Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Terça-feira, 18 DE Novembro 2008

O DESPORTIVO de Maputo entrou no grupo das equipas que se apuram para os “play-off” da Liga Nacional de Basquetebol Sénior Masculino-Vodacom ao vencer, no sábado, A Politécnica de Quelimane, por 96-54, em partida em atraso da oitava jornada, a primeira da segunda volta.

Com esta preciosa vitória, obtida em Quelimane, a turma “alvi-negra” ascendeu à quarta posição, em troca com o Ferroviário da Beira.

O Desportivo passou a somar 18 pontos, os mesmos do Costa do Sol, apesar dos “canarinhos” terem um jogo a menos, facto que lhes coloca em vantagem, visto que enfrentam A Politécnica, um opositor teoricamente acessível.

Com o Ferroviário de Maputo e Maxaquene já apurados para a fase dos “play-off”, a luta pelos restantes dois lugares continua em aberto e aquece a cada jornada com o trio composto por Costa do Sol, Desportivo e Ferroviário da Beira a esgrimirem forças.

Tudo indica que a decisão final ficará reservada mesmo para a última jornada, a décima quarta, quando o Costa do Sol defrontar o Desportivo e o Ferroviário fazer o mesmo com o Desportivo da Beira.

Noutro embate, que teve lugar este fim-de-semana, o Desportivo da Beira venceu A Politécnica, por 85-73, em partida em atraso da décima jornada. Este foi um encontro entre equipas que lutam para fugir da última posição depois que o Sport Clube desistiu pelo facto de não poder jogar no Pavilhão da Liga Muçulmana na Cidade do Chimoio.

PRÓXIMA JORNADA (sexta-feira e sábado)

A Politécnica - Maxaquene

A Politécnica – Costa do Sol

CLASSIFICAÇÃO ACTUAL


J V D B P

Fer. de Maputo 12 9 3 1079-770 21

Maxaquene 11 9 2 851-691 20

Costa do Sol 11 7 4 884-717 18

Desp. de Maputo 12 7 4 915-831 18

Fer. da Beira 11 6 5 824-813 17

Desp. Beira 13 1 12 702-1010 14

A Politécnica 10 1 9 726-926 11

Sport. Clube 7 2 5 463-646 9

publicado por Vaxko Zakarias às 15:38
 O que é? |  O que é? | favorito

O DESPORTIVO de Maputo entrou no grupo das equipas que se apuram para os “play-off” da Liga Nacional de Basquetebol Sénior Masculino-Vodacom ao vencer, no sábado, A Politécnica de Quelimane, por 96-54, em partida em atraso da oitava jornada, a primeira da segunda volta.

Com esta preciosa vitória, obtida em Quelimane, a turma “alvi-negra” ascendeu à quarta posição, em troca com o Ferroviário da Beira.

O Desportivo passou a somar 18 pontos, os mesmos do Costa do Sol, apesar dos “canarinhos” terem um jogo a menos, facto que lhes coloca em vantagem, visto que enfrentam A Politécnica, um opositor teoricamente acessível.

Com o Ferroviário de Maputo e Maxaquene já apurados para a fase dos “play-off”, a luta pelos restantes dois lugares continua em aberto e aquece a cada jornada com o trio composto por Costa do Sol, Desportivo e Ferroviário da Beira a esgrimirem forças.

Tudo indica que a decisão final ficará reservada mesmo para a última jornada, a décima quarta, quando o Costa do Sol defrontar o Desportivo e o Ferroviário fazer o mesmo com o Desportivo da Beira.

Noutro embate, que teve lugar este fim-de-semana, o Desportivo da Beira venceu A Politécnica, por 85-73, em partida em atraso da décima jornada. Este foi um encontro entre equipas que lutam para fugir da última posição depois que o Sport Clube desistiu pelo facto de não poder jogar no Pavilhão da Liga Muçulmana na Cidade do Chimoio.

PRÓXIMA JORNADA (sexta-feira e sábado)

A Politécnica - Maxaquene

A Politécnica – Costa do Sol

CLASSIFICAÇÃO ACTUAL


J V D B P

Fer. de Maputo 12 9 3 1079-770 21

Maxaquene 11 9 2 851-691 20

Costa do Sol 11 7 4 884-717 18

Desp. de Maputo 12 7 4 915-831 18

Fer. da Beira 11 6 5 824-813 17

Desp. Beira 13 1 12 702-1010 14

A Politécnica 10 1 9 726-926 11

Sport. Clube 7 2 5 463-646 9

publicado por Vaxko Zakarias às 15:38
 O que é? |  O que é? | favorito

O CLUBE de Natação Golfinhos de Maputo conquistou domingo último a primeira edição do Torneio Meeting Internacional Golfinhos Sprints, ao arrecadar 59 medalhas de ouro, 38 de prata e 30 de bronze. Os nadadores dos Golfinhos acabaram juntando o útil ao agradável, dado que o evento visava assinalar o seu 13º aniversário.

Foi uma vitória esmagadora dos Golfinhos, que quase não tiveram concorrência, visto que o Ferroviário de Maputo, segundo classificado, conquistou 22 medalhas de ouro, 24 de prata e 16 de bronze.

Como era de esperar, as bancadas da piscina Raimundo Franisse foram insuficientes para acolher o “mar” de gente que acorreu àquele recinto para assistir “in-loco” as provas que tiveram lugar no sábado e domingo e apoiarem os seus clubes.

Participaram na prova sete clubes, nomeadamente Clube de Golfinhos, Ferroviário de Maputo e da Beira, Desportivo de Maputo, Clube Desportos Tubarões de Maputo, Clube do Centro Cultural do Banco de Moçambique e o convidado de honra o clube Swaziland Swimming.

JÉSSICA E NUNO DESTACAM-SE

Géssica Stagno do Golfinhos, e Nuno Gomes, do Ferroviário da Beira foram os grandes destaques a nível individual, já que se posicionaram em primeiro lugar em femininos e masculinos, respectivamente.

Géssica, especialista nos 50 metros livres, ficou em primeiro (2980 pontos), tendo superado Kirsty Duplessis (2601), da Swaziland Swimming, e Faina Salape (2521), do Ferroviário de Maputo, segunda e terceira posições, respectivamente. Géssica foi assim uma das principais responsáveis pela conquista da prova.

Por sua vez, Nuno Gomes, especialista nos 100 e 200 metros, ocupou a primeira posição (2429). O segundo ficou a cargo de Keuton Dupont (2307), da Swaziland Swimming, e o terceiro colocado foi Chakil Fakir (1735), do Golfinhos.

No final foram premiados com taças e medalhas os três primeiros classificados, em masculinos e femininos, assim como a nível de equipas.

CLASSIFICAÇÃO FINAL

OURO PRATA BRONZE TOTAL

1º Golfinhos de Maputo 59 38 30 127

2º Ferroviário de Maputo 22 24 16 62

3º Ferroviário da Beira 11 0 0 11

4º Desportivo 7 15 17 39

5º Suazilândia Swimming 5 16 8 29

6º Tubarões de Maputo 1 0 6 7

7º Banco de Moçambique 0 0 0 0

publicado por Vaxko Zakarias às 13:12
 O que é? |  O que é? | favorito

O CLUBE de Natação Golfinhos de Maputo conquistou domingo último a primeira edição do Torneio Meeting Internacional Golfinhos Sprints, ao arrecadar 59 medalhas de ouro, 38 de prata e 30 de bronze. Os nadadores dos Golfinhos acabaram juntando o útil ao agradável, dado que o evento visava assinalar o seu 13º aniversário.

Foi uma vitória esmagadora dos Golfinhos, que quase não tiveram concorrência, visto que o Ferroviário de Maputo, segundo classificado, conquistou 22 medalhas de ouro, 24 de prata e 16 de bronze.

Como era de esperar, as bancadas da piscina Raimundo Franisse foram insuficientes para acolher o “mar” de gente que acorreu àquele recinto para assistir “in-loco” as provas que tiveram lugar no sábado e domingo e apoiarem os seus clubes.

Participaram na prova sete clubes, nomeadamente Clube de Golfinhos, Ferroviário de Maputo e da Beira, Desportivo de Maputo, Clube Desportos Tubarões de Maputo, Clube do Centro Cultural do Banco de Moçambique e o convidado de honra o clube Swaziland Swimming.

JÉSSICA E NUNO DESTACAM-SE

Géssica Stagno do Golfinhos, e Nuno Gomes, do Ferroviário da Beira foram os grandes destaques a nível individual, já que se posicionaram em primeiro lugar em femininos e masculinos, respectivamente.

Géssica, especialista nos 50 metros livres, ficou em primeiro (2980 pontos), tendo superado Kirsty Duplessis (2601), da Swaziland Swimming, e Faina Salape (2521), do Ferroviário de Maputo, segunda e terceira posições, respectivamente. Géssica foi assim uma das principais responsáveis pela conquista da prova.

Por sua vez, Nuno Gomes, especialista nos 100 e 200 metros, ocupou a primeira posição (2429). O segundo ficou a cargo de Keuton Dupont (2307), da Swaziland Swimming, e o terceiro colocado foi Chakil Fakir (1735), do Golfinhos.

No final foram premiados com taças e medalhas os três primeiros classificados, em masculinos e femininos, assim como a nível de equipas.

CLASSIFICAÇÃO FINAL

OURO PRATA BRONZE TOTAL

1º Golfinhos de Maputo 59 38 30 127

2º Ferroviário de Maputo 22 24 16 62

3º Ferroviário da Beira 11 0 0 11

4º Desportivo 7 15 17 39

5º Suazilândia Swimming 5 16 8 29

6º Tubarões de Maputo 1 0 6 7

7º Banco de Moçambique 0 0 0 0

publicado por Vaxko Zakarias às 13:12
 O que é? |  O que é? | favorito

A SELECÇÃO Nacional de Futebol deixou ontem a capital do país com destino a Dar-Es-Salaam, onde amanhã defronta a sua congénere da Tanzania, em desafio amigável tendo em vista à sua participação na terceira e última fase de apuramento para os Campeonatos do Mundo e Africano de 2010.

Este será o primeiro desafio amigável que osMambasirão efectuar antes do primeiro embate diante da Nigéria, no Estádio da Machava, a 29 de Março, inserido no Grupo B. Fazem parte deste grupo a Tunísia e o Quénia. Refira-se que Moçambique tem boas recordações de Dar-Es-Salaam, visto que na última vez que se deslocou a este território, venceu a Tanzania, por 1-0, numa partida que contou para fase de grupos de apuramento para o Campeonato Africano realizado em Janeiro deste ano no Gana.

Recorde-se que o jogo com os tanzanianos deveria ter se realizado no passado mês de Maio, mas o forte temporal que se abateu sobre a capital tanzaniana impediu que Moçambique e Tanzania se enfrentassem.

Para este encontro, Martin Nooij irá aproveitar para testar alguns jogadores e ensaiar novas tácticas. Neste sentido deixou de fora da convocatória alguns dos habituais titulares, casos de Simão, Paíto, Genito, Dário Khan, Mano e Kampango, tendo optado pela chamada de atletas que no futuro podem vir a formar o esqueleto da turma moçambicana, nomeadamente Faife, Alvarito e Mexer.

LISTA DOS CONVOCADOS

FERROVIÁRIO DE MAPUTO – Whisky, Momed Hagy e Danito Parruque

COSTA DO SOL – Alvarito e Nito

LIGA MUÇULMANA – Marcelino, Carlitos e Fanuel

DESPORTIVO – Nelinho e Mexer

MAXAQUENE – Dionísio~

FERROVIÁRIO DE NAMPULA – Faife

ATROMITOS FC (GRÉCIA) - Gonçalves Fumo

PLATINUM STARS FC – Miro

SPORT CLUBE DE VIANENSE – Artur Faria

MAMELODI SUNDOWNS – Dário Monteiro

SUPER SPORT UNITED – Dominguez

MERITZBURG UNITED FC – Tico-Tico

publicado por Vaxko Zakarias às 12:51
 O que é? |  O que é? | favorito

A SELECÇÃO Nacional de Futebol deixou ontem a capital do país com destino a Dar-Es-Salaam, onde amanhã defronta a sua congénere da Tanzania, em desafio amigável tendo em vista à sua participação na terceira e última fase de apuramento para os Campeonatos do Mundo e Africano de 2010.

Este será o primeiro desafio amigável que osMambasirão efectuar antes do primeiro embate diante da Nigéria, no Estádio da Machava, a 29 de Março, inserido no Grupo B. Fazem parte deste grupo a Tunísia e o Quénia. Refira-se que Moçambique tem boas recordações de Dar-Es-Salaam, visto que na última vez que se deslocou a este território, venceu a Tanzania, por 1-0, numa partida que contou para fase de grupos de apuramento para o Campeonato Africano realizado em Janeiro deste ano no Gana.

Recorde-se que o jogo com os tanzanianos deveria ter se realizado no passado mês de Maio, mas o forte temporal que se abateu sobre a capital tanzaniana impediu que Moçambique e Tanzania se enfrentassem.

Para este encontro, Martin Nooij irá aproveitar para testar alguns jogadores e ensaiar novas tácticas. Neste sentido deixou de fora da convocatória alguns dos habituais titulares, casos de Simão, Paíto, Genito, Dário Khan, Mano e Kampango, tendo optado pela chamada de atletas que no futuro podem vir a formar o esqueleto da turma moçambicana, nomeadamente Faife, Alvarito e Mexer.

LISTA DOS CONVOCADOS

FERROVIÁRIO DE MAPUTO – Whisky, Momed Hagy e Danito Parruque

COSTA DO SOL – Alvarito e Nito

LIGA MUÇULMANA – Marcelino, Carlitos e Fanuel

DESPORTIVO – Nelinho e Mexer

MAXAQUENE – Dionísio~

FERROVIÁRIO DE NAMPULA – Faife

ATROMITOS FC (GRÉCIA) - Gonçalves Fumo

PLATINUM STARS FC – Miro

SPORT CLUBE DE VIANENSE – Artur Faria

MAMELODI SUNDOWNS – Dário Monteiro

SUPER SPORT UNITED – Dominguez

MERITZBURG UNITED FC – Tico-Tico

publicado por Vaxko Zakarias às 12:51
 O que é? |  O que é? | favorito

OS agentes da Polícia escalados para garantir a segurança, tranquilidade e ordem pública no Estádio da Machava acabaram sendo os promotores de arruaça e desordem no final da partida entre o Ferroviário de Maputo e Costa do Sol, ao espancarem, de forma bárbara, um adepto do Ferroviário de Maputo, sem que para tal se justificasse.


É que, tal como acontece em todos os palcos de futebol quando se trata de uma final, os adeptos da equipa vencedora dirigem-se ao centro do terreno e celebram a conquista do título com os seus jogadores, ídolos e heróis.

A forma com que os agentes da Polícia violentaram o adepto do Ferroviário, por sinal muito bem identificado, porque trajado de vestes e motivos do clube, de cima a baixo, não tem memória no nosso desporto. Vai daí que se chegou ao ponto de se confundir a atitude daqueles polícias com a de um grupo de bandoleiros à cata de vítimas para descarregar sobre elas a sua força brutal.

Mesmo com a reprovação do público, os agentes não acatavam e parecia que quanto mais a plateia pedia para que parassem de espancar o adepto mais ânimo eles ganhavam.

Estranhamente, todo este triste filme desenrolava-se ante o olhar passivo dos representantes do Governo.

Feitas as contas ao alto, dá em mais de 10 o número de agentes que, de forma ímpia e brutal, vibrava cacetadas, pontapés, coronhadas de armas e bofetadas contra o indefeso adepto, ao mesmo tempo que o arrastavam, já inconsciente e algemado, de uma extremidade à outra dentro das “quatro linhas”, como se de um perigoso cadastrado se tratasse. Transformando o recinto de jogos do Estádio da Machava numa arena de gladiadores!

Aquele comportamento policial não encontra explicação e enquadramento para o seu efeito, mesmo legal. E é um claro exemplo de violência física, de prepotência, de abuso de poder e de autoridade. E queremos, pois, chamar aqui a atenção das estruturas superiores do Ministério do Interior, da Justiça e instituições dos Direitos Humanos para que identifiquem os promotores da façanha e responsabilizá-los, para desencorajar actos idênticos no futuro.

Achamos também que ao agirem nesse sentido estarão a purificar as fileiras policiais, de modo que nunca se confundam os bons agentes dos “arruaceiros”, como aqueles que vimos domingo no Estádio da Machava.

É importante que isso aconteça no mais curto espaço de tempo, e que após a sua identificação que peçam desculpas ao adepto do Ferroviário de Maputo, pois não acontecendo isso continuar-se-á a valorizar a máxima popular que diz: “quando a Polícia comete crime o povo fica sem segurança”.

publicado por Vaxko Zakarias às 12:22
 O que é? |  O que é? | favorito

OS agentes da Polícia escalados para garantir a segurança, tranquilidade e ordem pública no Estádio da Machava acabaram sendo os promotores de arruaça e desordem no final da partida entre o Ferroviário de Maputo e Costa do Sol, ao espancarem, de forma bárbara, um adepto do Ferroviário de Maputo, sem que para tal se justificasse.


É que, tal como acontece em todos os palcos de futebol quando se trata de uma final, os adeptos da equipa vencedora dirigem-se ao centro do terreno e celebram a conquista do título com os seus jogadores, ídolos e heróis.

A forma com que os agentes da Polícia violentaram o adepto do Ferroviário, por sinal muito bem identificado, porque trajado de vestes e motivos do clube, de cima a baixo, não tem memória no nosso desporto. Vai daí que se chegou ao ponto de se confundir a atitude daqueles polícias com a de um grupo de bandoleiros à cata de vítimas para descarregar sobre elas a sua força brutal.

Mesmo com a reprovação do público, os agentes não acatavam e parecia que quanto mais a plateia pedia para que parassem de espancar o adepto mais ânimo eles ganhavam.

Estranhamente, todo este triste filme desenrolava-se ante o olhar passivo dos representantes do Governo.

Feitas as contas ao alto, dá em mais de 10 o número de agentes que, de forma ímpia e brutal, vibrava cacetadas, pontapés, coronhadas de armas e bofetadas contra o indefeso adepto, ao mesmo tempo que o arrastavam, já inconsciente e algemado, de uma extremidade à outra dentro das “quatro linhas”, como se de um perigoso cadastrado se tratasse. Transformando o recinto de jogos do Estádio da Machava numa arena de gladiadores!

Aquele comportamento policial não encontra explicação e enquadramento para o seu efeito, mesmo legal. E é um claro exemplo de violência física, de prepotência, de abuso de poder e de autoridade. E queremos, pois, chamar aqui a atenção das estruturas superiores do Ministério do Interior, da Justiça e instituições dos Direitos Humanos para que identifiquem os promotores da façanha e responsabilizá-los, para desencorajar actos idênticos no futuro.

Achamos também que ao agirem nesse sentido estarão a purificar as fileiras policiais, de modo que nunca se confundam os bons agentes dos “arruaceiros”, como aqueles que vimos domingo no Estádio da Machava.

É importante que isso aconteça no mais curto espaço de tempo, e que após a sua identificação que peçam desculpas ao adepto do Ferroviário de Maputo, pois não acontecendo isso continuar-se-á a valorizar a máxima popular que diz: “quando a Polícia comete crime o povo fica sem segurança”.

publicado por Vaxko Zakarias às 12:22
 O que é? |  O que é? | favorito

CHIQUINHO Conde apresentou domingo último demissão do cargo de treinador do Desportivo de Maputo, função que exercia há seis meses, soube o nosso Jornal de fontes seguras.

Chiquinho, que tinha mais um ano de contrato, teria manifestado o seu desejo de deixar os “alvi-negros” alegadamente por mau relacionamento com a direcção, segundo ainda os nossos informantes.

Segundo o técnico, outro motivo que o levou a manifestar tal intenção tem a ver com o facto de a direcção ter se intrometido, por diversas vezes, em assuntos de aspectos técnicos.

Contactado ontem pelo nosso Jornal, Chiquinho Conde não desmentiu que terá manifestado junto da Direcção do Desportivo o desejo de deixar o clube, mas prometeu falar sobre o assunto ao longo desta semana.

De salientar que o Desportivo terminou o Moçambola em nono lugar, depois de, em 2006, se ter sagrado campeão nacional.

publicado por Vaxko Zakarias às 12:16
 O que é? |  O que é? | favorito

CHIQUINHO Conde apresentou domingo último demissão do cargo de treinador do Desportivo de Maputo, função que exercia há seis meses, soube o nosso Jornal de fontes seguras.

Chiquinho, que tinha mais um ano de contrato, teria manifestado o seu desejo de deixar os “alvi-negros” alegadamente por mau relacionamento com a direcção, segundo ainda os nossos informantes.

Segundo o técnico, outro motivo que o levou a manifestar tal intenção tem a ver com o facto de a direcção ter se intrometido, por diversas vezes, em assuntos de aspectos técnicos.

Contactado ontem pelo nosso Jornal, Chiquinho Conde não desmentiu que terá manifestado junto da Direcção do Desportivo o desejo de deixar o clube, mas prometeu falar sobre o assunto ao longo desta semana.

De salientar que o Desportivo terminou o Moçambola em nono lugar, depois de, em 2006, se ter sagrado campeão nacional.

publicado por Vaxko Zakarias às 12:16
 O que é? |  O que é? | favorito
O FERROVIÁRIO de Nacala está a um passo de conseguir o apuramento para o Moçambola-2009, em representação da Zona Norte, depois que no passado domingo venceu, no "derby" local, o Desportivo, também daquela cidade portuária, por duas bolas sem resposta.

Com este resultado, os "locomotivas" de Nacala somam agora 10 pontos em cinco partidas, mais um que o Desportivo. O Desportivo de Nacala efectuou uma primeira volta sem perder sequer um ponto, vencendo as três partidas mas nesta segunda volta soma até agora por derrotas os dois jogos efectuados.

O Sporting de Nampula ficou fora da corrida mesmo depois de vencer ao Chiqweti de Lichinga, copiosamente por dois a zero, pois soma agora sete pontos e ocupa a terceira posição, seguido da turma de Lichinga com apenas três.

A jornada final desta prova, que se realiza no sistema clássico de todos contra todos em duas voltas, tem lugar no próximo fim-de-semana e é decisiva.

Para o Ferroviário de Nacala basta-lhe uma vitória diante do Chiqweti, enquanto que o Desportivo de Nacala tem de vencer o Sporting em Nampula e esperar por um deslize dos "locomotivas".

publicado por Vaxko Zakarias às 12:11
 O que é? |  O que é? | favorito
O FERROVIÁRIO de Nacala está a um passo de conseguir o apuramento para o Moçambola-2009, em representação da Zona Norte, depois que no passado domingo venceu, no "derby" local, o Desportivo, também daquela cidade portuária, por duas bolas sem resposta.

Com este resultado, os "locomotivas" de Nacala somam agora 10 pontos em cinco partidas, mais um que o Desportivo. O Desportivo de Nacala efectuou uma primeira volta sem perder sequer um ponto, vencendo as três partidas mas nesta segunda volta soma até agora por derrotas os dois jogos efectuados.

O Sporting de Nampula ficou fora da corrida mesmo depois de vencer ao Chiqweti de Lichinga, copiosamente por dois a zero, pois soma agora sete pontos e ocupa a terceira posição, seguido da turma de Lichinga com apenas três.

A jornada final desta prova, que se realiza no sistema clássico de todos contra todos em duas voltas, tem lugar no próximo fim-de-semana e é decisiva.

Para o Ferroviário de Nacala basta-lhe uma vitória diante do Chiqweti, enquanto que o Desportivo de Nacala tem de vencer o Sporting em Nampula e esperar por um deslize dos "locomotivas".

publicado por Vaxko Zakarias às 12:11
 O que é? |  O que é? | favorito

O AL AHLY empatou domingo no campo dos camaroneses do Coton Sport (2-2), em Garoua, depois da vitória na primeira “mão” (2-0 no Cairo), e conquistou a sexta Liga dos Campeões Africanos de Futebol da sua História, a quarta na era do técnico português Manuel José, vencedor em 2002, 2005, 2006 e 2008.

O tetracampeão egípcio abriu e fechou o marcador por Ahmed Hanssan (38') e Shadi Mohammed (89, de penalte). Pelo meio, os locais marcaram por Lasana Abdalkarim (45') e Baba Ousmaila (63').

O emblema é agora o líder em número de troféus, ultrapassando o rival Zamalek, que tem cinco na sua galeria.

No dia do seu 1001º jogo da carreira, Manuel José arrecada o 19º título - o 17º pelo Al Ahly, os outros foram pelo Boavista - que vai pela terceira vez em quatro anos ao Mundial de Clubes, no Japão. No dia 13 de Dezembro, o treinador algarvio joga com os mexicanos do Pachuca, nos quartos-de-final. Se ganhar defronta os equatorianos do LDU Quito, campeões da Libertadores, nas meias-finais. É precisamente nessa fase que entra o Manchester United de Ferguson (outro "manager" milenar), que ainda desconhece o adversário, numa prova organizada pela FIFA desde 2000.

Nas duas anteriores experiências nipónicas, o Al Ahly ficou em último (2005) e em 3º (2006). E agora?

publicado por Vaxko Zakarias às 12:05
 O que é? |  O que é? | favorito

O AL AHLY empatou domingo no campo dos camaroneses do Coton Sport (2-2), em Garoua, depois da vitória na primeira “mão” (2-0 no Cairo), e conquistou a sexta Liga dos Campeões Africanos de Futebol da sua História, a quarta na era do técnico português Manuel José, vencedor em 2002, 2005, 2006 e 2008.

O tetracampeão egípcio abriu e fechou o marcador por Ahmed Hanssan (38') e Shadi Mohammed (89, de penalte). Pelo meio, os locais marcaram por Lasana Abdalkarim (45') e Baba Ousmaila (63').

O emblema é agora o líder em número de troféus, ultrapassando o rival Zamalek, que tem cinco na sua galeria.

No dia do seu 1001º jogo da carreira, Manuel José arrecada o 19º título - o 17º pelo Al Ahly, os outros foram pelo Boavista - que vai pela terceira vez em quatro anos ao Mundial de Clubes, no Japão. No dia 13 de Dezembro, o treinador algarvio joga com os mexicanos do Pachuca, nos quartos-de-final. Se ganhar defronta os equatorianos do LDU Quito, campeões da Libertadores, nas meias-finais. É precisamente nessa fase que entra o Manchester United de Ferguson (outro "manager" milenar), que ainda desconhece o adversário, numa prova organizada pela FIFA desde 2000.

Nas duas anteriores experiências nipónicas, o Al Ahly ficou em último (2005) e em 3º (2006). E agora?

publicado por Vaxko Zakarias às 12:05
 O que é? |  O que é? | favorito
Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
14
15
16
19
22
23
24
29
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO