Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Terça-feira, 28 DE Outubro 2008

O FERROVIÁRIO de Maputo assumiu a liderança do Campeonato Nacional de Basquetebol Vodacom agora com 16 pontos, depois de conseguir uma dupla vitória (sexta e sábado) e beneficiado da derrota do Maxaquene e do desaire do Desportivo.

Lance do jogo Ferroviário-Maxaquene
Os “tricolores” seguem em segundo com 15 pontos, os mesmos pontos dos “alvi-negros”.

Pode-se dizer que foi um arranque de segunda volta dourado para os “locomotivas”. No primeiro embate venceram o seu velho rival, o Desportivo, por 90-66, um triunfo convincente dos “locomotivas” que começam a evidenciar o estatuto de tri-campeão, após um mau início de campeonato.

O Ferroviário de Maputo cumpriu na integra a sua dupla missão ao vencer, no sábado, o Costa do Sol, por 73-64.

Já o Maxaquene não conseguiu passar num dos dois testes, tendo baqueado frente ao Costa do Sol, por 64-71, e ganho ao seu rival, o Desportivo, por 71-61.

O confronto entre os “alvi-negros” e “tricolores” foi muito bem disputado, mas já na ponta final, do quarto e último período, os “tricolores” arrancaram para uma vitória por 71-61, uma margem de dez pontos, que acaba sendo pesada para os “alvi-negros”, a julgar por aquilo que foi a sua exibição.

No balanço desta ronda, em que no centro não se jogou devido a problemas organizacionais, pode-se dizer que o Ferroviário demonstrou ser o mais sério candidato a lutar pelo troféu.

Maxaquene e Costa do Sol terão alguma palavra a dizer, enquanto o Desportivo, depois de um arranque brilhante, parece começar a faltar pernas para aguentar a “pedalada” dos mais directos concorrentes.

publicado por Vaxko Zakarias às 16:27
 O que é? |  O que é? | favorito

O FERROVIÁRIO de Maputo assumiu a liderança do Campeonato Nacional de Basquetebol Vodacom agora com 16 pontos, depois de conseguir uma dupla vitória (sexta e sábado) e beneficiado da derrota do Maxaquene e do desaire do Desportivo.

Lance do jogo Ferroviário-Maxaquene
Os “tricolores” seguem em segundo com 15 pontos, os mesmos pontos dos “alvi-negros”.

Pode-se dizer que foi um arranque de segunda volta dourado para os “locomotivas”. No primeiro embate venceram o seu velho rival, o Desportivo, por 90-66, um triunfo convincente dos “locomotivas” que começam a evidenciar o estatuto de tri-campeão, após um mau início de campeonato.

O Ferroviário de Maputo cumpriu na integra a sua dupla missão ao vencer, no sábado, o Costa do Sol, por 73-64.

Já o Maxaquene não conseguiu passar num dos dois testes, tendo baqueado frente ao Costa do Sol, por 64-71, e ganho ao seu rival, o Desportivo, por 71-61.

O confronto entre os “alvi-negros” e “tricolores” foi muito bem disputado, mas já na ponta final, do quarto e último período, os “tricolores” arrancaram para uma vitória por 71-61, uma margem de dez pontos, que acaba sendo pesada para os “alvi-negros”, a julgar por aquilo que foi a sua exibição.

No balanço desta ronda, em que no centro não se jogou devido a problemas organizacionais, pode-se dizer que o Ferroviário demonstrou ser o mais sério candidato a lutar pelo troféu.

Maxaquene e Costa do Sol terão alguma palavra a dizer, enquanto o Desportivo, depois de um arranque brilhante, parece começar a faltar pernas para aguentar a “pedalada” dos mais directos concorrentes.

publicado por Vaxko Zakarias às 16:27
 O que é? |  O que é? | favorito

A SELECÇÃO Nacional de Basquetebol Masculino de Sub-18 ocupou a décima posição no Campeonato Africano, que decorreu em Alexandria, Egipto, após perder frente à República Centro-Africana, por 59-80.

A festa foi dos “Faraós”
Este desafio contava para o apuramento do nono classificado, tendo a R.C. Africana, conforme reflecte o resultado, acabando por ser muito mais forte que a equipa moçambicana.

No entanto, pode-se dizer que a turma moçambicana cumpriu com aquilo que era o seu papel na ponta final da prova ao evitar a última posição, já que a anteceder a este desafio, tinha vencido o Quénia, por 69-67, relegando os quenianos à disputa do 11º lugar frente ao Congo. Neste despique, o Quénia saiu derrotado, por 68-83, ocupando desta feita a última posição.

EGIPTO CAMPEÃO

Entretanto, numa final electrizante, o Egipto, a jogar em casa, ganhou a Angola, por 85-84. Um triunfo dos egípcios à tangente naquela que foi uma verdadeira propaganda de bola-ao-cesto. Um jogo digno de uma final com muitos pontos e emoção à mistura até à final. A vitória coube aos “Faraós”, mas se se pudesse repartir, não ficaria mal, já que os angolanos foram igualmente espectaculares.

No jogo de qualificação do terceiro, a Nigéria venceu o Senegal, por 68-57.

A quinta posição foi ocupada pela Argélia que derrotou o Marrocos, por 65-34, enquanto o Mali ficou em sétimo lugar, após derrotar a Costa do Marfim, por 36 – 54.

publicado por Vaxko Zakarias às 15:52
 O que é? |  O que é? | favorito

A SELECÇÃO Nacional de Basquetebol Masculino de Sub-18 ocupou a décima posição no Campeonato Africano, que decorreu em Alexandria, Egipto, após perder frente à República Centro-Africana, por 59-80.

A festa foi dos “Faraós”
Este desafio contava para o apuramento do nono classificado, tendo a R.C. Africana, conforme reflecte o resultado, acabando por ser muito mais forte que a equipa moçambicana.

No entanto, pode-se dizer que a turma moçambicana cumpriu com aquilo que era o seu papel na ponta final da prova ao evitar a última posição, já que a anteceder a este desafio, tinha vencido o Quénia, por 69-67, relegando os quenianos à disputa do 11º lugar frente ao Congo. Neste despique, o Quénia saiu derrotado, por 68-83, ocupando desta feita a última posição.

EGIPTO CAMPEÃO

Entretanto, numa final electrizante, o Egipto, a jogar em casa, ganhou a Angola, por 85-84. Um triunfo dos egípcios à tangente naquela que foi uma verdadeira propaganda de bola-ao-cesto. Um jogo digno de uma final com muitos pontos e emoção à mistura até à final. A vitória coube aos “Faraós”, mas se se pudesse repartir, não ficaria mal, já que os angolanos foram igualmente espectaculares.

No jogo de qualificação do terceiro, a Nigéria venceu o Senegal, por 68-57.

A quinta posição foi ocupada pela Argélia que derrotou o Marrocos, por 65-34, enquanto o Mali ficou em sétimo lugar, após derrotar a Costa do Marfim, por 36 – 54.

publicado por Vaxko Zakarias às 15:52
 O que é? |  O que é? | favorito

O DESPORTIVO de Nacala tornou-se, domingo último, líder isolado da “poule” da Zona Norte de apuramento para o Moçambola-2009, com a preciosa vitória, em casa, sobre o seu rival e conterrâneo Ferroviário (1-0), no decurso da segunda jornada da primeira volta.

imagem corporativa do moçambola
O Desportivo, que se estreou ao golear os “alvi-negros” de Chikweti de Lichinga (4-0), campeão provincial do Niassa, comandava a prova graças à vantagem no “goal-average” sobre o Ferroviário, que igualmente entrou a vencer o Sporting de Nampula, por 2-0.

O Sporting foi à Lichinga derrotar o Desportivo de Chikweti (2-0), no sábado, e passa a partilhar o segundo lugar com o Ferroviário de Nacala.

A próxima jornada, que encerra a primeira volta, será igualmente marcada por um duelo, desta vez envolvendo o líder Desportivo e o Sporting.

O Ferroviário de Nacala parte, por seu turno, para o reduto do Desportivo de Chikweti e com a vitória quase garantida.

Desp. de Nacala, 1 - Fer. de Nacala, 0: Vitória de querer


ESTAVAM criadas todas as condições e condimentos para que fosse uma grande partida de futebol e quem foi ao campo da Bela Vista, na cidade de Nacala, não se terá arrependido. Aliás, quando estas equipas se confrontam assiste-se a um duelo interessante e foi isso que aconteceu. Foi um grande jogo de futebol e o Desportivo ganhou pelo querer ao seu rival e conterrâneo Ferroviário.

Foi uma vitória de querer, com o campo completamente cheio e com espectadores de luxo, casos de Nacir Armando e João Chissano, treinadores do Ferroviário de Nampula e Costa do Sol, respectivamente, mais João Raul, dirigente sénior do clube “canarinho”.

Mas vamos ao jogo: o Desportivo entrou para a partida mais pressionante, resultado de um domínio territorial que exercia sobre o seu rival que, mesmo assim, não se deixou intimidar com a avalanche atacante dos donos da casa, tendo por conseguinte sido o primeiro a desfrutar de uma soberba ocasião de inaugurar o marcador por intermédio de Henriques, quando estavam ainda jogados cinco minutos.

Com o jogo a ser disputado com alguma intensidade, com os donos da casa a serem mais criativos, o Ferroviário ia surpreendendo o Desportivo com jogadas de contra-ataque que não encontravam enquadramento por parte de Mauro e Henriques, este último que voltou a falhar um golo, cara-a-cara com o guarda-redes David.

No entanto, o Desportivo, se que afigurava melhor equipa em campo e jogando a favor do vento intenso que se fazia sentir naquela tarde, poderia ter chegado ao golo quando, aos 43 minutos, Issufo não foi capaz de desfeitear Babay que, desamparado pelos seus colegas da defensiva, fez das tripas o coração defendendo com galhardia o portentoso remate para canto.

Pouco antes do intervalo, Henriques isolado teve mais uma perdida novamente.

O Desportivo veio do intervalo transfigurado e permitiu que o adversário criasse jogadas de ataque, falhando apenas na finalização. Um desses lances surgiu na sequência de um livre, mas o remate saiu ligeiramente alto, aos 61 minutos. O Desportivo respondeu no minuto seguinte num lance de contra-ataque, que termina com o cabeceamento de César, que passou a escassos centímetros da baliza defendida por Babay.

Estes dois lances espevitaram os ânimos das duas equipas e passou-se a assistir a uma partida bastante intensa, com jogadores de ambas as partes a darem o seu máximo à procura do golo, mas que apenas viria a acontecer aos 85 minutos. Há um livre indirecto do lado direito do ataque do Desportivo. Gulamo, que acabava de entrar e na primeira vez em contacto com o esférico, executa com alguma mestria e em arco para o interior da área, onde surge Félix a cabecear vitoriosamente para o 1-0.

Ferroviário, que não contava sair de Bela Vista a perder os três pontos, correu atrás do prejuízo mas debalde e já era tarde.

Dionísio Dongaze e seus auxiliares, nomeadamente Mário Albino e José Mucarara, realizaram um bom trabalho.

FICHA TÉCNICA

ÁRBITRO: Dionísio Dongaze, auxiliado por Mário Albino e José Mucarara.

DESPORTIVO – David; Joa, Asmo (Ramalho), Tung e Fenda; Sanito, Jampawe (Basílio) e César (Gulamo); Ibraimo, Issa e Issufo.

FERROVIÁRIO – Babay; Ussene, Chivambo, Magido e Saudinho; Pacha (Wazir), Laurindo (Joaquim), Kanmado e Henriques; Mambo e Mauro.

ACÇÃO DISCIPLINAR: amarelos a Issufo, Saudinho e Issa.

LUÍS NORBERTO

publicado por Vaxko Zakarias às 15:28
 O que é? |  O que é? | favorito

O DESPORTIVO de Nacala tornou-se, domingo último, líder isolado da “poule” da Zona Norte de apuramento para o Moçambola-2009, com a preciosa vitória, em casa, sobre o seu rival e conterrâneo Ferroviário (1-0), no decurso da segunda jornada da primeira volta.

imagem corporativa do moçambola
O Desportivo, que se estreou ao golear os “alvi-negros” de Chikweti de Lichinga (4-0), campeão provincial do Niassa, comandava a prova graças à vantagem no “goal-average” sobre o Ferroviário, que igualmente entrou a vencer o Sporting de Nampula, por 2-0.

O Sporting foi à Lichinga derrotar o Desportivo de Chikweti (2-0), no sábado, e passa a partilhar o segundo lugar com o Ferroviário de Nacala.

A próxima jornada, que encerra a primeira volta, será igualmente marcada por um duelo, desta vez envolvendo o líder Desportivo e o Sporting.

O Ferroviário de Nacala parte, por seu turno, para o reduto do Desportivo de Chikweti e com a vitória quase garantida.

Desp. de Nacala, 1 - Fer. de Nacala, 0: Vitória de querer


ESTAVAM criadas todas as condições e condimentos para que fosse uma grande partida de futebol e quem foi ao campo da Bela Vista, na cidade de Nacala, não se terá arrependido. Aliás, quando estas equipas se confrontam assiste-se a um duelo interessante e foi isso que aconteceu. Foi um grande jogo de futebol e o Desportivo ganhou pelo querer ao seu rival e conterrâneo Ferroviário.

Foi uma vitória de querer, com o campo completamente cheio e com espectadores de luxo, casos de Nacir Armando e João Chissano, treinadores do Ferroviário de Nampula e Costa do Sol, respectivamente, mais João Raul, dirigente sénior do clube “canarinho”.

Mas vamos ao jogo: o Desportivo entrou para a partida mais pressionante, resultado de um domínio territorial que exercia sobre o seu rival que, mesmo assim, não se deixou intimidar com a avalanche atacante dos donos da casa, tendo por conseguinte sido o primeiro a desfrutar de uma soberba ocasião de inaugurar o marcador por intermédio de Henriques, quando estavam ainda jogados cinco minutos.

Com o jogo a ser disputado com alguma intensidade, com os donos da casa a serem mais criativos, o Ferroviário ia surpreendendo o Desportivo com jogadas de contra-ataque que não encontravam enquadramento por parte de Mauro e Henriques, este último que voltou a falhar um golo, cara-a-cara com o guarda-redes David.

No entanto, o Desportivo, se que afigurava melhor equipa em campo e jogando a favor do vento intenso que se fazia sentir naquela tarde, poderia ter chegado ao golo quando, aos 43 minutos, Issufo não foi capaz de desfeitear Babay que, desamparado pelos seus colegas da defensiva, fez das tripas o coração defendendo com galhardia o portentoso remate para canto.

Pouco antes do intervalo, Henriques isolado teve mais uma perdida novamente.

O Desportivo veio do intervalo transfigurado e permitiu que o adversário criasse jogadas de ataque, falhando apenas na finalização. Um desses lances surgiu na sequência de um livre, mas o remate saiu ligeiramente alto, aos 61 minutos. O Desportivo respondeu no minuto seguinte num lance de contra-ataque, que termina com o cabeceamento de César, que passou a escassos centímetros da baliza defendida por Babay.

Estes dois lances espevitaram os ânimos das duas equipas e passou-se a assistir a uma partida bastante intensa, com jogadores de ambas as partes a darem o seu máximo à procura do golo, mas que apenas viria a acontecer aos 85 minutos. Há um livre indirecto do lado direito do ataque do Desportivo. Gulamo, que acabava de entrar e na primeira vez em contacto com o esférico, executa com alguma mestria e em arco para o interior da área, onde surge Félix a cabecear vitoriosamente para o 1-0.

Ferroviário, que não contava sair de Bela Vista a perder os três pontos, correu atrás do prejuízo mas debalde e já era tarde.

Dionísio Dongaze e seus auxiliares, nomeadamente Mário Albino e José Mucarara, realizaram um bom trabalho.

FICHA TÉCNICA

ÁRBITRO: Dionísio Dongaze, auxiliado por Mário Albino e José Mucarara.

DESPORTIVO – David; Joa, Asmo (Ramalho), Tung e Fenda; Sanito, Jampawe (Basílio) e César (Gulamo); Ibraimo, Issa e Issufo.

FERROVIÁRIO – Babay; Ussene, Chivambo, Magido e Saudinho; Pacha (Wazir), Laurindo (Joaquim), Kanmado e Henriques; Mambo e Mauro.

ACÇÃO DISCIPLINAR: amarelos a Issufo, Saudinho e Issa.

LUÍS NORBERTO

publicado por Vaxko Zakarias às 15:28
 O que é? |  O que é? | favorito

O GRUPO Desportivo HCB de Songo celebrou, sábado, e de forma brilhante a transição para Moçambola-2009, vencendo em casa o Desportivo de Chimoio, por 1-0, em partida da 22ª jornada e última do Campeonato de Futebol da Zona Centro da Divisão de Honra.

A jornada de fecho foi marcada pelas vitórias esmagadoras conseguidas pelo Têxtil do Púnguè e Sporting da Beira. Os “fabris” da Manga golearam, fora de portas, Vespas do Dondo, por 3-0, enquanto os “leões” da cidade da Beira cilindraram, em casa, Leões de Vumba, por 4-1.

O Ferroviário de Quelimane, que empreendeu uma dura perseguição ao HCB, mas sem sucesso, também despediu-se bem ao derrotar, no seu reduto, o Desportivo de Tete, por 1-0, e é a segunda melhor equipa do campeonato.

O outro jogo da ronda, que deveria envolver as equipas do Desportivo de Báruè e Sporting de Quelimane, não se realizou devido à falta de comparência da segunda equipa.

publicado por Vaxko Zakarias às 14:08
 O que é? |  O que é? | favorito

O GRUPO Desportivo HCB de Songo celebrou, sábado, e de forma brilhante a transição para Moçambola-2009, vencendo em casa o Desportivo de Chimoio, por 1-0, em partida da 22ª jornada e última do Campeonato de Futebol da Zona Centro da Divisão de Honra.

A jornada de fecho foi marcada pelas vitórias esmagadoras conseguidas pelo Têxtil do Púnguè e Sporting da Beira. Os “fabris” da Manga golearam, fora de portas, Vespas do Dondo, por 3-0, enquanto os “leões” da cidade da Beira cilindraram, em casa, Leões de Vumba, por 4-1.

O Ferroviário de Quelimane, que empreendeu uma dura perseguição ao HCB, mas sem sucesso, também despediu-se bem ao derrotar, no seu reduto, o Desportivo de Tete, por 1-0, e é a segunda melhor equipa do campeonato.

O outro jogo da ronda, que deveria envolver as equipas do Desportivo de Báruè e Sporting de Quelimane, não se realizou devido à falta de comparência da segunda equipa.

publicado por Vaxko Zakarias às 14:08
 O que é? |  O que é? | favorito

A LIGA Muçulmana terá hoje, mais um duro teste na liderança, quando defrontar, a partir das 21.30 horas, no seu campo, o Al Mahid, em partida da 13ª jornada do Campeonato de Futsal da Cidade de Maputo.

A COMISSÃO de Futebol de Cinco, vulgo futsal, da cidade de Maputo é acusada de arrogância.
Ainda hoje, o Desportivo mede forças com a Liga Muçulmana B, a partir das 20.30 horas, enquanto MG e UEM ombreiam às 19:30.

Quando faltam três jornadas para o fim da prova, os “muçulmanos” comandam com 30 pontos, mais um que o Desportivo, e em caso de vitória darão um passo gigantesco rumo à conquista do título, visto que nas duas últimas jornadas defrontam adversários de menor gabarito.

A Liga é a única equipa que ainda não perdeu nesta prova, tendo na jornada anterior, realizada sexta-feira, no pavilhão da UEM, conseguido um precioso ponto, ao empatar com o Desportivo a três golos, naquele que era o confronto mais apetecível da ronda.

Aos pupilos de Roberval Ramos um empate era bem-vindo, visto que se mantinham na liderança, e teriam pela frente adversários “a priori”, bem acessíveis do que os “alvi-negros”. Já os comandados de Inácio Sambo precisam de vencer para não dependerem de terceiros.

Como era de esperar, um bom espectáculo de futsal, com muitos golos, diga-se de passagem. Os “alvi-negros” adiantaram-se no marcador com um auto-golo de Dino. Na resposta a Liga chegou à igualdade por Russo.

minutos depois, Kapa, e outra vez, Russo colocaram os “muçulmanos” a vencerem, por 3-1.

O Desportivo chegou à igualdade (3-3) por intermédio de Carlão.

Noutro desafio, o Paradise regressou às vitórias, ao ganhar a Procampo Kanes, por 6-2.

publicado por Vaxko Zakarias às 13:37
 O que é? |  O que é? | favorito

A LIGA Muçulmana terá hoje, mais um duro teste na liderança, quando defrontar, a partir das 21.30 horas, no seu campo, o Al Mahid, em partida da 13ª jornada do Campeonato de Futsal da Cidade de Maputo.

A COMISSÃO de Futebol de Cinco, vulgo futsal, da cidade de Maputo é acusada de arrogância.
Ainda hoje, o Desportivo mede forças com a Liga Muçulmana B, a partir das 20.30 horas, enquanto MG e UEM ombreiam às 19:30.

Quando faltam três jornadas para o fim da prova, os “muçulmanos” comandam com 30 pontos, mais um que o Desportivo, e em caso de vitória darão um passo gigantesco rumo à conquista do título, visto que nas duas últimas jornadas defrontam adversários de menor gabarito.

A Liga é a única equipa que ainda não perdeu nesta prova, tendo na jornada anterior, realizada sexta-feira, no pavilhão da UEM, conseguido um precioso ponto, ao empatar com o Desportivo a três golos, naquele que era o confronto mais apetecível da ronda.

Aos pupilos de Roberval Ramos um empate era bem-vindo, visto que se mantinham na liderança, e teriam pela frente adversários “a priori”, bem acessíveis do que os “alvi-negros”. Já os comandados de Inácio Sambo precisam de vencer para não dependerem de terceiros.

Como era de esperar, um bom espectáculo de futsal, com muitos golos, diga-se de passagem. Os “alvi-negros” adiantaram-se no marcador com um auto-golo de Dino. Na resposta a Liga chegou à igualdade por Russo.

minutos depois, Kapa, e outra vez, Russo colocaram os “muçulmanos” a vencerem, por 3-1.

O Desportivo chegou à igualdade (3-3) por intermédio de Carlão.

Noutro desafio, o Paradise regressou às vitórias, ao ganhar a Procampo Kanes, por 6-2.

publicado por Vaxko Zakarias às 13:37
 O que é? |  O que é? | favorito

O PARADISE sagrou-se domingo, campeão da cidade de Maputo de futebol feminino, ao vencer, no campo do Maxaquene, o Porto da Matola, por 3-0, na derradeira jornada da prova.

O Paradise partiu para esta ronda com 28 pontos, os mesmos que o Porto da Matola, pelo que este desafio tinha um cariz muito importante para ambas as equipas. No entanto, as atletas do Paradise, na sua maioria campeãs noutros anos pela formação do Rock 7, souberam se impor para detonarem o adversário.

O Paradise terminou o campeonato como líder isolado com 31 pontos e será o representante da capital do país no Campeonato Nacional.

publicado por Vaxko Zakarias às 13:24
 O que é? |  O que é? | favorito

O PARADISE sagrou-se domingo, campeão da cidade de Maputo de futebol feminino, ao vencer, no campo do Maxaquene, o Porto da Matola, por 3-0, na derradeira jornada da prova.

O Paradise partiu para esta ronda com 28 pontos, os mesmos que o Porto da Matola, pelo que este desafio tinha um cariz muito importante para ambas as equipas. No entanto, as atletas do Paradise, na sua maioria campeãs noutros anos pela formação do Rock 7, souberam se impor para detonarem o adversário.

O Paradise terminou o campeonato como líder isolado com 31 pontos e será o representante da capital do país no Campeonato Nacional.

publicado por Vaxko Zakarias às 13:24
 O que é? |  O que é? | favorito

A SEXTA jornada da Liga 2008/09 ainda não está completa (faltava o Sp. Braga-E. Amadora, de ontem à noite), mas o Benfica já tem motivos para sorrir. Pela primeira vez desde que celebraram o último título do palmarés, em 2004/05, as “águias” têm vantagem pontual sobre os dois eternos rivais, FC Porto e Sporting.

O Benfica venceu com alguma
À entrada para a sexta ronda, o Benfica tinha dois pontos de atraso em relação ao FC Porto, e estava em igualdade pontual com o Sporting.

Ao vencer a Naval (2-1), e aproveitando-se da derrota caseira dos “dragões” frente ao Leixões (2-3) e o empate dos “leões” em Paços de Ferreira, a equipa de Quique Flores ganhou avança aos rivais: um ponto mais do que o FC Porto, e mais dois que o Sporting. Tal cenário não era verificado desde a última jornada de 2004/05, época em que o Benfica comemorou o último título do seu historial, comandado pelo italiano Giovanni Trapattoni.

Na época 2006/07 o Benfica esteve, em duas ocasiões, melhor posicionado que o FC Porto e o Sporting, mas com os mesmos pontos. Na primeira jornada dessa temporada os três “grandes” somavam três pontos, e na sétima ronda o trio tinha 16 pontos. Vantagem pontual, isso não acontecia mesmo desde a festa do título, no Bessa.

VITÓRIA EM TRÊS CAMPOS, 26 JORNADAS DEPOIS

Para ganhar vantagem sobre os dois rivais, o Benfica beneficiou do facto de ter “ganho em três campos”. A vitória sobre a Naval permitiu ganhar dois pontos ao Sporting (que empatou em Paços de Ferreira), e três ao FC Porto (derrotado em casa pelo Leixões).

A última vez que o Benfica tinha ganho pontos aos outros dois “grandes”, tinha sido na 10ª jornada da época 2007/08.
Nessa ronda, as “águias” golearam na Luz o Boavista, por 6-1, com José António Camacho no comando. O FC Porto empatou na Amadora a duas bolas, enquanto que o Sporting foi derrotado na visita a Braga (3-0).

publicado por Vaxko Zakarias às 13:07
 O que é? |  O que é? | favorito

A SEXTA jornada da Liga 2008/09 ainda não está completa (faltava o Sp. Braga-E. Amadora, de ontem à noite), mas o Benfica já tem motivos para sorrir. Pela primeira vez desde que celebraram o último título do palmarés, em 2004/05, as “águias” têm vantagem pontual sobre os dois eternos rivais, FC Porto e Sporting.

O Benfica venceu com alguma
À entrada para a sexta ronda, o Benfica tinha dois pontos de atraso em relação ao FC Porto, e estava em igualdade pontual com o Sporting.

Ao vencer a Naval (2-1), e aproveitando-se da derrota caseira dos “dragões” frente ao Leixões (2-3) e o empate dos “leões” em Paços de Ferreira, a equipa de Quique Flores ganhou avança aos rivais: um ponto mais do que o FC Porto, e mais dois que o Sporting. Tal cenário não era verificado desde a última jornada de 2004/05, época em que o Benfica comemorou o último título do seu historial, comandado pelo italiano Giovanni Trapattoni.

Na época 2006/07 o Benfica esteve, em duas ocasiões, melhor posicionado que o FC Porto e o Sporting, mas com os mesmos pontos. Na primeira jornada dessa temporada os três “grandes” somavam três pontos, e na sétima ronda o trio tinha 16 pontos. Vantagem pontual, isso não acontecia mesmo desde a festa do título, no Bessa.

VITÓRIA EM TRÊS CAMPOS, 26 JORNADAS DEPOIS

Para ganhar vantagem sobre os dois rivais, o Benfica beneficiou do facto de ter “ganho em três campos”. A vitória sobre a Naval permitiu ganhar dois pontos ao Sporting (que empatou em Paços de Ferreira), e três ao FC Porto (derrotado em casa pelo Leixões).

A última vez que o Benfica tinha ganho pontos aos outros dois “grandes”, tinha sido na 10ª jornada da época 2007/08.
Nessa ronda, as “águias” golearam na Luz o Boavista, por 6-1, com José António Camacho no comando. O FC Porto empatou na Amadora a duas bolas, enquanto que o Sporting foi derrotado na visita a Braga (3-0).

publicado por Vaxko Zakarias às 13:07
 O que é? |  O que é? | favorito

O INTERNACIONAL português Cristiano Ronaldo foi distinguido ontem como o melhor jogador da época 2007/2008 na eleição feita pela Federação Internacional de Futebolistas Profissionais (FIFPro), com 57 500 votantes.

Ronaldo melhor jogador para FIFPro
Desta forma, o futebolista do Manchester United sucede a Kaká e Ronaldinho Gaúcho. “É fantástico ser premiado pelos colegas. Agradeço a colegas de equipa, treinadores e todos do Manchester United e da Selecção Nacional”, revelou o futebolista madeirense, citado pelo site da FIFPro.

Antes disso, já tinha sido anunciado que integrava o onze ideal. Este é o segundo ano consecutivo que Ronaldo integra o “onze ideal”, mas desta vez como avançado, sendo o único português nomeado pelos cerca de 57 500 jogadores profissionais.

Outros jogadores que integram, tal como no ano passado, a equipa da FIFPro: o espanhol Carlos Puyol (FC Barcelona); os ingleses John Terry (Chelsea) e Steven Gerrard (Liverpool); o brasileiro Kaká (AC Milan); e o argentino Lionel Messi (FC Barcelona).

As novidades deste “onze” são os campeões espanhóis Iker Casillas e Sérgio Ramos (ambos do Real Madrid), Xavi (FC Barcelona) e Fernando Torres (Liverpool); e, ainda, o jogador inglês Rio Ferdinand (Manchester United).

publicado por Vaxko Zakarias às 12:54
 O que é? |  O que é? | favorito

O INTERNACIONAL português Cristiano Ronaldo foi distinguido ontem como o melhor jogador da época 2007/2008 na eleição feita pela Federação Internacional de Futebolistas Profissionais (FIFPro), com 57 500 votantes.

Ronaldo melhor jogador para FIFPro
Desta forma, o futebolista do Manchester United sucede a Kaká e Ronaldinho Gaúcho. “É fantástico ser premiado pelos colegas. Agradeço a colegas de equipa, treinadores e todos do Manchester United e da Selecção Nacional”, revelou o futebolista madeirense, citado pelo site da FIFPro.

Antes disso, já tinha sido anunciado que integrava o onze ideal. Este é o segundo ano consecutivo que Ronaldo integra o “onze ideal”, mas desta vez como avançado, sendo o único português nomeado pelos cerca de 57 500 jogadores profissionais.

Outros jogadores que integram, tal como no ano passado, a equipa da FIFPro: o espanhol Carlos Puyol (FC Barcelona); os ingleses John Terry (Chelsea) e Steven Gerrard (Liverpool); o brasileiro Kaká (AC Milan); e o argentino Lionel Messi (FC Barcelona).

As novidades deste “onze” são os campeões espanhóis Iker Casillas e Sérgio Ramos (ambos do Real Madrid), Xavi (FC Barcelona) e Fernando Torres (Liverpool); e, ainda, o jogador inglês Rio Ferdinand (Manchester United).

publicado por Vaxko Zakarias às 12:54
 O que é? |  O que é? | favorito

ZLATAN Ibrahimovic já é o jogador mais bem pago do mundo. Segundo avança o Corriere dello Sport, Ibrahimovic renovou nos últimos dias o seu acordo com o Inter de Milão até 2013 e passará a receber 12 milhões de euros por temporada (mais três milhões do que estava previsto no anterior contrato)

ZLATAN Ibrahimovic já é o jogador mais bem pago do mundo
O internacional sueco desaloja assim Lionel Messi do primeiro lugar desta tabela. Irahimovic terá 32 anos quando terminar a sua ligação ao Inter de Milão, onde atravessa um excelente momento às ordens de José Mourinho.

Cristiano poderia ter-se tornado o segundo mais bem pago do mundo, caso o Manchester United tivesse aceite a proposta do Real Madrid pelo português. Os merengues estavam na disposição de pagar cerca de dez milhões de euros por ano ao madeirense.

publicado por Vaxko Zakarias às 12:40
 O que é? |  O que é? | favorito

ZLATAN Ibrahimovic já é o jogador mais bem pago do mundo. Segundo avança o Corriere dello Sport, Ibrahimovic renovou nos últimos dias o seu acordo com o Inter de Milão até 2013 e passará a receber 12 milhões de euros por temporada (mais três milhões do que estava previsto no anterior contrato)

ZLATAN Ibrahimovic já é o jogador mais bem pago do mundo
O internacional sueco desaloja assim Lionel Messi do primeiro lugar desta tabela. Irahimovic terá 32 anos quando terminar a sua ligação ao Inter de Milão, onde atravessa um excelente momento às ordens de José Mourinho.

Cristiano poderia ter-se tornado o segundo mais bem pago do mundo, caso o Manchester United tivesse aceite a proposta do Real Madrid pelo português. Os merengues estavam na disposição de pagar cerca de dez milhões de euros por ano ao madeirense.

publicado por Vaxko Zakarias às 12:40
 O que é? |  O que é? | favorito

A LÍNGUA do técnico do Inter de Milão, José Mourinho, permanece afiada. No último sábado, o português criticou a selecção francesa, uma vez que o médio Vieira lesionou-se após o jogo contra a Roménia, no último dia 11 de Outubro, de apuramento para a Copa do Mundo de 2010.

Mourinho: «Sentia mais pressão quando treinava o FC Porto»
“Ele está um pouco melhor, mas ainda não pode jogar. Quando eu treinava o Chelsea, tinha jogadores franceses e a história era sempre a mesma. Ou eles voltavam lesionados, ou ficavam mal alguns dias depois”, afirmou Mourinho que, não satisfeito, ainda continuou:

“Estou inquieto por perder Vieira por algumas semanas. O próximo jogo oficial da França é em 2009 e seria mais lógico deixá-lo trabalhar com o clube e convocá-lo em 2009. Mas tenho certeza de que ele será convocado para o amistoso de Novembro. Quando cheguei aqui (na Inter), ele havia se lesionado na selecção. Depois, ele voltou bem, fez quatro jogos consecutivos pela primeira vez depois de tempos e jogou muito bem. Agora, ele machucou-se de novo...”.

Certamente, as declarações chegarão aos ouvidos do técnico da França, Raymond Domenech, outro que é famoso por bater boca através da Imprensa. Promessa de guerra verbal nos próximos dias.

publicado por Vaxko Zakarias às 12:03
 O que é? |  O que é? | favorito

A LÍNGUA do técnico do Inter de Milão, José Mourinho, permanece afiada. No último sábado, o português criticou a selecção francesa, uma vez que o médio Vieira lesionou-se após o jogo contra a Roménia, no último dia 11 de Outubro, de apuramento para a Copa do Mundo de 2010.

Mourinho: «Sentia mais pressão quando treinava o FC Porto»
“Ele está um pouco melhor, mas ainda não pode jogar. Quando eu treinava o Chelsea, tinha jogadores franceses e a história era sempre a mesma. Ou eles voltavam lesionados, ou ficavam mal alguns dias depois”, afirmou Mourinho que, não satisfeito, ainda continuou:

“Estou inquieto por perder Vieira por algumas semanas. O próximo jogo oficial da França é em 2009 e seria mais lógico deixá-lo trabalhar com o clube e convocá-lo em 2009. Mas tenho certeza de que ele será convocado para o amistoso de Novembro. Quando cheguei aqui (na Inter), ele havia se lesionado na selecção. Depois, ele voltou bem, fez quatro jogos consecutivos pela primeira vez depois de tempos e jogou muito bem. Agora, ele machucou-se de novo...”.

Certamente, as declarações chegarão aos ouvidos do técnico da França, Raymond Domenech, outro que é famoso por bater boca através da Imprensa. Promessa de guerra verbal nos próximos dias.

publicado por Vaxko Zakarias às 12:03
 O que é? |  O que é? | favorito
Outubro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
18
19
22
25
26
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO