Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Quarta-feira, 08 DE Julho 2009

O IX Festival dos Jogos Desportivos Escolares já atrai as atenções das diversas esferas sociais, especialmente aos jovens estudantes que directa ou indirectamente estarão envolvidos nesta que é a maior festa do desporto escolar que terá lugar de 10 a 20 de Julho corrente na capital provincial do Niassa, Lichinga.

Festival dos Jogos Desportivos Escolares
A comissão central da organização do evento garante que o festival decorrerá sem sobressaltos, uma vez que foram criadas as condições essenciais no que respeita à infra-estruturas que acolherão os jogos, locais de alojamento e assegurados os serviços que se encarregarão pela alimentação dos perto de 1500 atletas (cada delegação leva consigo 158 atletas) e a máquina organizativa que durante cerca de duas semanas fixarão residência em Lichinga.

Aliás, são 2000 pessoas directamente envolvidas nos jogos que estarão na capital do Niassa, sendo que cada delegação levará consigo uma mãe acompanhante, que se dedicará ao aconselhamento dos jovens no seu relacionamento durante o festival.

A aposta do Ministério da Educação da Cultura (MEC) é que os jovens façam do evento uma ocasião para a convivência mútua e troca de experiência, como forma de promover a unidade nacional, que foi um dos principiais ideais defendidos por Eduardo Mondlane e que contribuiu para a libertação do país do jugo colonial português.

Esta é a razão pela qual o lema dos jogos incide no tema “Valorizemos os Ideais de Eduardo Mondlane” e insere-se no 40º aniversário após a sua morte. Todo o processo de preparação das delegações para este evento tem em conta a homenagem ao pai da unidade nacional, segundo declarações do director de programas especiais no MEC, Eurico Banze.

A organização reitera que o evento será um momento bastante festivo, principalmente na cerimónia da abertura dos jogos no Estádio Municipal de Lichinga, que se espera seja caracterizada por um ambiente colorido e com uma moldura humana estimada em 6000 pessoas, maioritariamente estudantes mobilizados das escolas primárias e secundárias da capital provincial e grupos culturais locais que, para além do desfile, apresentarão danças características de Niassa.

O lançamento do fogo-de-artifício será o momento mais marcante após o desfile das delegações.

DESPORTO E AMIZADE

Eurico Banze defende que o desporto e o estreitamento dos laços de amizade devem continuar a nortear a importância dos Jogos Escolares, convidando os jovens participantes no evento a valorizarem o “fair-play” e o espírito de camaradagem.

“Dizemos festival porque queremos que os jovens estudantes façam festa na componente desportiva e na sua relação durante o evento. Queremos a convivência entre os jovens, a troca mútua de experiência e reafirmação da unidade nacional”, frisou.

Aliás, para além de jogos, o festival tem na sua agenda um programa social, em que cada província terá o seu dia para apresentar actividades típicas da sua província, sobretudo de âmbito cultural.

MODALIDADES E INFRA-ESTRUTURAS

Seis modalidades, nomeadamente o futebol, basquetebol, atletismo, andebol, voleibol e xadrez vão corporizar o evento. Um número considerável de infra-estruturas, entre construídas de raiz e/ou reabilitadas, estão prontas para receberem os jogos a partir de sábado. O futebol, que é a modalidade “rei”, terá como palcos o Estádio Municipal de Lichinga e o novo campo do Instituto Agrário de Lichinga.

Para as modalidades de salão, nomeadamente basquetebol, andebol e voleibol, estão disponíveis os pavilhões municipal (coberto), da Escola Industrial e Comercial Ngungunhana e da Escola Paulo Samuel Khankomba (abertos), o campo polivalente da Escola Secundária Eduardo Mondlane e outras infra-estruturas em reparação. Está-se igualmente a trabalhar afincadamente para que o pavilhão da Escola Secundária de Lichinga, em construção, esteja pronto para acolher os jogos.

O atletismo, por seu turno, evoluirá na pista construída de raiz.

Eurico Banze enfatizou que a construção e/ou reabilitação correspondem àquilo que se pôde fazer em termos de recursos disponíveis para acolher os jogos. Salientou que várias acções foram desencadeadas visando potenciar a província em termos de infra-estruturas.

Para além das modalidades ora anunciadas, haverá provas de salto acrobático, a título de demonstração.

CARÊNCIAS E FRIO

Pela sua plenitude, os Jogos Escolares acarretam muitos meios e custos, motivo pelo qual não faltam carências. Porém, as principais dificuldades apontadas por Eurico Banze no concernente ao IX festival tem a ver com o facto de os jogos coincidirem com o tempo de frio, havendo desse modo a necessidade de se criarem precauções para as consequências que daí podem advir.

“Gostaríamos de ter, para além dos equipamentos de jogos, traje específico para oferecer aos atletas. Alertamos para que tragam os seus agasalhos e chamámos igualmente atenção aos Serviços da Saúde para que se criem algumas precauções, nomeadamente a administração da vacina contra meningite aos jovens estudantes”, comentou.

Banze ajuntou que a organização precisa de mais bolas, apitos, entre outro material indispensável para a realização dos jogos.

“Teremos algumas carências, mas estamos a trabalhar para o essencial. As infra-estruturas para os jogos e locais de hospedagem estão prontos. Os serviços locais estão igualmente prontos para servirem aos jovens”.

VISITA A MATCHEDJE E LAGO NIASSA

A localidade do Matchedje e o Lago Niassa, pontos de referência histórica e turística da província do Niassa, são os locais escolhidos pela organização para programas de âmbito social envolvendo os jovens participantes no festival.

O objectivo desta iniciativa é para que os jovens conheçam a importância destes locais e, no caso concreto do Matchedje, há interesse para que a juventude esteja a par do grande acontecimento que marcou uma das etapas decisivas para a luta de libertação nacional, sendo o local que acolheu o II Congresso da Frelimo a 20 Julho de 1968 sob liderança de Eduardo Mondlane.

“É por isso que fizemos coincidir o encerramento dos jogos com esta data e o porquê do lema “Valorizemos os Ideais de Eduardo Mondlane. Achamos também importante que as delegações participem no plantio de árvores na Escola Secundária Eduardo Mondlane, um gesto relevante e histórico e de dimensão educativa para os estudantes”, sublinhou Banze.

Salvador Nhantumbo

publicado por Vaxko Zakarias às 13:20
 O que é? |  O que é? | favorito
Julho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
18
19
25
26
27
29
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
AT ganho... e Tricampeão ao vencer Acadêmica por 3...
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
blogs SAPO