni, 4; Estugarda, 2; Rangers, 1

Grupo H: Arsenal-AZ Alkmaar e Standard de Liège-Olympiacos FC.

Classificação: Arsenal, 7; Olimpiacos, 6; AZ Alkmaar, 2; Standard, 2

publicado por Vaxko Zakarias às 14:11
 O que é? |  O que é? | favorito
Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
14
15
19
21
22
23
27
28
29
subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO