Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Sexta-feira, 19 DE Junho 2009

TÉCNICOS do Moçambola e de outros campeonatos de diversos escalões da cidade de Maputo juntar-se-ão amanhã para assistirem ao jogo Quénia-Moçambique, cujo início está previsto para as 15.00 horas.

Durante noventa minutos os olhares dos treinadores, que por diversas vezes sentem os nervos à flor da pele nos respectivos bancos técnicos quando as equipas que orientam se cruzam, estarão inteiramente virados para a tela que será montada na sede da PROVIDA. Será um momento de confraternização que se espera seja abrilhantado com uma vitória da equipa de todos nós.

publicado por Vaxko Zakarias às 11:21
 O que é? |  O que é? | favorito

TÉCNICOS do Moçambola e de outros campeonatos de diversos escalões da cidade de Maputo juntar-se-ão amanhã para assistirem ao jogo Quénia-Moçambique, cujo início está previsto para as 15.00 horas.

Durante noventa minutos os olhares dos treinadores, que por diversas vezes sentem os nervos à flor da pele nos respectivos bancos técnicos quando as equipas que orientam se cruzam, estarão inteiramente virados para a tela que será montada na sede da PROVIDA. Será um momento de confraternização que se espera seja abrilhantado com uma vitória da equipa de todos nós.

publicado por Vaxko Zakarias às 11:21
 O que é? |  O que é? | favorito

CHEGOU, viu e… quer imprimir uma nova filosofia na forma de ser e de estar do Conselho Nacional do Desporto. Uma filosofia que lhe permita não se restringir a meras funções burocráticas.

Eugénio Chongo (J. Capela)
No seu entender, o CND deve ser mais actuante e interventivo e realmente cumprir a sua missão de, entanto que órgão aglutinador do movimento associativo, ser por excelência o organismo de consulta do Governo, assim como trabalhar com o Executivo harmoniosamente. Esta posição foi defendida por Eugénio Chongo, o novo presidente da instituição, quando na quarta-feira tomava posse perante o Ministro da Juventude e Desportos, Fernando Sumbana.

Segundo Chongo, que sucede a José Meque na liderança do Conselho Nacional do Desporto, é imperioso que este se organize e se estruture internamente, de forma a responder à demanda e se impor nas suas funções. “Preconizamos um CND mais actuante e com uma grande intervenção no desporto nacional. Um CND que faça com que o movimento associativo tenha o seu espaço próprio. Por exemplo, no processo em curso de legalização das diferentes associações desportivas, lançado pelo Governo, temos que assumir o nosso papel, nomeadamente na mobilização para que a campanha seja um sucesso”.

Para além do Governo, através do Ministério da Juventude e Desportos, Eugénio Chongo defende um diálogo permanente com as federações, associações e clubes para que se crie um ambiente de harmonia, concórdia e estabilidade no seio do movimento desportivo moçambicano. “Do nosso lado, tudo faremos para cumprir com zelo e competência as nossas obrigações”, prometeu o novo homem-forte do Conselho Nacional do Desporto.

Na sua intervenção, Chongo fez questão de se referir aos X Jogos Africanos Maputo-2011, afirmando que a sua Direcção tomava posse numa altura em que o país tem pela frente esta gigantesca missão, pelo que o papel do CND torna-se premente, daí ser sua obrigação trabalhar com o Governo e demais instituições para que o evento seja um êxito. “Os Jogos Africanos serão um marco indelével na história do desporto moçambicano”, sintetizou.

publicado por Vaxko Zakarias às 11:13
 O que é? |  O que é? | favorito

CHEGOU, viu e… quer imprimir uma nova filosofia na forma de ser e de estar do Conselho Nacional do Desporto. Uma filosofia que lhe permita não se restringir a meras funções burocráticas.

Eugénio Chongo (J. Capela)
No seu entender, o CND deve ser mais actuante e interventivo e realmente cumprir a sua missão de, entanto que órgão aglutinador do movimento associativo, ser por excelência o organismo de consulta do Governo, assim como trabalhar com o Executivo harmoniosamente. Esta posição foi defendida por Eugénio Chongo, o novo presidente da instituição, quando na quarta-feira tomava posse perante o Ministro da Juventude e Desportos, Fernando Sumbana.

Segundo Chongo, que sucede a José Meque na liderança do Conselho Nacional do Desporto, é imperioso que este se organize e se estruture internamente, de forma a responder à demanda e se impor nas suas funções. “Preconizamos um CND mais actuante e com uma grande intervenção no desporto nacional. Um CND que faça com que o movimento associativo tenha o seu espaço próprio. Por exemplo, no processo em curso de legalização das diferentes associações desportivas, lançado pelo Governo, temos que assumir o nosso papel, nomeadamente na mobilização para que a campanha seja um sucesso”.

Para além do Governo, através do Ministério da Juventude e Desportos, Eugénio Chongo defende um diálogo permanente com as federações, associações e clubes para que se crie um ambiente de harmonia, concórdia e estabilidade no seio do movimento desportivo moçambicano. “Do nosso lado, tudo faremos para cumprir com zelo e competência as nossas obrigações”, prometeu o novo homem-forte do Conselho Nacional do Desporto.

Na sua intervenção, Chongo fez questão de se referir aos X Jogos Africanos Maputo-2011, afirmando que a sua Direcção tomava posse numa altura em que o país tem pela frente esta gigantesca missão, pelo que o papel do CND torna-se premente, daí ser sua obrigação trabalhar com o Governo e demais instituições para que o evento seja um êxito. “Os Jogos Africanos serão um marco indelével na história do desporto moçambicano”, sintetizou.

publicado por Vaxko Zakarias às 11:13
 O que é? |  O que é? | favorito

FOI uma autêntica humilhação o que a Liga Muçulmana sofreu no desafio diante do seu eterno rival, o Desportivo, ao ser goleada, por 7-3, em desafio das meias-finais da Taça 25 de Junho em Futsal.

FOI uma autêntica humilhação o que a Liga Muçulmana sofreu no desafio diante do seu eterno rival, o Desportivo
Os “alvi-negros” rubricaram uma exibição cinco “estrelas” que resultou numa vitória convincente, pois conseguiram aliar os processos de jogo muito bem mecanizados aos golos que foram surgindo naturalmente. Russo, que curiosamente representou a Liga, abriu o caminho para a humilhação com um golo de belo efeito. Mesmo em vantagem, as “águias”, que estavam endiabradas, não tiraram o pé do acelerador e procuraram a todo o custo sair para o intervalo com uma vantagem mais folgada, o que, aliás, se justificava. No entanto, tal não foi possível devido à falta de frieza dos atacantes nalgumas vezes.

Todavia, o melhor da equipa “alvi-negra” estava guardado para a etapa complementar. Foi nesse período que conseguiu colher na íntegra os frutos da produção ofensiva. Paulo, uma das figuras do “derby” mais apetitoso a nível nacional, ao anotar um “hat-trick”, fez o 2-0 para o Desportivo no reatar da segunda parte.

Era tranquilidade, mas que ficou tremida quando Óscar, na sequência de um livre, reduziu para 1-2. Paulo, que ainda estava com o pé “quente”, tratou de colocar o Desportivo a vencer, por 3-1, e deu igualmente o impulso que as “águias” precisavam para encetarem o voo para a goleada, até porque doutro lado estava uma Liga rendida ao “vendaval” ofensivo do seu rival.

Carlão, o jogador mais habilidoso da equipa, arrancou para uma exibição notável que foi coroada com três golos. Aliás, Carlão e Paulo foram os “carrascos” da Liga ao conseguirem um “hat-trick” cada.

Os outros golos da Liga foram apontados por Mandito e Egilo, que acabaram por minimizar a goleada, mas não chegaram para apagar o humilhante 7-3.

Noutras partidas das meias-finais, o Al Mahid venceu o Benfica, por 3-2. Os últimos três minutos foram caracterizados por muita emoção, visto que o Al Mahid estava a perder, por 1-2, e conseguiu fazer a reviravolta.

publicado por Vaxko Zakarias às 11:03
 O que é? |  O que é? | favorito

FOI uma autêntica humilhação o que a Liga Muçulmana sofreu no desafio diante do seu eterno rival, o Desportivo, ao ser goleada, por 7-3, em desafio das meias-finais da Taça 25 de Junho em Futsal.

FOI uma autêntica humilhação o que a Liga Muçulmana sofreu no desafio diante do seu eterno rival, o Desportivo
Os “alvi-negros” rubricaram uma exibição cinco “estrelas” que resultou numa vitória convincente, pois conseguiram aliar os processos de jogo muito bem mecanizados aos golos que foram surgindo naturalmente. Russo, que curiosamente representou a Liga, abriu o caminho para a humilhação com um golo de belo efeito. Mesmo em vantagem, as “águias”, que estavam endiabradas, não tiraram o pé do acelerador e procuraram a todo o custo sair para o intervalo com uma vantagem mais folgada, o que, aliás, se justificava. No entanto, tal não foi possível devido à falta de frieza dos atacantes nalgumas vezes.

Todavia, o melhor da equipa “alvi-negra” estava guardado para a etapa complementar. Foi nesse período que conseguiu colher na íntegra os frutos da produção ofensiva. Paulo, uma das figuras do “derby” mais apetitoso a nível nacional, ao anotar um “hat-trick”, fez o 2-0 para o Desportivo no reatar da segunda parte.

Era tranquilidade, mas que ficou tremida quando Óscar, na sequência de um livre, reduziu para 1-2. Paulo, que ainda estava com o pé “quente”, tratou de colocar o Desportivo a vencer, por 3-1, e deu igualmente o impulso que as “águias” precisavam para encetarem o voo para a goleada, até porque doutro lado estava uma Liga rendida ao “vendaval” ofensivo do seu rival.

Carlão, o jogador mais habilidoso da equipa, arrancou para uma exibição notável que foi coroada com três golos. Aliás, Carlão e Paulo foram os “carrascos” da Liga ao conseguirem um “hat-trick” cada.

Os outros golos da Liga foram apontados por Mandito e Egilo, que acabaram por minimizar a goleada, mas não chegaram para apagar o humilhante 7-3.

Noutras partidas das meias-finais, o Al Mahid venceu o Benfica, por 3-2. Os últimos três minutos foram caracterizados por muita emoção, visto que o Al Mahid estava a perder, por 1-2, e conseguiu fazer a reviravolta.

publicado por Vaxko Zakarias às 11:03
 O que é? |  O que é? | favorito


Deolinda Gimo atleta ao serviço da selecção nacional feminina de basquetebol
O TRIUNVIRATO Desportivo-A Politécnica A-Ferroviário, que se vem digladiando pela conquista do título de basquetebol da cidade de Maputo em seniores femininos, enfrenta esta noite uma jornada bastante calma, contando “a priori” com triunfos sem sobressaltos e consequente manutenção na liderança: “alvi-negras” e “universitárias” nas duas primeiras posições e “locomotivas” na terceira.

No pavilhão do Desportivo, a partir das 20.00 horas, realiza-se uma partida que noutros tempos seria o de maior cartel da ronda, dada a rivalidade entre os dois clubes, mas que, hoje por hoje, um se agigantou que nem uma flecha, inclusive a nível continental, enquanto o outro definhou. Trata-se do Desportivo-Maxaquene, no qual a formação treinada por Nazir Salé estará de certo modo descansada.

Os outros dois desafios da presente nona jornada realizam-se no pavilhão do Estrela Vermelha. Às 18.45 horas estarão em campo A Politécnica A e Académica, num diálogo “intelectual” que tem na turma de Mário da Conceição um vencedor antecipado.

Por seu turno, o Ferroviário, a partir das 20.00 horas, terá pela frente A Politécnica B, uma espécie de laboratório que o clube universitário criou este ano, mas, como é óbvio, ainda sem o pedal necessário para ombrear com as meninas de Hassane Adamo.

publicado por Vaxko Zakarias às 10:38
 O que é? |  O que é? | favorito


Deolinda Gimo atleta ao serviço da selecção nacional feminina de basquetebol
O TRIUNVIRATO Desportivo-A Politécnica A-Ferroviário, que se vem digladiando pela conquista do título de basquetebol da cidade de Maputo em seniores femininos, enfrenta esta noite uma jornada bastante calma, contando “a priori” com triunfos sem sobressaltos e consequente manutenção na liderança: “alvi-negras” e “universitárias” nas duas primeiras posições e “locomotivas” na terceira.

No pavilhão do Desportivo, a partir das 20.00 horas, realiza-se uma partida que noutros tempos seria o de maior cartel da ronda, dada a rivalidade entre os dois clubes, mas que, hoje por hoje, um se agigantou que nem uma flecha, inclusive a nível continental, enquanto o outro definhou. Trata-se do Desportivo-Maxaquene, no qual a formação treinada por Nazir Salé estará de certo modo descansada.

Os outros dois desafios da presente nona jornada realizam-se no pavilhão do Estrela Vermelha. Às 18.45 horas estarão em campo A Politécnica A e Académica, num diálogo “intelectual” que tem na turma de Mário da Conceição um vencedor antecipado.

Por seu turno, o Ferroviário, a partir das 20.00 horas, terá pela frente A Politécnica B, uma espécie de laboratório que o clube universitário criou este ano, mas, como é óbvio, ainda sem o pedal necessário para ombrear com as meninas de Hassane Adamo.

publicado por Vaxko Zakarias às 10:38
 O que é? |  O que é? | favorito

O ESPECTÁCULO, emoções e vibração estão de volta à cidade de Maputo, mais concretamente ao pavilhão do Maxaquene com o início a 27 do mês corrente da terceira edição da sensacional prova juvenil da bola-ao-cesto, o Básquete Show/Mcel.

Momento da realização do sorteio
E não podia ter índices de interesse mais “gritantes”, visto que o sorteio realizado ontem, no lançamento da competição, ditou que as Escolas Secundária do Estrela e da Matola, campeãs da primeira e segunda edições, respectivamente, calhassem no mesmo Grupo (A) e jogassem logo na jornada inaugural.

Este será o jogo de fortes atracções no início do mega-evento que se prevê movimente mais de 144 atletas das 12 escolas secundárias presentes, nomeadamente Matola, Estrela Vermelha, Polana, Francisco Manyanga, Josina Machel, Laulane, Zedequias Manganhela, Noroeste 1, Quisse Mavota, Zona Verde, Eduardo Mondlane e Sul-Africana, sendo que as três últimas são estreantes.

No Grupo B haverá um embate não menos interessante que irá colocar frente-a-frente a Francisco Manyanga e a Josina Machel, formações arqui-rivais

Para o Grupo C adivinha-se um confronto equilibrado entre Noroeste 1 e Polana, equipas que nas anteriores edições demonstram boa qualidade. É bem provável que este cenário, contrabalançado, caracterize o desafio entre a Zona Verde e a Zedequias Manganhela, visto serem “teams” que têm igualmente boa conta de si, sem terem ainda conseguido atingir o “top” da classificação.

Assim ficaram agrupadas as escolas: Grupo A: Matola, Estrela Vermelha e Sul-Africana; Grupo B – Francisco Manyanga, Josina Machel e Eduardo Mondlane; Grupo C: Noroeste 1, Polana e Quisse Mavota e Grupo D – Zona Verde, Zedequias Manganhela e Laulane.

O “Básquete Show”, para além do desporto, tem a particularidade de difundir e criar um espírito de amizade e de verdadeira festa entre as escolas, bem como promover outras actividades como a música e dança. É neste sentido que o grandioso evento conta com diversos concursos: de música e dança.

DEMONSTRAÇÃO E FESTA

Mas enquanto a prova não começa a sério, está agendado para amanhã o lançamento com as quatro primeiras classificadas da edição 2008, nomeadamente Escola Secundária da Matola, Francisco Manyanga, Zona Verde e Noroeste 1 a medirem forças mais para deixarem um “perfume” do que nos reserva este ano o “Básquete Show”.

Segundo o sorteio, Matola defronta Francisco Manyanga, enquanto Zona Verde mede forças com Noroeste. As vencedoras disputam a final. A anteceder o “quadrangular” a Dama do Bling fará as honras da abertura da competição que a cada ano tem ganho o seu espaço e feito alegria de milhares de moçambicanos.

publicado por Vaxko Zakarias às 10:28
 O que é? |  O que é? | favorito

O ESPECTÁCULO, emoções e vibração estão de volta à cidade de Maputo, mais concretamente ao pavilhão do Maxaquene com o início a 27 do mês corrente da terceira edição da sensacional prova juvenil da bola-ao-cesto, o Básquete Show/Mcel.

Momento da realização do sorteio
E não podia ter índices de interesse mais “gritantes”, visto que o sorteio realizado ontem, no lançamento da competição, ditou que as Escolas Secundária do Estrela e da Matola, campeãs da primeira e segunda edições, respectivamente, calhassem no mesmo Grupo (A) e jogassem logo na jornada inaugural.

Este será o jogo de fortes atracções no início do mega-evento que se prevê movimente mais de 144 atletas das 12 escolas secundárias presentes, nomeadamente Matola, Estrela Vermelha, Polana, Francisco Manyanga, Josina Machel, Laulane, Zedequias Manganhela, Noroeste 1, Quisse Mavota, Zona Verde, Eduardo Mondlane e Sul-Africana, sendo que as três últimas são estreantes.

No Grupo B haverá um embate não menos interessante que irá colocar frente-a-frente a Francisco Manyanga e a Josina Machel, formações arqui-rivais

Para o Grupo C adivinha-se um confronto equilibrado entre Noroeste 1 e Polana, equipas que nas anteriores edições demonstram boa qualidade. É bem provável que este cenário, contrabalançado, caracterize o desafio entre a Zona Verde e a Zedequias Manganhela, visto serem “teams” que têm igualmente boa conta de si, sem terem ainda conseguido atingir o “top” da classificação.

Assim ficaram agrupadas as escolas: Grupo A: Matola, Estrela Vermelha e Sul-Africana; Grupo B – Francisco Manyanga, Josina Machel e Eduardo Mondlane; Grupo C: Noroeste 1, Polana e Quisse Mavota e Grupo D – Zona Verde, Zedequias Manganhela e Laulane.

O “Básquete Show”, para além do desporto, tem a particularidade de difundir e criar um espírito de amizade e de verdadeira festa entre as escolas, bem como promover outras actividades como a música e dança. É neste sentido que o grandioso evento conta com diversos concursos: de música e dança.

DEMONSTRAÇÃO E FESTA

Mas enquanto a prova não começa a sério, está agendado para amanhã o lançamento com as quatro primeiras classificadas da edição 2008, nomeadamente Escola Secundária da Matola, Francisco Manyanga, Zona Verde e Noroeste 1 a medirem forças mais para deixarem um “perfume” do que nos reserva este ano o “Básquete Show”.

Segundo o sorteio, Matola defronta Francisco Manyanga, enquanto Zona Verde mede forças com Noroeste. As vencedoras disputam a final. A anteceder o “quadrangular” a Dama do Bling fará as honras da abertura da competição que a cada ano tem ganho o seu espaço e feito alegria de milhares de moçambicanos.

publicado por Vaxko Zakarias às 10:28
 O que é? |  O que é? | favorito


O FUTEBOL juvenil a nível da capital do país será alvo de um debate amanhã na sede da Provida, a partir das 9:00 horas.

A pequenada vai dando “show” de futebol
O encontro é promovido pela Associação de Treinadores da Cidade de Maputo e contará com a presença de técnicos de vários clubes da capital do Moçambola e de outros campeonatos, com particular destaque para os que lidam com o Torneio infanto-juvenil “Bebec”, competição donde já emergiram diversas estrelas, como são os casos de Dário Monteiro e Dominguez, hoje pedras nucleares dos Mambas.

A reunião terá um cariz informal onde se pretende fazer um balanço e colher sugestões dos métodos a usar para a criação de uma base sólida nos escalões de formação, que nos últimos anos não está a produzir efeitos práticos. Reflexo disso são os resultados das selecções nacionais nas provas que têm participado.

Outro ponto a ser abordado é a formação de técnicos, incidindo sobre o programa existente para dar uma melhor capacitação aos responsáveis pelo acompanhamento dos petizes no início da carreira; o modelo de jogo a implementar nas camadas de iniciação e o estágio actual do “Bebec”.

publicado por Vaxko Zakarias às 10:18
 O que é? |  O que é? | favorito


O FUTEBOL juvenil a nível da capital do país será alvo de um debate amanhã na sede da Provida, a partir das 9:00 horas.

A pequenada vai dando “show” de futebol
O encontro é promovido pela Associação de Treinadores da Cidade de Maputo e contará com a presença de técnicos de vários clubes da capital do Moçambola e de outros campeonatos, com particular destaque para os que lidam com o Torneio infanto-juvenil “Bebec”, competição donde já emergiram diversas estrelas, como são os casos de Dário Monteiro e Dominguez, hoje pedras nucleares dos Mambas.

A reunião terá um cariz informal onde se pretende fazer um balanço e colher sugestões dos métodos a usar para a criação de uma base sólida nos escalões de formação, que nos últimos anos não está a produzir efeitos práticos. Reflexo disso são os resultados das selecções nacionais nas provas que têm participado.

Outro ponto a ser abordado é a formação de técnicos, incidindo sobre o programa existente para dar uma melhor capacitação aos responsáveis pelo acompanhamento dos petizes no início da carreira; o modelo de jogo a implementar nas camadas de iniciação e o estágio actual do “Bebec”.

publicado por Vaxko Zakarias às 10:18
 O que é? |  O que é? | favorito

O BRASIL não teve problemas para vencer ontem os Estados Unidos, por 3-0, em Pretória, em desafio da segunda jornada do Grupo B da Taça das Confederações. O resultado deixa a selecção brasileira com seis pontos. Já os americanos seguem como “lanterna vermelha”, sem pontuar.

Esta selecção brasileira, recheada ...
A equipa treinada por Dunga dominou o primeiro tempo e abriu o marcador logo aos seis minutos. Maicon cobrou falta pela direita e Felipe Melo cabeceou para o fundo das redes. O segundo golo não demorou. Aos 19, após um erro dos norte-americanos na cobrança de um canto, o Brasil efectuou um rápido contra-ataque. Ramires avançou, deixou Robinho em posição privilegiada e o avançado do Manchester City concluiu com categoria.

Os pentacampeões mundiais ampliaram aos 15 minutos da segunda parte. Destaque da partida, Maicon fez triangulação com Kaká e Ramires, e chutou forte para o golo de Howard.

Noutra partida do grupo, o Egipto venceu a Itália por 1-0.

A próxima jornada está marcada para domingo, com os dois jogos a realizarem-se às 20.30 horas. O Brasil fará o clássico com a Itália, em Pretória, enquanto os EUA jogam com o Egipto, em Rustenburg.

O Grupo A é comandado pela Espanha com seis pontos, seguido pela África do Sul com quatro. O Iraque ocupa o terceiro lugar com um ponto, enquanto a Nova Zelândia é o último classificado com zero.

publicado por Vaxko Zakarias às 10:02
 O que é? |  O que é? | favorito

O BRASIL não teve problemas para vencer ontem os Estados Unidos, por 3-0, em Pretória, em desafio da segunda jornada do Grupo B da Taça das Confederações. O resultado deixa a selecção brasileira com seis pontos. Já os americanos seguem como “lanterna vermelha”, sem pontuar.

Esta selecção brasileira, recheada ...
A equipa treinada por Dunga dominou o primeiro tempo e abriu o marcador logo aos seis minutos. Maicon cobrou falta pela direita e Felipe Melo cabeceou para o fundo das redes. O segundo golo não demorou. Aos 19, após um erro dos norte-americanos na cobrança de um canto, o Brasil efectuou um rápido contra-ataque. Ramires avançou, deixou Robinho em posição privilegiada e o avançado do Manchester City concluiu com categoria.

Os pentacampeões mundiais ampliaram aos 15 minutos da segunda parte. Destaque da partida, Maicon fez triangulação com Kaká e Ramires, e chutou forte para o golo de Howard.

Noutra partida do grupo, o Egipto venceu a Itália por 1-0.

A próxima jornada está marcada para domingo, com os dois jogos a realizarem-se às 20.30 horas. O Brasil fará o clássico com a Itália, em Pretória, enquanto os EUA jogam com o Egipto, em Rustenburg.

O Grupo A é comandado pela Espanha com seis pontos, seguido pela África do Sul com quatro. O Iraque ocupa o terceiro lugar com um ponto, enquanto a Nova Zelândia é o último classificado com zero.

publicado por Vaxko Zakarias às 10:02
 O que é? |  O que é? | favorito

O Egipto venceu esta quinta-feira a Itália por 1-0 e travou o acesso imediato dos campeões do Mundo às meias-finais da Taça dos Confederações de futebol, a decorrer na África do Sul.

Destaque da seleção egípcia
Na segunda jornada do Grupo B e depois de ter perdido com o Brasil na ronda inaugural, mas apenas por 4-3, a selecção egípcia, 40ª no ranking mundial, marcou aos 40 minutos, por intermédio de Homos.

Desta forma, e com o Brasil com seis pontos, o Egipto passa a somar três, os mesmos que a Itália.

A decisão quanto aos dois semi-finalistas deste Grupo realiza-se apenas na terceira jornada.

Brasil e Itália defrontam-se entre si, tal como Egipto e Estados Unidos.

publicado por Vaxko Zakarias às 09:31
 O que é? |  O que é? | favorito

O Egipto venceu esta quinta-feira a Itália por 1-0 e travou o acesso imediato dos campeões do Mundo às meias-finais da Taça dos Confederações de futebol, a decorrer na África do Sul.

Destaque da seleção egípcia
Na segunda jornada do Grupo B e depois de ter perdido com o Brasil na ronda inaugural, mas apenas por 4-3, a selecção egípcia, 40ª no ranking mundial, marcou aos 40 minutos, por intermédio de Homos.

Desta forma, e com o Brasil com seis pontos, o Egipto passa a somar três, os mesmos que a Itália.

A decisão quanto aos dois semi-finalistas deste Grupo realiza-se apenas na terceira jornada.

Brasil e Itália defrontam-se entre si, tal como Egipto e Estados Unidos.

publicado por Vaxko Zakarias às 09:31
 O que é? |  O que é? | favorito
Junho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
14
15
20
21
24
25
26
27
28
29
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO