Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Terça-feira, 18 DE Novembro 2008

O DESPORTIVO de Maputo entrou no grupo das equipas que se apuram para os “play-off” da Liga Nacional de Basquetebol Sénior Masculino-Vodacom ao vencer, no sábado, A Politécnica de Quelimane, por 96-54, em partida em atraso da oitava jornada, a primeira da segunda volta.

Com esta preciosa vitória, obtida em Quelimane, a turma “alvi-negra” ascendeu à quarta posição, em troca com o Ferroviário da Beira.

O Desportivo passou a somar 18 pontos, os mesmos do Costa do Sol, apesar dos “canarinhos” terem um jogo a menos, facto que lhes coloca em vantagem, visto que enfrentam A Politécnica, um opositor teoricamente acessível.

Com o Ferroviário de Maputo e Maxaquene já apurados para a fase dos “play-off”, a luta pelos restantes dois lugares continua em aberto e aquece a cada jornada com o trio composto por Costa do Sol, Desportivo e Ferroviário da Beira a esgrimirem forças.

Tudo indica que a decisão final ficará reservada mesmo para a última jornada, a décima quarta, quando o Costa do Sol defrontar o Desportivo e o Ferroviário fazer o mesmo com o Desportivo da Beira.

Noutro embate, que teve lugar este fim-de-semana, o Desportivo da Beira venceu A Politécnica, por 85-73, em partida em atraso da décima jornada. Este foi um encontro entre equipas que lutam para fugir da última posição depois que o Sport Clube desistiu pelo facto de não poder jogar no Pavilhão da Liga Muçulmana na Cidade do Chimoio.

PRÓXIMA JORNADA (sexta-feira e sábado)

A Politécnica - Maxaquene

A Politécnica – Costa do Sol

CLASSIFICAÇÃO ACTUAL


J V D B P

Fer. de Maputo 12 9 3 1079-770 21

Maxaquene 11 9 2 851-691 20

Costa do Sol 11 7 4 884-717 18

Desp. de Maputo 12 7 4 915-831 18

Fer. da Beira 11 6 5 824-813 17

Desp. Beira 13 1 12 702-1010 14

A Politécnica 10 1 9 726-926 11

Sport. Clube 7 2 5 463-646 9

publicado por Vaxko Zakarias às 15:38
 O que é? |  O que é? | favorito

O DESPORTIVO de Maputo entrou no grupo das equipas que se apuram para os “play-off” da Liga Nacional de Basquetebol Sénior Masculino-Vodacom ao vencer, no sábado, A Politécnica de Quelimane, por 96-54, em partida em atraso da oitava jornada, a primeira da segunda volta.

Com esta preciosa vitória, obtida em Quelimane, a turma “alvi-negra” ascendeu à quarta posição, em troca com o Ferroviário da Beira.

O Desportivo passou a somar 18 pontos, os mesmos do Costa do Sol, apesar dos “canarinhos” terem um jogo a menos, facto que lhes coloca em vantagem, visto que enfrentam A Politécnica, um opositor teoricamente acessível.

Com o Ferroviário de Maputo e Maxaquene já apurados para a fase dos “play-off”, a luta pelos restantes dois lugares continua em aberto e aquece a cada jornada com o trio composto por Costa do Sol, Desportivo e Ferroviário da Beira a esgrimirem forças.

Tudo indica que a decisão final ficará reservada mesmo para a última jornada, a décima quarta, quando o Costa do Sol defrontar o Desportivo e o Ferroviário fazer o mesmo com o Desportivo da Beira.

Noutro embate, que teve lugar este fim-de-semana, o Desportivo da Beira venceu A Politécnica, por 85-73, em partida em atraso da décima jornada. Este foi um encontro entre equipas que lutam para fugir da última posição depois que o Sport Clube desistiu pelo facto de não poder jogar no Pavilhão da Liga Muçulmana na Cidade do Chimoio.

PRÓXIMA JORNADA (sexta-feira e sábado)

A Politécnica - Maxaquene

A Politécnica – Costa do Sol

CLASSIFICAÇÃO ACTUAL


J V D B P

Fer. de Maputo 12 9 3 1079-770 21

Maxaquene 11 9 2 851-691 20

Costa do Sol 11 7 4 884-717 18

Desp. de Maputo 12 7 4 915-831 18

Fer. da Beira 11 6 5 824-813 17

Desp. Beira 13 1 12 702-1010 14

A Politécnica 10 1 9 726-926 11

Sport. Clube 7 2 5 463-646 9

publicado por Vaxko Zakarias às 15:38
 O que é? |  O que é? | favorito

O CLUBE de Natação Golfinhos de Maputo conquistou domingo último a primeira edição do Torneio Meeting Internacional Golfinhos Sprints, ao arrecadar 59 medalhas de ouro, 38 de prata e 30 de bronze. Os nadadores dos Golfinhos acabaram juntando o útil ao agradável, dado que o evento visava assinalar o seu 13º aniversário.

Foi uma vitória esmagadora dos Golfinhos, que quase não tiveram concorrência, visto que o Ferroviário de Maputo, segundo classificado, conquistou 22 medalhas de ouro, 24 de prata e 16 de bronze.

Como era de esperar, as bancadas da piscina Raimundo Franisse foram insuficientes para acolher o “mar” de gente que acorreu àquele recinto para assistir “in-loco” as provas que tiveram lugar no sábado e domingo e apoiarem os seus clubes.

Participaram na prova sete clubes, nomeadamente Clube de Golfinhos, Ferroviário de Maputo e da Beira, Desportivo de Maputo, Clube Desportos Tubarões de Maputo, Clube do Centro Cultural do Banco de Moçambique e o convidado de honra o clube Swaziland Swimming.

JÉSSICA E NUNO DESTACAM-SE

Géssica Stagno do Golfinhos, e Nuno Gomes, do Ferroviário da Beira foram os grandes destaques a nível individual, já que se posicionaram em primeiro lugar em femininos e masculinos, respectivamente.

Géssica, especialista nos 50 metros livres, ficou em primeiro (2980 pontos), tendo superado Kirsty Duplessis (2601), da Swaziland Swimming, e Faina Salape (2521), do Ferroviário de Maputo, segunda e terceira posições, respectivamente. Géssica foi assim uma das principais responsáveis pela conquista da prova.

Por sua vez, Nuno Gomes, especialista nos 100 e 200 metros, ocupou a primeira posição (2429). O segundo ficou a cargo de Keuton Dupont (2307), da Swaziland Swimming, e o terceiro colocado foi Chakil Fakir (1735), do Golfinhos.

No final foram premiados com taças e medalhas os três primeiros classificados, em masculinos e femininos, assim como a nível de equipas.

CLASSIFICAÇÃO FINAL

OURO PRATA BRONZE TOTAL

1º Golfinhos de Maputo 59 38 30 127

2º Ferroviário de Maputo 22 24 16 62

3º Ferroviário da Beira 11 0 0 11

4º Desportivo 7 15 17 39

5º Suazilândia Swimming 5 16 8 29

6º Tubarões de Maputo 1 0 6 7

7º Banco de Moçambique 0 0 0 0

publicado por Vaxko Zakarias às 13:12
 O que é? |  O que é? | favorito

O CLUBE de Natação Golfinhos de Maputo conquistou domingo último a primeira edição do Torneio Meeting Internacional Golfinhos Sprints, ao arrecadar 59 medalhas de ouro, 38 de prata e 30 de bronze. Os nadadores dos Golfinhos acabaram juntando o útil ao agradável, dado que o evento visava assinalar o seu 13º aniversário.

Foi uma vitória esmagadora dos Golfinhos, que quase não tiveram concorrência, visto que o Ferroviário de Maputo, segundo classificado, conquistou 22 medalhas de ouro, 24 de prata e 16 de bronze.

Como era de esperar, as bancadas da piscina Raimundo Franisse foram insuficientes para acolher o “mar” de gente que acorreu àquele recinto para assistir “in-loco” as provas que tiveram lugar no sábado e domingo e apoiarem os seus clubes.

Participaram na prova sete clubes, nomeadamente Clube de Golfinhos, Ferroviário de Maputo e da Beira, Desportivo de Maputo, Clube Desportos Tubarões de Maputo, Clube do Centro Cultural do Banco de Moçambique e o convidado de honra o clube Swaziland Swimming.

JÉSSICA E NUNO DESTACAM-SE

Géssica Stagno do Golfinhos, e Nuno Gomes, do Ferroviário da Beira foram os grandes destaques a nível individual, já que se posicionaram em primeiro lugar em femininos e masculinos, respectivamente.

Géssica, especialista nos 50 metros livres, ficou em primeiro (2980 pontos), tendo superado Kirsty Duplessis (2601), da Swaziland Swimming, e Faina Salape (2521), do Ferroviário de Maputo, segunda e terceira posições, respectivamente. Géssica foi assim uma das principais responsáveis pela conquista da prova.

Por sua vez, Nuno Gomes, especialista nos 100 e 200 metros, ocupou a primeira posição (2429). O segundo ficou a cargo de Keuton Dupont (2307), da Swaziland Swimming, e o terceiro colocado foi Chakil Fakir (1735), do Golfinhos.

No final foram premiados com taças e medalhas os três primeiros classificados, em masculinos e femininos, assim como a nível de equipas.

CLASSIFICAÇÃO FINAL

OURO PRATA BRONZE TOTAL

1º Golfinhos de Maputo 59 38 30 127

2º Ferroviário de Maputo 22 24 16 62

3º Ferroviário da Beira 11 0 0 11

4º Desportivo 7 15 17 39

5º Suazilândia Swimming 5 16 8 29

6º Tubarões de Maputo 1 0 6 7

7º Banco de Moçambique 0 0 0 0

publicado por Vaxko Zakarias às 13:12
 O que é? |  O que é? | favorito

A SELECÇÃO Nacional de Futebol deixou ontem a capital do país com destino a Dar-Es-Salaam, onde amanhã defronta a sua congénere da Tanzania, em desafio amigável tendo em vista à sua participação na terceira e última fase de apuramento para os Campeonatos do Mundo e Africano de 2010.

Este será o primeiro desafio amigável que osMambasirão efectuar antes do primeiro embate diante da Nigéria, no Estádio da Machava, a 29 de Março, inserido no Grupo B. Fazem parte deste grupo a Tunísia e o Quénia. Refira-se que Moçambique tem boas recordações de Dar-Es-Salaam, visto que na última vez que se deslocou a este território, venceu a Tanzania, por 1-0, numa partida que contou para fase de grupos de apuramento para o Campeonato Africano realizado em Janeiro deste ano no Gana.

Recorde-se que o jogo com os tanzanianos deveria ter se realizado no passado mês de Maio, mas o forte temporal que se abateu sobre a capital tanzaniana impediu que Moçambique e Tanzania se enfrentassem.

Para este encontro, Martin Nooij irá aproveitar para testar alguns jogadores e ensaiar novas tácticas. Neste sentido deixou de fora da convocatória alguns dos habituais titulares, casos de Simão, Paíto, Genito, Dário Khan, Mano e Kampango, tendo optado pela chamada de atletas que no futuro podem vir a formar o esqueleto da turma moçambicana, nomeadamente Faife, Alvarito e Mexer.

LISTA DOS CONVOCADOS

FERROVIÁRIO DE MAPUTO – Whisky, Momed Hagy e Danito Parruque

COSTA DO SOL – Alvarito e Nito

LIGA MUÇULMANA – Marcelino, Carlitos e Fanuel

DESPORTIVO – Nelinho e Mexer

MAXAQUENE – Dionísio~

FERROVIÁRIO DE NAMPULA – Faife

ATROMITOS FC (GRÉCIA) - Gonçalves Fumo

PLATINUM STARS FC – Miro

SPORT CLUBE DE VIANENSE – Artur Faria

MAMELODI SUNDOWNS – Dário Monteiro

SUPER SPORT UNITED – Dominguez

MERITZBURG UNITED FC – Tico-Tico

publicado por Vaxko Zakarias às 12:51
 O que é? |  O que é? | favorito

A SELECÇÃO Nacional de Futebol deixou ontem a capital do país com destino a Dar-Es-Salaam, onde amanhã defronta a sua congénere da Tanzania, em desafio amigável tendo em vista à sua participação na terceira e última fase de apuramento para os Campeonatos do Mundo e Africano de 2010.

Este será o primeiro desafio amigável que osMambasirão efectuar antes do primeiro embate diante da Nigéria, no Estádio da Machava, a 29 de Março, inserido no Grupo B. Fazem parte deste grupo a Tunísia e o Quénia. Refira-se que Moçambique tem boas recordações de Dar-Es-Salaam, visto que na última vez que se deslocou a este território, venceu a Tanzania, por 1-0, numa partida que contou para fase de grupos de apuramento para o Campeonato Africano realizado em Janeiro deste ano no Gana.

Recorde-se que o jogo com os tanzanianos deveria ter se realizado no passado mês de Maio, mas o forte temporal que se abateu sobre a capital tanzaniana impediu que Moçambique e Tanzania se enfrentassem.

Para este encontro, Martin Nooij irá aproveitar para testar alguns jogadores e ensaiar novas tácticas. Neste sentido deixou de fora da convocatória alguns dos habituais titulares, casos de Simão, Paíto, Genito, Dário Khan, Mano e Kampango, tendo optado pela chamada de atletas que no futuro podem vir a formar o esqueleto da turma moçambicana, nomeadamente Faife, Alvarito e Mexer.

LISTA DOS CONVOCADOS

FERROVIÁRIO DE MAPUTO – Whisky, Momed Hagy e Danito Parruque

COSTA DO SOL – Alvarito e Nito

LIGA MUÇULMANA – Marcelino, Carlitos e Fanuel

DESPORTIVO – Nelinho e Mexer

MAXAQUENE – Dionísio~

FERROVIÁRIO DE NAMPULA – Faife

ATROMITOS FC (GRÉCIA) - Gonçalves Fumo

PLATINUM STARS FC – Miro

SPORT CLUBE DE VIANENSE – Artur Faria

MAMELODI SUNDOWNS – Dário Monteiro

SUPER SPORT UNITED – Dominguez

MERITZBURG UNITED FC – Tico-Tico

publicado por Vaxko Zakarias às 12:51
 O que é? |  O que é? | favorito

OS agentes da Polícia escalados para garantir a segurança, tranquilidade e ordem pública no Estádio da Machava acabaram sendo os promotores de arruaça e desordem no final da partida entre o Ferroviário de Maputo e Costa do Sol, ao espancarem, de forma bárbara, um adepto do Ferroviário de Maputo, sem que para tal se justificasse.


É que, tal como acontece em todos os palcos de futebol quando se trata de uma final, os adeptos da equipa vencedora dirigem-se ao centro do terreno e celebram a conquista do título com os seus jogadores, ídolos e heróis.

A forma com que os agentes da Polícia violentaram o adepto do Ferroviário, por sinal muito bem identificado, porque trajado de vestes e motivos do clube, de cima a baixo, não tem memória no nosso desporto. Vai daí que se chegou ao ponto de se confundir a atitude daqueles polícias com a de um grupo de bandoleiros à cata de vítimas para descarregar sobre elas a sua força brutal.

Mesmo com a reprovação do público, os agentes não acatavam e parecia que quanto mais a plateia pedia para que parassem de espancar o adepto mais ânimo eles ganhavam.

Estranhamente, todo este triste filme desenrolava-se ante o olhar passivo dos representantes do Governo.

Feitas as contas ao alto, dá em mais de 10 o número de agentes que, de forma ímpia e brutal, vibrava cacetadas, pontapés, coronhadas de armas e bofetadas contra o indefeso adepto, ao mesmo tempo que o arrastavam, já inconsciente e algemado, de uma extremidade à outra dentro das “quatro linhas”, como se de um perigoso cadastrado se tratasse. Transformando o recinto de jogos do Estádio da Machava numa arena de gladiadores!

Aquele comportamento policial não encontra explicação e enquadramento para o seu efeito, mesmo legal. E é um claro exemplo de violência física, de prepotência, de abuso de poder e de autoridade. E queremos, pois, chamar aqui a atenção das estruturas superiores do Ministério do Interior, da Justiça e instituições dos Direitos Humanos para que identifiquem os promotores da façanha e responsabilizá-los, para desencorajar actos idênticos no futuro.

Achamos também que ao agirem nesse sentido estarão a purificar as fileiras policiais, de modo que nunca se confundam os bons agentes dos “arruaceiros”, como aqueles que vimos domingo no Estádio da Machava.

É importante que isso aconteça no mais curto espaço de tempo, e que após a sua identificação que peçam desculpas ao adepto do Ferroviário de Maputo, pois não acontecendo isso continuar-se-á a valorizar a máxima popular que diz: “quando a Polícia comete crime o povo fica sem segurança”.

publicado por Vaxko Zakarias às 12:22
 O que é? |  O que é? | favorito

OS agentes da Polícia escalados para garantir a segurança, tranquilidade e ordem pública no Estádio da Machava acabaram sendo os promotores de arruaça e desordem no final da partida entre o Ferroviário de Maputo e Costa do Sol, ao espancarem, de forma bárbara, um adepto do Ferroviário de Maputo, sem que para tal se justificasse.


É que, tal como acontece em todos os palcos de futebol quando se trata de uma final, os adeptos da equipa vencedora dirigem-se ao centro do terreno e celebram a conquista do título com os seus jogadores, ídolos e heróis.

A forma com que os agentes da Polícia violentaram o adepto do Ferroviário, por sinal muito bem identificado, porque trajado de vestes e motivos do clube, de cima a baixo, não tem memória no nosso desporto. Vai daí que se chegou ao ponto de se confundir a atitude daqueles polícias com a de um grupo de bandoleiros à cata de vítimas para descarregar sobre elas a sua força brutal.

Mesmo com a reprovação do público, os agentes não acatavam e parecia que quanto mais a plateia pedia para que parassem de espancar o adepto mais ânimo eles ganhavam.

Estranhamente, todo este triste filme desenrolava-se ante o olhar passivo dos representantes do Governo.

Feitas as contas ao alto, dá em mais de 10 o número de agentes que, de forma ímpia e brutal, vibrava cacetadas, pontapés, coronhadas de armas e bofetadas contra o indefeso adepto, ao mesmo tempo que o arrastavam, já inconsciente e algemado, de uma extremidade à outra dentro das “quatro linhas”, como se de um perigoso cadastrado se tratasse. Transformando o recinto de jogos do Estádio da Machava numa arena de gladiadores!

Aquele comportamento policial não encontra explicação e enquadramento para o seu efeito, mesmo legal. E é um claro exemplo de violência física, de prepotência, de abuso de poder e de autoridade. E queremos, pois, chamar aqui a atenção das estruturas superiores do Ministério do Interior, da Justiça e instituições dos Direitos Humanos para que identifiquem os promotores da façanha e responsabilizá-los, para desencorajar actos idênticos no futuro.

Achamos também que ao agirem nesse sentido estarão a purificar as fileiras policiais, de modo que nunca se confundam os bons agentes dos “arruaceiros”, como aqueles que vimos domingo no Estádio da Machava.

É importante que isso aconteça no mais curto espaço de tempo, e que após a sua identificação que peçam desculpas ao adepto do Ferroviário de Maputo, pois não acontecendo isso continuar-se-á a valorizar a máxima popular que diz: “quando a Polícia comete crime o povo fica sem segurança”.

publicado por Vaxko Zakarias às 12:22
 O que é? |  O que é? | favorito

CHIQUINHO Conde apresentou domingo último demissão do cargo de treinador do Desportivo de Maputo, função que exercia há seis meses, soube o nosso Jornal de fontes seguras.

Chiquinho, que tinha mais um ano de contrato, teria manifestado o seu desejo de deixar os “alvi-negros” alegadamente por mau relacionamento com a direcção, segundo ainda os nossos informantes.

Segundo o técnico, outro motivo que o levou a manifestar tal intenção tem a ver com o facto de a direcção ter se intrometido, por diversas vezes, em assuntos de aspectos técnicos.

Contactado ontem pelo nosso Jornal, Chiquinho Conde não desmentiu que terá manifestado junto da Direcção do Desportivo o desejo de deixar o clube, mas prometeu falar sobre o assunto ao longo desta semana.

De salientar que o Desportivo terminou o Moçambola em nono lugar, depois de, em 2006, se ter sagrado campeão nacional.

publicado por Vaxko Zakarias às 12:16
 O que é? |  O que é? | favorito

CHIQUINHO Conde apresentou domingo último demissão do cargo de treinador do Desportivo de Maputo, função que exercia há seis meses, soube o nosso Jornal de fontes seguras.

Chiquinho, que tinha mais um ano de contrato, teria manifestado o seu desejo de deixar os “alvi-negros” alegadamente por mau relacionamento com a direcção, segundo ainda os nossos informantes.

Segundo o técnico, outro motivo que o levou a manifestar tal intenção tem a ver com o facto de a direcção ter se intrometido, por diversas vezes, em assuntos de aspectos técnicos.

Contactado ontem pelo nosso Jornal, Chiquinho Conde não desmentiu que terá manifestado junto da Direcção do Desportivo o desejo de deixar o clube, mas prometeu falar sobre o assunto ao longo desta semana.

De salientar que o Desportivo terminou o Moçambola em nono lugar, depois de, em 2006, se ter sagrado campeão nacional.

publicado por Vaxko Zakarias às 12:16
 O que é? |  O que é? | favorito
O FERROVIÁRIO de Nacala está a um passo de conseguir o apuramento para o Moçambola-2009, em representação da Zona Norte, depois que no passado domingo venceu, no "derby" local, o Desportivo, também daquela cidade portuária, por duas bolas sem resposta.

Com este resultado, os "locomotivas" de Nacala somam agora 10 pontos em cinco partidas, mais um que o Desportivo. O Desportivo de Nacala efectuou uma primeira volta sem perder sequer um ponto, vencendo as três partidas mas nesta segunda volta soma até agora por derrotas os dois jogos efectuados.

O Sporting de Nampula ficou fora da corrida mesmo depois de vencer ao Chiqweti de Lichinga, copiosamente por dois a zero, pois soma agora sete pontos e ocupa a terceira posição, seguido da turma de Lichinga com apenas três.

A jornada final desta prova, que se realiza no sistema clássico de todos contra todos em duas voltas, tem lugar no próximo fim-de-semana e é decisiva.

Para o Ferroviário de Nacala basta-lhe uma vitória diante do Chiqweti, enquanto que o Desportivo de Nacala tem de vencer o Sporting em Nampula e esperar por um deslize dos "locomotivas".

publicado por Vaxko Zakarias às 12:11
 O que é? |  O que é? | favorito
O FERROVIÁRIO de Nacala está a um passo de conseguir o apuramento para o Moçambola-2009, em representação da Zona Norte, depois que no passado domingo venceu, no "derby" local, o Desportivo, também daquela cidade portuária, por duas bolas sem resposta.

Com este resultado, os "locomotivas" de Nacala somam agora 10 pontos em cinco partidas, mais um que o Desportivo. O Desportivo de Nacala efectuou uma primeira volta sem perder sequer um ponto, vencendo as três partidas mas nesta segunda volta soma até agora por derrotas os dois jogos efectuados.

O Sporting de Nampula ficou fora da corrida mesmo depois de vencer ao Chiqweti de Lichinga, copiosamente por dois a zero, pois soma agora sete pontos e ocupa a terceira posição, seguido da turma de Lichinga com apenas três.

A jornada final desta prova, que se realiza no sistema clássico de todos contra todos em duas voltas, tem lugar no próximo fim-de-semana e é decisiva.

Para o Ferroviário de Nacala basta-lhe uma vitória diante do Chiqweti, enquanto que o Desportivo de Nacala tem de vencer o Sporting em Nampula e esperar por um deslize dos "locomotivas".

publicado por Vaxko Zakarias às 12:11
 O que é? |  O que é? | favorito

O AL AHLY empatou domingo no campo dos camaroneses do Coton Sport (2-2), em Garoua, depois da vitória na primeira “mão” (2-0 no Cairo), e conquistou a sexta Liga dos Campeões Africanos de Futebol da sua História, a quarta na era do técnico português Manuel José, vencedor em 2002, 2005, 2006 e 2008.

O tetracampeão egípcio abriu e fechou o marcador por Ahmed Hanssan (38') e Shadi Mohammed (89, de penalte). Pelo meio, os locais marcaram por Lasana Abdalkarim (45') e Baba Ousmaila (63').

O emblema é agora o líder em número de troféus, ultrapassando o rival Zamalek, que tem cinco na sua galeria.

No dia do seu 1001º jogo da carreira, Manuel José arrecada o 19º título - o 17º pelo Al Ahly, os outros foram pelo Boavista - que vai pela terceira vez em quatro anos ao Mundial de Clubes, no Japão. No dia 13 de Dezembro, o treinador algarvio joga com os mexicanos do Pachuca, nos quartos-de-final. Se ganhar defronta os equatorianos do LDU Quito, campeões da Libertadores, nas meias-finais. É precisamente nessa fase que entra o Manchester United de Ferguson (outro "manager" milenar), que ainda desconhece o adversário, numa prova organizada pela FIFA desde 2000.

Nas duas anteriores experiências nipónicas, o Al Ahly ficou em último (2005) e em 3º (2006). E agora?

publicado por Vaxko Zakarias às 12:05
 O que é? |  O que é? | favorito

O AL AHLY empatou domingo no campo dos camaroneses do Coton Sport (2-2), em Garoua, depois da vitória na primeira “mão” (2-0 no Cairo), e conquistou a sexta Liga dos Campeões Africanos de Futebol da sua História, a quarta na era do técnico português Manuel José, vencedor em 2002, 2005, 2006 e 2008.

O tetracampeão egípcio abriu e fechou o marcador por Ahmed Hanssan (38') e Shadi Mohammed (89, de penalte). Pelo meio, os locais marcaram por Lasana Abdalkarim (45') e Baba Ousmaila (63').

O emblema é agora o líder em número de troféus, ultrapassando o rival Zamalek, que tem cinco na sua galeria.

No dia do seu 1001º jogo da carreira, Manuel José arrecada o 19º título - o 17º pelo Al Ahly, os outros foram pelo Boavista - que vai pela terceira vez em quatro anos ao Mundial de Clubes, no Japão. No dia 13 de Dezembro, o treinador algarvio joga com os mexicanos do Pachuca, nos quartos-de-final. Se ganhar defronta os equatorianos do LDU Quito, campeões da Libertadores, nas meias-finais. É precisamente nessa fase que entra o Manchester United de Ferguson (outro "manager" milenar), que ainda desconhece o adversário, numa prova organizada pela FIFA desde 2000.

Nas duas anteriores experiências nipónicas, o Al Ahly ficou em último (2005) e em 3º (2006). E agora?

publicado por Vaxko Zakarias às 12:05
 O que é? |  O que é? | favorito
Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
14
15
16
19
22
23
24
29
30
subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO