Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Quarta-feira, 14 DE Janeiro 2009
Perreira em mais uma comemoração com o seu colega de equipe Bruno pimentel
PODE-SE dizer que a sorte foi “madrasta” a Moçambique na definição dos grupos do Campeonato Mundial de Hóquei em Patins a realizar-se de 7 a 16 de Julho próximo, na cidade de Vigo, Espanha.

É que na primeira fase a Selecção Nacional terá como adversários a Espanha, a detentora do título, e que terá, nesta 39ª edição, a particularidade de defender este estatuto no seu território.

Para além do desafio dificílimo ante os espanhóis, que já conquistaram os títulos por 13 vezes, dois dos quais nas últimas duas edições, terá um embate ainda mais apetecível diante da Angola.

O combinado nacional vai ter mesmo que ombrear com selecções do seu nível como são os casos de Angola, adversário com que os moçambicanos têm travado árduos despiques.

Moçambique terá ainda pela frente a selecção da Colômbia, um adversário tido teoricamente como o mais fraco do grupo. No último embate, disputado na cidade de Maputo, em Outubro, Moçambique venceu a Colômbia por 8-5.

Aliás, nos desafios frente a esta equipa sul-americana o combinado nacional tem sido superior. No último encontro a contar para o Campeonato do Mundo, Moçambique goleou a Colômbia, por 6-1.

Foi em Montevideu, Uruguai, em 2006, o ano em que a selecção se sagrou campeã mundial do Grupo B. Antes, em 2003, no Mundial do Grupo “B”, realizado em Portugal, na cidade de Oliveira de Azeméis, os moçambicanos haviam ganho por 7-2, números que espelham a superioridade dos comandados de Pedro Pimentel frente à formação colombiana.

O mesmo já não se pode dizer em relação a Espanha e à Angola, porque a história tem sido o inverso. No entanto, é de realçar a boa réplica que Moçambique deu ao poderoso conjunto espanhol no Campeonato do Mundo de Oliveira de Azeméis, em que perdeu por, 2-3, depois de estar a ganhar por duas bolas.

Foi um susto para os espanhóis que deverão estar mais precavidos. Quanto a Angola, fica o registo de uma derrota, em 2003, em Pretória, por 0-1, num desafio que serviu de preparação para o “Mundial” do Grupo B em São José, Estados Unidos da América.

A última vitória da turma nacional frente aos angolanos foi em 1999, no “Mundial” de Réus do Grupo B, por 1-0.

Apuram-se para a fase seguinte (quartos-de-final) os dois primeiros do grupo, pelo que a luta pelo apuramento da Selecção Nacional será com Angola, visto que a Espanha tem “a prior” o passaporte carimbado.

No último “mundial” realizado em Montreux, Suíça, a equipa moçambicana ocupou a nona posição, tendo sido a melhor entre as selecções que não conseguiram transitar para os “quartos”.

Foi o “Mundial” em que Moçambique obteve o maior número de vitórias num Mundial do Grupo A, três. Mas foi em San Juan, Argentina, 2001, onde os moçambicanos obtiveram a melhor classificação de sempre, o oitavo lugar, mercê da vitória frente à Suíça na fase de grupos, que valeu pela primeira vez o apuramento para os quartos-de-final.

Espanha, Portugal, Argentina e Itália são os crónicos candidatos a conquistarem os títulos.

Eis os restantes grupos, sendo que a Espanha, Portugal, Suíça e a Itália são os cabeça-de-série.

GRUPO A: Espanha, Angola, Moçambique e Colômbia.

GRUPO B: Suíça, Brasil, Andorra e Holanda.

GRUPO C: Portugal, Argentina, Chile e Estados Unidos da América.

GRUPO D:** Itália, França, Alemanha e Inglaterra.

publicado por Vaxko Zakarias às 14:58
 O que é? |  O que é? | favorito
Perreira em mais uma comemoração com o seu colega de equipe Bruno pimentel
PODE-SE dizer que a sorte foi “madrasta” a Moçambique na definição dos grupos do Campeonato Mundial de Hóquei em Patins a realizar-se de 7 a 16 de Julho próximo, na cidade de Vigo, Espanha.

É que na primeira fase a Selecção Nacional terá como adversários a Espanha, a detentora do título, e que terá, nesta 39ª edição, a particularidade de defender este estatuto no seu território.

Para além do desafio dificílimo ante os espanhóis, que já conquistaram os títulos por 13 vezes, dois dos quais nas últimas duas edições, terá um embate ainda mais apetecível diante da Angola.

O combinado nacional vai ter mesmo que ombrear com selecções do seu nível como são os casos de Angola, adversário com que os moçambicanos têm travado árduos despiques.

Moçambique terá ainda pela frente a selecção da Colômbia, um adversário tido teoricamente como o mais fraco do grupo. No último embate, disputado na cidade de Maputo, em Outubro, Moçambique venceu a Colômbia por 8-5.

Aliás, nos desafios frente a esta equipa sul-americana o combinado nacional tem sido superior. No último encontro a contar para o Campeonato do Mundo, Moçambique goleou a Colômbia, por 6-1.

Foi em Montevideu, Uruguai, em 2006, o ano em que a selecção se sagrou campeã mundial do Grupo B. Antes, em 2003, no Mundial do Grupo “B”, realizado em Portugal, na cidade de Oliveira de Azeméis, os moçambicanos haviam ganho por 7-2, números que espelham a superioridade dos comandados de Pedro Pimentel frente à formação colombiana.

O mesmo já não se pode dizer em relação a Espanha e à Angola, porque a história tem sido o inverso. No entanto, é de realçar a boa réplica que Moçambique deu ao poderoso conjunto espanhol no Campeonato do Mundo de Oliveira de Azeméis, em que perdeu por, 2-3, depois de estar a ganhar por duas bolas.

Foi um susto para os espanhóis que deverão estar mais precavidos. Quanto a Angola, fica o registo de uma derrota, em 2003, em Pretória, por 0-1, num desafio que serviu de preparação para o “Mundial” do Grupo B em São José, Estados Unidos da América.

A última vitória da turma nacional frente aos angolanos foi em 1999, no “Mundial” de Réus do Grupo B, por 1-0.

Apuram-se para a fase seguinte (quartos-de-final) os dois primeiros do grupo, pelo que a luta pelo apuramento da Selecção Nacional será com Angola, visto que a Espanha tem “a prior” o passaporte carimbado.

No último “mundial” realizado em Montreux, Suíça, a equipa moçambicana ocupou a nona posição, tendo sido a melhor entre as selecções que não conseguiram transitar para os “quartos”.

Foi o “Mundial” em que Moçambique obteve o maior número de vitórias num Mundial do Grupo A, três. Mas foi em San Juan, Argentina, 2001, onde os moçambicanos obtiveram a melhor classificação de sempre, o oitavo lugar, mercê da vitória frente à Suíça na fase de grupos, que valeu pela primeira vez o apuramento para os quartos-de-final.

Espanha, Portugal, Argentina e Itália são os crónicos candidatos a conquistarem os títulos.

Eis os restantes grupos, sendo que a Espanha, Portugal, Suíça e a Itália são os cabeça-de-série.

GRUPO A: Espanha, Angola, Moçambique e Colômbia.

GRUPO B: Suíça, Brasil, Andorra e Holanda.

GRUPO C: Portugal, Argentina, Chile e Estados Unidos da América.

GRUPO D:** Itália, França, Alemanha e Inglaterra.

publicado por Vaxko Zakarias às 14:58
 O que é? |  O que é? | favorito

1978 – 1º Campeonato Mundial em que participou após a independência - 18ª classificada na prova realizada em San Juan, Argentina.

MUNDIAL DE HÓQUEI EM PATINS, MONTREUX-2007: Moçambique firme no Grupo “A”
1982 – 2º Campeonato do Mundo realizado em Barcelos, Portugal. Moçambique boicota a sua participação devido a presença da selecção neo-zelandesa que na altura tinha relações com o regime do Apartheid da África do Sul.

1984 – 3º Campeonato do Mundo em que Moçambique não participou devido ao castigo imposto pela Federação Internacional de Hóquei em Patins (FIRS) por ter boicotado o Campeonato Mundial realizado em Barcelos-Portugal.

1985 - Surge a divisão em dois grupos A e B (1ª e 2ª Divisões) dos mundiais de hóquei. Devido ao castigo imposto, a selecção não participa no Mundial realizado no Brasil. Só viria a apresentar-se no do ano seguinte disputando o Grupo B.

1986 – 1º Campeonato do Mundo do Grupo B, no México. Grande exibição de Moçambique que lhe conferiu o 3º lugar da prova e o acesso ao Grupo A.

1988 – Campeonato do Mundo do Grupo A, em La Corunha, Espanha. Depois de uma excelente participação de Moçambique no Mundial do México e no torneio de Montreux, Suíça, a Selecção Nacional viria a decepcionar neste Mundial, classificando-se em último lugar.

1990 – Campeonato do Mundo do Grupo B, em Macau. A selecção não conseguiu qualificar-se para a fase final do Mundial sendo remetida à categoria C onde acabou por se sagrar vencedora.

1992 – Campeonato do Mundo do Grupo B, em Andorra, Espanha. Grande exibição (4ª classificada) mas insuficiente para atingir o Grupo A.

1994 – Campeonato do Mundo do Grupo B, em Santiago, Chile - 7ª classificada.

1996 – Campeonato do Mundo do Grupo B, em Vera Cruz, México - 6ª classificada.

1998 – Campeonato do Mundo do Grupo B, em Macau. Excelente participação com hóquei de qualidade que conferiu à selecção o regresso ao grupo dos grandes do hóquei mundial - 3ª classificada.

1999 – Campeonato do Mundo do Grupo A, na cidade de Réus, Espanha - 10ª classificada, mantendo-se no Grupo A devido ao aumento do número de equipas de 12 para 16.

2001 – Campeonato do Mundo do Grupo A, em San Juan, Argentina - 8ª classificada, a melhor classificação de sempre na história do hóquei moçambicano.

2003 – Campeonato do Mundo do Grupo A, na cidade de Oliveira de Azeméis, Portugal, 10ª classificada.

2005 – Campeonato do Mundo do Grupo A, na cidade de São José, Estados Unidos da América, 15ª classificada.

2006 – Campeonato do Mundo do Grupo B, na cidade de Montivideu, Uruguai, campeão mundial.

2007 – Campeonato do Mundo do Grupo A, na cidade de Montreux, Suíça, nona classificada.

2009 – Campeonato do Mundo do Grupo A, na cidade de Vigo, em Ponte Vedra, Espanha?

publicado por Vaxko Zakarias às 14:52
 O que é? |  O que é? | favorito

1978 – 1º Campeonato Mundial em que participou após a independência - 18ª classificada na prova realizada em San Juan, Argentina.

MUNDIAL DE HÓQUEI EM PATINS, MONTREUX-2007: Moçambique firme no Grupo “A”
1982 – 2º Campeonato do Mundo realizado em Barcelos, Portugal. Moçambique boicota a sua participação devido a presença da selecção neo-zelandesa que na altura tinha relações com o regime do Apartheid da África do Sul.

1984 – 3º Campeonato do Mundo em que Moçambique não participou devido ao castigo imposto pela Federação Internacional de Hóquei em Patins (FIRS) por ter boicotado o Campeonato Mundial realizado em Barcelos-Portugal.

1985 - Surge a divisão em dois grupos A e B (1ª e 2ª Divisões) dos mundiais de hóquei. Devido ao castigo imposto, a selecção não participa no Mundial realizado no Brasil. Só viria a apresentar-se no do ano seguinte disputando o Grupo B.

1986 – 1º Campeonato do Mundo do Grupo B, no México. Grande exibição de Moçambique que lhe conferiu o 3º lugar da prova e o acesso ao Grupo A.

1988 – Campeonato do Mundo do Grupo A, em La Corunha, Espanha. Depois de uma excelente participação de Moçambique no Mundial do México e no torneio de Montreux, Suíça, a Selecção Nacional viria a decepcionar neste Mundial, classificando-se em último lugar.

1990 – Campeonato do Mundo do Grupo B, em Macau. A selecção não conseguiu qualificar-se para a fase final do Mundial sendo remetida à categoria C onde acabou por se sagrar vencedora.

1992 – Campeonato do Mundo do Grupo B, em Andorra, Espanha. Grande exibição (4ª classificada) mas insuficiente para atingir o Grupo A.

1994 – Campeonato do Mundo do Grupo B, em Santiago, Chile - 7ª classificada.

1996 – Campeonato do Mundo do Grupo B, em Vera Cruz, México - 6ª classificada.

1998 – Campeonato do Mundo do Grupo B, em Macau. Excelente participação com hóquei de qualidade que conferiu à selecção o regresso ao grupo dos grandes do hóquei mundial - 3ª classificada.

1999 – Campeonato do Mundo do Grupo A, na cidade de Réus, Espanha - 10ª classificada, mantendo-se no Grupo A devido ao aumento do número de equipas de 12 para 16.

2001 – Campeonato do Mundo do Grupo A, em San Juan, Argentina - 8ª classificada, a melhor classificação de sempre na história do hóquei moçambicano.

2003 – Campeonato do Mundo do Grupo A, na cidade de Oliveira de Azeméis, Portugal, 10ª classificada.

2005 – Campeonato do Mundo do Grupo A, na cidade de São José, Estados Unidos da América, 15ª classificada.

2006 – Campeonato do Mundo do Grupo B, na cidade de Montivideu, Uruguai, campeão mundial.

2007 – Campeonato do Mundo do Grupo A, na cidade de Montreux, Suíça, nona classificada.

2009 – Campeonato do Mundo do Grupo A, na cidade de Vigo, em Ponte Vedra, Espanha?

publicado por Vaxko Zakarias às 14:52
 O que é? |  O que é? | favorito

O GOVERNADOR da Zambézia recomenda os clubes de Quelimane a melhor rentabilizarem o seu património, de forma a meterem mais dinheiro nos seus cofres e como meio para resolverem a crise financeira que enfrentam.

 Carvalho Muária, governador da Zambézia
Carvalho Muária reconhece que na província não há um empresariado forte que investe no desporto, apesar das múltiplas vantagens da Lei do Mecenato, razão suficiente para que as grandes colectividades, casos do Ferroviário, Benfica e Sporting, comecem a ver o manancial de infra-estruturas que têm como dinheiro que pode ajudar a resolver muitos problemas.

Além disso, aconselha o governador, os clubes devem melhorar a sua organização interna, para poderem gerir o dinheiro resultante das contribuições dos seus sócios e da exploração do património.

A legalização é outra recomendação avançada pelo governante. Os clubes tradicionais de Quelimane possuem infra-estruturas de fazer inveja, como campos de jogos, restaurantes, sala de cinema, vários compartimentos transformados em estabelecimentos comerciais, bombas de combustível, entre outros. Caricato, porém, é o facto de esse património ter sido arrendado por alguns membros das direcções, que fixaram os valores de aluguer a seu bel-prazer. Dito por outras palavras, fixaram tais preços, extremamente baixos, para serem eles próprios a arrendar.

Carvalho Muária entende que os sócios não se podem redimir da responsabilidade de encontrar soluções para os problemas que os seus clubes enfrentam. Por causa disso, muitos sócios se afastam quando deviam ser eles próprios a organizar. Os donos dos clubes são os sócios, e um sócio que ama o seu clube não pode ficar a assistir ao desmoronamento do clube, quando ele é parte da solução do que mais gosta, disse.

Quanto à não qualificação do Ferroviário de Quelimane para o Moçambola-2009, Muária manifestou profunda preocupação e disse não encontrar motivos que tenham deitado abaixo o sonho de se ter o Campeonato Nacional de Futebol na Zambézia. O Ferroviário tinha tudo à sua mercê para se qualificar. Não sei porque razão as coisas sempre se complicam no último jogo.

publicado por Vaxko Zakarias às 14:51
 O que é? |  O que é? | favorito

O GOVERNADOR da Zambézia recomenda os clubes de Quelimane a melhor rentabilizarem o seu património, de forma a meterem mais dinheiro nos seus cofres e como meio para resolverem a crise financeira que enfrentam.

 Carvalho Muária, governador da Zambézia
Carvalho Muária reconhece que na província não há um empresariado forte que investe no desporto, apesar das múltiplas vantagens da Lei do Mecenato, razão suficiente para que as grandes colectividades, casos do Ferroviário, Benfica e Sporting, comecem a ver o manancial de infra-estruturas que têm como dinheiro que pode ajudar a resolver muitos problemas.

Além disso, aconselha o governador, os clubes devem melhorar a sua organização interna, para poderem gerir o dinheiro resultante das contribuições dos seus sócios e da exploração do património.

A legalização é outra recomendação avançada pelo governante. Os clubes tradicionais de Quelimane possuem infra-estruturas de fazer inveja, como campos de jogos, restaurantes, sala de cinema, vários compartimentos transformados em estabelecimentos comerciais, bombas de combustível, entre outros. Caricato, porém, é o facto de esse património ter sido arrendado por alguns membros das direcções, que fixaram os valores de aluguer a seu bel-prazer. Dito por outras palavras, fixaram tais preços, extremamente baixos, para serem eles próprios a arrendar.

Carvalho Muária entende que os sócios não se podem redimir da responsabilidade de encontrar soluções para os problemas que os seus clubes enfrentam. Por causa disso, muitos sócios se afastam quando deviam ser eles próprios a organizar. Os donos dos clubes são os sócios, e um sócio que ama o seu clube não pode ficar a assistir ao desmoronamento do clube, quando ele é parte da solução do que mais gosta, disse.

Quanto à não qualificação do Ferroviário de Quelimane para o Moçambola-2009, Muária manifestou profunda preocupação e disse não encontrar motivos que tenham deitado abaixo o sonho de se ter o Campeonato Nacional de Futebol na Zambézia. O Ferroviário tinha tudo à sua mercê para se qualificar. Não sei porque razão as coisas sempre se complicam no último jogo.

publicado por Vaxko Zakarias às 14:51
 O que é? |  O que é? | favorito

O NOVO presidente do Ferroviário da Beira, Felisberto Botão, eleito na Assembleia Geral (AG) de sábado passado, garantiu que o seu “staff”, composto maioritariamente pelo elenco anterior que vinha sendo liderado por Geremias Rego (neste mandato passa a desempenhar as funções de relator do Conselho Fiscal), vai apostar em escalões de formação que poderão alimentar os seniores na colectividade.

Campo do Clube Ferroviario da Beira
Botão, que falava momentos depois da sua eleição, com 46 votos, dos 47 sócios activos presentes na AG (um optou pela abstenção), disse que apostando em escalões de formação, o Ferroviário da Beira estaria a rumar para uma independência na altura de contratação de jogadores.

Paralelamente a isso, o novo presidente dos “locomotivas” do “Chiveve” acredita que o seu clube estaria a garantir lugares cimeiros em todas as provas em que estará envolvido, tendo em conta que a cidade da Beira possui um potencial invejável de talentos.

Com efeito, referiu que a formação contínua de técnicos e pessoal auxiliar deverá estar presente para garantir o sucesso almejado. Sendo assim, a contribuição dos sócios, segundo ele, é vital.

Relativamente à temporada 2009, o novo presidente do Ferroviário da Beira não entrou em pormenores, mas disse ser vontade do seu “staff” consolidar os resultados obtidos na época anterior.

Em relação às infra-estruturas, disse estar num passo bastante avançado o projecto de reabilitação do Complexo Desportivo da Beira, que vem sendo discutido pelo Conselho de Administração dos Caminhos de Ferro de Moçambique (CFM).

Entretanto, Felisberto Botão foi candidato único à presidência do Ferroviário da Beira. Botão foi proposto pela Direcção Executiva dos CFM-Centro. Aliás, o seu “staff” é praticamente composto por membros vindos do patronato. Durante o AG alguns sócios esclareceram que desta vez não sugeriram outras candidaturas sob alegação de que nos últimos anos a sua lista não passava.

Refira-se que o sistema de votação no Clube Ferroviário é aberto (não é secreto) e acontece com a presença de membros seniores da Direcção Executiva dos CFM-Centro.

publicado por Vaxko Zakarias às 14:41
 O que é? |  O que é? | favorito

O NOVO presidente do Ferroviário da Beira, Felisberto Botão, eleito na Assembleia Geral (AG) de sábado passado, garantiu que o seu “staff”, composto maioritariamente pelo elenco anterior que vinha sendo liderado por Geremias Rego (neste mandato passa a desempenhar as funções de relator do Conselho Fiscal), vai apostar em escalões de formação que poderão alimentar os seniores na colectividade.

Campo do Clube Ferroviario da Beira
Botão, que falava momentos depois da sua eleição, com 46 votos, dos 47 sócios activos presentes na AG (um optou pela abstenção), disse que apostando em escalões de formação, o Ferroviário da Beira estaria a rumar para uma independência na altura de contratação de jogadores.

Paralelamente a isso, o novo presidente dos “locomotivas” do “Chiveve” acredita que o seu clube estaria a garantir lugares cimeiros em todas as provas em que estará envolvido, tendo em conta que a cidade da Beira possui um potencial invejável de talentos.

Com efeito, referiu que a formação contínua de técnicos e pessoal auxiliar deverá estar presente para garantir o sucesso almejado. Sendo assim, a contribuição dos sócios, segundo ele, é vital.

Relativamente à temporada 2009, o novo presidente do Ferroviário da Beira não entrou em pormenores, mas disse ser vontade do seu “staff” consolidar os resultados obtidos na época anterior.

Em relação às infra-estruturas, disse estar num passo bastante avançado o projecto de reabilitação do Complexo Desportivo da Beira, que vem sendo discutido pelo Conselho de Administração dos Caminhos de Ferro de Moçambique (CFM).

Entretanto, Felisberto Botão foi candidato único à presidência do Ferroviário da Beira. Botão foi proposto pela Direcção Executiva dos CFM-Centro. Aliás, o seu “staff” é praticamente composto por membros vindos do patronato. Durante o AG alguns sócios esclareceram que desta vez não sugeriram outras candidaturas sob alegação de que nos últimos anos a sua lista não passava.

Refira-se que o sistema de votação no Clube Ferroviário é aberto (não é secreto) e acontece com a presença de membros seniores da Direcção Executiva dos CFM-Centro.

publicado por Vaxko Zakarias às 14:41
 O que é? |  O que é? | favorito

SÉRGIO (ex-Textáfrica), Dalito (ex-Benfica de Macúti) e Clyde (ex-Motor Action do Zimbabwe) foram as três caras novas no regresso ao trabalho do Ferroviário da Beira na semana passada, mas nenhum deles tem contrato assinado, facto que cria uma grande indefinição na formação do plantel.

Akil Marcelino treinador do Ferroviário da Beira
É, portanto, um Ferroviário que arrancou debilitado para a época 2009, se se atender que saíram cinco jogadores, três dos quais fundamentais. Trata-se de Mendes, Nené, Eládio, Chico e Wilson, sendo que os dois últimos são guarda-redes.


Os mais recentes foram Mendes (avançado) e Nené (médio), que na semana passada foram apresentados como reforços do Ferroviário de Maputo. Um “revês” de última hora para o “staff” técnico, que terá que encontrar substitutos. No entanto, a formação do plantel dos beirenses é ainda alvo de discussão, visto que se realizou na sexta-feira a eleição do novo presidente da colectividade, Felisberto Botão, que terá agora uma palavra a dizer.

Entretanto, os três referidos reforços que poderão ser apresentados como novos reforços, têm a particularidade de actuarem na linha média, sendo que Sérgio é média ala direito, Dalito, médio ofensivo, enquanto o zimbabweano Clyde é para missões mais defensivas.

Tudo indica que estes sejam apenas três de seis jogadores que reforçaram os “locomotivas” da Beira na próxima época, se se atender que às portas para a entrada de mais reforços continuam em aberto.

APENAS UM GUARDA-REDES

Com a saída de Wilson e Chico, o “keeper” Gervásio é nesta altura senhor e dono da baliza dos beirenses. Esta é mais uma dor de cabeça que a direcção e técnicos terão que resolver encontrar substitutos para Wilson e Chico, até porque cada plantel deve ter por regra três guarda-redes.

MANTER O TERCEIRO LUGAR

Akil Marcelino tinha como objectivo atacar o título este ano, mas devido a saída de jogadores preponderantes na equipa, como são os casos de Mendes, Nené e Eládio, ele propõe-se a manter o terceiro lugar, posição alcançada no Moçambola em 2008. “Estou insatisfeito com a saída de Mendes, Nené e Eládio. São jogadores muito importantes na equipa e que deixaram uma brecha difícil de colmatar”, disse.

ESTÁGIO EM CHIMOIO E ZIMBABWE

Actualmente a preparação dos “locomotivas” da Beira tem se baseado em “peladinha” com Akil Marcelino a dividir a equipa em dois grupos por forma a fazer a análise de quais são os jogadores que contará para a próxima época. É uma fase que o “mister” pretende fazer a triagem por forma a ter um plantel de 25 jogadores. Será um período que decorrerá durante duas semanas a que se seguirá sessões de treino física e posteriormente técnico-tácticas.

No sentido de dar uma melhor rodagem a equipa antes do início do Moçambola (Março) o Ferroviário da Beira poderá realizar estágios pré-competitivos na cidade de Chimoio e no Zimbabwe.

Prevê-se, ainda o arranque na próxima semana dum torneio envolvendo equipas da província de Sofala, algo que será benéfico para os beirenses visto que realizarão vários jogos.

publicado por Vaxko Zakarias às 14:38
 O que é? |  O que é? | favorito

SÉRGIO (ex-Textáfrica), Dalito (ex-Benfica de Macúti) e Clyde (ex-Motor Action do Zimbabwe) foram as três caras novas no regresso ao trabalho do Ferroviário da Beira na semana passada, mas nenhum deles tem contrato assinado, facto que cria uma grande indefinição na formação do plantel.

Akil Marcelino treinador do Ferroviário da Beira
É, portanto, um Ferroviário que arrancou debilitado para a época 2009, se se atender que saíram cinco jogadores, três dos quais fundamentais. Trata-se de Mendes, Nené, Eládio, Chico e Wilson, sendo que os dois últimos são guarda-redes.


Os mais recentes foram Mendes (avançado) e Nené (médio), que na semana passada foram apresentados como reforços do Ferroviário de Maputo. Um “revês” de última hora para o “staff” técnico, que terá que encontrar substitutos. No entanto, a formação do plantel dos beirenses é ainda alvo de discussão, visto que se realizou na sexta-feira a eleição do novo presidente da colectividade, Felisberto Botão, que terá agora uma palavra a dizer.

Entretanto, os três referidos reforços que poderão ser apresentados como novos reforços, têm a particularidade de actuarem na linha média, sendo que Sérgio é média ala direito, Dalito, médio ofensivo, enquanto o zimbabweano Clyde é para missões mais defensivas.

Tudo indica que estes sejam apenas três de seis jogadores que reforçaram os “locomotivas” da Beira na próxima época, se se atender que às portas para a entrada de mais reforços continuam em aberto.

APENAS UM GUARDA-REDES

Com a saída de Wilson e Chico, o “keeper” Gervásio é nesta altura senhor e dono da baliza dos beirenses. Esta é mais uma dor de cabeça que a direcção e técnicos terão que resolver encontrar substitutos para Wilson e Chico, até porque cada plantel deve ter por regra três guarda-redes.

MANTER O TERCEIRO LUGAR

Akil Marcelino tinha como objectivo atacar o título este ano, mas devido a saída de jogadores preponderantes na equipa, como são os casos de Mendes, Nené e Eládio, ele propõe-se a manter o terceiro lugar, posição alcançada no Moçambola em 2008. “Estou insatisfeito com a saída de Mendes, Nené e Eládio. São jogadores muito importantes na equipa e que deixaram uma brecha difícil de colmatar”, disse.

ESTÁGIO EM CHIMOIO E ZIMBABWE

Actualmente a preparação dos “locomotivas” da Beira tem se baseado em “peladinha” com Akil Marcelino a dividir a equipa em dois grupos por forma a fazer a análise de quais são os jogadores que contará para a próxima época. É uma fase que o “mister” pretende fazer a triagem por forma a ter um plantel de 25 jogadores. Será um período que decorrerá durante duas semanas a que se seguirá sessões de treino física e posteriormente técnico-tácticas.

No sentido de dar uma melhor rodagem a equipa antes do início do Moçambola (Março) o Ferroviário da Beira poderá realizar estágios pré-competitivos na cidade de Chimoio e no Zimbabwe.

Prevê-se, ainda o arranque na próxima semana dum torneio envolvendo equipas da província de Sofala, algo que será benéfico para os beirenses visto que realizarão vários jogos.

publicado por Vaxko Zakarias às 14:38
 O que é? |  O que é? | favorito

O SELECCIONADOR moçambicano, Mart Nooij, e o capitão dos “Mambas”, Tico-Tico, fazem parte das figuras que participaram na votação do Melhor Jogador do Mundo da FIFA, cuja cerimónia teve lugar na noite de segunda-feira, na cidade suíça de Zurique, com o triunfo a pertencer ao português Cristiano Ronaldo.

TICO-TICO estava eufórico
Para a vitória do avançado do Manchester United, contribuiu também o voto do capitão Tico-Tico, que, nas três opções a que tinha direito, colocou Ronaldo em primeiro lugar e o argentino Leonel Messi em segundo.

Por seu turno, Mart Nooij direccionou o seu voto para o goleador camaronês do Barcelona, Samuel Eto´o. O segundo posto do treinador holandês dos “Mambas” foi para Ronaldo e o terceiro para o seu compatriota Ruud van Nistelroy.

publicado por Vaxko Zakarias às 14:36
 O que é? |  O que é? | favorito

O SELECCIONADOR moçambicano, Mart Nooij, e o capitão dos “Mambas”, Tico-Tico, fazem parte das figuras que participaram na votação do Melhor Jogador do Mundo da FIFA, cuja cerimónia teve lugar na noite de segunda-feira, na cidade suíça de Zurique, com o triunfo a pertencer ao português Cristiano Ronaldo.

TICO-TICO estava eufórico
Para a vitória do avançado do Manchester United, contribuiu também o voto do capitão Tico-Tico, que, nas três opções a que tinha direito, colocou Ronaldo em primeiro lugar e o argentino Leonel Messi em segundo.

Por seu turno, Mart Nooij direccionou o seu voto para o goleador camaronês do Barcelona, Samuel Eto´o. O segundo posto do treinador holandês dos “Mambas” foi para Ronaldo e o terceiro para o seu compatriota Ruud van Nistelroy.

publicado por Vaxko Zakarias às 14:36
 O que é? |  O que é? | favorito

COM apenas 22 anos, Marta foi eleita pela terceira vez consecutiva a melhor jogadora do mundo pela FIFA. O anúncio ocorreu nesta segunda-feira, em Zurique, na Suíça, durante o FIFA Gala, a festa organizada pela entidade para premiar os destaques do mundo da bola.

COM apenas 22 anos, Marta foi eleita pela terceira vez consecutiva  a melhor jogadora do mundo pela FIFA
Marta chorou ao receber o troféu. Como no ano passado, a alemã Prinz ficou novamente em segundo e Cristiane, em terceiro.

Marta venceu com facilidade. A brasileira teve 1002 pontos, bem mais que o dobro da segunda colocada Birgit Prinz, que somou 328. A brasileira Cristiane ficou com 275 pontos. A goleira alemã Nadine Angerer ganhou 198 e a inglesa Kelly Smith foi a quinta colocada com 150 pontos. No total, 139 técnicos e capitãs das seleções do mundo votaram na eleição.

- Todo mundo está de parabéns por estar aqui. Todas são vencedoras. É a quinta vez que venho para aqui e a terceira que ganho. Mas sempre parece que é a primeira vez (pausa para Marta começar a chorar). Queria agradecer a Deus, aos meus amigos, companheiros. Estou muito feliz - disse Marta, emocionada.

A brasileira venceu a disputa contra a compatriota Cristiane, as alemãs Angerer e Birgit, e a inglesa Kelly Smith.

O sinal de que Marta seria a grande vencedora poderia ser visto na distribuição das jogadoras no palco durante a apresentação das cinco finalistas. A craque brasileira ficou sentada no meio de todas, no centro das atenções. Era a única com um vestido mais curto.

-Passa tudo pela cabeça na hora. Ver as imagens dos jogos, relembrar tudo é muito emocionante. A gente nunca tem a certeza de que vai ganhar. A gente tem muito chão pela frente. Quero estar aqui outras vezes. Tem espaço para mais lá em casa - disse Marta.

Foi a oitava edição do prémio no feminino. Com a vitória em 2008, Marta iguala-se à alemã Birgit Prinz, também três vezes eleita a melhor do mundo, como a jogadora que mais vezes conquistou o troféu. Prinz venceu de 2003 a 2005 e Marta facturou de 2006 a 2008. Marta ainda disputou o prémio outras duas vezes: a brasileira ficou em terceiro lugar em 2004 e em segundo lugar em 2005.

publicado por Vaxko Zakarias às 14:34
 O que é? |  O que é? | favorito

COM apenas 22 anos, Marta foi eleita pela terceira vez consecutiva a melhor jogadora do mundo pela FIFA. O anúncio ocorreu nesta segunda-feira, em Zurique, na Suíça, durante o FIFA Gala, a festa organizada pela entidade para premiar os destaques do mundo da bola.

COM apenas 22 anos, Marta foi eleita pela terceira vez consecutiva  a melhor jogadora do mundo pela FIFA
Marta chorou ao receber o troféu. Como no ano passado, a alemã Prinz ficou novamente em segundo e Cristiane, em terceiro.

Marta venceu com facilidade. A brasileira teve 1002 pontos, bem mais que o dobro da segunda colocada Birgit Prinz, que somou 328. A brasileira Cristiane ficou com 275 pontos. A goleira alemã Nadine Angerer ganhou 198 e a inglesa Kelly Smith foi a quinta colocada com 150 pontos. No total, 139 técnicos e capitãs das seleções do mundo votaram na eleição.

- Todo mundo está de parabéns por estar aqui. Todas são vencedoras. É a quinta vez que venho para aqui e a terceira que ganho. Mas sempre parece que é a primeira vez (pausa para Marta começar a chorar). Queria agradecer a Deus, aos meus amigos, companheiros. Estou muito feliz - disse Marta, emocionada.

A brasileira venceu a disputa contra a compatriota Cristiane, as alemãs Angerer e Birgit, e a inglesa Kelly Smith.

O sinal de que Marta seria a grande vencedora poderia ser visto na distribuição das jogadoras no palco durante a apresentação das cinco finalistas. A craque brasileira ficou sentada no meio de todas, no centro das atenções. Era a única com um vestido mais curto.

-Passa tudo pela cabeça na hora. Ver as imagens dos jogos, relembrar tudo é muito emocionante. A gente nunca tem a certeza de que vai ganhar. A gente tem muito chão pela frente. Quero estar aqui outras vezes. Tem espaço para mais lá em casa - disse Marta.

Foi a oitava edição do prémio no feminino. Com a vitória em 2008, Marta iguala-se à alemã Birgit Prinz, também três vezes eleita a melhor do mundo, como a jogadora que mais vezes conquistou o troféu. Prinz venceu de 2003 a 2005 e Marta facturou de 2006 a 2008. Marta ainda disputou o prémio outras duas vezes: a brasileira ficou em terceiro lugar em 2004 e em segundo lugar em 2005.

publicado por Vaxko Zakarias às 14:34
 O que é? |  O que é? | favorito

A COMISSÃO técnica do Torneio de Futebol Infanto-Juvenil, vulgo Bebec, vai aproveitar o intervalo de hoje para movimentar os jogos para o acerto do calendário. A chuva que cai na cidade de Maputo provocou o alagamento dos recintos onde decorrem os jogos e consequente adiamento de algumas partidas nas séries “A”, “B” e “D”.

Na Cidade de Maputo: Férias desportivas escolares mobilizam 50 mil crianças
A série “C”, que viu suspensos os jogos da manhã da jornada de arranque da segunda volta ontem, com a apresentação do plantel do Estrela Vermelha, no recinto desta formação e que vem acolhendo as partidas do grupo, vai igualmente acertar o calendário hoje. Ou seja, todos os jogos não realizados ontem terão lugar hoje, desta feita no campo da Académica, onde de agora em diante serão feitos os jogos das séries “C” e “D”. Trata-se das partidas Urbanização-Coop e Laulane-FPLM, em masculinos, Hulene-3 de Fevereiro, em femininos.

Entretanto, a começar pela série “A”, está previsto para esta manhã o Chamissava-Xipamanine, no campo do Cape-Cape, em masculinos. A partida entre Chamanculo e Xipamanine, também da série “A” masculina, fica sem efeito, pois a organização decidiu penalizar as duas equipas por não acatarem a ordem da organização do evento, quando chamadas a apresentarem-se no rectângulo para o início do jogo.

Já no período da tarde, está agendado Zimpeto-Aeroporto, em masculinos, isto na série “B”, também no campo do Cape-Cape. O jogo Marinha-Zimpeto, também desta série e em atraso, será realizado numa outra data.

Já em femininos e também na série “B”, Jardim e Minkadjuíne vão concluir os 26 minutos do jogo que ficou interrompido devido à chuva, quando a primeira equipa vencia por 1-0.

Por último, a série “D” movimentará apenas uma partida de femininos entre as formações do Albasine e Urbanização.

MALHANGALENE ASSALTA LIDERANÇA NA SÉRIE “D”

Entretanto, a formação do Bairro da Malhangalene assaltou a liderança na série “D” masculina, com vitória sobre Inhaca ontem, por 1-0, no início da segunda volta do torneio. A não entrada em acção do 3 de Fevereiro, anterior líder do grupo, devido o adiamento do jogo em que o seu adversário seria Mafalala (“lanterna vermelha”), concorreu para que Malhangalene conseguisse alcançar este feito. Este jogo está reservado para esta manhã, no campo da Académica.

Enquanto isso, Chamanculo e Luís Cabral partilham a liderança, na série “A”. Por seu turno, Inhagóia e FPLM continuam isolados na séries “B” e “C”.

JOGOS DA 1ª JORNADA DA SEGUNDA VOLTA

MASCULINOS FEMININOS

Campo do Cape-Cape Campo do Cape-Cape

SÉRIE “A” SÉRIE “A”

Chamanculo – Luís Cabral (1-1) Zimpeto – 25 de Junho (0-2)

Xipamanine – Chamissava (4-0) Aeroporto – Inhagóia (1-1)

SÉRIE “B” SÉRIE “B”

Marinha – Aeroporto (não se realizou) Minkadjuine – Nsalene (1-1)

Inhagóia – Zimpeto (1-0) Jardim – Munhuana (0-0)

Campo da Académica Campo da Académica

SÉRIE “D” SÉRIE “D”

alhangalene – Inhaca (1-0) Urbanização – Malhangalene (0-1)

Mafalala-3 de Fevereiro (não se realizou) Albasini – Mavalane (1-6)

CLASSIFICAÇÕES ACTUAIS

EM MASCULINOS

Série “A”

J V E D B P

CHAMANCULO 3 2 1 0 10-1 7

Luís Cabral 4 2 1 1 7-5 7

Xipamanine 2 1 0 1 5-2 3

Chamissava 3 0 0 3 1-15 0

Série “B”

INHAGÓIA 4 3 0 1 4-1 9

Aeroporto 2 1 0 1 4-1 3

Zimpeto 2 1 0 1 1-1 3

Marinha 2 0 0 2 0-6 0

Série “C”

FPLM 3 3 0 0 4-0 9

Urbanização 3 2 0 1 8-1 6

Laulane 3 0 1 2 0-3 1

Coop 3 0 1 2 0-8 1

Série “D”

Malhangalene 4 3 0 1 4-2 9

3 de Fevereiro 3 2 0 1 5-3 6

Inhaca 4 2 0 2 4-3 6

Mafalala 3 0 0 3 1-6 0

publicado por Vaxko Zakarias às 14:32
 O que é? |  O que é? | favorito

A COMISSÃO técnica do Torneio de Futebol Infanto-Juvenil, vulgo Bebec, vai aproveitar o intervalo de hoje para movimentar os jogos para o acerto do calendário. A chuva que cai na cidade de Maputo provocou o alagamento dos recintos onde decorrem os jogos e consequente adiamento de algumas partidas nas séries “A”, “B” e “D”.

Na Cidade de Maputo: Férias desportivas escolares mobilizam 50 mil crianças
A série “C”, que viu suspensos os jogos da manhã da jornada de arranque da segunda volta ontem, com a apresentação do plantel do Estrela Vermelha, no recinto desta formação e que vem acolhendo as partidas do grupo, vai igualmente acertar o calendário hoje. Ou seja, todos os jogos não realizados ontem terão lugar hoje, desta feita no campo da Académica, onde de agora em diante serão feitos os jogos das séries “C” e “D”. Trata-se das partidas Urbanização-Coop e Laulane-FPLM, em masculinos, Hulene-3 de Fevereiro, em femininos.

Entretanto, a começar pela série “A”, está previsto para esta manhã o Chamissava-Xipamanine, no campo do Cape-Cape, em masculinos. A partida entre Chamanculo e Xipamanine, também da série “A” masculina, fica sem efeito, pois a organização decidiu penalizar as duas equipas por não acatarem a ordem da organização do evento, quando chamadas a apresentarem-se no rectângulo para o início do jogo.

Já no período da tarde, está agendado Zimpeto-Aeroporto, em masculinos, isto na série “B”, também no campo do Cape-Cape. O jogo Marinha-Zimpeto, também desta série e em atraso, será realizado numa outra data.

Já em femininos e também na série “B”, Jardim e Minkadjuíne vão concluir os 26 minutos do jogo que ficou interrompido devido à chuva, quando a primeira equipa vencia por 1-0.

Por último, a série “D” movimentará apenas uma partida de femininos entre as formações do Albasine e Urbanização.

MALHANGALENE ASSALTA LIDERANÇA NA SÉRIE “D”

Entretanto, a formação do Bairro da Malhangalene assaltou a liderança na série “D” masculina, com vitória sobre Inhaca ontem, por 1-0, no início da segunda volta do torneio. A não entrada em acção do 3 de Fevereiro, anterior líder do grupo, devido o adiamento do jogo em que o seu adversário seria Mafalala (“lanterna vermelha”), concorreu para que Malhangalene conseguisse alcançar este feito. Este jogo está reservado para esta manhã, no campo da Académica.

Enquanto isso, Chamanculo e Luís Cabral partilham a liderança, na série “A”. Por seu turno, Inhagóia e FPLM continuam isolados na séries “B” e “C”.

JOGOS DA 1ª JORNADA DA SEGUNDA VOLTA

MASCULINOS FEMININOS

Campo do Cape-Cape Campo do Cape-Cape

SÉRIE “A” SÉRIE “A”

Chamanculo – Luís Cabral (1-1) Zimpeto – 25 de Junho (0-2)

Xipamanine – Chamissava (4-0) Aeroporto – Inhagóia (1-1)

SÉRIE “B” SÉRIE “B”

Marinha – Aeroporto (não se realizou) Minkadjuine – Nsalene (1-1)

Inhagóia – Zimpeto (1-0) Jardim – Munhuana (0-0)

Campo da Académica Campo da Académica

SÉRIE “D” SÉRIE “D”

alhangalene – Inhaca (1-0) Urbanização – Malhangalene (0-1)

Mafalala-3 de Fevereiro (não se realizou) Albasini – Mavalane (1-6)

CLASSIFICAÇÕES ACTUAIS

EM MASCULINOS

Série “A”

J V E D B P

CHAMANCULO 3 2 1 0 10-1 7

Luís Cabral 4 2 1 1 7-5 7

Xipamanine 2 1 0 1 5-2 3

Chamissava 3 0 0 3 1-15 0

Série “B”

INHAGÓIA 4 3 0 1 4-1 9

Aeroporto 2 1 0 1 4-1 3

Zimpeto 2 1 0 1 1-1 3

Marinha 2 0 0 2 0-6 0

Série “C”

FPLM 3 3 0 0 4-0 9

Urbanização 3 2 0 1 8-1 6

Laulane 3 0 1 2 0-3 1

Coop 3 0 1 2 0-8 1

Série “D”

Malhangalene 4 3 0 1 4-2 9

3 de Fevereiro 3 2 0 1 5-3 6

Inhaca 4 2 0 2 4-3 6

Mafalala 3 0 0 3 1-6 0

publicado por Vaxko Zakarias às 14:32
 O que é? |  O que é? | favorito

A CONSAGRAÇÃO de Melhor Jogador do Ano para a FIFA permitiu a Cristiano Ronaldo alcançar outro feito histórico.

O português tornou-se apenas o segundo jogador na história a conquistar os cinco prémios individuais mais prestigiantes no mundo do futebol no mesmo ano: a Bola de Ouro, o FIFA World Player of the Year, o World Soccer Award e a nomeação para o Onze Ouro.

Cristiano Ronaldo pode vir a tornar-se no reforço mais caro da história do Real Madrid
Até hoje, somente o brasileiro Ronaldo Fenómeno alcançara tamanho feito. Em 1997 o avançado dominou todas as nomeações, mesmo sem ter vencido a Liga dos Campeões. Nessa temporada Ronaldo venceu a extinta Taça das Taças em representação do Barcelona. Na liga espanhola apontou 34 golos em 37 jogos.

Além de Cristiano Ronaldo e Ronaldo, outro jogador conseguira já vencer no mesmo ano a Bota de Ouro (melhor marcador da Europa) e a Bola de Ouro da France Football. Foi o alemão Gerd Muller, em 1970. O Bombardeiro tinha tudo para ser também eleito o melhor do ano pela FIFA, mas nessa altura o organismo que rege o futebol mundial ainda não implementara o trofeu.

O ano de 1991 marcou, de resto, a implementação do World Player of the Year. O também alemão Lothar Matthaus foi o primeiro atleta coroado.

publicado por Vaxko Zakarias às 14:29
 O que é? |  O que é? | favorito

A CONSAGRAÇÃO de Melhor Jogador do Ano para a FIFA permitiu a Cristiano Ronaldo alcançar outro feito histórico.

O português tornou-se apenas o segundo jogador na história a conquistar os cinco prémios individuais mais prestigiantes no mundo do futebol no mesmo ano: a Bola de Ouro, o FIFA World Player of the Year, o World Soccer Award e a nomeação para o Onze Ouro.

Cristiano Ronaldo pode vir a tornar-se no reforço mais caro da história do Real Madrid
Até hoje, somente o brasileiro Ronaldo Fenómeno alcançara tamanho feito. Em 1997 o avançado dominou todas as nomeações, mesmo sem ter vencido a Liga dos Campeões. Nessa temporada Ronaldo venceu a extinta Taça das Taças em representação do Barcelona. Na liga espanhola apontou 34 golos em 37 jogos.

Além de Cristiano Ronaldo e Ronaldo, outro jogador conseguira já vencer no mesmo ano a Bota de Ouro (melhor marcador da Europa) e a Bola de Ouro da France Football. Foi o alemão Gerd Muller, em 1970. O Bombardeiro tinha tudo para ser também eleito o melhor do ano pela FIFA, mas nessa altura o organismo que rege o futebol mundial ainda não implementara o trofeu.

O ano de 1991 marcou, de resto, a implementação do World Player of the Year. O também alemão Lothar Matthaus foi o primeiro atleta coroado.

publicado por Vaxko Zakarias às 14:29
 O que é? |  O que é? | favorito
Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
15
17
18
21
24
25
29
30
31
subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO