Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Quarta-feira, 18 DE Março 2009
 Director executivo do FPD, José Gabriel Dava
O PARQUE dos Continuadores, na cidade de Maputo, vai sofrer obras de reabilitação e remodelação este ano com fundos do Estado.

COMPLEXO MUNICIPAL DE TETE NA EXPECTATIVA

Esta informação foi prestada pelo director executivo do Fundo de Promoção Desportiva (FPD), José Gabriel Dava, em entrevista ao “Notícias”, na qual anunciou os pacotes disponíveis este ano para os orçamentos corrente - destinado às federações e outras instituições desportivas nacionais - e de investimento - direccionado às infra-estruturas desportivas.

Parque dos Continuadores vai ser reabilitado e remodelado

O Parque dos Continuadores será reabilitado por parte dos cerca de 60 milhões de meticais do orçamento do investimento. A reabilitação compreende um projecto global, que contempla a pista e balneários, para além do reordenamento da infra-estrutura e montagem de um ginásio.

Segundo José Dava, o orçamento de investimento manteve-se nos mesmos níveis do ano passado, que foi de 59.500.000 meticais, e abarca cinco projectos. Maior parte do bolo vai para o Complexo Desportivo de Pemba para dar continuidade às obras em curso.

Assegurou que uma parte das instalações vai entrar em funcionamento este ano, salientando que houve agravamento de custos, sendo que algumas partes das obras não serão concluídas este ano, em que se previa a entrega do empreendimento. Mencionou, por exemplo, o caso da piscina, que será concluída próximo ano, bem como os arranjos exteriores.

Entretanto, já foram concluídos os campos de treinos de futebol, de ténis e recintos polivalentes para as modalidades de salão, para além de balneários e instalações onde funcionará a administração

Parte das infra-estruturas do Complexo Municipal de Pemba, em construção
A grande novidade em vista é o início das obras de construção do Complexo Municipal de Tete, também este ano, cujo concurso de empreitada será lançado brevemente. O outro projecto na agenda do Governo é a construção do Centro de Excelência de Gondola. Numa primeira fase, será priorizado o campo de futebol e depois serão desenvolvidas acções no âmbito do projecto acordado com os Caminhos de Ferro de Moçambique para o aproveitamento das instalações, no qual o Ministério da Juventude e Desportos vai intervir na sua reabilitação.

O outro projecto na agenda compreende algumas acções visando o apetrechamento de algumas infra-estruturas desportivas, nomeadamente a colocação de balizas para campos de salão e tabelas de basquetebol.

ORÇAMENTO CORRENTE BAIXOU

O orçamento corrente, que é destinado ao funcionamento das federações e outras instituições desportivas nacionais, incluindo o próprio Fundo de Promoção Desportiva (FPD), é de 36.196.000 meticais e baixou relativamente ao do ano passado. Porém, este montante elevou-se a 50.196.00 com outras receitas que o FPD obtém de parceiros.

O Director Executivo do FPD explicou que houve uma e outra federação que teve aumento, casos de basquetebol e hóquei em patins, que este ano estarão envolvidos em competições internacionais, nomeadamente Campeonatos Africanos e Mundial.

A Fundação Lurdes Mutola teve igualmente um incremento, porque apresentou um novo projecto ao Governo para a capacitação institucional, de forma a proporcionar-lhe o melhor funcionamento. O fundo a ser alocado à fundação, que é de três milhões de meticais, será destinado ao recrutamento de quadros, instalações e aquisição de material.

O novo projecto, que é de quatro anos, constituiu o plano estratégico da fundação e inclui várias áreas. O projecto anterior era de três anos.

Salientar que, para além das federações nacionais, o orçamento corrente é repartido com Conselho Nacional do Desporto (CND), Comité Olímpico de Moçambique (CND).

Sublinhar que uma das razões que influenciou para a redução do orçamento corrente é o facto de este ano não ser olímpico, o que se reflectirá igualmente no pacote que será destinado ao COM para 2009. O montante para o COM este ano é particularmente para atender a formação de atletas no âmbito das bolsas olímpicas.

RELATÓRIOS ATRASADOS

Algumas federações ainda não apresentaram relatórios e os respectivos projectos para este ano e consequentemente ainda não foi concluída a programação financeira para este ano. Este ligeiro atraso na discussão com federações sobre a programação financeira e análise do exercício do ano passado poderá retardar a alocação de fundos para o seu funcionamento.

Questionado se estava definitivamente descartado o apoio que era dado inicialmente aos clubes, Dava salientou que o investimento que é feito às instalações municipais pode igualmente servir às colectividades.

“Depende das condições em que apoiamos. Pode haver um protocolo em que as instalações de um clube ou outro ficam sob gestão do Município e dai poderem beneficiar dos apoios do FPD. Não podemos dizer taxativamente que os clubes são sim ou não beneficiários do FPD”, explicou.

publicado por Vaxko Zakarias às 13:27
 O que é? |  O que é? | favorito
 Director executivo do FPD, José Gabriel Dava
O PARQUE dos Continuadores, na cidade de Maputo, vai sofrer obras de reabilitação e remodelação este ano com fundos do Estado.

COMPLEXO MUNICIPAL DE TETE NA EXPECTATIVA

Esta informação foi prestada pelo director executivo do Fundo de Promoção Desportiva (FPD), José Gabriel Dava, em entrevista ao “Notícias”, na qual anunciou os pacotes disponíveis este ano para os orçamentos corrente - destinado às federações e outras instituições desportivas nacionais - e de investimento - direccionado às infra-estruturas desportivas.

Parque dos Continuadores vai ser reabilitado e remodelado

O Parque dos Continuadores será reabilitado por parte dos cerca de 60 milhões de meticais do orçamento do investimento. A reabilitação compreende um projecto global, que contempla a pista e balneários, para além do reordenamento da infra-estrutura e montagem de um ginásio.

Segundo José Dava, o orçamento de investimento manteve-se nos mesmos níveis do ano passado, que foi de 59.500.000 meticais, e abarca cinco projectos. Maior parte do bolo vai para o Complexo Desportivo de Pemba para dar continuidade às obras em curso.

Assegurou que uma parte das instalações vai entrar em funcionamento este ano, salientando que houve agravamento de custos, sendo que algumas partes das obras não serão concluídas este ano, em que se previa a entrega do empreendimento. Mencionou, por exemplo, o caso da piscina, que será concluída próximo ano, bem como os arranjos exteriores.

Entretanto, já foram concluídos os campos de treinos de futebol, de ténis e recintos polivalentes para as modalidades de salão, para além de balneários e instalações onde funcionará a administração

Parte das infra-estruturas do Complexo Municipal de Pemba, em construção
A grande novidade em vista é o início das obras de construção do Complexo Municipal de Tete, também este ano, cujo concurso de empreitada será lançado brevemente. O outro projecto na agenda do Governo é a construção do Centro de Excelência de Gondola. Numa primeira fase, será priorizado o campo de futebol e depois serão desenvolvidas acções no âmbito do projecto acordado com os Caminhos de Ferro de Moçambique para o aproveitamento das instalações, no qual o Ministério da Juventude e Desportos vai intervir na sua reabilitação.

O outro projecto na agenda compreende algumas acções visando o apetrechamento de algumas infra-estruturas desportivas, nomeadamente a colocação de balizas para campos de salão e tabelas de basquetebol.

ORÇAMENTO CORRENTE BAIXOU

O orçamento corrente, que é destinado ao funcionamento das federações e outras instituições desportivas nacionais, incluindo o próprio Fundo de Promoção Desportiva (FPD), é de 36.196.000 meticais e baixou relativamente ao do ano passado. Porém, este montante elevou-se a 50.196.00 com outras receitas que o FPD obtém de parceiros.

O Director Executivo do FPD explicou que houve uma e outra federação que teve aumento, casos de basquetebol e hóquei em patins, que este ano estarão envolvidos em competições internacionais, nomeadamente Campeonatos Africanos e Mundial.

A Fundação Lurdes Mutola teve igualmente um incremento, porque apresentou um novo projecto ao Governo para a capacitação institucional, de forma a proporcionar-lhe o melhor funcionamento. O fundo a ser alocado à fundação, que é de três milhões de meticais, será destinado ao recrutamento de quadros, instalações e aquisição de material.

O novo projecto, que é de quatro anos, constituiu o plano estratégico da fundação e inclui várias áreas. O projecto anterior era de três anos.

Salientar que, para além das federações nacionais, o orçamento corrente é repartido com Conselho Nacional do Desporto (CND), Comité Olímpico de Moçambique (CND).

Sublinhar que uma das razões que influenciou para a redução do orçamento corrente é o facto de este ano não ser olímpico, o que se reflectirá igualmente no pacote que será destinado ao COM para 2009. O montante para o COM este ano é particularmente para atender a formação de atletas no âmbito das bolsas olímpicas.

RELATÓRIOS ATRASADOS

Algumas federações ainda não apresentaram relatórios e os respectivos projectos para este ano e consequentemente ainda não foi concluída a programação financeira para este ano. Este ligeiro atraso na discussão com federações sobre a programação financeira e análise do exercício do ano passado poderá retardar a alocação de fundos para o seu funcionamento.

Questionado se estava definitivamente descartado o apoio que era dado inicialmente aos clubes, Dava salientou que o investimento que é feito às instalações municipais pode igualmente servir às colectividades.

“Depende das condições em que apoiamos. Pode haver um protocolo em que as instalações de um clube ou outro ficam sob gestão do Município e dai poderem beneficiar dos apoios do FPD. Não podemos dizer taxativamente que os clubes são sim ou não beneficiários do FPD”, explicou.

publicado por Vaxko Zakarias às 13:27
 O que é? |  O que é? | favorito
Ferroviário de Nacala o mais penalizado na primeira ronda
A PRIMEIRA jornada do Moçambola foi de azar para alguns clubes, que devido ao mau comportamento dos seus adeptos e jogadores foram penalizados pela Comissão de Disciplina da Liga Moçambicana de Futebol


O Ferroviário de Nacala foi o que mais sofreu, com uma multa de cinco mil meticais por comportamento incorrecto dos seus sócios e simpatizantes, que durante o jogo com o Atlético Muçulmano arremessaram objectos (garrafas)para o interior do rectângulo de jogos।

Os nacalenses viram ainda os jogadores José Chivambo, Ramadane Mahomed, Stélio Ernesto, Wilson Cherindza, Djão Zacarias, Egídio Coutinho, Nelson Alberto, Francisco Almeida, Romão Laisse e Abdala Ramadane a serem punidos com uma multa de quinhentos meticais cada por falta de apresentação de cartões de licença.

MUSSÁ OSMAN PUNIDO

Mussá Osman, técnico adjunto
Mussá Osman, treinador do HCB do Songo, foi multado com mil e quinhetos meticais e uma pena de advertência por não ter apresentado o cartão de licença de treinador da Federação Moçambicana de Futebol (FMF).

No HCB foi ainda penalizado Lucas Joaquim, treinador-adjunto, António Duarte, massagista, e Rosário Colher, delegado, pelos mesmos motivos. Aslam Haroon, delegado do FC Lichinga, foi igualmente multado por não ter apresentado o cartão de licença.

Para além destes, foram multados por terem visto pela primeira vez o cartão amarelo os seguintes jogadores: Alvin Ndunduma e Manuel Fernandes (Liga Muçulmana); Inocêncio Basse e Venâncio Foquisso (HCB do Songo); Edgar Baraça, Joaquim Malate e António Malate (Textáfrica); Pedro Mambo (Costa do Sol); Samuel Chapanga e Mustafa Ismael (Maxaquene); Dário Chissano e António Gravata (Ferroviário de Maputo); Leonel Jaime e Stélio da Silva (Ferroviário de Nampula); Carlos da Silva e Dércio Mavume (FC Lichinga); Eduardo Júnior e Délcio Sitoe (Atlético Muçulmano); Carlos Togara, Gervásio Cossa e Alcine Gemo (Ferroviário da Beira).

publicado por Vaxko Zakarias às 12:49
 O que é? |  O que é? | favorito
Ferroviário de Nacala o mais penalizado na primeira ronda
A PRIMEIRA jornada do Moçambola foi de azar para alguns clubes, que devido ao mau comportamento dos seus adeptos e jogadores foram penalizados pela Comissão de Disciplina da Liga Moçambicana de Futebol


O Ferroviário de Nacala foi o que mais sofreu, com uma multa de cinco mil meticais por comportamento incorrecto dos seus sócios e simpatizantes, que durante o jogo com o Atlético Muçulmano arremessaram objectos (garrafas)para o interior do rectângulo de jogos।

Os nacalenses viram ainda os jogadores José Chivambo, Ramadane Mahomed, Stélio Ernesto, Wilson Cherindza, Djão Zacarias, Egídio Coutinho, Nelson Alberto, Francisco Almeida, Romão Laisse e Abdala Ramadane a serem punidos com uma multa de quinhentos meticais cada por falta de apresentação de cartões de licença.

MUSSÁ OSMAN PUNIDO

Mussá Osman, técnico adjunto
Mussá Osman, treinador do HCB do Songo, foi multado com mil e quinhetos meticais e uma pena de advertência por não ter apresentado o cartão de licença de treinador da Federação Moçambicana de Futebol (FMF).

No HCB foi ainda penalizado Lucas Joaquim, treinador-adjunto, António Duarte, massagista, e Rosário Colher, delegado, pelos mesmos motivos. Aslam Haroon, delegado do FC Lichinga, foi igualmente multado por não ter apresentado o cartão de licença.

Para além destes, foram multados por terem visto pela primeira vez o cartão amarelo os seguintes jogadores: Alvin Ndunduma e Manuel Fernandes (Liga Muçulmana); Inocêncio Basse e Venâncio Foquisso (HCB do Songo); Edgar Baraça, Joaquim Malate e António Malate (Textáfrica); Pedro Mambo (Costa do Sol); Samuel Chapanga e Mustafa Ismael (Maxaquene); Dário Chissano e António Gravata (Ferroviário de Maputo); Leonel Jaime e Stélio da Silva (Ferroviário de Nampula); Carlos da Silva e Dércio Mavume (FC Lichinga); Eduardo Júnior e Délcio Sitoe (Atlético Muçulmano); Carlos Togara, Gervásio Cossa e Alcine Gemo (Ferroviário da Beira).

publicado por Vaxko Zakarias às 12:49
 O que é? |  O que é? | favorito

OS tenistas Feliciano dos Santos e Jonas Alberto protagonizarão a grande final de singulares homens no Torneio Mcel, que conhecerá o seu epílogo no sábado, nos “courts” do Jardim Tunduru, no Clube de Ténis da Cidade de Maputo.

Jonas Alberto e Eldorado Dabula num frente-a-frente
Feliciano dos Santos, campeão em título de homens, terá que provar os seus dotes diante daquele que foi um dos melhores tenistas nacionais que quebrou com a geração dos “veteranos” como Alberto Nhancale e Armindo Nhavene, em finais de 90 e princípios de 2000, e que teve que abandonar a modalidade para prosseguir com os estudos na vizinha África do Sul.

A presença destes tenistas nas meias-finais prova alguma maturidade, que foi provada nas meias-finais, em que afastaram, mesmo com alguma dificuldade, António Bulha e Isac Jorge, que são atletas experimentados e fazem parte dos melhores da actual geração.

Porém, Bulha, que foi um dos temidos pelos “mais velhos” ainda em juniores, tem vindo a baixar de forma, uma vez que já não pratica com regularidade a modalidade. Não suportou o terceiro “set”, em que Feliciano dos Santos impôs a sua experiência, batendo-o por 6-4. Dos Santos partiu na dianteira vencendo o primeiro “set” pela mesma margem, mas não teve a mesma ousadia no segundo, em que Bulha ganhou por 6-3.

Jonas Alberto transitou com muitas dificuldades, face à resistência de Isac Jorge. Ganhou os dois “sets” à tangente (7-5 e 7-6).

NHAVENE ESPREITA TERCEIRO TÍTULO

A “veterana” Laura Nhavene está próximo do terceiro título consecutivo em singulares senhoras. Aliás, Nhavene tem sido invencível desde que regressou às competições e particularmente neste torneio. A sua adversária na final é Leta Joaquim, depois que afastou Kiara Maher nas “meias” pelos expressivos 6-0 e 6-0.

Leta Joaquim eliminou, por seu turno, Cecília Armando por 6-1 e 6-1.

Enquanto isso, Ercílio Seda e Ashely Maher vão disputar a final de juniores.

A final de singulares veteranos colocará frente-a-frente o “veterano” Alberto Nhancale, ex-bicampeão nacional, e Klauzy Quicy, isto na categoria “A”. Os finalistas da categoria “B” serão apurados ao longo da semana.

António Bulha, cabeças-de-série em singulares e pares homens
FINALISTAS DE PARES HOMENS CONHECIDOS ESTA TARDE

Entretanto, os finalistas de pares homens serão conhecidos esta tarde. As meias-finais prometem muita luta, pois envolvem os melhores tenistas, com destaque para a presença do ex-campeão nacional Armindo Nhavene. Nhavene fará a dupla com Feliciano dos Santos na meia-final com o par António Bulha/Emídio Machaieie.

A outra meia-final colocará frente-a-frente a dupla composta pelos irmãos Jonas e Atílio Alberto e o par Isac Jorge/António Sábado.

publicado por Vaxko Zakarias às 12:36
 O que é? |  O que é? | favorito

OS tenistas Feliciano dos Santos e Jonas Alberto protagonizarão a grande final de singulares homens no Torneio Mcel, que conhecerá o seu epílogo no sábado, nos “courts” do Jardim Tunduru, no Clube de Ténis da Cidade de Maputo.

Jonas Alberto e Eldorado Dabula num frente-a-frente
Feliciano dos Santos, campeão em título de homens, terá que provar os seus dotes diante daquele que foi um dos melhores tenistas nacionais que quebrou com a geração dos “veteranos” como Alberto Nhancale e Armindo Nhavene, em finais de 90 e princípios de 2000, e que teve que abandonar a modalidade para prosseguir com os estudos na vizinha África do Sul.

A presença destes tenistas nas meias-finais prova alguma maturidade, que foi provada nas meias-finais, em que afastaram, mesmo com alguma dificuldade, António Bulha e Isac Jorge, que são atletas experimentados e fazem parte dos melhores da actual geração.

Porém, Bulha, que foi um dos temidos pelos “mais velhos” ainda em juniores, tem vindo a baixar de forma, uma vez que já não pratica com regularidade a modalidade. Não suportou o terceiro “set”, em que Feliciano dos Santos impôs a sua experiência, batendo-o por 6-4. Dos Santos partiu na dianteira vencendo o primeiro “set” pela mesma margem, mas não teve a mesma ousadia no segundo, em que Bulha ganhou por 6-3.

Jonas Alberto transitou com muitas dificuldades, face à resistência de Isac Jorge. Ganhou os dois “sets” à tangente (7-5 e 7-6).

NHAVENE ESPREITA TERCEIRO TÍTULO

A “veterana” Laura Nhavene está próximo do terceiro título consecutivo em singulares senhoras. Aliás, Nhavene tem sido invencível desde que regressou às competições e particularmente neste torneio. A sua adversária na final é Leta Joaquim, depois que afastou Kiara Maher nas “meias” pelos expressivos 6-0 e 6-0.

Leta Joaquim eliminou, por seu turno, Cecília Armando por 6-1 e 6-1.

Enquanto isso, Ercílio Seda e Ashely Maher vão disputar a final de juniores.

A final de singulares veteranos colocará frente-a-frente o “veterano” Alberto Nhancale, ex-bicampeão nacional, e Klauzy Quicy, isto na categoria “A”. Os finalistas da categoria “B” serão apurados ao longo da semana.

António Bulha, cabeças-de-série em singulares e pares homens
FINALISTAS DE PARES HOMENS CONHECIDOS ESTA TARDE

Entretanto, os finalistas de pares homens serão conhecidos esta tarde. As meias-finais prometem muita luta, pois envolvem os melhores tenistas, com destaque para a presença do ex-campeão nacional Armindo Nhavene. Nhavene fará a dupla com Feliciano dos Santos na meia-final com o par António Bulha/Emídio Machaieie.

A outra meia-final colocará frente-a-frente a dupla composta pelos irmãos Jonas e Atílio Alberto e o par Isac Jorge/António Sábado.

publicado por Vaxko Zakarias às 12:36
 O que é? |  O que é? | favorito

A INSPECÇÃO-GERAL do Ministério da Juventude e Desportos (MJD) realiza hoje e amanhã uma visita de trabalho à Federação Moçambicana de Ténis (FMT) para verificar o grau de organização e funcionamento desta instituição desportiva

O director nacional do Desporto saúda Feizal Sidat (dir)
Feito isto, a Inspecção escalará a Federação de Andebol (FMAND), nos dias 23 e 24, com o mesmo objectivo, para nos dias 25 e 26 visitar a Liga Moçambicana de Futebol (LMF) com a finalidade de se inteirar da gestão dos recursos humanos, património e processos de inscrição e filiação das equipas, segurança nos recintos desportivos, situação das arbitragens e procedimentos relativos à gestão financeira. A Inspecção-Geral do MJD verificará igualmente o grau de cumprimento da Lei e do Regulamento do Desporto.

Desde que foi criada em meados do ano passado, a Inspecção-Geral do MJD já escalou as federações de futebol, basquetebol, atletismo e voleibol.

O Inspector-Geral do MJD, José Dimitri, promete nos próximos dias dar a conhecer os relatórios sobre o funcionamento e gestão das federações nacionais, sobretudo as consideradas prioritárias, atendendo que são instituições que recebem o maior bolo dos fundos do Estado.

No próximo mês, será a vez de fazer inspecção em Tete e Niassa, nomeadamente com as unidades orgânicas das Direcções da Juventude e Desportos daquelas províncias, associações das modalidades prioritárias e juvenis.

Trabalhará também com as representações do Conselho Nacional do Desporto (CND) e os serviços distritais da Educação, Juventude e Tecnologia.

publicado por Vaxko Zakarias às 12:15
 O que é? |  O que é? | favorito

A INSPECÇÃO-GERAL do Ministério da Juventude e Desportos (MJD) realiza hoje e amanhã uma visita de trabalho à Federação Moçambicana de Ténis (FMT) para verificar o grau de organização e funcionamento desta instituição desportiva

O director nacional do Desporto saúda Feizal Sidat (dir)
Feito isto, a Inspecção escalará a Federação de Andebol (FMAND), nos dias 23 e 24, com o mesmo objectivo, para nos dias 25 e 26 visitar a Liga Moçambicana de Futebol (LMF) com a finalidade de se inteirar da gestão dos recursos humanos, património e processos de inscrição e filiação das equipas, segurança nos recintos desportivos, situação das arbitragens e procedimentos relativos à gestão financeira. A Inspecção-Geral do MJD verificará igualmente o grau de cumprimento da Lei e do Regulamento do Desporto.

Desde que foi criada em meados do ano passado, a Inspecção-Geral do MJD já escalou as federações de futebol, basquetebol, atletismo e voleibol.

O Inspector-Geral do MJD, José Dimitri, promete nos próximos dias dar a conhecer os relatórios sobre o funcionamento e gestão das federações nacionais, sobretudo as consideradas prioritárias, atendendo que são instituições que recebem o maior bolo dos fundos do Estado.

No próximo mês, será a vez de fazer inspecção em Tete e Niassa, nomeadamente com as unidades orgânicas das Direcções da Juventude e Desportos daquelas províncias, associações das modalidades prioritárias e juvenis.

Trabalhará também com as representações do Conselho Nacional do Desporto (CND) e os serviços distritais da Educação, Juventude e Tecnologia.

publicado por Vaxko Zakarias às 12:15
 O que é? |  O que é? | favorito

OS judocas nacionais, Edson Madeira e Neuso Sigauque, partem hoje para Paris, capital da França, onde irão efectuar, durante dois meses, um estágio pré-competitivo com vista a participarem no Campeonato Africano da modalidade a ter lugar de 27 de Abril a 3 de Maio, nas Maurícias.

O judoca, Edson Madeira
Em Paris, Edson Madeira e Neuso Sigauque irão realizar combates de treino com a selecção francesa, nas categorias de menos 66 e 60 quilos, respectivamente.

Ambos os judocas são tidos como referências da modalidade e até internacional a nível da zona. Há dois anos, Edson e Neuso conquistaram uma medalha de prata e uma de bronze, respectivamente no “Open” da África do Sul.

Mas, as grandes esperanças do judo nacional estão depositadas em Edson Madeira que no ano passado cometeu a proeza de ser o primeiro moçambicano a participar nos Jogos Olímpicos, prova disputada em Beijing, China.

Ainda no mesmo ano, o judoca foi terceiro nos Jogos da Commonwealth realizados nas Maurícias, depois de em 2007 ter ocupado a quarta posição nos Jogos Africanos (Argel).

publicado por Vaxko Zakarias às 11:52
 O que é? |  O que é? | favorito

OS judocas nacionais, Edson Madeira e Neuso Sigauque, partem hoje para Paris, capital da França, onde irão efectuar, durante dois meses, um estágio pré-competitivo com vista a participarem no Campeonato Africano da modalidade a ter lugar de 27 de Abril a 3 de Maio, nas Maurícias.

O judoca, Edson Madeira
Em Paris, Edson Madeira e Neuso Sigauque irão realizar combates de treino com a selecção francesa, nas categorias de menos 66 e 60 quilos, respectivamente.

Ambos os judocas são tidos como referências da modalidade e até internacional a nível da zona. Há dois anos, Edson e Neuso conquistaram uma medalha de prata e uma de bronze, respectivamente no “Open” da África do Sul.

Mas, as grandes esperanças do judo nacional estão depositadas em Edson Madeira que no ano passado cometeu a proeza de ser o primeiro moçambicano a participar nos Jogos Olímpicos, prova disputada em Beijing, China.

Ainda no mesmo ano, o judoca foi terceiro nos Jogos da Commonwealth realizados nas Maurícias, depois de em 2007 ter ocupado a quarta posição nos Jogos Africanos (Argel).

publicado por Vaxko Zakarias às 11:52
 O que é? |  O que é? | favorito

O KAMPALA City, do Uganda, “carrasco” do Ferroviário de Maputo na pré-eliminatória da Liga dos Campeões Africanos, venceu no fim-de-semana, em partida da primeira “mão” dos dezasseis-avos-de-final, o Supersport United, da África do Sul, onde alinha o moçambicano Dominguez, por 2-1

Dominguez não conseguiu evitar a derrota da sua equipa
Destaque desta ronda vai ainda para a derrota do Petro Atlético de Luanda, por 0-3, diante do TP Mazembe de Lubumbashi, da República Democrática do Congo, com os três golos a serem apontados pelo mesmo jogador, o internacional congolês Mputu Trésor, aos 6, 25 e 63 minutos.

Restantes ressultados

Primeiro de Agosto (Angola) - Canon de Yaounde (Camarões) 0-1

AS Douanes (Senegal) - Kano Pillars FC (Nigéria) 1-1

Club Africain (Tunísia) - Djoliba AC (Mali) 1-2

Kampala CC (Uganda)- Supersport United (África do Sul) 2-1

Heartland (Nigéria) - ASFAR (Marrocos) 3-1

TP Mazembe (RD Congo) - Petro de Luanda (Angola) 3-0

Asec Mimosas (Costa do Marfim) - Etoile Filante (Burkina Faso ) 2-0

J.S.K.(Argélia) - Ahly Tripoli (Líbia) 1-2

Asante Kotoko (Gana) - Ittihad Z. Khemisset (Marrocos) 3-1

E.S.S. (Tunísia) - ASO Chief (Argélia) 2-1

Coton Sport (Camarões) - Mangasport (Gabão) 2-1

Ajax Cape Town (África do Sul) - Monomotapa FC (Zimbabwe) 3-2

Al Ahly (Egipto) - Young Africans (Tanzânia) 3-0

Al Hilal (Sudão) - USS Tamponnaise (Reunião) 3-1

Africa Sports (Costa do Marfim) - Zesco United (Zâmbia) 0-0

Ittihad (Líbia) - Merrikh (Sudão) 1-1.

publicado por Vaxko Zakarias às 11:39
 O que é? |  O que é? | favorito

O KAMPALA City, do Uganda, “carrasco” do Ferroviário de Maputo na pré-eliminatória da Liga dos Campeões Africanos, venceu no fim-de-semana, em partida da primeira “mão” dos dezasseis-avos-de-final, o Supersport United, da África do Sul, onde alinha o moçambicano Dominguez, por 2-1

Dominguez não conseguiu evitar a derrota da sua equipa
Destaque desta ronda vai ainda para a derrota do Petro Atlético de Luanda, por 0-3, diante do TP Mazembe de Lubumbashi, da República Democrática do Congo, com os três golos a serem apontados pelo mesmo jogador, o internacional congolês Mputu Trésor, aos 6, 25 e 63 minutos.

Restantes ressultados

Primeiro de Agosto (Angola) - Canon de Yaounde (Camarões) 0-1

AS Douanes (Senegal) - Kano Pillars FC (Nigéria) 1-1

Club Africain (Tunísia) - Djoliba AC (Mali) 1-2

Kampala CC (Uganda)- Supersport United (África do Sul) 2-1

Heartland (Nigéria) - ASFAR (Marrocos) 3-1

TP Mazembe (RD Congo) - Petro de Luanda (Angola) 3-0

Asec Mimosas (Costa do Marfim) - Etoile Filante (Burkina Faso ) 2-0

J.S.K.(Argélia) - Ahly Tripoli (Líbia) 1-2

Asante Kotoko (Gana) - Ittihad Z. Khemisset (Marrocos) 3-1

E.S.S. (Tunísia) - ASO Chief (Argélia) 2-1

Coton Sport (Camarões) - Mangasport (Gabão) 2-1

Ajax Cape Town (África do Sul) - Monomotapa FC (Zimbabwe) 3-2

Al Ahly (Egipto) - Young Africans (Tanzânia) 3-0

Al Hilal (Sudão) - USS Tamponnaise (Reunião) 3-1

Africa Sports (Costa do Marfim) - Zesco United (Zâmbia) 0-0

Ittihad (Líbia) - Merrikh (Sudão) 1-1.

publicado por Vaxko Zakarias às 11:39
 O que é? |  O que é? | favorito

O INCOMÁTI estreou-se de forma brilhante no Campeonato Provincial de Futebol de Maputo ao golear a formação do Simba Sport da Bela Vista, por 9-0, em desafio da primeira jornada.

A turma “fabril” assumiu desta forma a liderança graças ao bom índice de golos, já que mais três equipas iniciaram a prova a vencerem, nomeadamente Clube de Marracuene, FC Liber Bulls e Clube de Xinavane.

O Clube de Marracuene venceu o seu despique ante o Binó FC, por 5-1, o Clube de Xinavane bateu o Desportivo da Matola, por 1-0, enquanto o FC Liber Bulls ganhou ao Clube da Manhiça, por 3-1.

O jogo entre o Matchedje da Matola e o Clube da Marragra não se realizou devido ao facto da primeira equipa ainda não ter os jogadores devidamente inscritos, segundo afirmou uma fonte da Associação Provincial de Futebol de Maputo, tendo ficado para uma data a anunciar oportunamente.

Esta prova será disputada num sistema de todos contra todos em duas voltas.

publicado por Vaxko Zakarias às 11:24
 O que é? |  O que é? | favorito

O INCOMÁTI estreou-se de forma brilhante no Campeonato Provincial de Futebol de Maputo ao golear a formação do Simba Sport da Bela Vista, por 9-0, em desafio da primeira jornada.

A turma “fabril” assumiu desta forma a liderança graças ao bom índice de golos, já que mais três equipas iniciaram a prova a vencerem, nomeadamente Clube de Marracuene, FC Liber Bulls e Clube de Xinavane.

O Clube de Marracuene venceu o seu despique ante o Binó FC, por 5-1, o Clube de Xinavane bateu o Desportivo da Matola, por 1-0, enquanto o FC Liber Bulls ganhou ao Clube da Manhiça, por 3-1.

O jogo entre o Matchedje da Matola e o Clube da Marragra não se realizou devido ao facto da primeira equipa ainda não ter os jogadores devidamente inscritos, segundo afirmou uma fonte da Associação Provincial de Futebol de Maputo, tendo ficado para uma data a anunciar oportunamente.

Esta prova será disputada num sistema de todos contra todos em duas voltas.

publicado por Vaxko Zakarias às 11:24
 O que é? |  O que é? | favorito
Março 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
21
22
28
29
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO