Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Quinta-feira, 02 DE Julho 2009

SERÁ que o primeiro milho da temporada foi mesmo para os pardais, ou melhor, para as águias?

CAMPEONATO DE SENIORES DA CIDADE -entre os  “Locomotiva” e Alvi-negros
Bom, sem ainda pretendermos pintar de verde-e-branco o quadro do campeão de 2009 de basquetebol da cidade de Maputo, pois tratou-se apenas do primeiro embate do “play-off” final, à melhor de três, a verdade manda reconhecer que o Ferroviário deu o primeiro passo rumo à reconquista do “canecão”.

Na partida de ontem à noite, no pavilhão do Desportivo, a par do grande espectáculo oferecido pelos contendores, com a incerteza quanto ao vencedor a prevalecer até à buzina, é importante reconhecer a forma ardilosa de actuar dos “locomotivas”, sobretudo a sua capacidade de aproveitamento dos erros infantis do adversário, ganhando por 80-78.

Do ponto de vista de segurança nas quatro linhas e segurança na forma de jogar, os “alvi-negros” foram impecáveis. No entanto, o Ferroviário teve mais do que isso: o pragmatismo e até a experiência de algumas das suas unidades, casos de Beto Macuácua, que fez um grande jogo, e de Castelo, dois homens que souberam contemporizar a situação quando os mais novos se queriam exceder em coisas supérfluas.

Este facto teve um peso extremamente valioso na diferença entre os dois times, pois o Desportivo já não teve alguém que impusesse calma nos momentos mais quentes da partida, como por exemplo se viu na parte final, quando se sucederam desesperadas tentativas de triplos, no afã de forçar o empate e consequentemente o prolongamento. Mas a turma de Carlos Alberto Niquice (Bitcho) conseguiu segurar com unhas e dentes a vitória.

Vindos de uma extraordinária sequência de triunfos, foi ontem evidente que os “alvi-negros” não suportam uma situação iminente de derrota. Porque o jogo estava bastante renhido, equilibrado e até maior tempo com o Ferroviário à frente do marcador, as soluções do Desportivo eram pouco práticas, apesar do seu basquetebol melhor elaborado e agradável de se assistir.

As combinações apresentavam-se perfeitíssimas e bastante rápidas, mas na hora da concretização o atabalhoamento tomava conta dos jogadores. Situações teve o Desportivo de poder se adiantar com uma margem folgada, só que alguns erros de palmatória acabaram impedindo que tal acontecesse.

Sedento de se vingar dos confrontos anteriores, o Ferroviário, dispondo de uma ocasião para vincar realmente é também um sério candidato ao título, não enjeitou a chance, triunfando meritoriamente por dois pontos (80-78).

O segundo desafio da final do Campeonato de Basquetebol da Cidade de Maputo em Seniores Masculinos realiza-se amanhã, a partir das 20.30 horas, no pavilhão do Estrela Vermelha. A anteceder este embate, estarão em campo Maxaquene e Costa do Sol, às 18.45, para o jogo de atribuição do terceiro e quarto lugares.

publicado por Vaxko Zakarias às 13:32
 O que é? |  O que é? | favorito

SERÁ que o primeiro milho da temporada foi mesmo para os pardais, ou melhor, para as águias?

CAMPEONATO DE SENIORES DA CIDADE -entre os  “Locomotiva” e Alvi-negros
Bom, sem ainda pretendermos pintar de verde-e-branco o quadro do campeão de 2009 de basquetebol da cidade de Maputo, pois tratou-se apenas do primeiro embate do “play-off” final, à melhor de três, a verdade manda reconhecer que o Ferroviário deu o primeiro passo rumo à reconquista do “canecão”.

Na partida de ontem à noite, no pavilhão do Desportivo, a par do grande espectáculo oferecido pelos contendores, com a incerteza quanto ao vencedor a prevalecer até à buzina, é importante reconhecer a forma ardilosa de actuar dos “locomotivas”, sobretudo a sua capacidade de aproveitamento dos erros infantis do adversário, ganhando por 80-78.

Do ponto de vista de segurança nas quatro linhas e segurança na forma de jogar, os “alvi-negros” foram impecáveis. No entanto, o Ferroviário teve mais do que isso: o pragmatismo e até a experiência de algumas das suas unidades, casos de Beto Macuácua, que fez um grande jogo, e de Castelo, dois homens que souberam contemporizar a situação quando os mais novos se queriam exceder em coisas supérfluas.

Este facto teve um peso extremamente valioso na diferença entre os dois times, pois o Desportivo já não teve alguém que impusesse calma nos momentos mais quentes da partida, como por exemplo se viu na parte final, quando se sucederam desesperadas tentativas de triplos, no afã de forçar o empate e consequentemente o prolongamento. Mas a turma de Carlos Alberto Niquice (Bitcho) conseguiu segurar com unhas e dentes a vitória.

Vindos de uma extraordinária sequência de triunfos, foi ontem evidente que os “alvi-negros” não suportam uma situação iminente de derrota. Porque o jogo estava bastante renhido, equilibrado e até maior tempo com o Ferroviário à frente do marcador, as soluções do Desportivo eram pouco práticas, apesar do seu basquetebol melhor elaborado e agradável de se assistir.

As combinações apresentavam-se perfeitíssimas e bastante rápidas, mas na hora da concretização o atabalhoamento tomava conta dos jogadores. Situações teve o Desportivo de poder se adiantar com uma margem folgada, só que alguns erros de palmatória acabaram impedindo que tal acontecesse.

Sedento de se vingar dos confrontos anteriores, o Ferroviário, dispondo de uma ocasião para vincar realmente é também um sério candidato ao título, não enjeitou a chance, triunfando meritoriamente por dois pontos (80-78).

O segundo desafio da final do Campeonato de Basquetebol da Cidade de Maputo em Seniores Masculinos realiza-se amanhã, a partir das 20.30 horas, no pavilhão do Estrela Vermelha. A anteceder este embate, estarão em campo Maxaquene e Costa do Sol, às 18.45, para o jogo de atribuição do terceiro e quarto lugares.

publicado por Vaxko Zakarias às 13:32
 O que é? |  O que é? | favorito

A SELECÇÃO Nacional de futebol de praia inicia hoje, na cidade sul-africana de Durban, a disputa da qualificação africana para o Campeonato do Mundo da modalidade, defrontando a Líbia. O “Mundial” de futebol de praia realizar-se-á em Dezembro próximo, em Dubai.

Africano de futebol de praia em Durban
O combinado nacional é composto por 10 atletas e está integrado no Grupo B, onde está igualmente o campeão em título, o Senegal, que é cabeça de série e seu adversário no dia seguinte.

A presença de Senegal no Grupo torna por si escassas as possibilidades de a equipa de todos nós transitar para a fase final, para a qual terão acesso os primeiros classificados dos três grupos envolvidos na disputa da qualificação e o respectivo melhor segundo classificado.

Senegal tem como principal rival no evento a Nigéria, que lidera a série C. Neste grupo estão igualmente as selecções do Egipto e das Maurícias. A outra série, a B, é constituída pelos conjuntos da África do Sul, cabeça de série, Costa do Marfim e Marrocos.

O técnico da Selecção Nacional, Pascoal Loforte, admitiu que a equipa não é favorita à qualificação, mas considera que a experiência anterior será válida, atendendo que Moçambique conseguiu arrancar uma vitória diante da anfitriã África do Sul (5-4), na última edição, numa série em que esteve Senegal e Egipto, depois de uma participação sem honra na sua primeira aparição neste evento.

Aliás, uma das razões que inspira Loforte é o facto de a equipa ter iniciado atempadamente a preparação. A selecção treina desde Maio último, com sessões alternadas no Repinga e Praia da Costa do Sol, para o apuramento da capacidade física, que durou sensivelmente um mês. Desde o início deste mês que o grupo de trabalho tem concentrado os seus trabalhos no campo de futebol de praia nas instalações do Costa do Sol para o aperfeiçoamento tecnico-táctico.

De salientar que as meias-finais realizam-se sábado e a final domingo. Qualificam-se para o “Mundial” o vencedor e o finalista vencido.

publicado por Vaxko Zakarias às 13:18
 O que é? |  O que é? | favorito

A SELECÇÃO Nacional de futebol de praia inicia hoje, na cidade sul-africana de Durban, a disputa da qualificação africana para o Campeonato do Mundo da modalidade, defrontando a Líbia. O “Mundial” de futebol de praia realizar-se-á em Dezembro próximo, em Dubai.

Africano de futebol de praia em Durban
O combinado nacional é composto por 10 atletas e está integrado no Grupo B, onde está igualmente o campeão em título, o Senegal, que é cabeça de série e seu adversário no dia seguinte.

A presença de Senegal no Grupo torna por si escassas as possibilidades de a equipa de todos nós transitar para a fase final, para a qual terão acesso os primeiros classificados dos três grupos envolvidos na disputa da qualificação e o respectivo melhor segundo classificado.

Senegal tem como principal rival no evento a Nigéria, que lidera a série C. Neste grupo estão igualmente as selecções do Egipto e das Maurícias. A outra série, a B, é constituída pelos conjuntos da África do Sul, cabeça de série, Costa do Marfim e Marrocos.

O técnico da Selecção Nacional, Pascoal Loforte, admitiu que a equipa não é favorita à qualificação, mas considera que a experiência anterior será válida, atendendo que Moçambique conseguiu arrancar uma vitória diante da anfitriã África do Sul (5-4), na última edição, numa série em que esteve Senegal e Egipto, depois de uma participação sem honra na sua primeira aparição neste evento.

Aliás, uma das razões que inspira Loforte é o facto de a equipa ter iniciado atempadamente a preparação. A selecção treina desde Maio último, com sessões alternadas no Repinga e Praia da Costa do Sol, para o apuramento da capacidade física, que durou sensivelmente um mês. Desde o início deste mês que o grupo de trabalho tem concentrado os seus trabalhos no campo de futebol de praia nas instalações do Costa do Sol para o aperfeiçoamento tecnico-táctico.

De salientar que as meias-finais realizam-se sábado e a final domingo. Qualificam-se para o “Mundial” o vencedor e o finalista vencido.

publicado por Vaxko Zakarias às 13:18
 O que é? |  O que é? | favorito

SEM honra nem glória a Selecção Nacional de Futsal caiu aos pés da modesta equipa do Peru (1-3) e ficou arreado dos quartos-de-final restando agora lutar pela nona posição, a “batalha” dos menos audazes que hoje começa diante da Hungria

TORNEIO DE FUTSAL “GRAND PRIX” - Moçambique eliminado dos “quartos”
Não era mesmo previsível que Moçambique perde-se com o Peru, após o empate na estreia com a República Checa. Esperava-se que os comandados de Roberval Ramos vencessem aos peruanos até porque este tinham sido goleados frente ao Brasil (1-12) e República Checa (3-7), mas deixamo-nos ser surpreendidos por um Peru que apareceu disposto a contrariar os prognósticos. Ao intervalo regista-se um empate a zero golos, mas na segunda a turma sul-americana aproveitou-se do excesso de confiança dos moçambicanos e fez três golos.

Moçambique terminou assim no último lugar do Grupo A com apenas um ponto. O Brasil que bateu a República Checa (7-0) terminou como líder destacado com nove pontos, mais quatro que os checos, segundos classificados.

Todavia, conforme foi referido Moçambique defronta hoje a Hungria, terceira classificada do Grupo “C” e terá a chance de limpar a péssima imagem que deixou frente ao Peru.

ANGOLA DE FORA

Pode-se dizer que a primeira fase do “Grand Prix” não correu de feição aos dois países africanos presente na competição e curiosamente falantes da língua portuguesa, nomeadamente Moçambique e Angola. É que os angolanos também ficaram afastados com a Guatemala, uma equipa ainda de menor expressão comparativamente ao Peru, ao serem derrotados (4-5). Os angolanos iniciam a luta pela nona posição precisamente frente ao Peru.

Angola estava inserida no Grupo C onde se apuraram para os “quartos” o Paraguai e Guatemala.

No Grupo B, qualificaram-se o Irão e a Roménia, enquanto no D transitaram a Argentina e a Ucrânia.EIS os jogos dos quartos-de-final: Argentina-Roménia; Brasil-Guatemala; Paraguia-Rep-Checa e Irão-Ucrânia.

publicado por Vaxko Zakarias às 13:10
 O que é? |  O que é? | favorito

SEM honra nem glória a Selecção Nacional de Futsal caiu aos pés da modesta equipa do Peru (1-3) e ficou arreado dos quartos-de-final restando agora lutar pela nona posição, a “batalha” dos menos audazes que hoje começa diante da Hungria

TORNEIO DE FUTSAL “GRAND PRIX” - Moçambique eliminado dos “quartos”
Não era mesmo previsível que Moçambique perde-se com o Peru, após o empate na estreia com a República Checa. Esperava-se que os comandados de Roberval Ramos vencessem aos peruanos até porque este tinham sido goleados frente ao Brasil (1-12) e República Checa (3-7), mas deixamo-nos ser surpreendidos por um Peru que apareceu disposto a contrariar os prognósticos. Ao intervalo regista-se um empate a zero golos, mas na segunda a turma sul-americana aproveitou-se do excesso de confiança dos moçambicanos e fez três golos.

Moçambique terminou assim no último lugar do Grupo A com apenas um ponto. O Brasil que bateu a República Checa (7-0) terminou como líder destacado com nove pontos, mais quatro que os checos, segundos classificados.

Todavia, conforme foi referido Moçambique defronta hoje a Hungria, terceira classificada do Grupo “C” e terá a chance de limpar a péssima imagem que deixou frente ao Peru.

ANGOLA DE FORA

Pode-se dizer que a primeira fase do “Grand Prix” não correu de feição aos dois países africanos presente na competição e curiosamente falantes da língua portuguesa, nomeadamente Moçambique e Angola. É que os angolanos também ficaram afastados com a Guatemala, uma equipa ainda de menor expressão comparativamente ao Peru, ao serem derrotados (4-5). Os angolanos iniciam a luta pela nona posição precisamente frente ao Peru.

Angola estava inserida no Grupo C onde se apuraram para os “quartos” o Paraguai e Guatemala.

No Grupo B, qualificaram-se o Irão e a Roménia, enquanto no D transitaram a Argentina e a Ucrânia.EIS os jogos dos quartos-de-final: Argentina-Roménia; Brasil-Guatemala; Paraguia-Rep-Checa e Irão-Ucrânia.

publicado por Vaxko Zakarias às 13:10
 O que é? |  O que é? | favorito

MAURO Costa foi relegado ao segundo plano nas corridas de perícia e drift inseridas na segunda prova promovida este ano pelo recém-criado Race Clube de Maputo e que teve lugar no último fim-de-semana, na Praça dos Trabalhadores, alusivo ao 34º aniversário da Independência Nacional, celebrado a 25 de Junho último.

Prova de perícia e drift automóvel
Mauro Costa, ao volante de um Mazda, esteve a um minuto do alcance de Sílvio Coelho (42,10 - 41,83 minutos), também num Mazda, isto na corrida de perícia. Sílvio Coelho venceu a corrida com 25 pontos, mais cinco que aquele.

O piloto falhou novamente o pódio na corrida de “drift”, na qual esteve igualmente ao volante de um Mazda. Perdeu a corrida a favor de Zein Roidan, que conduzia um Nissan, e com a mesma margem de desvantagem registada na prova anterior.

A prova contou com a participação de pilotos da cidade de Maputo e Matola.

Lembrar que a primeira prova organizada pelo Race Clube de Maputo teve lugar há sensivelmente um mês e meio na Matola e envolveu também viaturas.

publicado por Vaxko Zakarias às 12:54
 O que é? |  O que é? | favorito

MAURO Costa foi relegado ao segundo plano nas corridas de perícia e drift inseridas na segunda prova promovida este ano pelo recém-criado Race Clube de Maputo e que teve lugar no último fim-de-semana, na Praça dos Trabalhadores, alusivo ao 34º aniversário da Independência Nacional, celebrado a 25 de Junho último.

Prova de perícia e drift automóvel
Mauro Costa, ao volante de um Mazda, esteve a um minuto do alcance de Sílvio Coelho (42,10 - 41,83 minutos), também num Mazda, isto na corrida de perícia. Sílvio Coelho venceu a corrida com 25 pontos, mais cinco que aquele.

O piloto falhou novamente o pódio na corrida de “drift”, na qual esteve igualmente ao volante de um Mazda. Perdeu a corrida a favor de Zein Roidan, que conduzia um Nissan, e com a mesma margem de desvantagem registada na prova anterior.

A prova contou com a participação de pilotos da cidade de Maputo e Matola.

Lembrar que a primeira prova organizada pelo Race Clube de Maputo teve lugar há sensivelmente um mês e meio na Matola e envolveu também viaturas.

publicado por Vaxko Zakarias às 12:54
 O que é? |  O que é? | favorito

O técnico moçambicano de futebol de salão (futsal) Inácio Sambo participa de 15 a 20 Julho, num curso de treinadores a ter lugar em Tripoli, Líbia.

O técnico moçambicano de futebol de salão (futsal) Inácio Sambo
O curso será promovido pela Confederação Africana de Futebol (CAF), agremiação que convidou Inácio Sambo a tomar parte no prestigiado encontro que reunirá os melhores treinadores de África.


Inácio Sambo, actualmente treinador do Desportivo de Maputo, segue dia 13 para Tripoli.

O técnico moçambicano já foi por cinco vezes campeão nacional e da cidade de Maputo.

Enquanto seleccionador nacional, levou a equipa de todos nós ao segundo lugar no Campeonato Africano de 2004 e foi quarto no “Mundialito” em 2006, competição onde participam as melhores selecções do mundo.

publicado por Vaxko Zakarias às 12:50
 O que é? |  O que é? | favorito

O técnico moçambicano de futebol de salão (futsal) Inácio Sambo participa de 15 a 20 Julho, num curso de treinadores a ter lugar em Tripoli, Líbia.

O técnico moçambicano de futebol de salão (futsal) Inácio Sambo
O curso será promovido pela Confederação Africana de Futebol (CAF), agremiação que convidou Inácio Sambo a tomar parte no prestigiado encontro que reunirá os melhores treinadores de África.


Inácio Sambo, actualmente treinador do Desportivo de Maputo, segue dia 13 para Tripoli.

O técnico moçambicano já foi por cinco vezes campeão nacional e da cidade de Maputo.

Enquanto seleccionador nacional, levou a equipa de todos nós ao segundo lugar no Campeonato Africano de 2004 e foi quarto no “Mundialito” em 2006, competição onde participam as melhores selecções do mundo.

publicado por Vaxko Zakarias às 12:50
 O que é? |  O que é? | favorito

A FEDERAÇÃO Moçambicana de Futebol (FMF) vai oferecer material desportivo para além de kits escolares aos participantes na XX edição dos Jogos Escolares, que se disputam de 11 a 23 de Julho corrente na cidade de Lichinga, Niassa.

Imagem Coporativa da Federação Moçambicana de Futebol
A informação foi avançada pelo presidente da instituição, Feizal Sidat, que, na ocasião, anunciou a disponibilidade de 20 mil kits de material escolar no valor de um milhão de meticais, conseguido junto de parceiros. Parte deste material será, segundo assegurou a fonte, distribuída pelas associações provinciais para despertar o interesse pela prática de futebol nas categorias de base no âmbito do programa visando a promoção destes escalões a nível nacional.
FAIZAL Sidat, director geral do Diário de Moçambique, ofereceu esta semana 25 mil meticais ao Têxtil do Púnguè, representante moçambicano na Taça CAF.
Este material será igualmente distribuído às instituições de caridade, em particular ao SOS.

Feizal Sidat visitará nos próximos dias os distritos de Songo e Moatize, em Tete, vistos como pólos de desenvolvimento de futebol, tendo em conta os projectos em curso visando a construção de campos de raiz naquelas regiões, onde a FMF pretende igualmente incentivar a implantação de associações ou núcleos distritais.

publicado por Vaxko Zakarias às 12:26
 O que é? |  O que é? | favorito

A FEDERAÇÃO Moçambicana de Futebol (FMF) vai oferecer material desportivo para além de kits escolares aos participantes na XX edição dos Jogos Escolares, que se disputam de 11 a 23 de Julho corrente na cidade de Lichinga, Niassa.

Imagem Coporativa da Federação Moçambicana de Futebol
A informação foi avançada pelo presidente da instituição, Feizal Sidat, que, na ocasião, anunciou a disponibilidade de 20 mil kits de material escolar no valor de um milhão de meticais, conseguido junto de parceiros. Parte deste material será, segundo assegurou a fonte, distribuída pelas associações provinciais para despertar o interesse pela prática de futebol nas categorias de base no âmbito do programa visando a promoção destes escalões a nível nacional.
FAIZAL Sidat, director geral do Diário de Moçambique, ofereceu esta semana 25 mil meticais ao Têxtil do Púnguè, representante moçambicano na Taça CAF.
Este material será igualmente distribuído às instituições de caridade, em particular ao SOS.

Feizal Sidat visitará nos próximos dias os distritos de Songo e Moatize, em Tete, vistos como pólos de desenvolvimento de futebol, tendo em conta os projectos em curso visando a construção de campos de raiz naquelas regiões, onde a FMF pretende igualmente incentivar a implantação de associações ou núcleos distritais.

publicado por Vaxko Zakarias às 12:26
 O que é? |  O que é? | favorito

O Manchester United anunciou que já recebeu os 94 milhões de euros da transferência de Cristiano Ronaldo, a verba mais avultada alguma vez paga por um jogador.

Ronaldo melhor jogador para FIFPro
Fica assim completa a transferência para o Real Madrid do português, que será apresentado a 6 de Julho.


Numa nota publicada no seu "site" oficial, o Manchester United publica ainda uma declaração de Alex Ferguson. "O Cristiano foi um jogador maravilhoso para o Manchester United. Nos seus seis anos em Old Trafford transformou-se no melhor jogador do mundo", diz o treinador.

"O seu contributo foi um factor determinante no sucesso do clube nesse período e o seu talento, a sua habilidade, a sua personalidade e a sua personalidade contagiante mobilizaram adeptos por todo o mundo", prossegue o treinador, antes de concluir: "Toda a gente aqui lhe deseja boa sorte na sua carreira futura".

publicado por Vaxko Zakarias às 12:19
 O que é? |  O que é? | favorito

O Manchester United anunciou que já recebeu os 94 milhões de euros da transferência de Cristiano Ronaldo, a verba mais avultada alguma vez paga por um jogador.

Ronaldo melhor jogador para FIFPro
Fica assim completa a transferência para o Real Madrid do português, que será apresentado a 6 de Julho.


Numa nota publicada no seu "site" oficial, o Manchester United publica ainda uma declaração de Alex Ferguson. "O Cristiano foi um jogador maravilhoso para o Manchester United. Nos seus seis anos em Old Trafford transformou-se no melhor jogador do mundo", diz o treinador.

"O seu contributo foi um factor determinante no sucesso do clube nesse período e o seu talento, a sua habilidade, a sua personalidade e a sua personalidade contagiante mobilizaram adeptos por todo o mundo", prossegue o treinador, antes de concluir: "Toda a gente aqui lhe deseja boa sorte na sua carreira futura".

publicado por Vaxko Zakarias às 12:19
 O que é? |  O que é? | favorito

O PRESIDENTE do Barcelona, Joan Laporta, revelou que Samuel Eto'o tem uma proposta que ele classifica de “estratosférica” do Manchester City. No programa “Tarda Tardà” da iCatfm, o dirigente não falou em números, mas assegurou que o avançado tornar-se-ia no “jogador mais bem pago do mundo”.

Eto
“Eto'o tem uma proposta colossal do City”, disse Laporta, reconhecendo que os números colocados em cima da mesa estão a fazer com que o jogador esteja indeciso: “Começa a ter consciência de que tem uma proposta brutal. Ele quer ficar, mas uma oferta como esta é muito complicada de rejeitar”.

Villa e Ribéry interessam ao Barcelona, mas Laporta não quer problemas com o Bayern Munique: “Se Eto'o aceitar a proposta teremos de contratar alguém. Mas Villa e Samuel são perfeitamente compatíveis. Ribéry também interessa, mas o Bayern não quer vendê-lo. O Real Madrid está atrás dele e nós também, mas temos um grande respeito pelo Bayern e, se não o querem vender, não existirá discussão. Se mudarem de opinião, sabem que o jogador nos interessa”.

Keirrison, do Palmeiras, está “prestes a ser formalizado”, revelou o presidente do Barça.

publicado por Vaxko Zakarias às 12:15
 O que é? |  O que é? | favorito

O PRESIDENTE do Barcelona, Joan Laporta, revelou que Samuel Eto'o tem uma proposta que ele classifica de “estratosférica” do Manchester City. No programa “Tarda Tardà” da iCatfm, o dirigente não falou em números, mas assegurou que o avançado tornar-se-ia no “jogador mais bem pago do mundo”.

Eto
“Eto'o tem uma proposta colossal do City”, disse Laporta, reconhecendo que os números colocados em cima da mesa estão a fazer com que o jogador esteja indeciso: “Começa a ter consciência de que tem uma proposta brutal. Ele quer ficar, mas uma oferta como esta é muito complicada de rejeitar”.

Villa e Ribéry interessam ao Barcelona, mas Laporta não quer problemas com o Bayern Munique: “Se Eto'o aceitar a proposta teremos de contratar alguém. Mas Villa e Samuel são perfeitamente compatíveis. Ribéry também interessa, mas o Bayern não quer vendê-lo. O Real Madrid está atrás dele e nós também, mas temos um grande respeito pelo Bayern e, se não o querem vender, não existirá discussão. Se mudarem de opinião, sabem que o jogador nos interessa”.

Keirrison, do Palmeiras, está “prestes a ser formalizado”, revelou o presidente do Barça.

publicado por Vaxko Zakarias às 12:15
 O que é? |  O que é? | favorito

Uma greve dos trabalhadores da construção civil poderá pôr em risco a conclusão das obras de quatro dos cinco novos estádios que acolherão os jogos do Mundial de futebol da África do Sul, em 2010.

Logotipo do Mundial 2010
O alerta foi dado pela Federação dos Empreiteiros de Engenharia Civil da África do Sul (SAFCEC), esta quarta, depois dos sindicatos terem apresentado o pré-aviso de greve e a federação ter interposto nos tribunais um pedido de ilegalização da decisão sindical.

Os sindicatos da Construção (BCAWA) e do Sector Mineiro (NUM), que convocaram a greve, manifestaram o desejo de fazer desta paralisação sectorial “a maior de sempre na história do país”, caso os empregadores não aceitem satisfazer as suas reivindicações, a principal das quais é um aumento salarial de 13 por cento.

A concretizar-se, a greve poderá atingir as obras de construção dos quatro estádios ainda em fase de acabamento (Soccer City, Green Point, Mbombela e Moses Mabhida), falhando os prazos estipulados pela FIFA, bem como do comboio de alta velocidade Gautrain, o novo aeroporto de Durban e outras infra-estruturas fundamentais para a realização do Mundial de 2010.

Outras obras relevantes para a economia sul-africana, como a da gigantesca central energética de Medupe e a zona industrial de Coega, também poderão sofrer atrasos significativos.

publicado por Vaxko Zakarias às 10:38
 O que é? |  O que é? | favorito

Uma greve dos trabalhadores da construção civil poderá pôr em risco a conclusão das obras de quatro dos cinco novos estádios que acolherão os jogos do Mundial de futebol da África do Sul, em 2010.

Logotipo do Mundial 2010
O alerta foi dado pela Federação dos Empreiteiros de Engenharia Civil da África do Sul (SAFCEC), esta quarta, depois dos sindicatos terem apresentado o pré-aviso de greve e a federação ter interposto nos tribunais um pedido de ilegalização da decisão sindical.

Os sindicatos da Construção (BCAWA) e do Sector Mineiro (NUM), que convocaram a greve, manifestaram o desejo de fazer desta paralisação sectorial “a maior de sempre na história do país”, caso os empregadores não aceitem satisfazer as suas reivindicações, a principal das quais é um aumento salarial de 13 por cento.

A concretizar-se, a greve poderá atingir as obras de construção dos quatro estádios ainda em fase de acabamento (Soccer City, Green Point, Mbombela e Moses Mabhida), falhando os prazos estipulados pela FIFA, bem como do comboio de alta velocidade Gautrain, o novo aeroporto de Durban e outras infra-estruturas fundamentais para a realização do Mundial de 2010.

Outras obras relevantes para a economia sul-africana, como a da gigantesca central energética de Medupe e a zona industrial de Coega, também poderão sofrer atrasos significativos.

publicado por Vaxko Zakarias às 10:38
 O que é? |  O que é? | favorito

A Casa de Moçambique vai realizar em Setembro um torneio em homenagem a Mário Coluna, antigo capitão da selecção portuguesa e do Benfica, anunciou hoje, em Maputo, Enoque João, presidente da instituição sedeada em Portugal.

Feizal Sidat presidente da Federação Moçambicana de Futebo  (esq.) e Enoque João
O troféu Mário Coluna, que se disputou pela primeira vez ano passado em Portugal, visa o estreitamento da cooperação desportiva entre Portugal e Moçambique.

O evento, que se realizará em Maputo, mas ainda sem data, pretende homenagear desportistas moçambicanos e portugueses que pela sua postura dignificam o desporto.

Entre os desportistas moçambicanos, inclui-se a corredora moçambicana Maria de Lurdes Mutola, antiga campeã olímpica e mundial dos 800 metros.

“Queremos fazer torneio quadrangular em termos de equipa, mas em termos de selecção um jogo. Há países que queremos” que participem, tal como “Portugal e Espanha”, disse Enoque João.

O Troféu Mário Coluna é uma competição disputada anualmente, que se integra nas comemorações de aniversários da Casa de Moçambique em Portugal.

publicado por Vaxko Zakarias às 10:33
 O que é? |  O que é? | favorito

A Casa de Moçambique vai realizar em Setembro um torneio em homenagem a Mário Coluna, antigo capitão da selecção portuguesa e do Benfica, anunciou hoje, em Maputo, Enoque João, presidente da instituição sedeada em Portugal.

Feizal Sidat presidente da Federação Moçambicana de Futebo  (esq.) e Enoque João
O troféu Mário Coluna, que se disputou pela primeira vez ano passado em Portugal, visa o estreitamento da cooperação desportiva entre Portugal e Moçambique.

O evento, que se realizará em Maputo, mas ainda sem data, pretende homenagear desportistas moçambicanos e portugueses que pela sua postura dignificam o desporto.

Entre os desportistas moçambicanos, inclui-se a corredora moçambicana Maria de Lurdes Mutola, antiga campeã olímpica e mundial dos 800 metros.

“Queremos fazer torneio quadrangular em termos de equipa, mas em termos de selecção um jogo. Há países que queremos” que participem, tal como “Portugal e Espanha”, disse Enoque João.

O Troféu Mário Coluna é uma competição disputada anualmente, que se integra nas comemorações de aniversários da Casa de Moçambique em Portugal.

publicado por Vaxko Zakarias às 10:33
 O que é? |  O que é? | favorito

Alfredo Júnior

“Mambas” cruzam, outra vez, o caminho dos tswanas
A selecção nacional de fu­tebol subiu cinco lugares

no Ranking da Federação Inter­nacional de Futebol,
FIFA, que será divulgado esta quarta-feira. Com efei­to, apesar de não ter registado resultados positivos no mês de Junho – onde somou duas der­rotas, a primeira com a Tunísia por 2-0 e a segunda diante do Quénia por 2-1 -, o combinado nacional subiu do 87º para o 82º lugar, segundo revelam as estatísticas do órgão reitor do futebol mundial.

Agora, os Mambas contam com 394 pontos, menos 18 pon­tos do que na classificação an­terior. A subida da selecção na­cional deveu-se aos desaires que as selecções que estavam acima da nossa obtiveram no igual período, sobretudo, pelo facto de as mesmas terem realizado jogos em casa, ao contrário do que aconteceu com os Mam­bas, que registaram derrotas fora de portas e marcaram um golo.

Nigéria e Quénia descem e Tunísia sobe dois lugares

A Nigéria e o Quénia, dois dos integrantes do Grupo B da fase de qualificação para o CAN e Mundial 2010, desceram no ranking da FIFA. As “Super Águias” são agora a 34ª melhor selecção do Mundo, tendo caí­do quatro lugares, enquanto o Quénia caíu para a 105ª posi­ção, tendo baixado três lugares quando comparado com a actu­alização do mês de Junho.

Quanto à Tunísia, referir que subiu dois lugares no ranking, ocupando agora a 49ª posição, com um total de 617 pontos, mais 20 que a actualização an­terior. A vitória por 2-0 no jogo diante de Moçambique e o em­pate a zero com a Nigéria terão contribuído para esta ascensão das “’Águias do Cartago”.

Brasil regressa ao topo

A recente conquista da Taça das Confederações pelo Brasil, fez com que a selecção “canarinha” regressas­se ao topo do ranking da FIFA. A vitó­ria sobre os Estados Unidos da Améri­ca fez com que o “escrete canarinho” subisse quatro lugares, contando ac­tualmente com 1.672 pontos.

A Espanha é agora segunda classi­ficada com 1.590 pontos e na terceira posição está a Holanda, com 1.379 pontos, que também desceu um lu­gar.

A Itália manteve-se na quarta po­sição, mas perdeu 63 pontos, devido ao facto de não ter passado da fase de grupos da taça das Confederações decorrida na África do Sul

RANKING FIFA

Julho de 2009

Pos. País Pts

1 Brasil 1672

2 Espanha 1590

3 Holanda 1379

4 Itália 1229

5 Alemanha 1207

6 Rússia 1161

7 Inglaterra 1135

8 Argentina 1091

9 França 1082

10 Croácia 1031

17 Portugal 879

34 Nigéria 773

49 Tunísia 617

102 Angola 330

105 Quénia 325

publicado por Vaxko Zakarias às 10:25
 O que é? |  O que é? | favorito

Alfredo Júnior

“Mambas” cruzam, outra vez, o caminho dos tswanas
A selecção nacional de fu­tebol subiu cinco lugares

no Ranking da Federação Inter­nacional de Futebol,
FIFA, que será divulgado esta quarta-feira. Com efei­to, apesar de não ter registado resultados positivos no mês de Junho – onde somou duas der­rotas, a primeira com a Tunísia por 2-0 e a segunda diante do Quénia por 2-1 -, o combinado nacional subiu do 87º para o 82º lugar, segundo revelam as estatísticas do órgão reitor do futebol mundial.

Agora, os Mambas contam com 394 pontos, menos 18 pon­tos do que na classificação an­terior. A subida da selecção na­cional deveu-se aos desaires que as selecções que estavam acima da nossa obtiveram no igual período, sobretudo, pelo facto de as mesmas terem realizado jogos em casa, ao contrário do que aconteceu com os Mam­bas, que registaram derrotas fora de portas e marcaram um golo.

Nigéria e Quénia descem e Tunísia sobe dois lugares

A Nigéria e o Quénia, dois dos integrantes do Grupo B da fase de qualificação para o CAN e Mundial 2010, desceram no ranking da FIFA. As “Super Águias” são agora a 34ª melhor selecção do Mundo, tendo caí­do quatro lugares, enquanto o Quénia caíu para a 105ª posi­ção, tendo baixado três lugares quando comparado com a actu­alização do mês de Junho.

Quanto à Tunísia, referir que subiu dois lugares no ranking, ocupando agora a 49ª posição, com um total de 617 pontos, mais 20 que a actualização an­terior. A vitória por 2-0 no jogo diante de Moçambique e o em­pate a zero com a Nigéria terão contribuído para esta ascensão das “’Águias do Cartago”.

Brasil regressa ao topo

A recente conquista da Taça das Confederações pelo Brasil, fez com que a selecção “canarinha” regressas­se ao topo do ranking da FIFA. A vitó­ria sobre os Estados Unidos da Améri­ca fez com que o “escrete canarinho” subisse quatro lugares, contando ac­tualmente com 1.672 pontos.

A Espanha é agora segunda classi­ficada com 1.590 pontos e na terceira posição está a Holanda, com 1.379 pontos, que também desceu um lu­gar.

A Itália manteve-se na quarta po­sição, mas perdeu 63 pontos, devido ao facto de não ter passado da fase de grupos da taça das Confederações decorrida na África do Sul

RANKING FIFA

Julho de 2009

Pos. País Pts

1 Brasil 1672

2 Espanha 1590

3 Holanda 1379

4 Itália 1229

5 Alemanha 1207

6 Rússia 1161

7 Inglaterra 1135

8 Argentina 1091

9 França 1082

10 Croácia 1031

17 Portugal 879

34 Nigéria 773

49 Tunísia 617

102 Angola 330

105 Quénia 325

publicado por Vaxko Zakarias às 10:25
 O que é? |  O que é? | favorito

Acusa o brasileiro Paulo Camargo

Paulo Camargo antigo Treinador do Ferroviario do Maputo
Um dia depois de ter sido demitido do comando técnico da equipa pro­fissional de futebol do Ferrovi­ário de Maputo, por alegados maus resultados, o brasileiro Paulo Camargo destapou, ao “O País”, o véu da sua passagem pelo campeão nacional em título. Nas linhas que se seguem, trazemos o essencial do que o professor disse na hora do balanço da sua curtíssima passagem pelo clube do vale do Infulene. O técnico começou por dizer, por exem­plo, que “fui demitido depois de ter mantido uma longa conversa com a direcção dos ‘locomoti­vas’. Não foi difícil chegarmos a um acordo e achamos que para o bem do clube eu devia sair.”

RESISTÊNCIA ÀS MUDANÇAS MINOU MEU TRABALHO

Chiquinho Conde treinador principal do Desportivo
Na entrevista que nos concedeu em exclusivo, numa das casas de pasto da cidade de Maputo, Ca­margo nunca chegou a manifes­tar rancor para com o clube que o despediu. Contudo, não teve receio em afirmar que a sua saída foi precipitada pela combinação de diversos factores, dos quais, o medo de mudanças. “Quando a gente chega a um novo clube traz uma nova mentalidade e uma nova metodologia de trabalho.

No Ferroviário, tentámos incu­tir essa forma de estar, mas nem todos assimilaram o que nós tra­zíamos”, referiu o técnico para, depois, acrescentar que “houve alguns sectores do clube, sobre­tudo os jogadores mais velhos, que resistiram e posso dar-lhe o exemplo do trabalho de ginásio. Nós entendemos que o jogador moçambicano, que é bem dotado tecnicamente, necessita de muito trabalho de apuro físico. Tentá­mos fazer isso e houve beneficia­dos”, disse.

Camargo referia-se não aos resultados desportivos, mas, sim, à saúde física e clínica do plantel, já que fora o troféu da Super Taça ganho no início do ano, bem como a passagem para a fase zonal sul da Taça de Moçambique, em tudo o resto (Moçambola e afrotaças) não co­lheu louros. “Veja bem, nós não tivemos, enquanto eu estive no Ferroviário, jogadores com pro­blemas musculares”, afirmou.

“CHIQUINHO CONDE NUNCA ME ENSOMBROU”

Apresença de Chiquinho Con­de no clube, ainda que nos esca­lões de formação, nunca chegou a constituir motivo de preocupação para o professor Paulo Camargo, tal como o próprio assegurou ao nosso jornal. “Nunca cheguei a ver o Chiquinho Conde como uma sombra ou mesmo notar al­guma interferência no meu traba­lho. É verdade, sim, que, ao longo deste tempo, trocámos muitas impressões sobre o trabalho”, assegurou.

Chiquinho Conde, lembre-se, é apontado como o su­cessor do brasileiro. Apropósito, Paulo Camargo disse apenas que “demo-nos muito bem durante os seis meses em que privámos. De­sejo sorte a ele e ao Ferroviário”. Contratado no último defeso à Liga Muçulmana de Maputo para ocupar o lugar deixado vago por Mussá Osman, Paulo Camargo deixa o Ferroviário de Maputo na 3ª posição no Moçambola, com 23 dos 39 pontos possíveis, ao cabo da primeira volta.

Enquan­to Chiquinho Conde não assume em definitivo o comando da equi­pa, os adjuntos Carlos Manuel e Manuel Valói vão mantendo a “lo­comotiva” sobre os carris, como, aliás, aconteceu na sessão de trei­nos de ontem

Isac Naiene

publicado por Vaxko Zakarias às 10:18
 O que é? |  O que é? | favorito

Acusa o brasileiro Paulo Camargo

Paulo Camargo antigo Treinador do Ferroviario do Maputo
Um dia depois de ter sido demitido do comando técnico da equipa pro­fissional de futebol do Ferrovi­ário de Maputo, por alegados maus resultados, o brasileiro Paulo Camargo destapou, ao “O País”, o véu da sua passagem pelo campeão nacional em título. Nas linhas que se seguem, trazemos o essencial do que o professor disse na hora do balanço da sua curtíssima passagem pelo clube do vale do Infulene. O técnico começou por dizer, por exem­plo, que “fui demitido depois de ter mantido uma longa conversa com a direcção dos ‘locomoti­vas’. Não foi difícil chegarmos a um acordo e achamos que para o bem do clube eu devia sair.”

RESISTÊNCIA ÀS MUDANÇAS MINOU MEU TRABALHO

Chiquinho Conde treinador principal do Desportivo
Na entrevista que nos concedeu em exclusivo, numa das casas de pasto da cidade de Maputo, Ca­margo nunca chegou a manifes­tar rancor para com o clube que o despediu. Contudo, não teve receio em afirmar que a sua saída foi precipitada pela combinação de diversos factores, dos quais, o medo de mudanças. “Quando a gente chega a um novo clube traz uma nova mentalidade e uma nova metodologia de trabalho.

No Ferroviário, tentámos incu­tir essa forma de estar, mas nem todos assimilaram o que nós tra­zíamos”, referiu o técnico para, depois, acrescentar que “houve alguns sectores do clube, sobre­tudo os jogadores mais velhos, que resistiram e posso dar-lhe o exemplo do trabalho de ginásio. Nós entendemos que o jogador moçambicano, que é bem dotado tecnicamente, necessita de muito trabalho de apuro físico. Tentá­mos fazer isso e houve beneficia­dos”, disse.

Camargo referia-se não aos resultados desportivos, mas, sim, à saúde física e clínica do plantel, já que fora o troféu da Super Taça ganho no início do ano, bem como a passagem para a fase zonal sul da Taça de Moçambique, em tudo o resto (Moçambola e afrotaças) não co­lheu louros. “Veja bem, nós não tivemos, enquanto eu estive no Ferroviário, jogadores com pro­blemas musculares”, afirmou.

“CHIQUINHO CONDE NUNCA ME ENSOMBROU”

Apresença de Chiquinho Con­de no clube, ainda que nos esca­lões de formação, nunca chegou a constituir motivo de preocupação para o professor Paulo Camargo, tal como o próprio assegurou ao nosso jornal. “Nunca cheguei a ver o Chiquinho Conde como uma sombra ou mesmo notar al­guma interferência no meu traba­lho. É verdade, sim, que, ao longo deste tempo, trocámos muitas impressões sobre o trabalho”, assegurou.

Chiquinho Conde, lembre-se, é apontado como o su­cessor do brasileiro. Apropósito, Paulo Camargo disse apenas que “demo-nos muito bem durante os seis meses em que privámos. De­sejo sorte a ele e ao Ferroviário”. Contratado no último defeso à Liga Muçulmana de Maputo para ocupar o lugar deixado vago por Mussá Osman, Paulo Camargo deixa o Ferroviário de Maputo na 3ª posição no Moçambola, com 23 dos 39 pontos possíveis, ao cabo da primeira volta.

Enquan­to Chiquinho Conde não assume em definitivo o comando da equi­pa, os adjuntos Carlos Manuel e Manuel Valói vão mantendo a “lo­comotiva” sobre os carris, como, aliás, aconteceu na sessão de trei­nos de ontem

Isac Naiene

publicado por Vaxko Zakarias às 10:18
 O que é? |  O que é? | favorito
Julho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
18
19
25
26
27
29
subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO