Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Terça-feira, 09 DE Dezembro 2008

Com este feito, Kudzanai Alberto fez subir a Bandeira de Moçambique na cerimónia de entrega de prémios, um feito conseguido pela primeira vez pelos nacionais desde que os Jogos iniciaram há sensivelmente uma semana. Aliás, este é o melhor registo na carreira do atleta.


Ainda ontem, Sílvia Panguana, nos 100 metros, Natália Mathe e Arneta Boene, no salto em comprimento, Georgina Chirindza, no lançamento de dardo, foram eliminados.

Kudzanai Alberto entra novamente em cena hoje, no salto em comprimento, juntamente com Valdemiro Tivane. Entrarão igualmente em competição Leonor Maloi e Manuel Chilaúle, ambos nos 400 metros barreiras, Inocêncio Vilankulos, nos 200 metros, e Georgina Chirindza, lançamento do peso.

DIA DE GRANDES DECISÕES

Hoje é mais um dia de grandes decisões para as selecções moçambicanas de basquetebol. Em masculinos, o combinado nacional, na qualidade de primeiro classificado do Grupo B, defronta a África do Sul, segundo do Grupo A, hoje as 19.00 horas, em partida das meias-finais, enquanto Angola vai medir forças com a Zâmbia, noutro encontro de apuramento para a final. Em femininos, depois de mais um dia descanso, Moçambique vai enfrentar a Namíbia, em jogo da quarta jornada.

A Selecção Nacional tem uma possibilidade ímpar de atingir a final, dado que o adversário não se apresenta como um dos candidatos ao título. Basta referenciar que na noite de domingo os sul-africanos foram humilhados pelos angolanos, por 39-95, no jogo que encerrou a fase de grupos, no mesmo dia que Moçambique também torturava a aguerrida formação da Namíbia, por 79-26. 

Para atingir a final, Moçambique terá que se empregar a fundo, uma vez que cada jogo tem a sua história e os sul-africanos estão apostados em atingir um feito histórico nesta prova, principalmente no basquetebol.

Porém, a avaliar por aquilo se tem vindo a verificar até ao momento, tudo indica que a final será entre as duas nações irmãs, Angola e Moçambique, desde que os angolanos não escorreguem frente à Zâmbia, que perdeu, na fase de grupos, com os moçambicanos pelos concludentes 86-46. 

Em femininos, Moçambique tem que acelerar nesta última fase, já que a prova é disputada num sistema de todos contra todos, e qualquer deslize pode ser fatal. Neste momento as moçambicanas têm-se portado muito bem e encaram os jogos com muita serenidade e tudo indica que não será desta vez, frente à Namíbia, que vão escorregar, apesar de terem perdido uma das pedras preponderantes, Cecília Rodrigues, que teve que regressar a Maputo ainda ontem para um exame extraordinário hoje. Mas está tudo a ser encaminhado para que a jovem atleta regresse a tempo de defrontar Angola, na última jornada, jogo que a prior vai decidir o titulo, uma vez que tanto Moçambique como Angola ainda não perderam sequer um ponto e têm vindo a passear a sua classe neste torneio de basquetebol.

I LOVE MOZAMBIQUE 

Ninguém resiste ao perfume do basquetebol dos moçambicanos, que está sendo visto como doutra galáxia. Sempre que Moçambique joga os pavilhões andam superlotados. Todas as delegações, à excepção de Angola, logicamente, já se renderam. Os sul-africanos até já aparecem com dísticos com escritas como “I Love Mozambique, you play best basket” (Amo Moçambique, joga um bonito basquetebol).

A rapaziada que cá veio até humilha os seus opositores com alguns “smatchs” na cara que fazem com que a plateia vibre em todos os cantos. É caso para dizer que estamos mesmo no bom caminho e a meta será mesmo o ouro – que se cuidem os angolanos!

Edson Monjane, Edson Honwana, Pio Matos Júnior, Ivan Cossa, Pedro Mousana, Edmundo Novela são os que têm vindo a se destacar até ao momento. 

Carlos Ferro e Delfim Francisco, a dupla técnica, tem sabido gerir a equipa mesmo nos momentos difíceis, tal como aconteceu no encontro frente à Namíbia, em que os moçambicanos entraram um tanto ou quanto desconcentrados antes de apanharem a rampa de lançamento.

SEGUNDA LEVA 

O segundo grupo dos nadadores moçambicanos entra esta manhã em competição, depois do primeiro ter ficado ontem pelo caminho. Trata-se de Jossefa Guita (200 metros livres) e Faina Salete (50 bruços) que se estreiam hoje, Géssica Stagno e Raquel Lourenço (100 metros livres), e Jéssica Cossa (100 metros livres e 100 metros costas), Valdo Lourenço (100 metros bruços e 100 mariposas) que depois de terem entrado ontem em competição regressam hoje noutras especialidades.

Destaque para a ronda de ontem vai para Géssica Stagno, que venceu a sua série nos 100 metros mariposas, com o tempo 1.11.44 minuto (novo recorde nacional da categoria/juvenil), tendo ficado na quarta posição na classificação geral, o que lhe conferiu a presença na final juntamente com Raquel Lourenço, que ficou em sétimo na geral com o tempo de 1.18.44, num conjunto de 44 participantes. O novo registo nacional de Stagno quebra o anterior, que pertencia a Ximene Gomes. 

Já na final, Géssica Stagno e Raquel Lourenço quedaram em quinto e sétimo lugares, com os registos de 1.11.90 e 1.18.44 minuto, respectivamente. Ainda ontem Moçambique participou nas provas de estafetas, nomeadamente 4x100 metros masculinos, tendo ficado em quarto lugar com 4.07.80 minutos, atrás da RAS, Namíbia e Zimbabwe.

ALMEIDA SAMO ELIMINADO EM BOXE

O único pugilista moçambicano a quem as esperanças de uma boa representatividade estavam depositadas também acabou saindo derrotado. Perdeu frente a um tswana por incapacidade física no primeiro assalto, quando o resultado estava em 10-1.

Almeida Samo fecha assim a desastrosa participação moçambicana nesta nobre arte, onde continuam a destacar-se os sul-africanos, namibianos, suthos e tswanas.

A avaliar pelo desempenho das delegações presentes nesta modalidade, tudo indica que a luta pelas medalhas vai centrar-se entre os tradicionais praticantes, já citados anteriormente.

GIL CARVALHO, em POTCHESTROOM
publicado por Vaxko Zakarias às 13:35
 O que é? |  O que é? | favorito

Com este feito, Kudzanai Alberto fez subir a Bandeira de Moçambique na cerimónia de entrega de prémios, um feito conseguido pela primeira vez pelos nacionais desde que os Jogos iniciaram há sensivelmente uma semana. Aliás, este é o melhor registo na carreira do atleta.


Ainda ontem, Sílvia Panguana, nos 100 metros, Natália Mathe e Arneta Boene, no salto em comprimento, Georgina Chirindza, no lançamento de dardo, foram eliminados.

Kudzanai Alberto entra novamente em cena hoje, no salto em comprimento, juntamente com Valdemiro Tivane. Entrarão igualmente em competição Leonor Maloi e Manuel Chilaúle, ambos nos 400 metros barreiras, Inocêncio Vilankulos, nos 200 metros, e Georgina Chirindza, lançamento do peso.

DIA DE GRANDES DECISÕES

Hoje é mais um dia de grandes decisões para as selecções moçambicanas de basquetebol. Em masculinos, o combinado nacional, na qualidade de primeiro classificado do Grupo B, defronta a África do Sul, segundo do Grupo A, hoje as 19.00 horas, em partida das meias-finais, enquanto Angola vai medir forças com a Zâmbia, noutro encontro de apuramento para a final. Em femininos, depois de mais um dia descanso, Moçambique vai enfrentar a Namíbia, em jogo da quarta jornada.

A Selecção Nacional tem uma possibilidade ímpar de atingir a final, dado que o adversário não se apresenta como um dos candidatos ao título. Basta referenciar que na noite de domingo os sul-africanos foram humilhados pelos angolanos, por 39-95, no jogo que encerrou a fase de grupos, no mesmo dia que Moçambique também torturava a aguerrida formação da Namíbia, por 79-26. 

Para atingir a final, Moçambique terá que se empregar a fundo, uma vez que cada jogo tem a sua história e os sul-africanos estão apostados em atingir um feito histórico nesta prova, principalmente no basquetebol.

Porém, a avaliar por aquilo se tem vindo a verificar até ao momento, tudo indica que a final será entre as duas nações irmãs, Angola e Moçambique, desde que os angolanos não escorreguem frente à Zâmbia, que perdeu, na fase de grupos, com os moçambicanos pelos concludentes 86-46. 

Em femininos, Moçambique tem que acelerar nesta última fase, já que a prova é disputada num sistema de todos contra todos, e qualquer deslize pode ser fatal. Neste momento as moçambicanas têm-se portado muito bem e encaram os jogos com muita serenidade e tudo indica que não será desta vez, frente à Namíbia, que vão escorregar, apesar de terem perdido uma das pedras preponderantes, Cecília Rodrigues, que teve que regressar a Maputo ainda ontem para um exame extraordinário hoje. Mas está tudo a ser encaminhado para que a jovem atleta regresse a tempo de defrontar Angola, na última jornada, jogo que a prior vai decidir o titulo, uma vez que tanto Moçambique como Angola ainda não perderam sequer um ponto e têm vindo a passear a sua classe neste torneio de basquetebol.

I LOVE MOZAMBIQUE 

Ninguém resiste ao perfume do basquetebol dos moçambicanos, que está sendo visto como doutra galáxia. Sempre que Moçambique joga os pavilhões andam superlotados. Todas as delegações, à excepção de Angola, logicamente, já se renderam. Os sul-africanos até já aparecem com dísticos com escritas como “I Love Mozambique, you play best basket” (Amo Moçambique, joga um bonito basquetebol).

A rapaziada que cá veio até humilha os seus opositores com alguns “smatchs” na cara que fazem com que a plateia vibre em todos os cantos. É caso para dizer que estamos mesmo no bom caminho e a meta será mesmo o ouro – que se cuidem os angolanos!

Edson Monjane, Edson Honwana, Pio Matos Júnior, Ivan Cossa, Pedro Mousana, Edmundo Novela são os que têm vindo a se destacar até ao momento. 

Carlos Ferro e Delfim Francisco, a dupla técnica, tem sabido gerir a equipa mesmo nos momentos difíceis, tal como aconteceu no encontro frente à Namíbia, em que os moçambicanos entraram um tanto ou quanto desconcentrados antes de apanharem a rampa de lançamento.

SEGUNDA LEVA 

O segundo grupo dos nadadores moçambicanos entra esta manhã em competição, depois do primeiro ter ficado ontem pelo caminho. Trata-se de Jossefa Guita (200 metros livres) e Faina Salete (50 bruços) que se estreiam hoje, Géssica Stagno e Raquel Lourenço (100 metros livres), e Jéssica Cossa (100 metros livres e 100 metros costas), Valdo Lourenço (100 metros bruços e 100 mariposas) que depois de terem entrado ontem em competição regressam hoje noutras especialidades.

Destaque para a ronda de ontem vai para Géssica Stagno, que venceu a sua série nos 100 metros mariposas, com o tempo 1.11.44 minuto (novo recorde nacional da categoria/juvenil), tendo ficado na quarta posição na classificação geral, o que lhe conferiu a presença na final juntamente com Raquel Lourenço, que ficou em sétimo na geral com o tempo de 1.18.44, num conjunto de 44 participantes. O novo registo nacional de Stagno quebra o anterior, que pertencia a Ximene Gomes. 

Já na final, Géssica Stagno e Raquel Lourenço quedaram em quinto e sétimo lugares, com os registos de 1.11.90 e 1.18.44 minuto, respectivamente. Ainda ontem Moçambique participou nas provas de estafetas, nomeadamente 4x100 metros masculinos, tendo ficado em quarto lugar com 4.07.80 minutos, atrás da RAS, Namíbia e Zimbabwe.

ALMEIDA SAMO ELIMINADO EM BOXE

O único pugilista moçambicano a quem as esperanças de uma boa representatividade estavam depositadas também acabou saindo derrotado. Perdeu frente a um tswana por incapacidade física no primeiro assalto, quando o resultado estava em 10-1.

Almeida Samo fecha assim a desastrosa participação moçambicana nesta nobre arte, onde continuam a destacar-se os sul-africanos, namibianos, suthos e tswanas.

A avaliar pelo desempenho das delegações presentes nesta modalidade, tudo indica que a luta pelas medalhas vai centrar-se entre os tradicionais praticantes, já citados anteriormente.

GIL CARVALHO, em POTCHESTROOM
publicado por Vaxko Zakarias às 13:35
 O que é? |  O que é? | favorito

O GOVERNO, através do Fundo de Promoção Desportiva (FPD), órgão subordinado ao Ministério da Juventude e Desportos (MJD), rubricou ontem um memorando de entendimento com os clubes Ferroviário de Maputo, campeão nacional de futebol, e Atlético Muçulmano, vencedor da Taça de Moçambique, que visa a comparticipação daquele aos dois representantes do país nas Afrotaças de 2009, nomeadamente na Liga dos Campeões Africanos e Taça das Taças de África (Taça Nelson Mandela)


Os ;locomotivas da capital do país e o Atlético Muçulmano da província de Maputo defrontam, na primeira eliminatória, a realizar-se em Fevereiro, as formações do Kampala City do Uganda e Malanti Chiefs da Suazilândia, respectivamente. A primeira mão está, para as ambas equipas, agendada para o dia 1 de Fevereiro.

Porém, o Atlético Muçulmano submeteu um pedido à Confederação Africana de Futebol (CAF) para que esta instituição que vela pelo futebol continental inverta a ordem de jogos, de modo que o vencedor da Taça de Moçambique jogue fora na primeira mão para não permitir que as duas formações joguem no mesmo dia em casa. A CAF ainda não respondeu ao pedido, que foi feito logo após ao sorteio das Afrotaças realizado recentemente.

O memorando entendimento, que teve como signatários o presidente do FPD, Altenor Pereira, e o presidente dos locomotivas de Maputo, Osório Lucas, mais o vice-presidente para a alta competição no Atlético Muçulmano, Omair Gafur (Lili), comporta cinco itens, nomeadamente o pagamento de despesas de alojamento e alimentação das equipas adversárias, de arbitragem e do comissário da CAF (Confederação Africana de Futebol.

Cobertura das despesas de transporte, alojamento e alimentação do quarto árbitro, bem como o pagamento de policiamento. Este memorando cinge-se apenas à fase preliminar, que é a de eliminatórias de acesso para a fase de grupos.

No caso de as equipas transitarem para a fase de grupos, a comparticipação do Governo será objecto de um novo acordo entre as partes. Esta cláusula aparece como alternativa, atendendo que desde que foi decretado a comparticipação do Governo aos representantes dos clubes moçambicanos nas Afrotaças, em 2006, nenhuma equipa já logrou transitar para a fase de grupos. 

Intervindo no acto, o vice-ministro da Juventude e Desportos, Carlos Sousa, disse que o Governo espera, com o apoio disponível, que as equipas trabalhem melhor de modo a obter um ritmo competitivo que contribua para que transitem para a fase de grupos.

Ao assinarmos os contratos de comparticipação este mês, pensamos que isso seria bom para as equipas, porque vão trabalhar sabendo que as condições estão criadas.Que honrem as camisolas frisou.
publicado por Vaxko Zakarias às 13:30
 O que é? |  O que é? | favorito

O GOVERNO, através do Fundo de Promoção Desportiva (FPD), órgão subordinado ao Ministério da Juventude e Desportos (MJD), rubricou ontem um memorando de entendimento com os clubes Ferroviário de Maputo, campeão nacional de futebol, e Atlético Muçulmano, vencedor da Taça de Moçambique, que visa a comparticipação daquele aos dois representantes do país nas Afrotaças de 2009, nomeadamente na Liga dos Campeões Africanos e Taça das Taças de África (Taça Nelson Mandela)


Os ;locomotivas da capital do país e o Atlético Muçulmano da província de Maputo defrontam, na primeira eliminatória, a realizar-se em Fevereiro, as formações do Kampala City do Uganda e Malanti Chiefs da Suazilândia, respectivamente. A primeira mão está, para as ambas equipas, agendada para o dia 1 de Fevereiro.

Porém, o Atlético Muçulmano submeteu um pedido à Confederação Africana de Futebol (CAF) para que esta instituição que vela pelo futebol continental inverta a ordem de jogos, de modo que o vencedor da Taça de Moçambique jogue fora na primeira mão para não permitir que as duas formações joguem no mesmo dia em casa. A CAF ainda não respondeu ao pedido, que foi feito logo após ao sorteio das Afrotaças realizado recentemente.

O memorando entendimento, que teve como signatários o presidente do FPD, Altenor Pereira, e o presidente dos locomotivas de Maputo, Osório Lucas, mais o vice-presidente para a alta competição no Atlético Muçulmano, Omair Gafur (Lili), comporta cinco itens, nomeadamente o pagamento de despesas de alojamento e alimentação das equipas adversárias, de arbitragem e do comissário da CAF (Confederação Africana de Futebol.

Cobertura das despesas de transporte, alojamento e alimentação do quarto árbitro, bem como o pagamento de policiamento. Este memorando cinge-se apenas à fase preliminar, que é a de eliminatórias de acesso para a fase de grupos.

No caso de as equipas transitarem para a fase de grupos, a comparticipação do Governo será objecto de um novo acordo entre as partes. Esta cláusula aparece como alternativa, atendendo que desde que foi decretado a comparticipação do Governo aos representantes dos clubes moçambicanos nas Afrotaças, em 2006, nenhuma equipa já logrou transitar para a fase de grupos. 

Intervindo no acto, o vice-ministro da Juventude e Desportos, Carlos Sousa, disse que o Governo espera, com o apoio disponível, que as equipas trabalhem melhor de modo a obter um ritmo competitivo que contribua para que transitem para a fase de grupos.

Ao assinarmos os contratos de comparticipação este mês, pensamos que isso seria bom para as equipas, porque vão trabalhar sabendo que as condições estão criadas.Que honrem as camisolas frisou.
publicado por Vaxko Zakarias às 13:30
 O que é? |  O que é? | favorito
Quanto ao estágio da equipa, atendendo a espinhosa missão que tem pela frente, Osório Lucas afirmou que o plantel está completo, tendo já sido feitas as respectiva contratações e dispensas. Não avançou dados sobre reforços mas frisou que entre as várias preocupações do clubes, a maior neste momento tem a ver com a melhoria do estado de forma da equipa. 

Relativamente à propalada contratação do brasileiro Paulo Camargo, que na recente finda época esteve à frente da Liga Muçulmano de Maputo, o presidente locomotivasnão teceucomentários, mas adiantou que o Ferroviário inicia a época no dia 20 deste mês e, nessa altura, o treinador dos locomotivas estará junto à equipa. Ajuntou, porém, que o treinador do Ferroviário deve ser interno e que conheça profundamente o futebol moçambicano.
publicado por Vaxko Zakarias às 13:28
 O que é? |  O que é? | favorito
Quanto ao estágio da equipa, atendendo a espinhosa missão que tem pela frente, Osório Lucas afirmou que o plantel está completo, tendo já sido feitas as respectiva contratações e dispensas. Não avançou dados sobre reforços mas frisou que entre as várias preocupações do clubes, a maior neste momento tem a ver com a melhoria do estado de forma da equipa. 

Relativamente à propalada contratação do brasileiro Paulo Camargo, que na recente finda época esteve à frente da Liga Muçulmano de Maputo, o presidente locomotivasnão teceucomentários, mas adiantou que o Ferroviário inicia a época no dia 20 deste mês e, nessa altura, o treinador dos locomotivas estará junto à equipa. Ajuntou, porém, que o treinador do Ferroviário deve ser interno e que conheça profundamente o futebol moçambicano.
publicado por Vaxko Zakarias às 13:28
 O que é? |  O que é? | favorito

O anúncio da comparticipação do Governo veio mais a moralizar o clube, que se sente agora mais tranquilo, depois de ter conseguido igualmente assegurar que o técnico da equipa, Arnaldo Salvado, continuasse no comando da equipa, depois de vários clubes terem manifestado interesse nele, casos do Desportivo de Maputo.


Indagado sobre a situação da equipa, tendo em conta a difícil missão que tem pela frente na Taças das Taças de África, o chefe do Departamento de Futebol do Atlético, Omair Gafur, disse que uma das prioridades foi manter o treinador, renovar os contratos e adquirir novos jogadores no mercado interno, o que foi conseguido e suficiente para poder sonhar na nova experiência que a equipa terá nas Afrotaças.

Segundo contou, o Atlético não vai mexer tanto no plantel e começa a trabalhar também no dia 20 deste mês. 
Sobre o campo a usar nos jogos das Afrotaças, atendendo o negócio do que existe Maxaquene, Lili tranquilizou ao afirmar que o clube indicou à CAF que vai jogar no Atlético Muçulmano
publicado por Vaxko Zakarias às 13:25
 O que é? |  O que é? | favorito

O anúncio da comparticipação do Governo veio mais a moralizar o clube, que se sente agora mais tranquilo, depois de ter conseguido igualmente assegurar que o técnico da equipa, Arnaldo Salvado, continuasse no comando da equipa, depois de vários clubes terem manifestado interesse nele, casos do Desportivo de Maputo.


Indagado sobre a situação da equipa, tendo em conta a difícil missão que tem pela frente na Taças das Taças de África, o chefe do Departamento de Futebol do Atlético, Omair Gafur, disse que uma das prioridades foi manter o treinador, renovar os contratos e adquirir novos jogadores no mercado interno, o que foi conseguido e suficiente para poder sonhar na nova experiência que a equipa terá nas Afrotaças.

Segundo contou, o Atlético não vai mexer tanto no plantel e começa a trabalhar também no dia 20 deste mês. 
Sobre o campo a usar nos jogos das Afrotaças, atendendo o negócio do que existe Maxaquene, Lili tranquilizou ao afirmar que o clube indicou à CAF que vai jogar no Atlético Muçulmano
publicado por Vaxko Zakarias às 13:25
 O que é? |  O que é? | favorito


Trata-se de um quarteto que na época finda deixou muitas boas indicações, sobretudo Faife, que por diversas vezes foi chamado a servir a Selecção Nacional (os Mambas).


Faife é defesa central de raiz, mas mostra algum à vontade quando chamado a desempenhar as funções de defesa direito, como aconteceu várias vezes ao serviço dos nampuleses. Mohamad foi um dos guarda-redes revelação este ano. Fez belas intervenções transmitindo confiança à linha defensiva dos locomotivas que se notabilizou com uma das mais seguras.

Já Mendes, o stricker do Ferroviário da Beira, há três épocas que tem vindo a demonstrar todo o seu potencial. Na última época contribui para que o Ferroviário da Beira terminasse em terceiro lugar no Moçambola espalhando pelos campos nacionais o perfume do seu futebol. O salto para um grande era esperado, o que agora veio a confirmar-se. Um prémio para Mendes, que se transfere dos locomotivas da Beira para os da capital, onde o poder de visibilidade será maior, visto que poderá se exibir na Liga dos Campeões Africanos.


A linha média, quiçá a mais forte do Ferroviário de Maputo, passará a contar com Nené, um meio-campista de qualidade. Será mais uma solução para o meio-campo, sector onde se destacam Momed Hagy, Danito Parruque e Maurício. 

A estes é de assinalar o regresso do guarda-redes Pinto, que nas últimas duas época esteve emprestado ao Atlético Muçulmano.

As contratações poderão não parar por aqui, até porque Caló, treinador adjunto, já tinha dito que os locomotivas iriam privilegiar o lado esquerdo pelo que se espera a vinda de mais reforços.

O Ferroviário terá na próxima época uma missão extra, já que disputará o acesso à Liga dos Campeões Africanos, isto para além, do Moçambola e a Taça de Moçambique. Será um regresso dos locomotivas ao panorama internacional, após uma ausência de dois anos.

A Champion League é uma competição em que a equipa moçambicana pretende pelo menos chegar à fase de grupos, conforme disse Caló.

O Ferroviário inicia a preparação a 20 de Dezembro. Os campeões nacionais serão a primeira equipa a regressar aos campos devido aos compromissos nas afrotaças.

Os locomotivas terão o seu primeiro confronto a sério da época frente ao Kampala City, do Uganda, a 1 de Fevereiro.
Está previsto um estágio em Inhambane e vários jogos de treino com equipas locais e da Suazilândia.
publicado por Vaxko Zakarias às 13:21
 O que é? |  O que é? | favorito


Trata-se de um quarteto que na época finda deixou muitas boas indicações, sobretudo Faife, que por diversas vezes foi chamado a servir a Selecção Nacional (os Mambas).


Faife é defesa central de raiz, mas mostra algum à vontade quando chamado a desempenhar as funções de defesa direito, como aconteceu várias vezes ao serviço dos nampuleses. Mohamad foi um dos guarda-redes revelação este ano. Fez belas intervenções transmitindo confiança à linha defensiva dos locomotivas que se notabilizou com uma das mais seguras.

Já Mendes, o stricker do Ferroviário da Beira, há três épocas que tem vindo a demonstrar todo o seu potencial. Na última época contribui para que o Ferroviário da Beira terminasse em terceiro lugar no Moçambola espalhando pelos campos nacionais o perfume do seu futebol. O salto para um grande era esperado, o que agora veio a confirmar-se. Um prémio para Mendes, que se transfere dos locomotivas da Beira para os da capital, onde o poder de visibilidade será maior, visto que poderá se exibir na Liga dos Campeões Africanos.


A linha média, quiçá a mais forte do Ferroviário de Maputo, passará a contar com Nené, um meio-campista de qualidade. Será mais uma solução para o meio-campo, sector onde se destacam Momed Hagy, Danito Parruque e Maurício. 

A estes é de assinalar o regresso do guarda-redes Pinto, que nas últimas duas época esteve emprestado ao Atlético Muçulmano.

As contratações poderão não parar por aqui, até porque Caló, treinador adjunto, já tinha dito que os locomotivas iriam privilegiar o lado esquerdo pelo que se espera a vinda de mais reforços.

O Ferroviário terá na próxima época uma missão extra, já que disputará o acesso à Liga dos Campeões Africanos, isto para além, do Moçambola e a Taça de Moçambique. Será um regresso dos locomotivas ao panorama internacional, após uma ausência de dois anos.

A Champion League é uma competição em que a equipa moçambicana pretende pelo menos chegar à fase de grupos, conforme disse Caló.

O Ferroviário inicia a preparação a 20 de Dezembro. Os campeões nacionais serão a primeira equipa a regressar aos campos devido aos compromissos nas afrotaças.

Os locomotivas terão o seu primeiro confronto a sério da época frente ao Kampala City, do Uganda, a 1 de Fevereiro.
Está previsto um estágio em Inhambane e vários jogos de treino com equipas locais e da Suazilândia.
publicado por Vaxko Zakarias às 13:21
 O que é? |  O que é? | favorito

O Panathinaikos, inserido no Grupo B, tem tudo a seu favor não só para se apurar como para terminar em primeiro lugar, já que joga em casa diante do Anorthosis Famagusta do Chipre, umas das equipas mais modestas em prova. O clube grego pode até dar-se o luxo de empatar para seguir em frente.

A equipa de Simão não deverá deixará fugir esta oportunidade, até porque parte supermoralizado depois de na jornada anterior ter ganho o Inter de Milão, por 0-1, num desafio em que defesa-médio moçambicano foi considerado o melhor em campo.

No entanto, uma vitória do Anorthosis apura-os para os oitavos-de-final. Por outro lado, um empate apura o anfitrião, que precisa de vencer se quiser terminar em primeiro lugar do grupo.

Já qualificado, o líder Inter de Milão vai tentar carimbar o primeiro lugar, bastando para isso vencer o Werder Bremen, actual quarto classificado, fora de casa, que, por seu lado, necessita também de vencer se quiser transitar para a Taça UEFA.

Grupo A

Dois pontos separam as três primeiras equipas, sendo que apenas o CFR 1907 Cluj está fora da luta pelo apuramento, sendo certo que vai terminar no último lugar. O clube romeno vai jogar apenas pelo prestígio quando defrontar o Chelsea, enquanto o seu adversário tem a qualificação garantida se vencer. A formação inglesa até pode passar mesmo que perca, mas só se o Bordéus não vencer fora a Roma. A equipa da Série A também pode perder e, mesmo assim, passar à fase seguinte, mas só se o Chelsea não vencer. Em relação ao Bordéus, precisa dos três pontos para se apurar.

Grupo B

Já qualificado, o líder Inter de Milão vai tentar carimbar o primeiro lugar, bastando para isso vencer o Werder Bremen, actual quarto classificado, fora de casa, que, por seu lado, necessita também de vencer se quiser transitar para a Taça UEFA. Mas até mesmo esse objectivo pode não ser cumprido, caso o Anorthosis Famagusta derrote o Panathinaikos, resultado que apuraria o clube cipriota para os oitavos-de-final, naquela que é a sua estreia na prova. Por outro lado, um empate apura o anfitrião, que precisa de vencer se quiser terminar em primeiro lugar do grupo.

Grupo C

No Grupo C está tudo resolvido, com o Barcelona confirmado como o primeiro classificado e procurando aumentar o seu pecúlio para 16 pontos, na recepção ao Shakhtar Donetsk, na terça-feira. Os ucranianos garantiram o terceiro lugar e a respectiva presença nos 16-avos-de-final da Taça UEFA depois de vencer o Basileia, por 5-0, na quinta jornada, e o detentor do título suíço espera agora terminar a sua participação da melhor forma, conseguindo a primeira vitória no grupo frente ao Sporting, segundo classificado, fora de casa.

Grupo D

O Atlético de Madrid e o Liverpool têm a qualificação garantida, faltando decidir qual deles será o primeiro classificado. Com 11 pontos cada, o clube espanhol está actualmente em vantagem, devido à melhor diferença de golos - por apenas um tento -, e vai tentar confirmar a vantagem fora de casa, contra o Olimpique de Marselha, que, por seu lado, só a vitória lhe interessa, já que garante um lugar na próxima fase da Taça UEFA. Entretanto, o Liverpool desloca-se até ao terreno do PSV Eindhoven, com o clube holandês a precisar de suplantar o resultado do Marselha de modo a arrebatar o terceiro lugar.

Grupo E

O Manchester United, actual campeão europeu, está em excelente posição no grupo, tendo já garantido a qualificação e ocupando a primeira posição, à frente do também já apurado Villarreal, devido à diferença de golos. O Manchester recebe o Aalborg, que tem segura a passagem para a Taça UEFA. O Manchester sabe que a vitória coloca a questão do primeiro lugar arrumada, a menos que o Villarreal derrote o Celtic FC, quarto classificado, por dois golos ou mais.

Grupo F

O Olimpique Lyon e o Bayern Munique podem já estar com o pensamento nos oitavos-de-final, mas resta saber quem será primeiro, decisão a ser tomada em França. Uma vitória dos anfitriões ou um empate a zero mantém o Lyon no topo, enquanto outro resultado garante essa posição ao Bayern. Mais atrás, o Steaua Bucureste tem que vencer a Fiorentina, isto se quiser negar ao conjunto italiano o terceiro lugar, bem como a passagem à Taça UEFA.

Grupo G

O líder Arsenal visita o FC Porto em busca do ponto que certifica a sua liderança, para lá do alcance do adversário português, com ambas as equipas já apuradas, independentemente do resultado do desafio. Entretanto, o Fenerbache, último classificado, precisa de vencer o Dínamo Kiev para subir ao terceiro lugar.

Grupo H

A líder Juventus tem dois pontos de avanço sobre o Real Madrid , desfrutando também de vantagem no confronto directo, o que significa que apenas precisa de empatar frente ao BATE Borisov, em casa, para garantir o primeiro lugar, frustrando as intenções do campeão espanhol. O Real precisa de vencer o visitante Zenit St. Petersburg para ter uma hipótese de ultrapassar a Juve na tabela classificativa, enquanto o seu opositor viaja até Espanha, sabendo de antemão que lhe resta cumprir calendário, uma vez que já garantiu o terceiro lugar, transitando para a Taça UEFA, onde vai defender o troféu conquistado a época passada.

CALENDÁRIO DE JOGOS (SEXTA E ÚLTIMA JORNADA)
HOJE 

Grupo E: Manchester ; Aalborg e Celtic-Vilarreal; Grupo F: Steaua-Fiorentina e Lyon-Bayern; Grupo G: F.C Porto-Arsenal e Dínamo de Kiev-Fenerbache; Grupo H: Juventus-BATE e Real Madrid-Zenit;

AMANHà

Grupo A: Chelsea-Cluj e Roma-Bordéus; Grupo B: Panathinaikos-Anorthosis e Werder Bremen-Inter de Milão; Grupo C: Basileia-Sporting e Barcelona-Shakhtar Donestk; Grupo D: PSV-Liverpool e Marselha-Atlético.
publicado por Vaxko Zakarias às 13:13
 O que é? |  O que é? | favorito

O Panathinaikos, inserido no Grupo B, tem tudo a seu favor não só para se apurar como para terminar em primeiro lugar, já que joga em casa diante do Anorthosis Famagusta do Chipre, umas das equipas mais modestas em prova. O clube grego pode até dar-se o luxo de empatar para seguir em frente.

A equipa de Simão não deverá deixará fugir esta oportunidade, até porque parte supermoralizado depois de na jornada anterior ter ganho o Inter de Milão, por 0-1, num desafio em que defesa-médio moçambicano foi considerado o melhor em campo.

No entanto, uma vitória do Anorthosis apura-os para os oitavos-de-final. Por outro lado, um empate apura o anfitrião, que precisa de vencer se quiser terminar em primeiro lugar do grupo.

Já qualificado, o líder Inter de Milão vai tentar carimbar o primeiro lugar, bastando para isso vencer o Werder Bremen, actual quarto classificado, fora de casa, que, por seu lado, necessita também de vencer se quiser transitar para a Taça UEFA.

Grupo A

Dois pontos separam as três primeiras equipas, sendo que apenas o CFR 1907 Cluj está fora da luta pelo apuramento, sendo certo que vai terminar no último lugar. O clube romeno vai jogar apenas pelo prestígio quando defrontar o Chelsea, enquanto o seu adversário tem a qualificação garantida se vencer. A formação inglesa até pode passar mesmo que perca, mas só se o Bordéus não vencer fora a Roma. A equipa da Série A também pode perder e, mesmo assim, passar à fase seguinte, mas só se o Chelsea não vencer. Em relação ao Bordéus, precisa dos três pontos para se apurar.

Grupo B

Já qualificado, o líder Inter de Milão vai tentar carimbar o primeiro lugar, bastando para isso vencer o Werder Bremen, actual quarto classificado, fora de casa, que, por seu lado, necessita também de vencer se quiser transitar para a Taça UEFA. Mas até mesmo esse objectivo pode não ser cumprido, caso o Anorthosis Famagusta derrote o Panathinaikos, resultado que apuraria o clube cipriota para os oitavos-de-final, naquela que é a sua estreia na prova. Por outro lado, um empate apura o anfitrião, que precisa de vencer se quiser terminar em primeiro lugar do grupo.

Grupo C

No Grupo C está tudo resolvido, com o Barcelona confirmado como o primeiro classificado e procurando aumentar o seu pecúlio para 16 pontos, na recepção ao Shakhtar Donetsk, na terça-feira. Os ucranianos garantiram o terceiro lugar e a respectiva presença nos 16-avos-de-final da Taça UEFA depois de vencer o Basileia, por 5-0, na quinta jornada, e o detentor do título suíço espera agora terminar a sua participação da melhor forma, conseguindo a primeira vitória no grupo frente ao Sporting, segundo classificado, fora de casa.

Grupo D

O Atlético de Madrid e o Liverpool têm a qualificação garantida, faltando decidir qual deles será o primeiro classificado. Com 11 pontos cada, o clube espanhol está actualmente em vantagem, devido à melhor diferença de golos - por apenas um tento -, e vai tentar confirmar a vantagem fora de casa, contra o Olimpique de Marselha, que, por seu lado, só a vitória lhe interessa, já que garante um lugar na próxima fase da Taça UEFA. Entretanto, o Liverpool desloca-se até ao terreno do PSV Eindhoven, com o clube holandês a precisar de suplantar o resultado do Marselha de modo a arrebatar o terceiro lugar.

Grupo E

O Manchester United, actual campeão europeu, está em excelente posição no grupo, tendo já garantido a qualificação e ocupando a primeira posição, à frente do também já apurado Villarreal, devido à diferença de golos. O Manchester recebe o Aalborg, que tem segura a passagem para a Taça UEFA. O Manchester sabe que a vitória coloca a questão do primeiro lugar arrumada, a menos que o Villarreal derrote o Celtic FC, quarto classificado, por dois golos ou mais.

Grupo F

O Olimpique Lyon e o Bayern Munique podem já estar com o pensamento nos oitavos-de-final, mas resta saber quem será primeiro, decisão a ser tomada em França. Uma vitória dos anfitriões ou um empate a zero mantém o Lyon no topo, enquanto outro resultado garante essa posição ao Bayern. Mais atrás, o Steaua Bucureste tem que vencer a Fiorentina, isto se quiser negar ao conjunto italiano o terceiro lugar, bem como a passagem à Taça UEFA.

Grupo G

O líder Arsenal visita o FC Porto em busca do ponto que certifica a sua liderança, para lá do alcance do adversário português, com ambas as equipas já apuradas, independentemente do resultado do desafio. Entretanto, o Fenerbache, último classificado, precisa de vencer o Dínamo Kiev para subir ao terceiro lugar.

Grupo H

A líder Juventus tem dois pontos de avanço sobre o Real Madrid , desfrutando também de vantagem no confronto directo, o que significa que apenas precisa de empatar frente ao BATE Borisov, em casa, para garantir o primeiro lugar, frustrando as intenções do campeão espanhol. O Real precisa de vencer o visitante Zenit St. Petersburg para ter uma hipótese de ultrapassar a Juve na tabela classificativa, enquanto o seu opositor viaja até Espanha, sabendo de antemão que lhe resta cumprir calendário, uma vez que já garantiu o terceiro lugar, transitando para a Taça UEFA, onde vai defender o troféu conquistado a época passada.

CALENDÁRIO DE JOGOS (SEXTA E ÚLTIMA JORNADA)
HOJE 

Grupo E: Manchester ; Aalborg e Celtic-Vilarreal; Grupo F: Steaua-Fiorentina e Lyon-Bayern; Grupo G: F.C Porto-Arsenal e Dínamo de Kiev-Fenerbache; Grupo H: Juventus-BATE e Real Madrid-Zenit;

AMANHà

Grupo A: Chelsea-Cluj e Roma-Bordéus; Grupo B: Panathinaikos-Anorthosis e Werder Bremen-Inter de Milão; Grupo C: Basileia-Sporting e Barcelona-Shakhtar Donestk; Grupo D: PSV-Liverpool e Marselha-Atlético.
publicado por Vaxko Zakarias às 13:13
 O que é? |  O que é? | favorito

O avançado Amide e o médio Paíto foram suspensos por sete e seis meses, respectivamente, e terão ainda que pagar uma multa de dois mil meticais.

Os dois jogadores tinham sido chamados para serem ouvidos pela Comissão Disciplinar e aguardavam o desfecho do inquérito, que acabou-lhe sendo desfavorável, visto que ficarão praticamente sem jogar na próxima época.

Assim sendo, a Liga Muçulmana não poderá contar na próxima época com dois dos seus jogadores mais importantes. Um duro revés para uma equipa que se propõe a lutar pela conquista do Moçambola com a contratação do professor Neca, conceituado técnico português.

Na época-2008 a Liga Muçulmana travou uma árdua luta pelo título, mas nas últimas jornadas baixou de rendimento, tendo acabado por ocupar a quinta posição.
publicado por Vaxko Zakarias às 13:06
 O que é? |  O que é? | favorito

O avançado Amide e o médio Paíto foram suspensos por sete e seis meses, respectivamente, e terão ainda que pagar uma multa de dois mil meticais.

Os dois jogadores tinham sido chamados para serem ouvidos pela Comissão Disciplinar e aguardavam o desfecho do inquérito, que acabou-lhe sendo desfavorável, visto que ficarão praticamente sem jogar na próxima época.

Assim sendo, a Liga Muçulmana não poderá contar na próxima época com dois dos seus jogadores mais importantes. Um duro revés para uma equipa que se propõe a lutar pela conquista do Moçambola com a contratação do professor Neca, conceituado técnico português.

Na época-2008 a Liga Muçulmana travou uma árdua luta pelo título, mas nas últimas jornadas baixou de rendimento, tendo acabado por ocupar a quinta posição.
publicado por Vaxko Zakarias às 13:06
 O que é? |  O que é? | favorito

Estou muito feliz disse o jogador ao canal televisão TF1 já com o prémio nas mãos. É um sonho que tinha desde miúdo. Sempre sonhei em ganhar um dia a Bola de Ouro comentou Ronaldo.


O jogador do Manchester United dedicou o prémio à família, que sempre o acompanha: estou bastante comovido e muito feliz. E queria aproveitar esta oportunidade para dedicar o troféu à minha família, que me ajudou a chegar aqui.

Além da família, o português não se esqueceu de agradecer aos seus colegas do United: quero agradecer aos meus colegas de profissão, principalmente aos meus companheiros de equipa, sem os quais não teria sido possível vencer o Balon dOr.

Ronaldo recorda que batalhou muito por este título: tinha 18 anos quando cheguei ao Manchester, ou seja, era muito novo. Sempre tive esperanças de me tornar num grande futebolista na Europa e no mundo. E sempre foi isso que tentei fazer, melhorando de ano para ano.

É claro que não foi fácil, mas não me arrependo de nada que tenha feito para chegar aqui salientou o melhor jogador do mundo à TF1. Sempre sonhei poder levantar este troféu e, garças a Deus, agora já posso. 

O internacional português, que estava visivelmente emocionado, mostrou-se bastante embevecido com a Bola de Ouro: o troféu é esplêndido, maravilhoso e muito bonito. Esperei muito por ele.
publicado por Vaxko Zakarias às 13:01
 O que é? |  O que é? | favorito

Estou muito feliz disse o jogador ao canal televisão TF1 já com o prémio nas mãos. É um sonho que tinha desde miúdo. Sempre sonhei em ganhar um dia a Bola de Ouro comentou Ronaldo.


O jogador do Manchester United dedicou o prémio à família, que sempre o acompanha: estou bastante comovido e muito feliz. E queria aproveitar esta oportunidade para dedicar o troféu à minha família, que me ajudou a chegar aqui.

Além da família, o português não se esqueceu de agradecer aos seus colegas do United: quero agradecer aos meus colegas de profissão, principalmente aos meus companheiros de equipa, sem os quais não teria sido possível vencer o Balon dOr.

Ronaldo recorda que batalhou muito por este título: tinha 18 anos quando cheguei ao Manchester, ou seja, era muito novo. Sempre tive esperanças de me tornar num grande futebolista na Europa e no mundo. E sempre foi isso que tentei fazer, melhorando de ano para ano.

É claro que não foi fácil, mas não me arrependo de nada que tenha feito para chegar aqui salientou o melhor jogador do mundo à TF1. Sempre sonhei poder levantar este troféu e, garças a Deus, agora já posso. 

O internacional português, que estava visivelmente emocionado, mostrou-se bastante embevecido com a Bola de Ouro: o troféu é esplêndido, maravilhoso e muito bonito. Esperei muito por ele.
publicado por Vaxko Zakarias às 13:01
 O que é? |  O que é? | favorito
Dezembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
13
14
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO