Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Quinta-feira, 16 DE Abril 2009

JÁ é conhecido o lote dos pré-convocados da Selecção Nacional de Hóquei em Patins que na próxima semana iniciará a preparação tendo em vista a sua participação no Campeonato do Mundo da modalidade do Grupo “A” que se realiza de 3 a 11 de Julho nas cidades espanholas de Vigo e Pontevedra.

Bruno Adrião, um dos mais experientes da turma nacional,
Ao todo são 21 os jogadores que foram chamados a integrar o combinado nacional, sendo que o Desportivo com sete, e o Ferroviário com cinco são as equipas que contribuem com a maior parte.

Porém, a nota de destaque da pré-convocatória vai para a estreia de Mercê Mungi na equipa nacional. Mungói deixou boas indicações no Torneio de Abertura e na Taça Fernando Duarte, e mereceu, por isso, a confiança de Pedro Pimentel para integrar o lote dos 21 atletas que lutarão para constar da convocatória final que será de dez jogadores. O jovem estreante é o único jogador do Estrela Vermelha convocado para esta difícil e honrosa missão.

O facto de apenas dez dos 21 pré-convocados poderem seguir para Espanha obrigará os jogadores a um empenho feroz nos treinos se se atender que ninguém quererá ficar de fora da “operação” Vigo. É nesta cidade, a sede do “Mundial”, que Moçambique, juntamente com a Espanha, selecção anfitriã, Angola e Colômbia, irá disputar a fase de grupos.

Nesta que é a 39ª edição, a turma nacional terá como principal adversário na luta pelos “quartos” a sua congénere de Angola, se se atender que a Espanha, bicampeã do mundo, acabará transitando para a próxima fase com maior ou menor dificuldade.

A Colômbia é teoricamente a mais acessível do grupo. Posto isso, adivinha-se uma luta titânica entre moçambicanos e angolanos pelo segundo lugar.

Um feito que Moçambique tentará repetir depois de o ter alcançado em San Juan, Argentina, em 2001, onde obteve a melhor classificação de sempre, o oitavo lugar, mercê da vitória frente à Suíça na fase de grupos, que valeu pela primeira vez o apuramento para os quartos-de-final.

BRUNO ADRIÃO PODERÁ NÃO ESTAR

O defesa Bruno Adrião, um dos mais experientes da turma nacional, é daqueles jogadores que Pedro Pimentel gostaria de ter no “Mundial” dada a sua qualidade técnica, táctica e até física. Aspectos que ficaram evidentes no “Mundial” de Montevideu 2006 e Montreux 2007. No entanto, o jogador não parece estar disposto a integrar a equipa alegando ser altura de “pendurar” o stick, pelo menos, ao mais alto nível. Bruno Adrião está actualmente sem clube.

A confirmar-se esta ausência será seguramente uma baixa de vulto para a equipa nacional que tem como principal objectivo melhorar o nono lugar obtido em Montreux-2007.

De resto, todos os outros jogadores que evoluem em Portugal já confirmaram a sua presença. Trata-se do guarda-redes Nuno Adrião, e dos avançados José Soares e Paulo Pereira, sendo que este último destacou-se nos últimos campeonatos do mundo como o melhor marcador da selecção.

Para além da Espanha, que jogará na condição de bicampeã do mundo e de anfitriã, Portugal, Argentina e Itália são os crónicos favoritos a conquistar o ceptro.

Eis a composição dos grupos: Grupo A (Vigo): Espanha, Angola, Moçambique e Colômbia; Grupo B (Vigo): Suíça, Brasil, Andorra e Holanda; Grupo C (Pontevedra): Argentina, Portugal, Chile e EUA e Grupo D (Pontevedra): Itália, França, Alemanha e Inglaterra.

EIS A PRÉ-CONVOCATÓRIA

DESPORTIVO: Arnaldo Queiroz, Nuno Tavares, Nelson Costa, Hélder Costa, David Pimentel, José Wilson Sigallete (Siga) e Bruno Pimentel.

FERROVIÁRIO: Lucas Cossa, Ivan Esculudes (Maninho), Spiros Esculudes (Kiko), Nelson Miquessene (Mafamba) e Ilídio Canda.

MAXAQUENE: Hélder Mateus, Stélio Paulo, Josuel dos Santos e Arsénio Farranguane.

ESTRELA VERMELHA: Mercê Mungói.

CLUBE HÓQUEI DE CASCAIS: Paulo Pereira.

SANTA CLARA: José Soares.

CLUBE DE OEIRAS: Nuno Adrião

Bruno Adrião (sem clube)

publicado por Vaxko Zakarias às 14:14
 O que é? |  O que é? | favorito

JÁ é conhecido o lote dos pré-convocados da Selecção Nacional de Hóquei em Patins que na próxima semana iniciará a preparação tendo em vista a sua participação no Campeonato do Mundo da modalidade do Grupo “A” que se realiza de 3 a 11 de Julho nas cidades espanholas de Vigo e Pontevedra.

Bruno Adrião, um dos mais experientes da turma nacional,
Ao todo são 21 os jogadores que foram chamados a integrar o combinado nacional, sendo que o Desportivo com sete, e o Ferroviário com cinco são as equipas que contribuem com a maior parte.

Porém, a nota de destaque da pré-convocatória vai para a estreia de Mercê Mungi na equipa nacional. Mungói deixou boas indicações no Torneio de Abertura e na Taça Fernando Duarte, e mereceu, por isso, a confiança de Pedro Pimentel para integrar o lote dos 21 atletas que lutarão para constar da convocatória final que será de dez jogadores. O jovem estreante é o único jogador do Estrela Vermelha convocado para esta difícil e honrosa missão.

O facto de apenas dez dos 21 pré-convocados poderem seguir para Espanha obrigará os jogadores a um empenho feroz nos treinos se se atender que ninguém quererá ficar de fora da “operação” Vigo. É nesta cidade, a sede do “Mundial”, que Moçambique, juntamente com a Espanha, selecção anfitriã, Angola e Colômbia, irá disputar a fase de grupos.

Nesta que é a 39ª edição, a turma nacional terá como principal adversário na luta pelos “quartos” a sua congénere de Angola, se se atender que a Espanha, bicampeã do mundo, acabará transitando para a próxima fase com maior ou menor dificuldade.

A Colômbia é teoricamente a mais acessível do grupo. Posto isso, adivinha-se uma luta titânica entre moçambicanos e angolanos pelo segundo lugar.

Um feito que Moçambique tentará repetir depois de o ter alcançado em San Juan, Argentina, em 2001, onde obteve a melhor classificação de sempre, o oitavo lugar, mercê da vitória frente à Suíça na fase de grupos, que valeu pela primeira vez o apuramento para os quartos-de-final.

BRUNO ADRIÃO PODERÁ NÃO ESTAR

O defesa Bruno Adrião, um dos mais experientes da turma nacional, é daqueles jogadores que Pedro Pimentel gostaria de ter no “Mundial” dada a sua qualidade técnica, táctica e até física. Aspectos que ficaram evidentes no “Mundial” de Montevideu 2006 e Montreux 2007. No entanto, o jogador não parece estar disposto a integrar a equipa alegando ser altura de “pendurar” o stick, pelo menos, ao mais alto nível. Bruno Adrião está actualmente sem clube.

A confirmar-se esta ausência será seguramente uma baixa de vulto para a equipa nacional que tem como principal objectivo melhorar o nono lugar obtido em Montreux-2007.

De resto, todos os outros jogadores que evoluem em Portugal já confirmaram a sua presença. Trata-se do guarda-redes Nuno Adrião, e dos avançados José Soares e Paulo Pereira, sendo que este último destacou-se nos últimos campeonatos do mundo como o melhor marcador da selecção.

Para além da Espanha, que jogará na condição de bicampeã do mundo e de anfitriã, Portugal, Argentina e Itália são os crónicos favoritos a conquistar o ceptro.

Eis a composição dos grupos: Grupo A (Vigo): Espanha, Angola, Moçambique e Colômbia; Grupo B (Vigo): Suíça, Brasil, Andorra e Holanda; Grupo C (Pontevedra): Argentina, Portugal, Chile e EUA e Grupo D (Pontevedra): Itália, França, Alemanha e Inglaterra.

EIS A PRÉ-CONVOCATÓRIA

DESPORTIVO: Arnaldo Queiroz, Nuno Tavares, Nelson Costa, Hélder Costa, David Pimentel, José Wilson Sigallete (Siga) e Bruno Pimentel.

FERROVIÁRIO: Lucas Cossa, Ivan Esculudes (Maninho), Spiros Esculudes (Kiko), Nelson Miquessene (Mafamba) e Ilídio Canda.

MAXAQUENE: Hélder Mateus, Stélio Paulo, Josuel dos Santos e Arsénio Farranguane.

ESTRELA VERMELHA: Mercê Mungói.

CLUBE HÓQUEI DE CASCAIS: Paulo Pereira.

SANTA CLARA: José Soares.

CLUBE DE OEIRAS: Nuno Adrião

Bruno Adrião (sem clube)

publicado por Vaxko Zakarias às 14:14
 O que é? |  O que é? | favorito

“EM relação às outras equipas estamos muito atrasados no programa de preparação. Estamos a sensivelmente dois meses e meio do início do “Mundial” e a selecção ainda não começou a treinar.

Bruno Pimentel, “capitão” da Selecção Nacional de Hoquei
Se não iniciarmos os treinos já, penso que não teremos muitas chances de passar da fase de grupos”, desabafou o “capitão”, Bruno Pimentel, apelando aos dirigentes a apreçarem a criação de condições para o início do programa preparatório.

Para o “capitão”, é preciso criar condições para que os atletas da Selecção Nacional possam realizar jogos de controlo frente às equipas estrangeiras com outro nível competitivo. “Os torneios internos não podem ser considerados de preparação, porque eles já são deficitários. Estamos a falar de um campeonato do Grupo “A” onde estarão presentes as melhores selecções mundiais e teremos que encarar com mais seriedade se quisermos atingir os nossos objectivos”, frisou.

ANGOLA ESTÁ FORTE

Ainda no âmbito da preparação das selecções nacionais, elogiou o trabalho que Angola, adversário de Moçambique na fase de grupos, tem vindo a desenvolver de uns anos para cá.

Aquele atleta com mais internacionalizações na Selecção Nacional disse ter ficado impressionado com a qualidade do hóquei angolano no Torneio de Montreux. “A selecção angolana está muito forte a todos os níveis. Creio que se não começarmos a “mexer” algo agora, não teremos muitas chances quando formos a jogar contra eles”, defendeu.

Segundo Bruno Pimentel, a equipa moçambicana deve aprimorar sobretudo o aspecto físico. “A preparação deve incidir mais na preparação física. Acho que este aspecto é a nossa principal lacuna”, anotou.

publicado por Vaxko Zakarias às 13:27
 O que é? |  O que é? | favorito

“EM relação às outras equipas estamos muito atrasados no programa de preparação. Estamos a sensivelmente dois meses e meio do início do “Mundial” e a selecção ainda não começou a treinar.

Bruno Pimentel, “capitão” da Selecção Nacional de Hoquei
Se não iniciarmos os treinos já, penso que não teremos muitas chances de passar da fase de grupos”, desabafou o “capitão”, Bruno Pimentel, apelando aos dirigentes a apreçarem a criação de condições para o início do programa preparatório.

Para o “capitão”, é preciso criar condições para que os atletas da Selecção Nacional possam realizar jogos de controlo frente às equipas estrangeiras com outro nível competitivo. “Os torneios internos não podem ser considerados de preparação, porque eles já são deficitários. Estamos a falar de um campeonato do Grupo “A” onde estarão presentes as melhores selecções mundiais e teremos que encarar com mais seriedade se quisermos atingir os nossos objectivos”, frisou.

ANGOLA ESTÁ FORTE

Ainda no âmbito da preparação das selecções nacionais, elogiou o trabalho que Angola, adversário de Moçambique na fase de grupos, tem vindo a desenvolver de uns anos para cá.

Aquele atleta com mais internacionalizações na Selecção Nacional disse ter ficado impressionado com a qualidade do hóquei angolano no Torneio de Montreux. “A selecção angolana está muito forte a todos os níveis. Creio que se não começarmos a “mexer” algo agora, não teremos muitas chances quando formos a jogar contra eles”, defendeu.

Segundo Bruno Pimentel, a equipa moçambicana deve aprimorar sobretudo o aspecto físico. “A preparação deve incidir mais na preparação física. Acho que este aspecto é a nossa principal lacuna”, anotou.

publicado por Vaxko Zakarias às 13:27
 O que é? |  O que é? | favorito

O HOQUISTA do Desportivo José Wilson Sigallete foi suspenso por seis jogos por ter agredido Ilídio Canda, atleta do Ferroviário, e Ernestino Gabriel, árbitro, no decurso da partida que a sua equipa realizou frente aos “locomotivas” para a Taça Fernando Duarte.

Wilson Sigallete (Desportivo)
A decisão foi tomada recentemente pelo Conselho de Disciplina da Associação de Patinagem da Cidade de Maputo (APCM) que depois de analisar o caso ao pormenor decidiu penalizar o atleta que assim falhará todos os jogos do Torneio de Preparação, cujo início está aprazado para sábado.

Siga, como é conhecido nos meandros desportivos, não jogará ainda nas primeiras três jornadas do Campeonato da Cidade. Os “alvi-negros” terão assim uma baixa de vulto para os seis jogos que se seguem, uma vez que Siga desempenha um papel fundamental no “xadrez” de Pedro Pimentel.

O atleta, um dos mais experientes da Selecção Nacional, perderá assim alguns jogos que serviriam da sua preparação para o Campeonato do Mundo que se realiza de 3 a 10 de Julho nas cidades de Vigo e Montevideu, Espanha.

publicado por Vaxko Zakarias às 12:47
 O que é? |  O que é? | favorito

O HOQUISTA do Desportivo José Wilson Sigallete foi suspenso por seis jogos por ter agredido Ilídio Canda, atleta do Ferroviário, e Ernestino Gabriel, árbitro, no decurso da partida que a sua equipa realizou frente aos “locomotivas” para a Taça Fernando Duarte.

Wilson Sigallete (Desportivo)
A decisão foi tomada recentemente pelo Conselho de Disciplina da Associação de Patinagem da Cidade de Maputo (APCM) que depois de analisar o caso ao pormenor decidiu penalizar o atleta que assim falhará todos os jogos do Torneio de Preparação, cujo início está aprazado para sábado.

Siga, como é conhecido nos meandros desportivos, não jogará ainda nas primeiras três jornadas do Campeonato da Cidade. Os “alvi-negros” terão assim uma baixa de vulto para os seis jogos que se seguem, uma vez que Siga desempenha um papel fundamental no “xadrez” de Pedro Pimentel.

O atleta, um dos mais experientes da Selecção Nacional, perderá assim alguns jogos que serviriam da sua preparação para o Campeonato do Mundo que se realiza de 3 a 10 de Julho nas cidades de Vigo e Montevideu, Espanha.

publicado por Vaxko Zakarias às 12:47
 O que é? |  O que é? | favorito

NAMPULA deu um passo, a nível da zona norte, rumo à qualificação para a fase final dos torneios regionais de futebol envolvendo as selecções provinciais de Sub-17, ao vencer a sua congénere do Niassa, por 3-0, em partida da primeira jornada realizada na tarde de ontem no campo do Ferroviário local.

MIGUEL Chau, técnico-adjunto dos **“Mambas”**
Os nampulenses voltam a jogar hoje com Cabo Delgado, partida que poderá definir a sua sorte. Em caso de vitória, os nampulenses transitam imediatamente, uma vez que a prova é disputada num sistema de todos contra todos e numa única volta.

A fase regional norte conclui-se amanhã com a realização do jogo entre Niassa e Cabo Delgado.

De salientar que a Federação Moçambicana de Futebol (FMF), promotora do evento, fez deslocar a Nampula o adjunto-técnico dos “Mambas”, Miguel Chau, para acompanhar de perto a evolução de talentos que integram as selecções da região no âmbito do seu plano de pesquisa de futuros “Mambas”.

publicado por Vaxko Zakarias às 12:46
 O que é? |  O que é? | favorito

NAMPULA deu um passo, a nível da zona norte, rumo à qualificação para a fase final dos torneios regionais de futebol envolvendo as selecções provinciais de Sub-17, ao vencer a sua congénere do Niassa, por 3-0, em partida da primeira jornada realizada na tarde de ontem no campo do Ferroviário local.

MIGUEL Chau, técnico-adjunto dos **“Mambas”**
Os nampulenses voltam a jogar hoje com Cabo Delgado, partida que poderá definir a sua sorte. Em caso de vitória, os nampulenses transitam imediatamente, uma vez que a prova é disputada num sistema de todos contra todos e numa única volta.

A fase regional norte conclui-se amanhã com a realização do jogo entre Niassa e Cabo Delgado.

De salientar que a Federação Moçambicana de Futebol (FMF), promotora do evento, fez deslocar a Nampula o adjunto-técnico dos “Mambas”, Miguel Chau, para acompanhar de perto a evolução de talentos que integram as selecções da região no âmbito do seu plano de pesquisa de futuros “Mambas”.

publicado por Vaxko Zakarias às 12:46
 O que é? |  O que é? | favorito

MOÇAMBIQUE e Itália vão, em breve, reforçar os laços de cooperação no capítulo desportivo, principalmente na área de formação de técnicos, tendo em vista a pesquisa de talentos e a sua preparação para os próximos compromissos internacionais em que o nosso país estará envolvido.

Pescanti (esq.), o embaixador italiano e o presidente do COM (centro)
Para o efeito, ontem, o Comité Olímpico Nacional (COM) recebeu a visita do Presidente do Comité Olímpico Italiano, Mario Pescanti, que é igualmente membro do Comité Executivo do Comité Olímpico Internacional, que se comprometeu a tudo fazer para que os apoios tanto da Itália como do Comité Olímpico Internacional cheguem a Moçambique, pois, segundo ele, o desporto é o único veículo que une os povos e é através dele que os povos se conhecem melhor.

Pescanti, que se fazia acompanhar do Embaixador da Itália em Moçambique, Carlo Lo Cascio, comprometeu-se igualmente a trabalhar junto da federação de futebol do seu país para que a selecção italiana realize um jogo em Moçambique antes do Campeonato do Mundo, que se realiza na vizinha África do Sul, caso se qualifique para essa prova.

Mas é no capítulo da formação de técnicos que Pescanti aposta. Quer que Moçambique tenha técnicos qualificados, porque só assim é que poderão pesquisar bons talentos, sem contudo, precisar como se concretizará esse projecto.

Entretanto, ainda no quadro da cooperação entre os dois países, chega hoje a Maputo uma delegação italiana ligada ao ciclismo que deverá manter conversações com a parte moçambicana no quadro da já tradicional Volta à Itália de Bicicleta.

Na sexta-feira, segundo soube a nossa Reportagem, será rubricado um acordo entre as duas partes, uma vez que a Itália pretende ajudar o nosso país na área de ciclismo.

publicado por Vaxko Zakarias às 12:39
 O que é? |  O que é? | favorito

MOÇAMBIQUE e Itália vão, em breve, reforçar os laços de cooperação no capítulo desportivo, principalmente na área de formação de técnicos, tendo em vista a pesquisa de talentos e a sua preparação para os próximos compromissos internacionais em que o nosso país estará envolvido.

Pescanti (esq.), o embaixador italiano e o presidente do COM (centro)
Para o efeito, ontem, o Comité Olímpico Nacional (COM) recebeu a visita do Presidente do Comité Olímpico Italiano, Mario Pescanti, que é igualmente membro do Comité Executivo do Comité Olímpico Internacional, que se comprometeu a tudo fazer para que os apoios tanto da Itália como do Comité Olímpico Internacional cheguem a Moçambique, pois, segundo ele, o desporto é o único veículo que une os povos e é através dele que os povos se conhecem melhor.

Pescanti, que se fazia acompanhar do Embaixador da Itália em Moçambique, Carlo Lo Cascio, comprometeu-se igualmente a trabalhar junto da federação de futebol do seu país para que a selecção italiana realize um jogo em Moçambique antes do Campeonato do Mundo, que se realiza na vizinha África do Sul, caso se qualifique para essa prova.

Mas é no capítulo da formação de técnicos que Pescanti aposta. Quer que Moçambique tenha técnicos qualificados, porque só assim é que poderão pesquisar bons talentos, sem contudo, precisar como se concretizará esse projecto.

Entretanto, ainda no quadro da cooperação entre os dois países, chega hoje a Maputo uma delegação italiana ligada ao ciclismo que deverá manter conversações com a parte moçambicana no quadro da já tradicional Volta à Itália de Bicicleta.

Na sexta-feira, segundo soube a nossa Reportagem, será rubricado um acordo entre as duas partes, uma vez que a Itália pretende ajudar o nosso país na área de ciclismo.

publicado por Vaxko Zakarias às 12:39
 O que é? |  O que é? | favorito

CERCA de 4000 pessoas participaram num Festival de Ginástica Aeróbica, sob o lema “Mulher Saudável”, realizado recentemente nas cidades da Matola, Xai-Xai, Inhambane, Beira e Pemba

O festival juntou 4000 pessoas na sua maioria mulheres
Foi uma mega actividade desportiva alusiva à semana da mulher moçambicana que mexeu com as três zonas do país (norte, centro e sul), tendo como principal destaque a ginástica, composta por sessões de aeróbica e demonstrações de rope skipping, ginástica acrobática e karaté.

Participaram naquele que foi um festival inédito pessoas das mais variadas idades, com as crianças e os idosos a terem também o seu espaço para desenvolverem a actividade desportiva.

O evento foi promovido pela Federação de Ginástica de Moçambique (FGYM) em parceria com as Associações de Ginástica de Inhambane, província de Maputo, Gaza, Sofala e Cabo Delgado e contou com o apoio do Gabinete da Primeira-Dama.

publicado por Vaxko Zakarias às 11:36
 O que é? |  O que é? | favorito

CERCA de 4000 pessoas participaram num Festival de Ginástica Aeróbica, sob o lema “Mulher Saudável”, realizado recentemente nas cidades da Matola, Xai-Xai, Inhambane, Beira e Pemba

O festival juntou 4000 pessoas na sua maioria mulheres
Foi uma mega actividade desportiva alusiva à semana da mulher moçambicana que mexeu com as três zonas do país (norte, centro e sul), tendo como principal destaque a ginástica, composta por sessões de aeróbica e demonstrações de rope skipping, ginástica acrobática e karaté.

Participaram naquele que foi um festival inédito pessoas das mais variadas idades, com as crianças e os idosos a terem também o seu espaço para desenvolverem a actividade desportiva.

O evento foi promovido pela Federação de Ginástica de Moçambique (FGYM) em parceria com as Associações de Ginástica de Inhambane, província de Maputo, Gaza, Sofala e Cabo Delgado e contou com o apoio do Gabinete da Primeira-Dama.

publicado por Vaxko Zakarias às 11:36
 O que é? |  O que é? | favorito

NUM encontro fantástico, o Liverpool chegou, por duas vezes, a sonhar com a reviravolta na eliminatória em Stamford Bridge. Foi para o intervalo a vencer por 2-0, o Chelsea reagiu no início da segunda parte e deu a volta ao marcador, o Liverpool ainda chegou aos 4-3, mas Frank Lampard fechou a contagem em 4-4.

A fasta do Chelsea
Apostado em dar a volta à desvantagem de 3-1 que trazia da primeira “mão”, o Liverpool ganhou vantagem por intermédio de Fábio Aurélio, à passagem dos 17 minutos e, de penalte, Xabi Alonso elevou para 2-0 perto da meia-hora de jogo. No segundo tempo, o Chelsea reagiu e deu a volta ao marcador, com golos de Didier Drogba, Alex e Frank Lampard, mas o Liverpool voltou à discussão da eliminatória e recolocou-se na frente com tentos de Lucas e Dirk Kuyt. Contudo, novo golo de Lampard, aos 89 minutos, acabou com as esperanças dos “reds”.

LIVERPOOL GANHA VANTAGEM

O Liverpool entrou em campo sem Steven Gerrard, que não recuperou de uma lesão. O encontro começou calmo até que, aos dez minutos, Fernando Torres e Lampard criaram os primeiros lances de perigo para as respectivas equipas.

Era, contudo, o Liverpool que dominava, tentando recuperar da desvantagem na eliminatória, e chegou ao golo à passagem do minuto 17, por intermédio de Fábio Aurélio, na transformação de um livre directo batido da direita que surpreendeu Petr Cech.

ALONSO MARCA DE PENALTE

O golo motivou o Liverpool, que continuou a pressionar, e o segundo golo surgiu dez minutos depois. Branislav Ivanovic agarrou Alonso na área e o árbitro da partida não teve dúvidas em assinalar grande penalidade, que o próprio Alonso converteu com êxito. A perder por 2-0, o Chelsea despertou, criando algumas dores de cabeça à defesa do Liverpool, mas o lance de maior perigo antes do intervalo voltou a pertencer aos visitantes, com Kuyt a rematar de cabeça para magnífica defesa de Cech.

CHELSEA RESPONDE

O Chelsea entrou mais forte no segundo tempo e reduziu a desvantagem aos 51 minutos. Nicolas Anelka cruzou da direita para Drogba, que desviou a bola na direcção da baliza, e Pepe Reina não conseguiu segurar, com a bola a entrar. O Liverpool acusou o golo sofrido e Alex, de livre directo, restabeleceu a igualdade no encontro, aos 57 minutos. O defesa brasileiro desferiu um remate fortíssimo que não deu quaisquer hipóteses de defesa a Reina.

FINAL ALUCINANTE

As contas voltavam a estar complicadas para o Liverpool, que precisava de mais dois golos para dar a volta à eliminatória. Os pupilos de Rafael Benítez estiveram perto de marcar, mas concediam agora muitos espaços na sua defesa e o Chelsea aproveitou para completar a reviravolta no marcador. Aos 76 minutos, a bola chegou a Drogba que, já na área, assistiu Lampard para o 3-2.

Tudo parecia decidido, mas o Liverpool não baixou os braços e, em dois minutos, voltou à vantagem no marcador. Primeiro foi Lucas a fazer o 3-3, num remate de longe que sofreu um desvio em Essien e, aos 83 minutos, foi Kuyt a marcar, de cabeça. Faltava apenas um golo ao Liverpool para completar o milagre, mas Lampard voltou a surgir em socorro do Chelsea e fez o 4-4 final pouco depois, com um remate à entrada da área.

Houve ainda tempo para Essien salvar sobre a linha de golo aquele que seria o tento da vitória do Liverpool, e os londrinos garantiram mesmo a passagem às meias-finais, onde irão encontrar o Barcelona, que terça-feira empatou com o Bayern de Munique, a um golo, noutro jogo dos quartos-de-final. Os “catalães” tinham vencido na primeira “mão”, por 4-0.

RESULTADOS DOS JOGOS DE ONTEM

FC Porto-Manchester United 0-1 (Apurado o Man. United)

Arsenal-Villarreal 3-0 (Apurado o Arsenal)

publicado por Vaxko Zakarias às 11:26
 O que é? |  O que é? | favorito

NUM encontro fantástico, o Liverpool chegou, por duas vezes, a sonhar com a reviravolta na eliminatória em Stamford Bridge. Foi para o intervalo a vencer por 2-0, o Chelsea reagiu no início da segunda parte e deu a volta ao marcador, o Liverpool ainda chegou aos 4-3, mas Frank Lampard fechou a contagem em 4-4.

A fasta do Chelsea
Apostado em dar a volta à desvantagem de 3-1 que trazia da primeira “mão”, o Liverpool ganhou vantagem por intermédio de Fábio Aurélio, à passagem dos 17 minutos e, de penalte, Xabi Alonso elevou para 2-0 perto da meia-hora de jogo. No segundo tempo, o Chelsea reagiu e deu a volta ao marcador, com golos de Didier Drogba, Alex e Frank Lampard, mas o Liverpool voltou à discussão da eliminatória e recolocou-se na frente com tentos de Lucas e Dirk Kuyt. Contudo, novo golo de Lampard, aos 89 minutos, acabou com as esperanças dos “reds”.

LIVERPOOL GANHA VANTAGEM

O Liverpool entrou em campo sem Steven Gerrard, que não recuperou de uma lesão. O encontro começou calmo até que, aos dez minutos, Fernando Torres e Lampard criaram os primeiros lances de perigo para as respectivas equipas.

Era, contudo, o Liverpool que dominava, tentando recuperar da desvantagem na eliminatória, e chegou ao golo à passagem do minuto 17, por intermédio de Fábio Aurélio, na transformação de um livre directo batido da direita que surpreendeu Petr Cech.

ALONSO MARCA DE PENALTE

O golo motivou o Liverpool, que continuou a pressionar, e o segundo golo surgiu dez minutos depois. Branislav Ivanovic agarrou Alonso na área e o árbitro da partida não teve dúvidas em assinalar grande penalidade, que o próprio Alonso converteu com êxito. A perder por 2-0, o Chelsea despertou, criando algumas dores de cabeça à defesa do Liverpool, mas o lance de maior perigo antes do intervalo voltou a pertencer aos visitantes, com Kuyt a rematar de cabeça para magnífica defesa de Cech.

CHELSEA RESPONDE

O Chelsea entrou mais forte no segundo tempo e reduziu a desvantagem aos 51 minutos. Nicolas Anelka cruzou da direita para Drogba, que desviou a bola na direcção da baliza, e Pepe Reina não conseguiu segurar, com a bola a entrar. O Liverpool acusou o golo sofrido e Alex, de livre directo, restabeleceu a igualdade no encontro, aos 57 minutos. O defesa brasileiro desferiu um remate fortíssimo que não deu quaisquer hipóteses de defesa a Reina.

FINAL ALUCINANTE

As contas voltavam a estar complicadas para o Liverpool, que precisava de mais dois golos para dar a volta à eliminatória. Os pupilos de Rafael Benítez estiveram perto de marcar, mas concediam agora muitos espaços na sua defesa e o Chelsea aproveitou para completar a reviravolta no marcador. Aos 76 minutos, a bola chegou a Drogba que, já na área, assistiu Lampard para o 3-2.

Tudo parecia decidido, mas o Liverpool não baixou os braços e, em dois minutos, voltou à vantagem no marcador. Primeiro foi Lucas a fazer o 3-3, num remate de longe que sofreu um desvio em Essien e, aos 83 minutos, foi Kuyt a marcar, de cabeça. Faltava apenas um golo ao Liverpool para completar o milagre, mas Lampard voltou a surgir em socorro do Chelsea e fez o 4-4 final pouco depois, com um remate à entrada da área.

Houve ainda tempo para Essien salvar sobre a linha de golo aquele que seria o tento da vitória do Liverpool, e os londrinos garantiram mesmo a passagem às meias-finais, onde irão encontrar o Barcelona, que terça-feira empatou com o Bayern de Munique, a um golo, noutro jogo dos quartos-de-final. Os “catalães” tinham vencido na primeira “mão”, por 4-0.

RESULTADOS DOS JOGOS DE ONTEM

FC Porto-Manchester United 0-1 (Apurado o Man. United)

Arsenal-Villarreal 3-0 (Apurado o Arsenal)

publicado por Vaxko Zakarias às 11:26
 O que é? |  O que é? | favorito

O TROFÉU do Campeonato do Mundo vai realizar um périplo por africanos 50 países em 70 dias a partir de 24 de Setembro próximo no Cairo, no Egipto, segundo a FIFA e a Coca-Cola

Troféu do “Mundial”-2010
Esta viagem sem precedentes por África faz parte dos eventos com vista a promover o “Mundial” de 2010 na África do Sul, que será o primeiro organizado no Continente Africano.

A primeira etapa da viagem deverá terminar na Cidade do Cabo, na África do Sul, a 3 de Dezembro de 2009, em prelúdio ao sorteio do “Mundial”.

Na segunda etapa, o troféu passará outros países de Janeiro a Abril de 2010.

Durante a viagem, os fãs terão a oportunidade de ver um raro plano do troféu de 18 quilates de ouro e 36,8 centímetros de altura.

A viagem pelo mundo do troféu da Federação Internacional de Futebol (FIFA) organizada pela Coca-Cola oferecerá a milhares de adeptos em África a extraordinária possibilidade de se aproximar do verdadeiro troféu pela primeira vez na sua vida, declarou o director de Marketing da multinacional americana, Emmanuel Seugeun.

“A África do Sul é o país organizador do “Mundial” de 2010, mas todo o continente vai celebrar e acolher o evento. Por isso é importante para nós velar por que o troféu faça a viagem a todos os países africanos”, disse.

O troféu do “Mundial” de 2010 é inspirado no grande êxito da primeira volta ao mundo efectuada em 2006, durante a qual ele percorreu 31 cidades em 29 países, cobrindo 63 mil 734 milhas (10 mil 570 quilómetros), com vários milhões de fãs no mundo que aproveitaram a oportunidade para se aproximar do mais célebre prémio do futebol.

O troféu autêntico do Campeonato do Mundo da FIFA é entregue à nação vencedora durante a final de cada torneio. O emblemático troféu mede 36,8 centímetros de altura, pesa seis mil 175 gramas e é composto por ouro massivo de 18 quilates.

O vencedor conserva o troféu até ao próximo torneio e recebe uma cópia banhada de ouro, em vez de ouro massivo.
O suporte do troféu contém duas camadas de malaquite semi-preciosas, ao passo que o lado inferior tem a gravura do ano e do nome de cada vencedor do Campeonato do Mundo desde 1974.

publicado por Vaxko Zakarias às 11:09
 O que é? |  O que é? | favorito

O TROFÉU do Campeonato do Mundo vai realizar um périplo por africanos 50 países em 70 dias a partir de 24 de Setembro próximo no Cairo, no Egipto, segundo a FIFA e a Coca-Cola

Troféu do “Mundial”-2010
Esta viagem sem precedentes por África faz parte dos eventos com vista a promover o “Mundial” de 2010 na África do Sul, que será o primeiro organizado no Continente Africano.

A primeira etapa da viagem deverá terminar na Cidade do Cabo, na África do Sul, a 3 de Dezembro de 2009, em prelúdio ao sorteio do “Mundial”.

Na segunda etapa, o troféu passará outros países de Janeiro a Abril de 2010.

Durante a viagem, os fãs terão a oportunidade de ver um raro plano do troféu de 18 quilates de ouro e 36,8 centímetros de altura.

A viagem pelo mundo do troféu da Federação Internacional de Futebol (FIFA) organizada pela Coca-Cola oferecerá a milhares de adeptos em África a extraordinária possibilidade de se aproximar do verdadeiro troféu pela primeira vez na sua vida, declarou o director de Marketing da multinacional americana, Emmanuel Seugeun.

“A África do Sul é o país organizador do “Mundial” de 2010, mas todo o continente vai celebrar e acolher o evento. Por isso é importante para nós velar por que o troféu faça a viagem a todos os países africanos”, disse.

O troféu do “Mundial” de 2010 é inspirado no grande êxito da primeira volta ao mundo efectuada em 2006, durante a qual ele percorreu 31 cidades em 29 países, cobrindo 63 mil 734 milhas (10 mil 570 quilómetros), com vários milhões de fãs no mundo que aproveitaram a oportunidade para se aproximar do mais célebre prémio do futebol.

O troféu autêntico do Campeonato do Mundo da FIFA é entregue à nação vencedora durante a final de cada torneio. O emblemático troféu mede 36,8 centímetros de altura, pesa seis mil 175 gramas e é composto por ouro massivo de 18 quilates.

O vencedor conserva o troféu até ao próximo torneio e recebe uma cópia banhada de ouro, em vez de ouro massivo.
O suporte do troféu contém duas camadas de malaquite semi-preciosas, ao passo que o lado inferior tem a gravura do ano e do nome de cada vencedor do Campeonato do Mundo desde 1974.

publicado por Vaxko Zakarias às 11:09
 O que é? |  O que é? | favorito
Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
18
19
24
25
26
28
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO