Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Terça-feira, 31 DE Março 2009

O “SITE” FIFA.com coloca a Selecção Nacional como a equipa-surpresa da primeira jornada da terceira fase de qualificação para os Campeonatos Africano e Mundial de 2010, que arrancou no pretérito fim-de-semana.

Adepto dos Mambas
Para a FIFA.com, Moçambique protagonizou o resultado mais inesperado da ronda, ao empatar com a Nigéria sem abertura de contagem, algo que é visto como um feito extraordinário. Segundo o “site”, as “Super Águias” pareciam imparáveis, após seis triunfos na fase anterior, o que deixava indicações para um início fulgurante frente aos “Mambas”.

Numa análise daquilo que foi o jogo, o FIFA.com afirma que a suposta diferença de nível entre ambas as formações não se notou. Apesar da presença dos seus melhores elementos e do regresso de Obafemi Martins, os pupilos de Shaibu Amodu foram incapazes de abrir brecha numa valiosa defesa moçambicana e que se portou de forma categórica não dando espaços ao ataque contrário.

Acrescenta que os “Mambas” puseram fim a uma sequência de oito vitórias consecutivas na fase preliminar de apuramento para o “Africano” e “Mundial”, provas que se realizam em 2010, em Angola e África do Sul, respectivamente.

A avaliar pela prestação dos “Mambas” nos últimos jogos, nos quais não perdeu com nenhum dos colossos africanos no Estádio da Machava - empates com Senegal (0-0), Costa do Marfim (1-1) e Nigéria (0-0) – pode-se afirmar de boca cheia que a luta pelo único lugar que dá acesso ao Campeonato do Mundo e pelos três que permitem estar presente no CAN continuará acesa, até porque a derrota do Quénia, em casa, diante da Tunísia, no sábado, favorece os “Mambas”.

Há que reconhecer que a Selecção Nacional, pelo menos no seu terreno, Estádio da Machava, tem se assumido como verdadeira cobra venenosa, faltando traduzir esse domínio em golos.

No jogo de domingo, com ajuda do público, que encheu por completo a nossa casa de visitas, os “Mambas” demonstraram, mais uma vez, que pertencem ao leque das 20 melhores selecções africanas e que a sua presença nesta fase decisiva de apuramento é fruto de um trabalho que a equipa técnica vem realizando, principalmente no capítulo psicológico.

As imagens de Carlos Bernardo ilustram a alegria que se viveu na Machava.

publicado por Vaxko Zakarias às 14:04
 O que é? |  O que é? | favorito

O “SITE” FIFA.com coloca a Selecção Nacional como a equipa-surpresa da primeira jornada da terceira fase de qualificação para os Campeonatos Africano e Mundial de 2010, que arrancou no pretérito fim-de-semana.

Adepto dos Mambas
Para a FIFA.com, Moçambique protagonizou o resultado mais inesperado da ronda, ao empatar com a Nigéria sem abertura de contagem, algo que é visto como um feito extraordinário. Segundo o “site”, as “Super Águias” pareciam imparáveis, após seis triunfos na fase anterior, o que deixava indicações para um início fulgurante frente aos “Mambas”.

Numa análise daquilo que foi o jogo, o FIFA.com afirma que a suposta diferença de nível entre ambas as formações não se notou. Apesar da presença dos seus melhores elementos e do regresso de Obafemi Martins, os pupilos de Shaibu Amodu foram incapazes de abrir brecha numa valiosa defesa moçambicana e que se portou de forma categórica não dando espaços ao ataque contrário.

Acrescenta que os “Mambas” puseram fim a uma sequência de oito vitórias consecutivas na fase preliminar de apuramento para o “Africano” e “Mundial”, provas que se realizam em 2010, em Angola e África do Sul, respectivamente.

A avaliar pela prestação dos “Mambas” nos últimos jogos, nos quais não perdeu com nenhum dos colossos africanos no Estádio da Machava - empates com Senegal (0-0), Costa do Marfim (1-1) e Nigéria (0-0) – pode-se afirmar de boca cheia que a luta pelo único lugar que dá acesso ao Campeonato do Mundo e pelos três que permitem estar presente no CAN continuará acesa, até porque a derrota do Quénia, em casa, diante da Tunísia, no sábado, favorece os “Mambas”.

Há que reconhecer que a Selecção Nacional, pelo menos no seu terreno, Estádio da Machava, tem se assumido como verdadeira cobra venenosa, faltando traduzir esse domínio em golos.

No jogo de domingo, com ajuda do público, que encheu por completo a nossa casa de visitas, os “Mambas” demonstraram, mais uma vez, que pertencem ao leque das 20 melhores selecções africanas e que a sua presença nesta fase decisiva de apuramento é fruto de um trabalho que a equipa técnica vem realizando, principalmente no capítulo psicológico.

As imagens de Carlos Bernardo ilustram a alegria que se viveu na Machava.

publicado por Vaxko Zakarias às 14:04
 O que é? |  O que é? | favorito

DENTRE as grandes selecções do Continente Africano, a Costa do Marfim foi, sem margem para dúvidas, a que mais se evidenciou no arranque da terceira e última fase.

Os “Elefantes”, como também são conhecidos os marfinenses, golearam, em casa, o Malawi, por 5-0, em partida do Grupo E. Foi uma entrada de rompante que acabou por fazer jus à posição de uma das formações favoritas a conseguir o bilhete para Angola e África do Sul.

Adepto da Seleção Nacinal os Mambas rezando

Didier Drogba foi o homem da partida, ao apontar dois golos. Os restantes foram de autoria de Romaric, Bakari Koné e Salomon Kalou.

O Gana, outro potencial candidato, venceu à tangente o Benin, por 1-0, em desafio do Grupo D. O golo das “Estrelas Negras” foi apontado por Prince Tagoe.

O mesmo já não se pode dizer em relação ao Egipto, Camarões e Nigéria. Os egípcios, actuais campeões africanos, empataram em casa com a Zâmbia, a uma bola.

Os “Faraós” foram os primeiros a marcar por intermédio de Amr Zaki (26'), mas Francis Kasonde (56') restabeleceu a igualdade.

Os Camarões perderam, em Lomé, frente o Togo, por 0-1, com um golo solitário de Emmanuel Adebayor, enquanto a Nigéria não foi para além de um empate, no Estádio da Machava, frente a Moçambique.

RESULTADOS E CLASSIFICAÇÕES

Adeptos da Seleção Nacinal os Mambas na sua maxiam euforia
GRUPO A: Togo – Camarões (1-0) e Marrocos – Gabão (1-2)

GRUPO B : Quénia – Tunísia (1-2) e Moçambique - Nigéria (0-0)

GRUPO C: Ruanda - Argélia (0-0) e Egipto-Zâmbia (1-1)

GRUPO D : Sudão – Mali (1-1) e Gana-Benin (1-0)

GRUPO E: Burquina Faso – Guiné (4-2) e Costa do Marfim-Malawi (5-0)

GRUPO A

J V D E B P

Gabão 1 1 0 0 2-1 3

Togo 1 1 0 0 1-0 3

Marrocos 1 0 0 1 1-2 0

Camarões 1 0 0 1 0-1 0

GRUPO B

Tunísia 1 1 0 0 2-1 3

Moçambique 1 0 1 0 0-0 1

Nigéria 1 0 1 0 0-0 1

Quénia 1 0 0 1 1-2 0

GRUPO C

Egipto 1 0 1 0 1-1 1

Zâmbia 1 0 1 0 1-1 1

Argélia 1 0 1 0 0-0 1

Ruanda 1 0 1 0 0 0 1

GRUPO D

Gana 1 1 0 0 1-0 3

Mali 1 0 1 0 1-1 1

Sudão 1 0 1 0 1-1 1

Benin 1 0 0 1 0-1 0

GRUPO E

C. de Marfim 1 1 0 0 5-0 3

B. Faso 1 1 0 0 4-2 3

Guiné 1 0 0 1 2-4 0

Malawi 1 0 0 1 0-5 0

PRÓXIMA JORNADA (2ª)

Dia 6 de Junho

Tunísia – Moçambique

Zâmbia – Ruanda

Malawi – Burquina Faso

Gabão – Togo

Camarões – Marrocos

Guiné - Costa do Marfim

Dia 7 de Junho

Benin – Sudão

Nigéria – Quénia

Mali – Ghana

Argélia – Egipto

publicado por Vaxko Zakarias às 13:46
 O que é? |  O que é? | favorito

DENTRE as grandes selecções do Continente Africano, a Costa do Marfim foi, sem margem para dúvidas, a que mais se evidenciou no arranque da terceira e última fase.

Os “Elefantes”, como também são conhecidos os marfinenses, golearam, em casa, o Malawi, por 5-0, em partida do Grupo E. Foi uma entrada de rompante que acabou por fazer jus à posição de uma das formações favoritas a conseguir o bilhete para Angola e África do Sul.

Adepto da Seleção Nacinal os Mambas rezando

Didier Drogba foi o homem da partida, ao apontar dois golos. Os restantes foram de autoria de Romaric, Bakari Koné e Salomon Kalou.

O Gana, outro potencial candidato, venceu à tangente o Benin, por 1-0, em desafio do Grupo D. O golo das “Estrelas Negras” foi apontado por Prince Tagoe.

O mesmo já não se pode dizer em relação ao Egipto, Camarões e Nigéria. Os egípcios, actuais campeões africanos, empataram em casa com a Zâmbia, a uma bola.

Os “Faraós” foram os primeiros a marcar por intermédio de Amr Zaki (26'), mas Francis Kasonde (56') restabeleceu a igualdade.

Os Camarões perderam, em Lomé, frente o Togo, por 0-1, com um golo solitário de Emmanuel Adebayor, enquanto a Nigéria não foi para além de um empate, no Estádio da Machava, frente a Moçambique.

RESULTADOS E CLASSIFICAÇÕES

Adeptos da Seleção Nacinal os Mambas na sua maxiam euforia
GRUPO A: Togo – Camarões (1-0) e Marrocos – Gabão (1-2)

GRUPO B : Quénia – Tunísia (1-2) e Moçambique - Nigéria (0-0)

GRUPO C: Ruanda - Argélia (0-0) e Egipto-Zâmbia (1-1)

GRUPO D : Sudão – Mali (1-1) e Gana-Benin (1-0)

GRUPO E: Burquina Faso – Guiné (4-2) e Costa do Marfim-Malawi (5-0)

GRUPO A

J V D E B P

Gabão 1 1 0 0 2-1 3

Togo 1 1 0 0 1-0 3

Marrocos 1 0 0 1 1-2 0

Camarões 1 0 0 1 0-1 0

GRUPO B

Tunísia 1 1 0 0 2-1 3

Moçambique 1 0 1 0 0-0 1

Nigéria 1 0 1 0 0-0 1

Quénia 1 0 0 1 1-2 0

GRUPO C

Egipto 1 0 1 0 1-1 1

Zâmbia 1 0 1 0 1-1 1

Argélia 1 0 1 0 0-0 1

Ruanda 1 0 1 0 0 0 1

GRUPO D

Gana 1 1 0 0 1-0 3

Mali 1 0 1 0 1-1 1

Sudão 1 0 1 0 1-1 1

Benin 1 0 0 1 0-1 0

GRUPO E

C. de Marfim 1 1 0 0 5-0 3

B. Faso 1 1 0 0 4-2 3

Guiné 1 0 0 1 2-4 0

Malawi 1 0 0 1 0-5 0

PRÓXIMA JORNADA (2ª)

Dia 6 de Junho

Tunísia – Moçambique

Zâmbia – Ruanda

Malawi – Burquina Faso

Gabão – Togo

Camarões – Marrocos

Guiné - Costa do Marfim

Dia 7 de Junho

Benin – Sudão

Nigéria – Quénia

Mali – Ghana

Argélia – Egipto

publicado por Vaxko Zakarias às 13:46
 O que é? |  O que é? | favorito

TRAGÉDIA no Estádio Houphoet-Boigny, em Abidjan, capital da Costa do Marfim. 22 pessoas morreram e 132 ficaram feridas após a queda de um muro das tribunas durante a partida entre a selecção da casa e o Malawi.

TRAGÉDIA no Estádio Houphoet-Boigny, em Abidjan, capital da Costa do Marfim
A partida contou para o Grupo E da zona africana de qualificação para o Mundial.

Segundo a agência noticiosa France Press, após a queda do muro o pânico instalou-se e a Polícia interveio utilizando gás lacrimogénio. No meio da confusão uma multidão em fuga atropelou-se e o resultado foi fatal.

Os feridos foram evacuados para o Hospital de Treichville e também para o Hospital Militar de Abidjan. A Direcção da Federação costa-marfinense reuniu-se de imediato com os ministros do Desporto e do Interior, na tentativa de perceber os motivos que levaram à derrocada. O excesso de público é aparentemente a provável causa do acidente.

A Costa do Marfim venceu a partida por 5-0, com golos apontados por Romaric, Drogba (dois), Kalou e Kone.

FIFA EXIGE RELATÓRIO

Entretanto, a Federação Internacional de Futebol (FIFA) solicitou um relatório completo dos factos. A FIFA pretende avaliar as responsabilidades na tragédia.

O presidente da FIFA, Joseph Blatter, já se mostrou satisfeito por ver dois países unidos em torno da organização da prova.
Dagobert Bandio, ministro dos Desportos da Costa do Marfim, deu conta que a capacidade do Estádio Houphouet-Boigny é de 45.000 lugares, mas no dia da partida seriam já 50.000 os espectadores. Com mais 50.000 à porta e a forçar entrada, um dos muros do estádio cedeu e provocou sucessivos atropelamentos. A Polícia interveio, lançando gás lacrimogéneo, o que só aumentou o pânico.

Joeph Blatter, presidente da FIFA, enviou ontem uma mensagem de solidariedade para com as vítimas e pediu a cooperação da Federação de Futebol da Costa do Marfim e das autoridades de Abidjan.

Apesar do desastre ter acontecido antes do início da partida, o jogo acabou mesmo por se realizar.

publicado por Vaxko Zakarias às 12:57
 O que é? |  O que é? | favorito

TRAGÉDIA no Estádio Houphoet-Boigny, em Abidjan, capital da Costa do Marfim. 22 pessoas morreram e 132 ficaram feridas após a queda de um muro das tribunas durante a partida entre a selecção da casa e o Malawi.

TRAGÉDIA no Estádio Houphoet-Boigny, em Abidjan, capital da Costa do Marfim
A partida contou para o Grupo E da zona africana de qualificação para o Mundial.

Segundo a agência noticiosa France Press, após a queda do muro o pânico instalou-se e a Polícia interveio utilizando gás lacrimogénio. No meio da confusão uma multidão em fuga atropelou-se e o resultado foi fatal.

Os feridos foram evacuados para o Hospital de Treichville e também para o Hospital Militar de Abidjan. A Direcção da Federação costa-marfinense reuniu-se de imediato com os ministros do Desporto e do Interior, na tentativa de perceber os motivos que levaram à derrocada. O excesso de público é aparentemente a provável causa do acidente.

A Costa do Marfim venceu a partida por 5-0, com golos apontados por Romaric, Drogba (dois), Kalou e Kone.

FIFA EXIGE RELATÓRIO

Entretanto, a Federação Internacional de Futebol (FIFA) solicitou um relatório completo dos factos. A FIFA pretende avaliar as responsabilidades na tragédia.

O presidente da FIFA, Joseph Blatter, já se mostrou satisfeito por ver dois países unidos em torno da organização da prova.
Dagobert Bandio, ministro dos Desportos da Costa do Marfim, deu conta que a capacidade do Estádio Houphouet-Boigny é de 45.000 lugares, mas no dia da partida seriam já 50.000 os espectadores. Com mais 50.000 à porta e a forçar entrada, um dos muros do estádio cedeu e provocou sucessivos atropelamentos. A Polícia interveio, lançando gás lacrimogéneo, o que só aumentou o pânico.

Joeph Blatter, presidente da FIFA, enviou ontem uma mensagem de solidariedade para com as vítimas e pediu a cooperação da Federação de Futebol da Costa do Marfim e das autoridades de Abidjan.

Apesar do desastre ter acontecido antes do início da partida, o jogo acabou mesmo por se realizar.

publicado por Vaxko Zakarias às 12:57
 O que é? |  O que é? | favorito

A COBIÇADA presença no Campeonato Africano de Basquetebol de Seniores Masculinos, a realizar-se no próximo mês de Agosto, na Líbia, junta desde ontem, no pavilhão do Maxaquene, três selecções da zona austral, que se digladiam pela única vaga disponível para esta região.

A nóvel formação da Real Sociedade
Trata-se das formações de Moçambique, da África do Sul e do Zimbabwe, que, jogando entre si no sistema clássico de todos contra todos em duas voltas, procurará até sábado obter o passaporte rumo ao “meeting” da verdadeira fina-flor da bola-ao-cesto africana.

Inicialmente previsto para contemplar mais países, casos do Lesotho e da Zâmbia, que habitualmente tomam parte nas qualificações zonais, tanto a nível de clubes como de selecções, a competição de Maputo acabou sendo reduzida a três equipas e, de acordo com o sorteio, as hostilidades abriram ontem à noite com o confronto entre sul-africanos e zimbabweanos, ficando de folga os moçambicanos.

A nossa selecção, que vem preparando com todo o afinco a fase de apuramento para o Afrobásquete da Líbia, entra em prova esta noite, a partir das 19.00 horas, tendo pela frente o Zimbabwe, um adversário “a priori” acessível e que, em caso de vitória, tal como se perspectiva, constituirá um excelente ponto de partida para o confronto de amanhã, perante a África do Sul.

Aliás, com Angola apurada automaticamente na qualidade de detentora do título, a qualificação na Zona VI é dirimida entre moçambicanos e sul-africanos, que nos últimos anos vêm travando batalhas bastante interessantes e que, para infelicidade nossa, nas duas últimas edições foram ganhas pela África do Sul.

Na luta para o Afrobásquete Argélia-2005, a eliminação da nossa selecção constituiu uma dor extremamente profunda para os adeptos moçambicanos da bola-ao-cesto, pois tal ocorreu em plena “catedral”, numa noite em que a festa então preparada acabou por cair em saco roto.

Para o campeonato seguinte, Angola-2007, numa qualificação realizada em Harare, os sul-africanos voltaram a suplantar-nos, criando a sensação de que ultrapassaram-nos nos degraus de desenvolvimento competitivo do basquetebol.

Embora em ambas as ocasiões Moçambique tenha sido convidada pela FIBA-África a tomar parte no Afrobásquete, a verdade manda dizer que, entre nós e sul-africanos, os dois confrontos agendados para amanhã e sábado, servirão de verdadeiro tira-teimas, numa altura em que a Federação Moçambicana de Basquetebol aposta forte no relançamento da modalidade em seniores masculinos, isto é, procurar que suba no “ranking” continental.

CARTILHA DOS “MAMBAS”

Depois da inesquecível tarde de domingo, em que os “Mambas” nos proporcionaram uma partida de excelente nível diante da Nigéria – e em que a selecção de básquete esteve presente nas bancadas do Estádio da Machava – cabe agora aos homens da bola-ao-cesto tudo fazer de forma a honrar o prestígio do país além-fronteiras, garantido a qualificação para Líbia.

A missão é bastante dura, no entanto, acreditamos que Carlos Alberto Niquice (Bitcho), o jovem treinador da equipa, e os seus pupilos saberão oferecer aos moçambicanos mais um motivo de alegria, nesta semana de alegrias desportivas.

Esta mensagem de confiança nas capacidades dos jogadores foi, aliás, transmitida aos próprios pelo Ministro da Juventude e Desportos, Fernando Sumbana, quando na noite de sábado os foi cumprimentar, antes de ir jantar com os “Mambas”. No seio dos atletas, é notória a descontracção, mas acima de tudo a certeza na obtenção da almejada qualificação. Uma qualificação à responsabilidade dos seguintes atletas:

Bases – Gerson Novela e André Velasco

Extremos/base – Luís de Barros e Sílvio Letela

Extremos – Jerónimo Bispo, David Canivete Jr., Siade Cossa e Samir Adam

Extremos/poste – Octávio Magoliço e Stélio Nuaila

Postes – Custódio Muchate, Sete Muianga, Ivan Macome e Edson Mondlane.

publicado por Vaxko Zakarias às 11:43
 O que é? |  O que é? | favorito

A COBIÇADA presença no Campeonato Africano de Basquetebol de Seniores Masculinos, a realizar-se no próximo mês de Agosto, na Líbia, junta desde ontem, no pavilhão do Maxaquene, três selecções da zona austral, que se digladiam pela única vaga disponível para esta região.

A nóvel formação da Real Sociedade
Trata-se das formações de Moçambique, da África do Sul e do Zimbabwe, que, jogando entre si no sistema clássico de todos contra todos em duas voltas, procurará até sábado obter o passaporte rumo ao “meeting” da verdadeira fina-flor da bola-ao-cesto africana.

Inicialmente previsto para contemplar mais países, casos do Lesotho e da Zâmbia, que habitualmente tomam parte nas qualificações zonais, tanto a nível de clubes como de selecções, a competição de Maputo acabou sendo reduzida a três equipas e, de acordo com o sorteio, as hostilidades abriram ontem à noite com o confronto entre sul-africanos e zimbabweanos, ficando de folga os moçambicanos.

A nossa selecção, que vem preparando com todo o afinco a fase de apuramento para o Afrobásquete da Líbia, entra em prova esta noite, a partir das 19.00 horas, tendo pela frente o Zimbabwe, um adversário “a priori” acessível e que, em caso de vitória, tal como se perspectiva, constituirá um excelente ponto de partida para o confronto de amanhã, perante a África do Sul.

Aliás, com Angola apurada automaticamente na qualidade de detentora do título, a qualificação na Zona VI é dirimida entre moçambicanos e sul-africanos, que nos últimos anos vêm travando batalhas bastante interessantes e que, para infelicidade nossa, nas duas últimas edições foram ganhas pela África do Sul.

Na luta para o Afrobásquete Argélia-2005, a eliminação da nossa selecção constituiu uma dor extremamente profunda para os adeptos moçambicanos da bola-ao-cesto, pois tal ocorreu em plena “catedral”, numa noite em que a festa então preparada acabou por cair em saco roto.

Para o campeonato seguinte, Angola-2007, numa qualificação realizada em Harare, os sul-africanos voltaram a suplantar-nos, criando a sensação de que ultrapassaram-nos nos degraus de desenvolvimento competitivo do basquetebol.

Embora em ambas as ocasiões Moçambique tenha sido convidada pela FIBA-África a tomar parte no Afrobásquete, a verdade manda dizer que, entre nós e sul-africanos, os dois confrontos agendados para amanhã e sábado, servirão de verdadeiro tira-teimas, numa altura em que a Federação Moçambicana de Basquetebol aposta forte no relançamento da modalidade em seniores masculinos, isto é, procurar que suba no “ranking” continental.

CARTILHA DOS “MAMBAS”

Depois da inesquecível tarde de domingo, em que os “Mambas” nos proporcionaram uma partida de excelente nível diante da Nigéria – e em que a selecção de básquete esteve presente nas bancadas do Estádio da Machava – cabe agora aos homens da bola-ao-cesto tudo fazer de forma a honrar o prestígio do país além-fronteiras, garantido a qualificação para Líbia.

A missão é bastante dura, no entanto, acreditamos que Carlos Alberto Niquice (Bitcho), o jovem treinador da equipa, e os seus pupilos saberão oferecer aos moçambicanos mais um motivo de alegria, nesta semana de alegrias desportivas.

Esta mensagem de confiança nas capacidades dos jogadores foi, aliás, transmitida aos próprios pelo Ministro da Juventude e Desportos, Fernando Sumbana, quando na noite de sábado os foi cumprimentar, antes de ir jantar com os “Mambas”. No seio dos atletas, é notória a descontracção, mas acima de tudo a certeza na obtenção da almejada qualificação. Uma qualificação à responsabilidade dos seguintes atletas:

Bases – Gerson Novela e André Velasco

Extremos/base – Luís de Barros e Sílvio Letela

Extremos – Jerónimo Bispo, David Canivete Jr., Siade Cossa e Samir Adam

Extremos/poste – Octávio Magoliço e Stélio Nuaila

Postes – Custódio Muchate, Sete Muianga, Ivan Macome e Edson Mondlane.

publicado por Vaxko Zakarias às 11:43
 O que é? |  O que é? | favorito

ABDUL Hanane e Zélio Garangueza foram indicados para os cargos de técnico principal e adjunto da selecção provincial de futebol de Nampula, respectivamente, e já convocaram 32 jogadores representando as equipas do Sporting, Benfica e Ferroviário, todas da chamada capital do norte, com vista a observar alguns seleccionáveis que no próximo dia 4 de Abril irão defrontar a equipa de Cabo Delgado.

Para Abdul Hanane, nestes primeiros dias os jogadores convocados para esta pré-selecção estão a enquadrar-se no sistema de jogo que a equipa técnica concebeu, pese o facto de o horário de treinos não ser o mais adequado, pois trabalham das 13.30 às 15.00 horas por falta de campos na cidade de Nampula.

Segundo o nosso entrevistado, a logística para a preparação desta selecção que tem os olhos postos na conquista do primeiro título nacional da categoria em termos de selecções provinciais é relativamente boa, apesar de alguns atletas estarem a utilizar equipamento próprio, particularmente botas.

Hanane disse que caso a selecção que dirige passe à fase regional norte, o único objectivo a perseguir é a conquista do nacional, pois condições humanas para almejar tal feito estão condicionadas, daí que vai também contar com a prestação de atletas que militam nas equipas das cidades de Angoche e Nacala-Porto, onde existem valores.

“A nossa meta é conquistar o “Nacional” das selecções provinciais a ter lugar na cidade de Maputo e disso não temos dúvidas, pois demonstrámos em Inhambane, no Campeonato Nacional de Juvenis por equipas, que Nampula tem um potencial humano para tal efeito”, sentenciou Abdul Hanane.

publicado por Vaxko Zakarias às 11:16
 O que é? |  O que é? | favorito

ABDUL Hanane e Zélio Garangueza foram indicados para os cargos de técnico principal e adjunto da selecção provincial de futebol de Nampula, respectivamente, e já convocaram 32 jogadores representando as equipas do Sporting, Benfica e Ferroviário, todas da chamada capital do norte, com vista a observar alguns seleccionáveis que no próximo dia 4 de Abril irão defrontar a equipa de Cabo Delgado.

Para Abdul Hanane, nestes primeiros dias os jogadores convocados para esta pré-selecção estão a enquadrar-se no sistema de jogo que a equipa técnica concebeu, pese o facto de o horário de treinos não ser o mais adequado, pois trabalham das 13.30 às 15.00 horas por falta de campos na cidade de Nampula.

Segundo o nosso entrevistado, a logística para a preparação desta selecção que tem os olhos postos na conquista do primeiro título nacional da categoria em termos de selecções provinciais é relativamente boa, apesar de alguns atletas estarem a utilizar equipamento próprio, particularmente botas.

Hanane disse que caso a selecção que dirige passe à fase regional norte, o único objectivo a perseguir é a conquista do nacional, pois condições humanas para almejar tal feito estão condicionadas, daí que vai também contar com a prestação de atletas que militam nas equipas das cidades de Angoche e Nacala-Porto, onde existem valores.

“A nossa meta é conquistar o “Nacional” das selecções provinciais a ter lugar na cidade de Maputo e disso não temos dúvidas, pois demonstrámos em Inhambane, no Campeonato Nacional de Juvenis por equipas, que Nampula tem um potencial humano para tal efeito”, sentenciou Abdul Hanane.

publicado por Vaxko Zakarias às 11:16
 O que é? |  O que é? | favorito

FERROVIÁRIO e Desportivo estão a passear a sua classe na Taça Fernando Duarte decorridas que estão duas jornadas. No passado fim-de-semana voltaram a mostrar todo o seu poderio.

Os detentores do título de hóquei em patins
O Desportivo, a primeira equipa a entrar em acção, humilhou o Maxaquene por concludentes 19-1. Uma goleada que espelha a supremacia dos “alvi-negros”.

Por seu turno, o Ferroviário bateu o Estrela, por 10-4. Os “locomotivas” encontraram uma formação “alaranjada” destemida que fez de tudo para dificultar a vida do adversário, mas que pecou pela ineficácia, sobretudo a nível táctico.

Na próxima jornada, a última, o Ferroviário e o Desportivo irão assim jogar pela conquista da Taça Fernando Duarte, uma prova que visa homenagear um dirigente que muito se empenhou para ver florescer a modalidade a nível nacional e internacional.

publicado por Vaxko Zakarias às 11:09
 O que é? |  O que é? | favorito

FERROVIÁRIO e Desportivo estão a passear a sua classe na Taça Fernando Duarte decorridas que estão duas jornadas. No passado fim-de-semana voltaram a mostrar todo o seu poderio.

Os detentores do título de hóquei em patins
O Desportivo, a primeira equipa a entrar em acção, humilhou o Maxaquene por concludentes 19-1. Uma goleada que espelha a supremacia dos “alvi-negros”.

Por seu turno, o Ferroviário bateu o Estrela, por 10-4. Os “locomotivas” encontraram uma formação “alaranjada” destemida que fez de tudo para dificultar a vida do adversário, mas que pecou pela ineficácia, sobretudo a nível táctico.

Na próxima jornada, a última, o Ferroviário e o Desportivo irão assim jogar pela conquista da Taça Fernando Duarte, uma prova que visa homenagear um dirigente que muito se empenhou para ver florescer a modalidade a nível nacional e internacional.

publicado por Vaxko Zakarias às 11:09
 O que é? |  O que é? | favorito

A FEDERAÇÃO Moçambicana de Ténis (FMT) vai convocar próximo mês a assembleia-geral para a eleição de novos corpos gerentes, uma vez concluído o mandato da actual direcção. Arão Nhancale, eleito recentemente edil do município da Matola, não vai se recandidatar ao cargo de presidente, segundo deu a conhecer há dias Valige Tauabo, um dos seus vice-presidentes.

O Presidente da Federação Moçambicana de Ténis, Arão Nhancale
Tauabo, que se assumiu como segundo homem da FMT durante o mandato do actual elenco, é o provável concorrente à substituição de Nhancale.

Segundo explicações por si dadas, não foi por incompatibilidade que Nhancale decidiu não se recandidatar, pois a Lei do Desporto não o impede.

A fonte explicou que a sua candidatura tem em vista dar continuidade ao projecto que a direcção de que faz parte vem levando a cabo desde a sua eleição, que é de alargar o movimento associativo e a prática da modalidade através da criação de novas associações.

A realização das eleições no próximo mês coincidirá com a abertura da época, sendo que a direcção a ser eleita vai igualmente tomar as rédeas sobre o plano de actividades a serem realizadas este ano.

Valige Tauabo salientou que a actual direcção já havia preparado um plano de acções para este ano e que irá aplicá-lo caso seja eleito.

Entretanto, a FMT vai brevemente tornar públicos os critérios e requisitos para as eleições e anunciar a abertura das candidaturas para os interessados.

“Estamos a preparar toda a documentação para convocar a assembleia”, sublinhou.

De salientar que o anúncio da realização das eleições surge dias depois de a Inspecção do Ministério da Juventude e Desportos (MJD) ter escalado a FMT.

Valige Tauabo negou que a preparação da assembleia tenha sido por força da Inspecção do MJD.

“A Inspecção vinha fazer o seu trabalho de rotina. Contudo, ela fez menção a este ponto e deu recomendações para se ter em conta este aspecto”, esclareceu.

Aliás, há uma certa disparidade entre a informação avançada pela FMT e pelo MJD sobre a validade do mandato da actual direcção.

Valige Tauabo defendeu que o mandato do actual elenco, eleito em 2004, termina este ano, tendo em conta que a direcção de Nhancale assumiu os destinos da modalidade antes da entrada em vigor do Regulamento da Nova Lei do Desporto.

A Inspecção do MJD reiterou, porém, que ela foi eleita e empossada no mesmo ano, curiosamente em que entrou em vigor o Regulamento da Nova Lei do Desporto que, por sua vez, foi aprovada em 2002.

publicado por Vaxko Zakarias às 10:18
 O que é? |  O que é? | favorito

A FEDERAÇÃO Moçambicana de Ténis (FMT) vai convocar próximo mês a assembleia-geral para a eleição de novos corpos gerentes, uma vez concluído o mandato da actual direcção. Arão Nhancale, eleito recentemente edil do município da Matola, não vai se recandidatar ao cargo de presidente, segundo deu a conhecer há dias Valige Tauabo, um dos seus vice-presidentes.

O Presidente da Federação Moçambicana de Ténis, Arão Nhancale
Tauabo, que se assumiu como segundo homem da FMT durante o mandato do actual elenco, é o provável concorrente à substituição de Nhancale.

Segundo explicações por si dadas, não foi por incompatibilidade que Nhancale decidiu não se recandidatar, pois a Lei do Desporto não o impede.

A fonte explicou que a sua candidatura tem em vista dar continuidade ao projecto que a direcção de que faz parte vem levando a cabo desde a sua eleição, que é de alargar o movimento associativo e a prática da modalidade através da criação de novas associações.

A realização das eleições no próximo mês coincidirá com a abertura da época, sendo que a direcção a ser eleita vai igualmente tomar as rédeas sobre o plano de actividades a serem realizadas este ano.

Valige Tauabo salientou que a actual direcção já havia preparado um plano de acções para este ano e que irá aplicá-lo caso seja eleito.

Entretanto, a FMT vai brevemente tornar públicos os critérios e requisitos para as eleições e anunciar a abertura das candidaturas para os interessados.

“Estamos a preparar toda a documentação para convocar a assembleia”, sublinhou.

De salientar que o anúncio da realização das eleições surge dias depois de a Inspecção do Ministério da Juventude e Desportos (MJD) ter escalado a FMT.

Valige Tauabo negou que a preparação da assembleia tenha sido por força da Inspecção do MJD.

“A Inspecção vinha fazer o seu trabalho de rotina. Contudo, ela fez menção a este ponto e deu recomendações para se ter em conta este aspecto”, esclareceu.

Aliás, há uma certa disparidade entre a informação avançada pela FMT e pelo MJD sobre a validade do mandato da actual direcção.

Valige Tauabo defendeu que o mandato do actual elenco, eleito em 2004, termina este ano, tendo em conta que a direcção de Nhancale assumiu os destinos da modalidade antes da entrada em vigor do Regulamento da Nova Lei do Desporto.

A Inspecção do MJD reiterou, porém, que ela foi eleita e empossada no mesmo ano, curiosamente em que entrou em vigor o Regulamento da Nova Lei do Desporto que, por sua vez, foi aprovada em 2002.

publicado por Vaxko Zakarias às 10:18
 O que é? |  O que é? | favorito
Março 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
21
22
28
29
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO