Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Sexta-feira, 07 DE Novembro 2008

A FESTA foi mesmo maputense na final do Torneio Internacional de Hóquei em Patins alusivo ao Dia da Cidade de Maputo, que segunda-feira próxima se celebra.

Eis os rapazes que conquistaram o Torneio Internacional (S.Costa)
O pavilhão do Desportivo, como era de esperar, encheu para assistir ao tão aguardado despique entre o Misto “A” da capital do país e a Colômbia. Os maputenses corresponderam a assistência e venceram, por 5-3.


A Colômbia, recém-promovida ao “Mundial” do Grupo A, até começou melhor a partida adiantando-se no marcador, por intermédio de Javier Mora. Foi um “balde de água fria” para os jogadores moçambicanos que ainda estavam em fase de aquecimento.

No entanto, a resposta do Misto de Maputo não tardou e Bruno Pimentel após um excelente passe de Nelson Costa devolveu a alegria às dezenas de espectadores que assistiam ao encontro.

O empate dos maputenses foi um duro golpe para os colombianos, que em vantagem no marcador (1-0) haviam “adormecido” pensando, se calhar, que o adversário seria pêra doce, até porque vinham de um triunfo folgado (7-3) sobre o Misto B. Mas quando Bruno Pimentel fez o empate, aperceberam de que outra música poderia tocar e passaram a jogar com maior concentração e determinação.

Foi com alguma naturalidade que chegaram ao 2-1, quando Diego Ochoa, um dos melhores jogadores, desferiu uma portentosa “stickada” cá do meio da rua que só parou no fundo da malhas à guarda de Lucas Cossa que não podia fazer nada para evitar o golo.

Foi em desvantagem que os maputenses saíram para o intervalo e parece que o descanso os fez bem, visto que tiveram uma entrada de rompante, na segunda parte, e antes do dez minutos já ganhavam por, 3-2. Uma cambalhota no marcador que teve a assinatura de Ilídio Canda e Bruno Pimentel.

Pela primeira vez a turma moçambicana estava em vantagem, era a vez da Colômbia correr atrás do prejuízo, e pode-se dizer que o fez com mestria, pois viu o seu esforço coroado com um “bis” de Diego Ochoa.

Mas curiosamente foi a partir do terceiro golo dos colombianos que os maputenses arregaçaram as mangas e partiram para uma exibição inesquecível. Passaram a assumir o jogo, até porque caminhava para o final e já não tinham muito tempo para arrancarem de vez para a vitória.

E foi aí que o “stricker” Mafamba, que até então não tinha aparecido, puxou dos colarinhos e fez o 4-3 e depois o 5-3, este último numa boa jogada de envolvimento entre Nelson Costa e Ilídio Canda, com Mafamba a ter só que empurrar a “bolinha”.

Foi um período muito bonito dos maputenses, que deixou a Colômbia sem reacção. Estava assim confirmada a festa maputense.
Noutro jogo de apuramento do terceiro lugar, o Misto B goleou a selecção de veteranos, por 6-1.

publicado por Vaxko Zakarias às 13:59
 O que é? |  O que é? | favorito

A FESTA foi mesmo maputense na final do Torneio Internacional de Hóquei em Patins alusivo ao Dia da Cidade de Maputo, que segunda-feira próxima se celebra.

Eis os rapazes que conquistaram o Torneio Internacional (S.Costa)
O pavilhão do Desportivo, como era de esperar, encheu para assistir ao tão aguardado despique entre o Misto “A” da capital do país e a Colômbia. Os maputenses corresponderam a assistência e venceram, por 5-3.


A Colômbia, recém-promovida ao “Mundial” do Grupo A, até começou melhor a partida adiantando-se no marcador, por intermédio de Javier Mora. Foi um “balde de água fria” para os jogadores moçambicanos que ainda estavam em fase de aquecimento.

No entanto, a resposta do Misto de Maputo não tardou e Bruno Pimentel após um excelente passe de Nelson Costa devolveu a alegria às dezenas de espectadores que assistiam ao encontro.

O empate dos maputenses foi um duro golpe para os colombianos, que em vantagem no marcador (1-0) haviam “adormecido” pensando, se calhar, que o adversário seria pêra doce, até porque vinham de um triunfo folgado (7-3) sobre o Misto B. Mas quando Bruno Pimentel fez o empate, aperceberam de que outra música poderia tocar e passaram a jogar com maior concentração e determinação.

Foi com alguma naturalidade que chegaram ao 2-1, quando Diego Ochoa, um dos melhores jogadores, desferiu uma portentosa “stickada” cá do meio da rua que só parou no fundo da malhas à guarda de Lucas Cossa que não podia fazer nada para evitar o golo.

Foi em desvantagem que os maputenses saíram para o intervalo e parece que o descanso os fez bem, visto que tiveram uma entrada de rompante, na segunda parte, e antes do dez minutos já ganhavam por, 3-2. Uma cambalhota no marcador que teve a assinatura de Ilídio Canda e Bruno Pimentel.

Pela primeira vez a turma moçambicana estava em vantagem, era a vez da Colômbia correr atrás do prejuízo, e pode-se dizer que o fez com mestria, pois viu o seu esforço coroado com um “bis” de Diego Ochoa.

Mas curiosamente foi a partir do terceiro golo dos colombianos que os maputenses arregaçaram as mangas e partiram para uma exibição inesquecível. Passaram a assumir o jogo, até porque caminhava para o final e já não tinham muito tempo para arrancarem de vez para a vitória.

E foi aí que o “stricker” Mafamba, que até então não tinha aparecido, puxou dos colarinhos e fez o 4-3 e depois o 5-3, este último numa boa jogada de envolvimento entre Nelson Costa e Ilídio Canda, com Mafamba a ter só que empurrar a “bolinha”.

Foi um período muito bonito dos maputenses, que deixou a Colômbia sem reacção. Estava assim confirmada a festa maputense.
Noutro jogo de apuramento do terceiro lugar, o Misto B goleou a selecção de veteranos, por 6-1.

publicado por Vaxko Zakarias às 13:59
 O que é? |  O que é? | favorito

A LIGA Nacional de Basquetebol Sénior Masculina – Vodacom está ao rubro com o Maxaquene, primeiro classificado, e o Ferroviário de Maputo, segundo, a darem mostras de serem os principais candidatos à conquista do ceptro

A subida em flecha do adversário no rectângulo de jogo
Em mais uma dupla jornada (12ª e 13ª) a maior responsabilidade caberá aos “locomotivas” que podem se isolar na liderança embora provisoriamente, visto que o embate entre o Maxaquene e APolitécnica, que devia se realizar no domingo, em Quelimane, ficou adiado para uma dada a anunciar devido a problemas logísticos.


Assim sendo, os “locomotivas” que estarão hoje em acção, a partir das 18:00 horas, no pavilhão do Estrela Vermelha, frente ao Desportivo da Beira, podem começar a trilhar passos rumo à liderança, numa altura em que a prova caminha para uma fase crucial, em que já não há muito espaço para errar.

A julgar pela qualidade dos “alvi-negros”, prevê-se que a tarefa dos “locomotivas” seja afável, num despique que poderá mesmo servir de treino para o Ferroviário, se se atender que amanhã terá pela frente o seu homónimo da Beira, um adversário merecedor de mais atenção. Este encontro realiza-se amanhã, às 20.30 horas.

A confirmar-se um duplo triunfo, o Ferroviário ascende à primeira posição, visto que ficará com 21 pontos, mais um que o Maxaquene.

Outro desafio não menos atractivo da ronda, será, sem sombra de dúvidas, o que irá colocar frente-a-frente o Desportivo de Maputo e o Ferroviário da Beira. Este confronto terá lugar hoje, a partir das 20.30 horas.

Na primeira volta, os beirenses, a jogarem em casa, vencerem os “alvi-negros”, que agora quererão se vingar desse “desaire” que deu início a sua derrocada depois de um início prometedor. Este será um teste de fogo para o Desportivo de Maputo, que amanhã, enfrentará o seu homónimo da Beira, num duelo em que é claramente favorito.

O desafio entre APolitécnica e Costa do Sol programado, em princípio para amanhã, fica adiado para uma data a indicar pelos mesmos motivos que levaram ao adiamento do confronto entre Apolitécnica e Maxaquene.

publicado por Vaxko Zakarias às 13:20
 O que é? |  O que é? | favorito

A LIGA Nacional de Basquetebol Sénior Masculina – Vodacom está ao rubro com o Maxaquene, primeiro classificado, e o Ferroviário de Maputo, segundo, a darem mostras de serem os principais candidatos à conquista do ceptro

A subida em flecha do adversário no rectângulo de jogo
Em mais uma dupla jornada (12ª e 13ª) a maior responsabilidade caberá aos “locomotivas” que podem se isolar na liderança embora provisoriamente, visto que o embate entre o Maxaquene e APolitécnica, que devia se realizar no domingo, em Quelimane, ficou adiado para uma dada a anunciar devido a problemas logísticos.


Assim sendo, os “locomotivas” que estarão hoje em acção, a partir das 18:00 horas, no pavilhão do Estrela Vermelha, frente ao Desportivo da Beira, podem começar a trilhar passos rumo à liderança, numa altura em que a prova caminha para uma fase crucial, em que já não há muito espaço para errar.

A julgar pela qualidade dos “alvi-negros”, prevê-se que a tarefa dos “locomotivas” seja afável, num despique que poderá mesmo servir de treino para o Ferroviário, se se atender que amanhã terá pela frente o seu homónimo da Beira, um adversário merecedor de mais atenção. Este encontro realiza-se amanhã, às 20.30 horas.

A confirmar-se um duplo triunfo, o Ferroviário ascende à primeira posição, visto que ficará com 21 pontos, mais um que o Maxaquene.

Outro desafio não menos atractivo da ronda, será, sem sombra de dúvidas, o que irá colocar frente-a-frente o Desportivo de Maputo e o Ferroviário da Beira. Este confronto terá lugar hoje, a partir das 20.30 horas.

Na primeira volta, os beirenses, a jogarem em casa, vencerem os “alvi-negros”, que agora quererão se vingar desse “desaire” que deu início a sua derrocada depois de um início prometedor. Este será um teste de fogo para o Desportivo de Maputo, que amanhã, enfrentará o seu homónimo da Beira, num duelo em que é claramente favorito.

O desafio entre APolitécnica e Costa do Sol programado, em princípio para amanhã, fica adiado para uma data a indicar pelos mesmos motivos que levaram ao adiamento do confronto entre Apolitécnica e Maxaquene.

publicado por Vaxko Zakarias às 13:20
 O que é? |  O que é? | favorito

O CÍRCULO no que diz respeito aos candidatos ao título fecha-se a cada jornada. Na ronda passada (24ª jornada) dois dos potenciais favoritos, nomeadamente Liga Muçulmana e Costa do Sol ficaram de fora numa sentada.

Ferroviário de Maputo, e a equipa-sensação do Moçambola, o Atlético Muçulmano
Posto isto, a luta pelo título mais cobiçado do país, quando se fala de desporto-rei, ficou entre ao Ferroviário de Maputo, e a equipa-sensação do Moçambola, o Atlético Muçulmano.


Assim sendo, as atenções da 25ª jornada estão viradas para o topo da classificação. O Ferroviário comanda isolado, no entanto a vantagem sobre o Atlético não dá ainda para se quer pensar em encomendar as faixas de campeão, é que a superioridade é de dois pontos.

O cenário para as hostes “locomotivas” poderá inclusive tomar uma cor acinzentada, se estes não tiverem a devida atenção ao próximo adversário, que se dá pelo nome de Chingale.

A missão parece mais complicada para os comandados de Mussá Osman, visto que o despique realiza-se no caldeirão de Tete, um terreno tradicionalmente complicado para o Ferroviário de Maputo, que realizará o seu penúltimo exame na batalha titânica pelo ceptro.

O Atlético Muçulmano também terá uma missão difícil se se atender que enfrentará o Desportivo, um dos principais candidatos à conquista do campeonato, mas que esta época não passou de um gigante adormecido. Sem Arnaldo Salvado no banco, suspenso por três meses pela Comissão de Disciplina da Liga Moçambicana de Futebol, o Atlético tem realizado excelentes jogos e tem demonstrado possuir um conjunto mecanizado que entra em campo com a lição bem estudada.

Foi assim, nos últimos dois jogos contra o Chingale e Benfica de Macúti. Agora seguem-se os “alvi-negros”, numa partida em que só a vitória interessa e perder é inteiramente proibido, até porque se o Ferroviário ganhar e o Atlético sofrer um “desaire” a festa será “locomotiva”!

publicado por Vaxko Zakarias às 12:35
 O que é? |  O que é? | favorito

O CÍRCULO no que diz respeito aos candidatos ao título fecha-se a cada jornada. Na ronda passada (24ª jornada) dois dos potenciais favoritos, nomeadamente Liga Muçulmana e Costa do Sol ficaram de fora numa sentada.

Ferroviário de Maputo, e a equipa-sensação do Moçambola, o Atlético Muçulmano
Posto isto, a luta pelo título mais cobiçado do país, quando se fala de desporto-rei, ficou entre ao Ferroviário de Maputo, e a equipa-sensação do Moçambola, o Atlético Muçulmano.


Assim sendo, as atenções da 25ª jornada estão viradas para o topo da classificação. O Ferroviário comanda isolado, no entanto a vantagem sobre o Atlético não dá ainda para se quer pensar em encomendar as faixas de campeão, é que a superioridade é de dois pontos.

O cenário para as hostes “locomotivas” poderá inclusive tomar uma cor acinzentada, se estes não tiverem a devida atenção ao próximo adversário, que se dá pelo nome de Chingale.

A missão parece mais complicada para os comandados de Mussá Osman, visto que o despique realiza-se no caldeirão de Tete, um terreno tradicionalmente complicado para o Ferroviário de Maputo, que realizará o seu penúltimo exame na batalha titânica pelo ceptro.

O Atlético Muçulmano também terá uma missão difícil se se atender que enfrentará o Desportivo, um dos principais candidatos à conquista do campeonato, mas que esta época não passou de um gigante adormecido. Sem Arnaldo Salvado no banco, suspenso por três meses pela Comissão de Disciplina da Liga Moçambicana de Futebol, o Atlético tem realizado excelentes jogos e tem demonstrado possuir um conjunto mecanizado que entra em campo com a lição bem estudada.

Foi assim, nos últimos dois jogos contra o Chingale e Benfica de Macúti. Agora seguem-se os “alvi-negros”, numa partida em que só a vitória interessa e perder é inteiramente proibido, até porque se o Ferroviário ganhar e o Atlético sofrer um “desaire” a festa será “locomotiva”!

publicado por Vaxko Zakarias às 12:35
 O que é? |  O que é? | favorito

AMANHÃ

Campo do Costa do Sol

15:00 h - Costa do Sol – Fer. de Pemba

Árbitro: Araújo Martinho, assistido por Meque Machate e Daniel Filipe. Quarto árbitro: Bernardino Santos. Delegado Técnico: CNAF

imagem corporativa do moçambola
Estádio 1º de Maio

15:00 h -Estrela Vermelha –Fer. da Beira

Árbitro: Estêvão Matsinhe, assistido por Daniel Mondlane e Alfredo Sitoe. Quarto árbitro: Samuel Chirindza. Delegado Técnico: CNAF

DOMINGO

Campo do 1º de Maio

15:00 h - Desportivo–Atlético

Árbitro: Arão Júnior, assistido por Júlio Mungói e Januário Pastola. Quarto árbitro: Ainad Ussene.
Delegado Técnico: CNAF

Campo do Ferroviário da Manga

15:00 h - Benfica de Macúti – FC Lichinga

Árbitro: António Amilton, assistido por Fernando Massave e Henriques Langa. Quarto árbitro: Joaquim Daniel. Delegado Técnico: COPAF

Estádio do 1º de Maio

15:00 h - Desportivo–Atlético

Árbitro: Arão Júnior, assistido por Júlio Mungói e Januário Pastola. Quarto árbitro: Ainad Ussene.

Delegado Técnico: CNAF

Campo do Ferroviário da Manga

15:00 h - Benfica de Macúti – FC Lichinga

Árbitro: António Amilton, assistido por Fernando Massave e Henriques Langa. Quarto árbitro: Joaquim Daniel. Delegado Técnico: COPAF

Campo do Desportivo de Tete

15:00 h - Chingale–Fer. de Maputo

Árbitro: Mateus Infante, assistido por Agostinho Pelembe e Ernesto Milambo. Quarto árbitro: Félix Maugente. Delegado Técnico: COPAF

Campo do Costa do Sol

15:00 h - Liga Muçulmana – Textáfrica

Árbitro: António Massango, assistido por Edmundo Macamo e António da Costa. Quarto árbitro: Justino Faduco. Delegado Técnico: CNAF

Estádio 25 de Junho

15:00 h - Fer. Nampula – Maxaquene

Árbitro: Angélica Farias, assistida por Estrela Gonçalves e Nelsa Abílio. Quarto árbitro: Isabel Abreu. Delegado Técnico: COPAF

publicado por Vaxko Zakarias às 12:26
 O que é? |  O que é? | favorito

AMANHÃ

Campo do Costa do Sol

15:00 h - Costa do Sol – Fer. de Pemba

Árbitro: Araújo Martinho, assistido por Meque Machate e Daniel Filipe. Quarto árbitro: Bernardino Santos. Delegado Técnico: CNAF

imagem corporativa do moçambola
Estádio 1º de Maio

15:00 h -Estrela Vermelha –Fer. da Beira

Árbitro: Estêvão Matsinhe, assistido por Daniel Mondlane e Alfredo Sitoe. Quarto árbitro: Samuel Chirindza. Delegado Técnico: CNAF

DOMINGO

Campo do 1º de Maio

15:00 h - Desportivo–Atlético

Árbitro: Arão Júnior, assistido por Júlio Mungói e Januário Pastola. Quarto árbitro: Ainad Ussene.
Delegado Técnico: CNAF

Campo do Ferroviário da Manga

15:00 h - Benfica de Macúti – FC Lichinga

Árbitro: António Amilton, assistido por Fernando Massave e Henriques Langa. Quarto árbitro: Joaquim Daniel. Delegado Técnico: COPAF

Estádio do 1º de Maio

15:00 h - Desportivo–Atlético

Árbitro: Arão Júnior, assistido por Júlio Mungói e Januário Pastola. Quarto árbitro: Ainad Ussene.

Delegado Técnico: CNAF

Campo do Ferroviário da Manga

15:00 h - Benfica de Macúti – FC Lichinga

Árbitro: António Amilton, assistido por Fernando Massave e Henriques Langa. Quarto árbitro: Joaquim Daniel. Delegado Técnico: COPAF

Campo do Desportivo de Tete

15:00 h - Chingale–Fer. de Maputo

Árbitro: Mateus Infante, assistido por Agostinho Pelembe e Ernesto Milambo. Quarto árbitro: Félix Maugente. Delegado Técnico: COPAF

Campo do Costa do Sol

15:00 h - Liga Muçulmana – Textáfrica

Árbitro: António Massango, assistido por Edmundo Macamo e António da Costa. Quarto árbitro: Justino Faduco. Delegado Técnico: CNAF

Estádio 25 de Junho

15:00 h - Fer. Nampula – Maxaquene

Árbitro: Angélica Farias, assistida por Estrela Gonçalves e Nelsa Abílio. Quarto árbitro: Isabel Abreu. Delegado Técnico: COPAF

publicado por Vaxko Zakarias às 12:26
 O que é? |  O que é? | favorito


Imagem Corporativa do Moçambola
NUMA altura em que todo o esforço é no sentido de se nomear árbitros experientes e rodados para emprestarem o Moçambola uma ponta final mais elegante, a Comissão Nacional de Árbitros (CNAF) nomeou para o jogo Ferroviário de Nampula-Maxaquene um trio feminino (Árbitro: Angélica Farias, assistida por Estrela Gonçalves e Nelsa Abílio. Quarto árbitro: Isabel Abreu). Inédito!

Apesar das duas equipas já estarem fora da luta pelo título e com a manutenção garantida, a verdade é que o Ferroviário de Nampula e o Maxaquene procurarão melhorar o seu posicionamento na actual tabela classificativa e sem pretendermos tirar mérito à capacidade das mulheres nos postos de direcção, a verdade é que é muito cedo para apostarmos num trio feminino para um jogo do Moçambola.

A CNAF não deve ter visto o jogo do passado sábado entre o Ferroviário de Maputo e a Liga Muçulmana, no Estádio da Machava, onde o árbitro teve que ser protegido pela Polícia nalguns casos. Imaginem se fosse uma mulher no meio daquela toda lufa-lufa!

Se a ideia é rodar árbitros, a CNAF deve encontrar um espaço para que o façam e não no Moçambola, prova máxima do futebol moçambicano, e ainda a duas jornadas do seu término.

Se a FIFA tiver conhecimento deste caso inédito(!) entre nós, a CNAF será premiada com a medalha de comissão mais aventureira do mundo.

publicado por Vaxko Zakarias às 12:15
 O que é? |  O que é? | favorito


Imagem Corporativa do Moçambola
NUMA altura em que todo o esforço é no sentido de se nomear árbitros experientes e rodados para emprestarem o Moçambola uma ponta final mais elegante, a Comissão Nacional de Árbitros (CNAF) nomeou para o jogo Ferroviário de Nampula-Maxaquene um trio feminino (Árbitro: Angélica Farias, assistida por Estrela Gonçalves e Nelsa Abílio. Quarto árbitro: Isabel Abreu). Inédito!

Apesar das duas equipas já estarem fora da luta pelo título e com a manutenção garantida, a verdade é que o Ferroviário de Nampula e o Maxaquene procurarão melhorar o seu posicionamento na actual tabela classificativa e sem pretendermos tirar mérito à capacidade das mulheres nos postos de direcção, a verdade é que é muito cedo para apostarmos num trio feminino para um jogo do Moçambola.

A CNAF não deve ter visto o jogo do passado sábado entre o Ferroviário de Maputo e a Liga Muçulmana, no Estádio da Machava, onde o árbitro teve que ser protegido pela Polícia nalguns casos. Imaginem se fosse uma mulher no meio daquela toda lufa-lufa!

Se a ideia é rodar árbitros, a CNAF deve encontrar um espaço para que o façam e não no Moçambola, prova máxima do futebol moçambicano, e ainda a duas jornadas do seu término.

Se a FIFA tiver conhecimento deste caso inédito(!) entre nós, a CNAF será premiada com a medalha de comissão mais aventureira do mundo.

publicado por Vaxko Zakarias às 12:15
 O que é? |  O que é? | favorito

A LIGA Muçulmana conquistou, quarta-feira, o Campeonato da Cidade de Maputo de Futebol de Cinco, vulgo futsal, derrotando e de forma esmagadora, na final realizada no Pavilhão da Universidade Eduardo Mondlane, a formação da Procampo Kanes, por 7-0.

As competições do futsal estão comprometidas devido à crise
A Liga Muçulmana foi imbatível durante as 14 jornadas correspondentes à prova, com 10 vitórias e quatro empates, um dos quais diante do seu rival, o Desportivo, que por sua vez, venceu a equipa da UEM, por 4-2, fixando-se em segundo lugar.

A formação do Al Mahid, mesmo ausente na ronda do fecho, manteve-se na terceira posição, à frente do Paradise que, por sua vez, derrotou F.C. MG, por 3-2.

Assim sendo, Liga Muçulmana, Desportivo e Al Mahid asseguraram a presença para o Campeonato Nacional, que se realiza em Dezembro num local ainda por decidir.

A Liga teve o privilégio de ser a equipa que melhor se destacou colectiva e individualmente, sendo que Russo e Nelson sagraram-se melhores marcadores e guarda-redes do campeonato.

Isto terá sido resultado das novas aquisições feitas para o reforço da equipa técnica, com destaque para o brasileiro Roberval Ramos, técnico principal da equipa.

publicado por Vaxko Zakarias às 12:10
 O que é? |  O que é? | favorito

A LIGA Muçulmana conquistou, quarta-feira, o Campeonato da Cidade de Maputo de Futebol de Cinco, vulgo futsal, derrotando e de forma esmagadora, na final realizada no Pavilhão da Universidade Eduardo Mondlane, a formação da Procampo Kanes, por 7-0.

As competições do futsal estão comprometidas devido à crise
A Liga Muçulmana foi imbatível durante as 14 jornadas correspondentes à prova, com 10 vitórias e quatro empates, um dos quais diante do seu rival, o Desportivo, que por sua vez, venceu a equipa da UEM, por 4-2, fixando-se em segundo lugar.

A formação do Al Mahid, mesmo ausente na ronda do fecho, manteve-se na terceira posição, à frente do Paradise que, por sua vez, derrotou F.C. MG, por 3-2.

Assim sendo, Liga Muçulmana, Desportivo e Al Mahid asseguraram a presença para o Campeonato Nacional, que se realiza em Dezembro num local ainda por decidir.

A Liga teve o privilégio de ser a equipa que melhor se destacou colectiva e individualmente, sendo que Russo e Nelson sagraram-se melhores marcadores e guarda-redes do campeonato.

Isto terá sido resultado das novas aquisições feitas para o reforço da equipa técnica, com destaque para o brasileiro Roberval Ramos, técnico principal da equipa.

publicado por Vaxko Zakarias às 12:10
 O que é? |  O que é? | favorito

ALESSANDRO Del Piero, autor de sensacionais dois golos que classificaram a Juventus para oitavos-de-final; Ryan Giggs, salvador do Manchester United; e Juninho, ao marcar de livre contra o Steaua de Bucareste, foram os principais protagonistas da quarta jornada da fase de grupos da Liga de Campeões

juventus
Paradoxalmente, Arsenal e Villarreal, as duas equipas que pareciam ter tarefa fácil, tiveram que se contentar com decepcionantes empates ante o Fenerbahçe (0-0) e Aalborg (2-2), respectivamente.

JOGO DE DESTAQUE

Celtic de Glasgow 1-1 Manchester United

O Celtic foi afastado dos quartos-de-final por um golo já no prolongamento
O Celtic Park transformou-se num vulcão, e levou a sua equipa ao rebuliço contra o Manchester United, com um registro de dez partidas invicto em todas as competições, mas os “Red Devills” pareciam ter a mente posta no seu próximo duelo da “Premier League”, ante o Arsenal. O Celtic não tardou a adiantar-se no marcador. Num despejo defeituoso da defesa, o australiano, Scott McDonald aproveitou para marcar.

Mas a seis minutos do final, Cristiano Ronaldo efectuou um potentíssimo remate que o polaco Artur Boruc não conseguiu suster e na recarga Ryan Giggs igualou a partida.

Machester United e Villarreal continuam a liderar o Grupo E.

A SURPRESA

Real Madrid 0-2 Juventus

Jogando com confiança, perfeitamente organizado com três grandes volantes recuperadores de bola (Pavel Nedved, Tiago, Mohamed Sissoko), a Juventus dominou tecnicamente e tacticamente um Real Madrid algo “embriagado”.

A grande figura do encontro foi Alessandro Del Piero, sempre muito perigoso, acertou no alvo, primeiro num contra-golpe fulgurante, culminado com um tiro a mais de 20 metros, e na segunda num livre muito bem apontando que deixou Casilas sem reacção A Juventus obteve o bilhete para os oitavos-de-final.

A “Juve” lidera o Grupo H, seguido do Real Madrid. Em terceiro lugar está o Zenit de San Petersburgo que alcançou a sua primeira vitória, após bater o Bate Borisov, por 2-0, na Bielorússia.

No Grupo F, o Lyon venceu o Steaua de Bucareste (2-0). Por sua vez, o Bayern de Munique empatou a uma bola com a Fiorentina. Adrian Mutu inaugurou o marcador para a equipa de Florença. Tim Borowski, a passe de Franck Ribéry, igualou à passagem dos 78.

Arsenal fotebol club
No Grupo G, o Arsenal, que havia materializado cinco golos na Turquia, foi incapaz de marcar um golo em sua casa frente ao mesmo adversário. Mesmo assim, os “Gunners” conservam a liderança do grupo O grande beneficiado da noite foi indubitavelmente o F.C Porto, que conseguiu um valioso triunfo em Kiev no segundo minuto do prolongamento, mercê de uma grande jogada individual de Lisandro Lopéz, que fez uma magnífica assistência para Lucho González.
publicado por Vaxko Zakarias às 12:02
 O que é? |  O que é? | favorito

ALESSANDRO Del Piero, autor de sensacionais dois golos que classificaram a Juventus para oitavos-de-final; Ryan Giggs, salvador do Manchester United; e Juninho, ao marcar de livre contra o Steaua de Bucareste, foram os principais protagonistas da quarta jornada da fase de grupos da Liga de Campeões

juventus
Paradoxalmente, Arsenal e Villarreal, as duas equipas que pareciam ter tarefa fácil, tiveram que se contentar com decepcionantes empates ante o Fenerbahçe (0-0) e Aalborg (2-2), respectivamente.

JOGO DE DESTAQUE

Celtic de Glasgow 1-1 Manchester United

O Celtic foi afastado dos quartos-de-final por um golo já no prolongamento
O Celtic Park transformou-se num vulcão, e levou a sua equipa ao rebuliço contra o Manchester United, com um registro de dez partidas invicto em todas as competições, mas os “Red Devills” pareciam ter a mente posta no seu próximo duelo da “Premier League”, ante o Arsenal. O Celtic não tardou a adiantar-se no marcador. Num despejo defeituoso da defesa, o australiano, Scott McDonald aproveitou para marcar.

Mas a seis minutos do final, Cristiano Ronaldo efectuou um potentíssimo remate que o polaco Artur Boruc não conseguiu suster e na recarga Ryan Giggs igualou a partida.

Machester United e Villarreal continuam a liderar o Grupo E.

A SURPRESA

Real Madrid 0-2 Juventus

Jogando com confiança, perfeitamente organizado com três grandes volantes recuperadores de bola (Pavel Nedved, Tiago, Mohamed Sissoko), a Juventus dominou tecnicamente e tacticamente um Real Madrid algo “embriagado”.

A grande figura do encontro foi Alessandro Del Piero, sempre muito perigoso, acertou no alvo, primeiro num contra-golpe fulgurante, culminado com um tiro a mais de 20 metros, e na segunda num livre muito bem apontando que deixou Casilas sem reacção A Juventus obteve o bilhete para os oitavos-de-final.

A “Juve” lidera o Grupo H, seguido do Real Madrid. Em terceiro lugar está o Zenit de San Petersburgo que alcançou a sua primeira vitória, após bater o Bate Borisov, por 2-0, na Bielorússia.

No Grupo F, o Lyon venceu o Steaua de Bucareste (2-0). Por sua vez, o Bayern de Munique empatou a uma bola com a Fiorentina. Adrian Mutu inaugurou o marcador para a equipa de Florença. Tim Borowski, a passe de Franck Ribéry, igualou à passagem dos 78.

Arsenal fotebol club
No Grupo G, o Arsenal, que havia materializado cinco golos na Turquia, foi incapaz de marcar um golo em sua casa frente ao mesmo adversário. Mesmo assim, os “Gunners” conservam a liderança do grupo O grande beneficiado da noite foi indubitavelmente o F.C Porto, que conseguiu um valioso triunfo em Kiev no segundo minuto do prolongamento, mercê de uma grande jogada individual de Lisandro Lopéz, que fez uma magnífica assistência para Lucho González.
publicado por Vaxko Zakarias às 12:02
 O que é? |  O que é? | favorito
Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
14
15
16
19
22
23
24
29
30
subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO