Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Terça-feira, 20 DE Janeiro 2009

O SUL-AFRICANO Giniel De Villiers (Volkswagen) consagrou-se campeão no sábado na categoria automóveis do Rally Dacar que na sua 30ª edição foi disputada pela primeira vez na Argentina e Chile, ao fim da 14ª. etapa, de 792 km, entre Córdoba e Buenos Aires.

O SUL-AFRICANO Giniel De Villiers (Volkswagen) consagrou-se campeão na categoria automóveis do Rally Dacar
Os vencedores da 14ª e última etapa do “rally” foram De Villiers, com 1h35:43, nos carros, e o brasileiro Hélio Rodrigues Filho (KTM), nas motos, com 1h42:37.

De Villiers, ao volante de um Volkswagen e na companhia de seu co-piloto alemão Dirk Von Zitzewitz, sucede o várias vezes campeão francês Stéphane Peterhansel, vencedor da prova em 2007 e que abandonou a corrida na sétima etapa vítima de um problema no motor.

De Villiers, de 36 anos, é o primeiro africano a conseguir o título nos 30 anos do “rally”, que em 2008 não foi disputado por causa de ameaças terroristas da Al-Qaeda na sua passagem pela Mauritânia.

Também foi o primeiro êxito do fabricante alemão como equipa desde a sua entrada no “rally” em 2006, marcando o fim do reinado da Mitsubishi, vencedora das últimas sete edições da corrida.

De Villiers tirou proveito na quinta-feira, durante a 12ª etapa, da saída por acidente do então líder, o espanhol Carlos Sainz (Volkswagen), para assumir a liderança.

O abandono de Sainz somou-se à saída de outros favoritos ao título, como Peterhansel (Mitsubishi), com nove vitórias no Dakar – seis em motos e três nos carros, também francês Luc Alphand (Mitsubishi), vencedor em 2006, e a expulsão de Nasser Al Attiyah (BMW), do Qatar.

Atrás de De Villiers, seu companheiro de equipa, o americano Mark Miller ficou em segundo na geral, enquanto que o também americano Robby Gordon (Hummer) ficou em terceiro.

Já o espanhol Marc Coma (KTM) consagrou-se campeão na categoria de motos. Coma, de 32 anos, conseguiu o seu segundo título no “rally” depois de 2006.

O catalão, que participava pela sétima vez no “rally”, venceu de ponta a ponta e se manteve à frente da classificação geral.

O francês Cyril Despres (KTM) ficou em segundo na geral e em terceiro ficou o também francês David Frétigné (Yamaha).

O Rali Dacar 2009 foi marcado pela morte do francês Pascal Terry, 49 anos, durante a segunda etapa - 4 de Janeiro - entre as cidades argentinas de Santa Rosa de la Pampa e Puerto Madryn.

Um juiz argentino encarregado da investigação disse à AFP que Terry morreu por causa de uma parada cardíaca ocasionada por edema pulmonar, devido a uma cardiopatia pré-existente.

publicado por Vaxko Zakarias às 14:00
 O que é? |  O que é? | favorito
Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
15
17
18
21
24
25
29
30
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
AT ganho... e Tricampeão ao vencer Acadêmica por 3...
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
blogs SAPO