Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Sexta-feira, 26 DE Outubro 2012
A VIGÉSIMA terceira jornada do Moçambola pode colocar o Desportivo numa situação de maior desespero na luta que está a empreender para escapar à despromoção, com a sua deslocação a Nampula, no domingo, ao encontro do Ferroviário local, que também procura assegurar maior tranquilidade na tabela classificativa.
 

Os “alvi-negros”, primeiros na zona de despromoção e com menos três pontos que o Chingale, sobre a linha da água, estão proibidos de perder nas quatro jornadas que ainda faltam para o fim do campeonato, ou seja mesmo na iminência da queda total. Aliás, para sobreviver depende do insucesso dos seus próximos, começando pelo Chingale, que recebe, também no domingo, o Vilankulo FC. Portanto, interessa aos “alvi-negros” que o Chingale perca, mas antes eles devem vencer os “locomotivas” nampulenses. Esta é a única condição que lhe possa garantir a continuidade na luta pela sobrevivência, na qual o Incomáti está também envolvido.

 

 

Os “açucareiros”, com os mesmos pontos que o Desportivo, terão pela frente o Ferroviário de Pemba, amanhã, no Estádio 25 de Junho, em Nampula. Por isso, a pressão torna-se maior para os “alvi-negros”, pois uma possível derrota em Nampula e a vitória do Chingale e Incomáti empurrar-lhes-ão para o precipício. 

 

 

Enquanto alguns se digladiam pela sobrevivência, as expectativas no topo da tabela são também maiores entre os principais concorrentes ao título, nomeadamente o Maxaquene e o Ferroviário de Maputo. Os “tricolores”, líderes isolados da prova, têm nesta ronda uma missão bastante espinhosa. Defrontam, amanhã, o Costa do Sol, no relvado sintético dos “canarinhos”.

 

 

A ansiedade tomou conta do Maxaquene, depois do empate que lhe foi imposto, na última ronda, pelo Chingale, e que reduziu a vantagem de seis para quatro pontos sobre os “locomotivas” da capital. Portanto, não deve perder, sob o risco de reduzir para um ponto a vantagem sobre o Ferroviário, no caso deste vencer, domingo, a HCB, no Estádio da Machava. Este será um jogo difícil para os “locomotivas”, atendendo que os tetenses estão a recuperar das derrotas consentidas há algumas semanas. Arrancaram uma preciosa vitória diante do Ferroviário da Beira, no pretérito fim-de-semana, triunfo que lhes galvaniza para o embate de domingo.

 

 

O outro encontro que não é menos importante, agendado para amanhã, colocará frente-a-frente a Liga Muçulmana e o Têxtil. A Liga, já sem hipóteses de chegar ao título, procura conservar o seu prestígio, enquanto os “fabris” precisam de mais pontos para se aliviarem da ameaça da despromoção, estão à frente do Chingale.

 

 

Por último, o Ferroviário da Beira recebe o Chibuto FC, pensando em redimir-se da derrota frente à HCB. Os gazenses, que semana passada bateram, no seu reduto, a Liga, estão motivados para uma luta desenfreada pelos três pontos e porque também não estão totalmente sossegados. 
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 10:25
 O que é? |  O que é? | favorito
Outubro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
14
19
20
21
22
27
28
29
30
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO