Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Quarta-feira, 30 DE Setembro 2009

OS grandes palcos do atletismo planetário já não fazem parte do quotidiano de Lurdes Mutola.

Doutoramento “Honoris Causa” outorgado à menina de ouro
Agora restam as reminiscências das gloriosas duas voltas à pista, debaixo de estrondosos aplausos e em reconhecimento a um país que soube se expressar no mundo inteiro através da sua super campeão. E é esse país que, incansavelmente, vai prestando o devido tributo à sua “menina de ouro”, através de iniciativas governamentais e de instituições públicas e privadas. Na segunda-feira, foi a Universidade Pedagógica (UP) que, valorizando e acreditando nos feitos mundialmente reconhecidos da atleta, decidiu conferir-lhe o título honorífico de Doutora “Honoris Causa”.

Foi uma ocasião ímpar, particularmente para aquele estabelecimento de Ensino Superior, que passou a contar no seu corpo Doutoral, na área de Ciências de Educação Física e Desportos, com uma personalidade da estatura de Lurdes Mutola, cujo reconhecimento ultrapassa as nossas fronteiras, conforme elucidou o respectivo Reitor, Rogério Utui, falando numa cerimónia presenciada pelo Ministro da Educação e Cultura, Aires Ali, pelo Presidente do Município de Maputo, David Simango, docentes, estudantes e outros convidados.

Ministro da Educação e Cultura Aires Aly
Segundo o Reitor, ao se outorgar esta distinção à “menina de ouro”, a UP pretende não só reconhecer o exemplo ímpar de convicção, dedicação e força de vontade que ela representa para a nossa juventude, mas, acima de tudo, criar um espaço naquela universidade para que Mutola possa abraçar o sonho de construir um mundo melhor pela educação.

“Os seus conhecimentos acumulados na arena da vida constituem um inestimável capital de saberes que pretendemos que sejam preservados e transmitidos às gerações vindouras. Tal é o papel da Universidade. Resgatar saberes que existem no mundo, sistematizá-los e depois restituí-los à sociedade de forma ainda mais enriquecida”, afirmou Rogério Utui.

UP PRESTIGIADA

David Simango, Ministro da Juventude e Desportos

Explicando as razões do acto, Utui disse que o título de Doutor “Honoris Causa” é outorgado pelo Conselho Universitário a individualidades que se tenham distinguido pelo saber ou pela sua actuação na sociedade, em prol das artes, das ciências, das letras, do melhor entendimento entre os povos ou da valorização do ser humano. É uma prática tradicional com grande significado na vida académica e prestigia não apenas a personalidades homenageada como também a instituição que atribui o título.

"A comunidade universitária aqui reunida e representada reconhece a contribuição prestada por Maria de Lurdes Mutola à sociedade moçambicana e ao desporto no mundo inteiro e presta-lhe esta justa homenagem. A vida formou-a como uma campeã e as suas vitórias fazem dela a melhor atleta moçambicana de sempre”, referiu o Reitor, recordando que já em 1993 a Faculdade de Ciências de Educação Física e Desportos da UP reconhecia-lhe o título honorífico de Mestre em Desportos, mostrando deste modo que no mundo académico o saber e o conhecimento constroem-se também fora das paredes da Universidade.

Rogério Utui informou que a UP está empenhada na busca da excelência e da qualidade, daí estarem em curso, em todas as unidades orgânicas, actividades de impacto que contribuem para o engrandecimento científico, tecnológico, cultural e patriótico do povo moçambicano. Na área da Educação Física e Desportos, segundo contou, é notória a acção da Universidade a nível da formação, pesquisa e prestação de serviços à comunidade.

Como exemplos, referiu que a Faculdade oferece cursos de educação física e desporto e de gestão desportiva na graduação e na pós-graduação, um mestrado em ensino de educação física e desporto e outro em desporto para treinamento de crianças e jovens.

Utui anunciou, na ocasião, a realização, em Maputo, do XIII Congresso de Educação Física e Desportos dos países de língua portuguesa, de 30 de Março a 2 de Abril de 2010, sob os auspícios da Universidade Pedagógica.

publicado por Vaxko Zakarias às 13:13
 O que é? |  O que é? | favorito

OS grandes palcos do atletismo planetário já não fazem parte do quotidiano de Lurdes Mutola.

Doutoramento “Honoris Causa” outorgado à menina de ouro
Agora restam as reminiscências das gloriosas duas voltas à pista, debaixo de estrondosos aplausos e em reconhecimento a um país que soube se expressar no mundo inteiro através da sua super campeão. E é esse país que, incansavelmente, vai prestando o devido tributo à sua “menina de ouro”, através de iniciativas governamentais e de instituições públicas e privadas. Na segunda-feira, foi a Universidade Pedagógica (UP) que, valorizando e acreditando nos feitos mundialmente reconhecidos da atleta, decidiu conferir-lhe o título honorífico de Doutora “Honoris Causa”.

Foi uma ocasião ímpar, particularmente para aquele estabelecimento de Ensino Superior, que passou a contar no seu corpo Doutoral, na área de Ciências de Educação Física e Desportos, com uma personalidade da estatura de Lurdes Mutola, cujo reconhecimento ultrapassa as nossas fronteiras, conforme elucidou o respectivo Reitor, Rogério Utui, falando numa cerimónia presenciada pelo Ministro da Educação e Cultura, Aires Ali, pelo Presidente do Município de Maputo, David Simango, docentes, estudantes e outros convidados.

Ministro da Educação e Cultura Aires Aly
Segundo o Reitor, ao se outorgar esta distinção à “menina de ouro”, a UP pretende não só reconhecer o exemplo ímpar de convicção, dedicação e força de vontade que ela representa para a nossa juventude, mas, acima de tudo, criar um espaço naquela universidade para que Mutola possa abraçar o sonho de construir um mundo melhor pela educação.

“Os seus conhecimentos acumulados na arena da vida constituem um inestimável capital de saberes que pretendemos que sejam preservados e transmitidos às gerações vindouras. Tal é o papel da Universidade. Resgatar saberes que existem no mundo, sistematizá-los e depois restituí-los à sociedade de forma ainda mais enriquecida”, afirmou Rogério Utui.

UP PRESTIGIADA

David Simango, Ministro da Juventude e Desportos

Explicando as razões do acto, Utui disse que o título de Doutor “Honoris Causa” é outorgado pelo Conselho Universitário a individualidades que se tenham distinguido pelo saber ou pela sua actuação na sociedade, em prol das artes, das ciências, das letras, do melhor entendimento entre os povos ou da valorização do ser humano. É uma prática tradicional com grande significado na vida académica e prestigia não apenas a personalidades homenageada como também a instituição que atribui o título.

"A comunidade universitária aqui reunida e representada reconhece a contribuição prestada por Maria de Lurdes Mutola à sociedade moçambicana e ao desporto no mundo inteiro e presta-lhe esta justa homenagem. A vida formou-a como uma campeã e as suas vitórias fazem dela a melhor atleta moçambicana de sempre”, referiu o Reitor, recordando que já em 1993 a Faculdade de Ciências de Educação Física e Desportos da UP reconhecia-lhe o título honorífico de Mestre em Desportos, mostrando deste modo que no mundo académico o saber e o conhecimento constroem-se também fora das paredes da Universidade.

Rogério Utui informou que a UP está empenhada na busca da excelência e da qualidade, daí estarem em curso, em todas as unidades orgânicas, actividades de impacto que contribuem para o engrandecimento científico, tecnológico, cultural e patriótico do povo moçambicano. Na área da Educação Física e Desportos, segundo contou, é notória a acção da Universidade a nível da formação, pesquisa e prestação de serviços à comunidade.

Como exemplos, referiu que a Faculdade oferece cursos de educação física e desporto e de gestão desportiva na graduação e na pós-graduação, um mestrado em ensino de educação física e desporto e outro em desporto para treinamento de crianças e jovens.

Utui anunciou, na ocasião, a realização, em Maputo, do XIII Congresso de Educação Física e Desportos dos países de língua portuguesa, de 30 de Março a 2 de Abril de 2010, sob os auspícios da Universidade Pedagógica.

publicado por Vaxko Zakarias às 13:13
 O que é? |  O que é? | favorito

AS eleições dos corpos gerentes da Federação Moçambicana de Ténis (FMT) sofreram novo adiamento para dar espaço aos candidatos para prepararem as respectivas listas de candidaturas para que o escrutínio seja mais participativo, segundo declarações do vice-presidente da FMT, Valige Tauabo.

Não estamos a regredir - Valgy Tauabo, vice-presidente da FMT
As eleições, que constituem um dos principais pontos de agenda da Assembleia-Geral daquela instituição, foram adiadas de 27 de Setembro último para 31 de Outubro próximo. A reunião ordinária vai, para além de eleger uma nova direcção, debater os relatórios de contas e de actividades do elenco anterior liderado pelo actual edil da Matola, Arão Nhancale, e cujo mandato terminou em Outubro último.

Enquanto isso, as eleições na Federação da Natação, previstas para 15 de Outubro, poderão igualmente sofrer adiamento devido ao atraso na conclusão dos processos que fazem igualmente parte da agenda da assembleia-geral, nomeadamente os estatutos e o regimento eleitoral a serem aprovados nesta reunião magna a anteceder o escrutínio.

PROFESSOR Cremildo Gonçalves
O presidente da Comissão Administrativa da FMN, Cremildo Gonçalves, salientou que o processo foi submetido ao Ministério da Juventude e Desportos para verificação e correcção de modo que os documentos passem para a assembleia sem anomalias. A comissão reunirá hoje para analisar o processo e decidir sobre o adiamento ou não da data do escrutínio.

Porém, tudo indica que a assembleia será novamente adiada em cumprimento da Lei e Regulamento do Desporto que prevê o prazo de 30 dias para a abertura de candidaturas para os interessados em concorrer às eleições, que não se realizam há sensivelmente dois anos, depois da impugnação do escrutínio realizado em 2007 por várias irregularidades detectadas no processo.

De salientar que o mandato da comissão terminou em Março, seis meses depois da sua criação para preparar os estatutos e regimento eleitoral e convocar a assembleia para a eleição da nova direcção, para preencher o vazio na liderança dos destinos da modalidade no país. Uma das missões da comissão era de proceder com a formalização da federação, processo que Cremildo Gonçalves espera seja feito pela direcção que sair das eleições em perspectiva.

publicado por Vaxko Zakarias às 12:56
 O que é? |  O que é? | favorito

AS eleições dos corpos gerentes da Federação Moçambicana de Ténis (FMT) sofreram novo adiamento para dar espaço aos candidatos para prepararem as respectivas listas de candidaturas para que o escrutínio seja mais participativo, segundo declarações do vice-presidente da FMT, Valige Tauabo.

Não estamos a regredir - Valgy Tauabo, vice-presidente da FMT
As eleições, que constituem um dos principais pontos de agenda da Assembleia-Geral daquela instituição, foram adiadas de 27 de Setembro último para 31 de Outubro próximo. A reunião ordinária vai, para além de eleger uma nova direcção, debater os relatórios de contas e de actividades do elenco anterior liderado pelo actual edil da Matola, Arão Nhancale, e cujo mandato terminou em Outubro último.

Enquanto isso, as eleições na Federação da Natação, previstas para 15 de Outubro, poderão igualmente sofrer adiamento devido ao atraso na conclusão dos processos que fazem igualmente parte da agenda da assembleia-geral, nomeadamente os estatutos e o regimento eleitoral a serem aprovados nesta reunião magna a anteceder o escrutínio.

PROFESSOR Cremildo Gonçalves
O presidente da Comissão Administrativa da FMN, Cremildo Gonçalves, salientou que o processo foi submetido ao Ministério da Juventude e Desportos para verificação e correcção de modo que os documentos passem para a assembleia sem anomalias. A comissão reunirá hoje para analisar o processo e decidir sobre o adiamento ou não da data do escrutínio.

Porém, tudo indica que a assembleia será novamente adiada em cumprimento da Lei e Regulamento do Desporto que prevê o prazo de 30 dias para a abertura de candidaturas para os interessados em concorrer às eleições, que não se realizam há sensivelmente dois anos, depois da impugnação do escrutínio realizado em 2007 por várias irregularidades detectadas no processo.

De salientar que o mandato da comissão terminou em Março, seis meses depois da sua criação para preparar os estatutos e regimento eleitoral e convocar a assembleia para a eleição da nova direcção, para preencher o vazio na liderança dos destinos da modalidade no país. Uma das missões da comissão era de proceder com a formalização da federação, processo que Cremildo Gonçalves espera seja feito pela direcção que sair das eleições em perspectiva.

publicado por Vaxko Zakarias às 12:56
 O que é? |  O que é? | favorito

O DESAFIO em atraso da segunda jornada do Campeonato de Andebol da Cidade de Maputo em seniores masculinos produziu uma grande surpresa com o 1º de Maio a bater o Costa do Sol, candidato ao título, por 26-19.

O DESPORTO vai de mal a pior na província de Gaza, principalmente na cidade de Xai-Xai, onde as modalidades de salão
O 1º de Maio, formado por jogadores jovens e veteranos, deu uma verdadeira lição de andebol ao Costa do Sol que se viu sem argumentos para fazer face ao maior poderio táctico e técnico dos adversários. Os “alvi-rubros” protagonizaram a primeira surpresa da prova, que acabou sendo ainda mais reluzente pela forma convincente como abateram um “canário” que nunca chegou a ter energia para dar a volta por cima.

Com esta vitória, o 1º de Maio ganha o estatuto de equipa sensação da competição e que pela sua qualidade tem condições para lutar pelo título. Na jornada anterior, já tinha dado indicações frente ao Maxaquene, detentor do título, de possuir um excelente conjunto quando perdeu por apenas três pontos (20-23), quando se vaticinava uma vitória “tricolor” por uma vantagem bem elevada.

O Maxaquene lidera com seis pontos, seguido do 1º de Maio com quatro, Costa do Sol com três e Mahotas com zero.

Em femininos, também realizou-se um jogo em atraso com o Maxaquene a “esmagar” Matolinhas, por 30-10, e a aproximar-se do Matchedje na primeira posição.

O Matchedje lidera com nove pontos, mais três que o Maxaquene.

Houve também lugar a partidas envolvendo escalões inferiores. O destaque foi para o jogo de juniores femininos entre Matchedje e Maxaquene, com a primeira equipa a ganhar, por 18-11.

Refira-se que, nos últimos tempos, Matchedje e Maxaquene têm travado duros confrontos, com as “militares” a exibirem-se melhor.

publicado por Vaxko Zakarias às 12:40
 O que é? |  O que é? | favorito

O DESAFIO em atraso da segunda jornada do Campeonato de Andebol da Cidade de Maputo em seniores masculinos produziu uma grande surpresa com o 1º de Maio a bater o Costa do Sol, candidato ao título, por 26-19.

O DESPORTO vai de mal a pior na província de Gaza, principalmente na cidade de Xai-Xai, onde as modalidades de salão
O 1º de Maio, formado por jogadores jovens e veteranos, deu uma verdadeira lição de andebol ao Costa do Sol que se viu sem argumentos para fazer face ao maior poderio táctico e técnico dos adversários. Os “alvi-rubros” protagonizaram a primeira surpresa da prova, que acabou sendo ainda mais reluzente pela forma convincente como abateram um “canário” que nunca chegou a ter energia para dar a volta por cima.

Com esta vitória, o 1º de Maio ganha o estatuto de equipa sensação da competição e que pela sua qualidade tem condições para lutar pelo título. Na jornada anterior, já tinha dado indicações frente ao Maxaquene, detentor do título, de possuir um excelente conjunto quando perdeu por apenas três pontos (20-23), quando se vaticinava uma vitória “tricolor” por uma vantagem bem elevada.

O Maxaquene lidera com seis pontos, seguido do 1º de Maio com quatro, Costa do Sol com três e Mahotas com zero.

Em femininos, também realizou-se um jogo em atraso com o Maxaquene a “esmagar” Matolinhas, por 30-10, e a aproximar-se do Matchedje na primeira posição.

O Matchedje lidera com nove pontos, mais três que o Maxaquene.

Houve também lugar a partidas envolvendo escalões inferiores. O destaque foi para o jogo de juniores femininos entre Matchedje e Maxaquene, com a primeira equipa a ganhar, por 18-11.

Refira-se que, nos últimos tempos, Matchedje e Maxaquene têm travado duros confrontos, com as “militares” a exibirem-se melhor.

publicado por Vaxko Zakarias às 12:40
 O que é? |  O que é? | favorito

COM as suas reconhecidas credenciais de treinador de futebol, o Prof. Neca não precisou de ficar muito tempo no desemprego, após o seu afastamento amigável da Liga Muçulmana.

Prof. Neca no Estoril já é treinador do Estoril
Regressou a Portugal, semana transacta, e imediatamente abraçou um novo projecto, ao ser contratado para dirigir a formação do Estoril, que milita na Liga de Honra.

Com uma trajectória invejável que inclui passagens por vários clubes lusitanos, entre eles da divisão principal, e ainda por África, onde dirigiu a selecção de Angola, Neca possui um arcaboiço técnico que lhe permitiu regressar ao seu país e sem demoras conseguir um novo contrato. À frente do Estoril, tem a nobre missão de reabilitar a equipa, dado que neste momento, decorridas cinco jornadas da Liga de Honra, os “canarinhos” dos arredores de Lisboa somam apenas três pontos, frutos de igual número de empates e seguem na penúltima posição.

Trata-se de um começo de campeonato bastante comprometer, visto que, na época passada, o Estoril chegou a estar entre os melhores da divisão secundária, tendo lutado pelo regresso ao escalão principal, donde foi despromovido já lá vão muitos anos.

Em Moçambique, veio para uma Liga Muçulmana que se apresentava no campeonato nacional pelo terceiro ano consecutivo, mas com ambições iguais às perseguidas pelos tradicionais candidatos ao título. Pediu à Direcção do clube jogadores que lhe possibilitassem erguer o sonho de conquistar o Moçambola, facto que lhe foi satisfeito, com contratações tanto internas como no estrangeiro.

Embora tenha tido um início de temporada titubeante, com uma passagem medíocre na Taça de Honra, com matéria-prima à altura das encomendas, montou um time altamente competitivo e colocando-se cedo como sério candidato ao ceptro.

O facto constituiu uma autêntica ameaça aos grandes, habituados a discutir entre si o título, sem quaisquer interferências. Apesar de constantes acusações infundadas, relacionando o sucesso da Liga Muçulmana com esquemas na arbitragem, Neca, mercê da sua experiência, nunca se deixou perturbar com essas ligações malévolas, conduzindo a sua equipa com a tranquilidade necessária.

E foi deste modo que os “muçulmanos”, inclusive, chegaram a comandar o Moçambola-2009 meritoriamente, pecando, no entanto, pelo facto de, no confronto com os outros candidatos ao título, ter acumulado derrotas imperdoáveis para um concorrente, tanto na primeira como na segunda volta.

Neste momento, a Liga Muçulmana é encabeçada por Miguel dos Santos, então adjunto de Neca, tendo no primeiro embate por si encabeçado ganho ao Maxaquene por 2-1. A duas jornadas da conclusão da prova, está a quatro pontos dos líderes, Desportivo e Ferroviário, e a um do terceiro classificado, Costa do Sol. Ainda não atirou a toalha ao chão definitivamente, continuando com a conquista do título no seu horizonte.

publicado por Vaxko Zakarias às 12:34
 O que é? |  O que é? | favorito

COM as suas reconhecidas credenciais de treinador de futebol, o Prof. Neca não precisou de ficar muito tempo no desemprego, após o seu afastamento amigável da Liga Muçulmana.

Prof. Neca no Estoril já é treinador do Estoril
Regressou a Portugal, semana transacta, e imediatamente abraçou um novo projecto, ao ser contratado para dirigir a formação do Estoril, que milita na Liga de Honra.

Com uma trajectória invejável que inclui passagens por vários clubes lusitanos, entre eles da divisão principal, e ainda por África, onde dirigiu a selecção de Angola, Neca possui um arcaboiço técnico que lhe permitiu regressar ao seu país e sem demoras conseguir um novo contrato. À frente do Estoril, tem a nobre missão de reabilitar a equipa, dado que neste momento, decorridas cinco jornadas da Liga de Honra, os “canarinhos” dos arredores de Lisboa somam apenas três pontos, frutos de igual número de empates e seguem na penúltima posição.

Trata-se de um começo de campeonato bastante comprometer, visto que, na época passada, o Estoril chegou a estar entre os melhores da divisão secundária, tendo lutado pelo regresso ao escalão principal, donde foi despromovido já lá vão muitos anos.

Em Moçambique, veio para uma Liga Muçulmana que se apresentava no campeonato nacional pelo terceiro ano consecutivo, mas com ambições iguais às perseguidas pelos tradicionais candidatos ao título. Pediu à Direcção do clube jogadores que lhe possibilitassem erguer o sonho de conquistar o Moçambola, facto que lhe foi satisfeito, com contratações tanto internas como no estrangeiro.

Embora tenha tido um início de temporada titubeante, com uma passagem medíocre na Taça de Honra, com matéria-prima à altura das encomendas, montou um time altamente competitivo e colocando-se cedo como sério candidato ao ceptro.

O facto constituiu uma autêntica ameaça aos grandes, habituados a discutir entre si o título, sem quaisquer interferências. Apesar de constantes acusações infundadas, relacionando o sucesso da Liga Muçulmana com esquemas na arbitragem, Neca, mercê da sua experiência, nunca se deixou perturbar com essas ligações malévolas, conduzindo a sua equipa com a tranquilidade necessária.

E foi deste modo que os “muçulmanos”, inclusive, chegaram a comandar o Moçambola-2009 meritoriamente, pecando, no entanto, pelo facto de, no confronto com os outros candidatos ao título, ter acumulado derrotas imperdoáveis para um concorrente, tanto na primeira como na segunda volta.

Neste momento, a Liga Muçulmana é encabeçada por Miguel dos Santos, então adjunto de Neca, tendo no primeiro embate por si encabeçado ganho ao Maxaquene por 2-1. A duas jornadas da conclusão da prova, está a quatro pontos dos líderes, Desportivo e Ferroviário, e a um do terceiro classificado, Costa do Sol. Ainda não atirou a toalha ao chão definitivamente, continuando com a conquista do título no seu horizonte.

publicado por Vaxko Zakarias às 12:34
 O que é? |  O que é? | favorito

TERÁ passado de um sonho o compromisso assumido pela Federação Moçambicana de Xadrez (FMX) para acolher o Campeonato Africano de seniores masculinos e femininos, no próximo mês, em Maputo.

Federação Moçambicana de Xadrez (FMX) para acolher o Campeonato Africano de seniores masculinos e femininos
Isto porque a Federação Internacional da modalidade (FIDE) foi confrontada com o protesto do Egipto, depois de acolher a proposta de Moçambique para ser anfitrião do evento, após a desistência do Quénia.

O Egipto defende que a escolha do anfitrião deve ser por via de concurso, o que pressupõe a abertura de candidaturas para os interessados. Esta situação coloca de longe a hipótese de Moçambique se candidatar, devido a dificuldades que teria para assumir as despesas inerentes à organização do evento, atendendo que a FIDE é que cobriria os principais encargos para a realização do campeonato em Maputo.

O Quénia havia assumido os custos da organização, em Novembro próximo, mas depois desistiu, tendo a FMX apresentado a sua proposta de acolher o campeonato na condição de partilha dos principais encargos com a FIDE, nomeadamente despesas de alojamento das selecções visitantes, que como regra são da responsabilidade do país anfitrião.

EGIPTO QUER ORGANIZAR

Mais do que contestar a decisão da FIDE, o Egipto está interessado em receber o campeonato, na qualidade de campeão africano e por fazer parte do grupo dos países da África branca influentes nas decisões que são feitas a nível da Confederação continental da modalidade, numa altura em que se aproxima a assembleia para a escolha dos novos corpos gerentes do organismo.

Este terá sido o cavalo de batalha que obrigou a FIDE a considerar a posição do Egipto, sendo o único que protestou, de forma a não perigar a reeleição do tswana Dabulani Buthali, actual presidente da Confederação Africana da modalidade, no escrutínio do próximo ano.

Entretanto, a FIDE ainda não abriu as candidaturas para os interessados, o que poderá acontecer nos próximos tempos, sendo que os “Africanos” devem decorrer ainda este ano. De salientar que a escolha de Moçambique se baseou na excelente forma como a FMX organizou os Campeonatos Regionais no ano passado, em Maputo.

publicado por Vaxko Zakarias às 10:04
 O que é? |  O que é? | favorito

TERÁ passado de um sonho o compromisso assumido pela Federação Moçambicana de Xadrez (FMX) para acolher o Campeonato Africano de seniores masculinos e femininos, no próximo mês, em Maputo.

Federação Moçambicana de Xadrez (FMX) para acolher o Campeonato Africano de seniores masculinos e femininos
Isto porque a Federação Internacional da modalidade (FIDE) foi confrontada com o protesto do Egipto, depois de acolher a proposta de Moçambique para ser anfitrião do evento, após a desistência do Quénia.

O Egipto defende que a escolha do anfitrião deve ser por via de concurso, o que pressupõe a abertura de candidaturas para os interessados. Esta situação coloca de longe a hipótese de Moçambique se candidatar, devido a dificuldades que teria para assumir as despesas inerentes à organização do evento, atendendo que a FIDE é que cobriria os principais encargos para a realização do campeonato em Maputo.

O Quénia havia assumido os custos da organização, em Novembro próximo, mas depois desistiu, tendo a FMX apresentado a sua proposta de acolher o campeonato na condição de partilha dos principais encargos com a FIDE, nomeadamente despesas de alojamento das selecções visitantes, que como regra são da responsabilidade do país anfitrião.

EGIPTO QUER ORGANIZAR

Mais do que contestar a decisão da FIDE, o Egipto está interessado em receber o campeonato, na qualidade de campeão africano e por fazer parte do grupo dos países da África branca influentes nas decisões que são feitas a nível da Confederação continental da modalidade, numa altura em que se aproxima a assembleia para a escolha dos novos corpos gerentes do organismo.

Este terá sido o cavalo de batalha que obrigou a FIDE a considerar a posição do Egipto, sendo o único que protestou, de forma a não perigar a reeleição do tswana Dabulani Buthali, actual presidente da Confederação Africana da modalidade, no escrutínio do próximo ano.

Entretanto, a FIDE ainda não abriu as candidaturas para os interessados, o que poderá acontecer nos próximos tempos, sendo que os “Africanos” devem decorrer ainda este ano. De salientar que a escolha de Moçambique se baseou na excelente forma como a FMX organizou os Campeonatos Regionais no ano passado, em Maputo.

publicado por Vaxko Zakarias às 10:04
 O que é? |  O que é? | favorito

ACADÉMICA “M” e a Graal, em seniores masculinos e femininos, respectivamente continuam a liderar de forma convincente o Campeonato de Voleibol da Cidade de Maputo.

Luta renhida no último domingo (Sérgio Costa)
No último fim-de-semana confirmaram a sua hegemonia com a Académica “M” a bater o homónimo “B”, por 3-2 (25-19/25-17/22-25/21-25 e 15-12), e a Graal a ganhar a Maputo Jet´s, por 3-1 (25-15/25-21/23-25 e 25-17) em desafios da nona jornada.

Em masculinos, a Académica “M”, líder com 16 pontos, sofreu bastante para derrotar a equipa “B”, que apareceu para o jogo destemida e disposta a lutar pela vitória. A sua coragem surpreendeu sobremaneira a principal turma dos “estudantes” que levaram um valente susto. Noutro embate em femininos, a Maputo Jet´s bateu o Banco de Moçambique, por 3-0 (25-18/25-21 e 25-20).

Em femininos, a Graal lidera também com 16 pontos, os mesmo que a TVSD, embora esta última equipa tenha mais um jogo realizado.

No despique mais aprazível da ronda, em femininos, a TVSD venceu a Fire Ladies, por 3-0 (25-17/ 25-11 e 25-15).

CLASSIFICAÇÕES

MASCULINOS: 1º Académica “M” (16); 2º Maputo Jet´s (14); 3º Hotso (11) e Banco de Moçambique (9);

FEMININOS: 1º Graal (16); 2º TVSD (16); Fire Ladies (12); Maputo Jet´s (12) e Hotso (7).

publicado por Vaxko Zakarias às 09:59
 O que é? |  O que é? | favorito

ACADÉMICA “M” e a Graal, em seniores masculinos e femininos, respectivamente continuam a liderar de forma convincente o Campeonato de Voleibol da Cidade de Maputo.

Luta renhida no último domingo (Sérgio Costa)
No último fim-de-semana confirmaram a sua hegemonia com a Académica “M” a bater o homónimo “B”, por 3-2 (25-19/25-17/22-25/21-25 e 15-12), e a Graal a ganhar a Maputo Jet´s, por 3-1 (25-15/25-21/23-25 e 25-17) em desafios da nona jornada.

Em masculinos, a Académica “M”, líder com 16 pontos, sofreu bastante para derrotar a equipa “B”, que apareceu para o jogo destemida e disposta a lutar pela vitória. A sua coragem surpreendeu sobremaneira a principal turma dos “estudantes” que levaram um valente susto. Noutro embate em femininos, a Maputo Jet´s bateu o Banco de Moçambique, por 3-0 (25-18/25-21 e 25-20).

Em femininos, a Graal lidera também com 16 pontos, os mesmo que a TVSD, embora esta última equipa tenha mais um jogo realizado.

No despique mais aprazível da ronda, em femininos, a TVSD venceu a Fire Ladies, por 3-0 (25-17/ 25-11 e 25-15).

CLASSIFICAÇÕES

MASCULINOS: 1º Académica “M” (16); 2º Maputo Jet´s (14); 3º Hotso (11) e Banco de Moçambique (9);

FEMININOS: 1º Graal (16); 2º TVSD (16); Fire Ladies (12); Maputo Jet´s (12) e Hotso (7).

publicado por Vaxko Zakarias às 09:59
 O que é? |  O que é? | favorito

O GUARDA-REDES Kim Christensen, do IFK Gotemburgo, é alvo de um processo disciplinar por parte da federação sueca, depois de ter sido apanhado a deslocar os postes da sua baliza, de modo a torná-la mais pequena.

Camisa Adidas IFK Goteborg I
A estranha táctica do guarda-redes foi descoberta na última quarta-feira, quando as câmaras da televisão que transmitia o jogo o apanharam em flagrante. Avisado pelos jogadores adversários, o árbitro da partida corrigiu o posicionamento dos postes.

A federação sueca não prevê qualquer tipo de sanção para uma prática que está omissa na lei. No entanto, o comité de disciplina deverá pronunciar-se sobre o caso no próximo dia 1 de Outubro, segundo adiantou Jonas Nystedt, porta-voz da federação sueca de futebol, citado pela “Lusa”.

Christensen admitiu, no final do jogo, não ser a primeira vez que aplicava esta prática, que lhe tinha sido ensinada por um amigo, também ele guarda-redes.

publicado por Vaxko Zakarias às 09:55
 O que é? |  O que é? | favorito

O GUARDA-REDES Kim Christensen, do IFK Gotemburgo, é alvo de um processo disciplinar por parte da federação sueca, depois de ter sido apanhado a deslocar os postes da sua baliza, de modo a torná-la mais pequena.

Camisa Adidas IFK Goteborg I
A estranha táctica do guarda-redes foi descoberta na última quarta-feira, quando as câmaras da televisão que transmitia o jogo o apanharam em flagrante. Avisado pelos jogadores adversários, o árbitro da partida corrigiu o posicionamento dos postes.

A federação sueca não prevê qualquer tipo de sanção para uma prática que está omissa na lei. No entanto, o comité de disciplina deverá pronunciar-se sobre o caso no próximo dia 1 de Outubro, segundo adiantou Jonas Nystedt, porta-voz da federação sueca de futebol, citado pela “Lusa”.

Christensen admitiu, no final do jogo, não ser a primeira vez que aplicava esta prática, que lhe tinha sido ensinada por um amigo, também ele guarda-redes.

publicado por Vaxko Zakarias às 09:55
 O que é? |  O que é? | favorito

BAYERN de Munique e Juventus, duas equipas de maior referência do futebol mundial, estarão hoje frente-a-frente na segunda jornada do Grupo A da Liga dos Campeões Europeus.

 Duelo de velhos campeões
Já há algum tempo que ambas as equipas andam afastadas das finais da “Champions League”, contudo não se pode perder de vista o potencial de alemães e italianos que até já venceram a também conhecia liga dos milionários.

O Bayern de Munique fê-lo por mais vezes, quarto, três das quais na década 70, em que os “bávaros” possuíam uma equipa de luxo onde se destacava Franz Becknebauer.

A Juventus, por sua vez, ergueu o “canecão” por duas vezes, em 1985 e 2001. Será, portanto, um duelo entre ex-campeões, que, sem o fulgor de outros anos, figuram entre os candidatos a lutar para conquistar a mais importante prova europeia a nível de clubes.

Na jornada passada, a Juventus decepcionou ao empatar com o Bordéus a uma bola, em Turim, na Itália. O resultado deixou as duas equipas empatadas no segundo lugar, atrás do Bayern de Munique, que derrotou o Maccabi Haifa fora de casa, por 3-0.

“COLOSSOS” EM CASA

Nesta segunda jornada a maior parte dos candidatos a vencerem a “Champions ”, nomeadamente Real Madrid, AC Milan, Manchester United, jogam em casa. Na jornada de hoje só o Chelsea visita o APOEL, no Chipre.

O FC Porto, campeão em 2004, recebe o Atlético de Madrid, e procura a sua primeira vitória depois de ter perdido na primeira jornada na Inglaterra, com o Chelsea.

JOGOS PARA HOJE

GRUPO “A”: Bayern de Munique-Juventus e Bordéus-Maccabi Haifa;

GRUPO “B”: CSKA de Moscovo-Besiktas e Manchester United-Wolfsburg:

GRUPO “C”: AC Milan-FC Zurique e Real Madrid-Marselha;

GRUPO “D”: APOEL-Chelsea e FC Porto-Atlético de Madrid.

publicado por Vaxko Zakarias às 09:46
 O que é? |  O que é? | favorito

BAYERN de Munique e Juventus, duas equipas de maior referência do futebol mundial, estarão hoje frente-a-frente na segunda jornada do Grupo A da Liga dos Campeões Europeus.

 Duelo de velhos campeões
Já há algum tempo que ambas as equipas andam afastadas das finais da “Champions League”, contudo não se pode perder de vista o potencial de alemães e italianos que até já venceram a também conhecia liga dos milionários.

O Bayern de Munique fê-lo por mais vezes, quarto, três das quais na década 70, em que os “bávaros” possuíam uma equipa de luxo onde se destacava Franz Becknebauer.

A Juventus, por sua vez, ergueu o “canecão” por duas vezes, em 1985 e 2001. Será, portanto, um duelo entre ex-campeões, que, sem o fulgor de outros anos, figuram entre os candidatos a lutar para conquistar a mais importante prova europeia a nível de clubes.

Na jornada passada, a Juventus decepcionou ao empatar com o Bordéus a uma bola, em Turim, na Itália. O resultado deixou as duas equipas empatadas no segundo lugar, atrás do Bayern de Munique, que derrotou o Maccabi Haifa fora de casa, por 3-0.

“COLOSSOS” EM CASA

Nesta segunda jornada a maior parte dos candidatos a vencerem a “Champions ”, nomeadamente Real Madrid, AC Milan, Manchester United, jogam em casa. Na jornada de hoje só o Chelsea visita o APOEL, no Chipre.

O FC Porto, campeão em 2004, recebe o Atlético de Madrid, e procura a sua primeira vitória depois de ter perdido na primeira jornada na Inglaterra, com o Chelsea.

JOGOS PARA HOJE

GRUPO “A”: Bayern de Munique-Juventus e Bordéus-Maccabi Haifa;

GRUPO “B”: CSKA de Moscovo-Besiktas e Manchester United-Wolfsburg:

GRUPO “C”: AC Milan-FC Zurique e Real Madrid-Marselha;

GRUPO “D”: APOEL-Chelsea e FC Porto-Atlético de Madrid.

publicado por Vaxko Zakarias às 09:46
 O que é? |  O que é? | favorito
Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
18
19
20
21
25
26
27
subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO