Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Segunda-feira, 22 DE Junho 2009

A FORÇA aglutinadora dos “Mambas” foi uma vez mais vincada no sábado. Nas cidades e vilas, nos bairros e na via pública, os moçambicanos mostraram a sua devoção pelos “Mambas” e a certeza de que os objectivos por si perseguidos, e que afinal são de todos nós, serão conseguidos.

Fernando Sumbana Ministro da Juventude e Desporto
Através dos “Mambas”, todos nós, moçambicanos, vimo-nos orgulhosamente identificados na mesma bandeira e a nossa auto-estima mais elevada”, palavras do Ministro da Juventude e Desportos, Fernando Sumbana, falando na cerimónia de abertura do 9º Conselho Coordenador do seu sector, a decorrer desde ontem em Chidenguele, província de Gaza.

Perante os quadros seniores do ministério, directores nacionais e provinciais, chefes de departamento e de outros organismos sob tutela da instituição, assim como convidados do Comité Olímpico de Moçambique, Fundo de Promoção Desportiva, Conselhos Nacionais do Desportos e da Juventude, agências das Nações Unidas, entre outros, Sumbana afirmou que, apesar da derrota sofrida no Quénia o país continua firme na sua crença em relação à prossecução dos objectivos traçados pela Selecção Nacional de Futebol, nomeadamente a qualificação para os Campeonatos do Mundo, na África do Sul, e de África, em Angola.

No seu discurso, que faz uma retrospectiva das principais actividades levadas a cabo pelo seu pelouro em relação ao programa quinquenal do Governo 2005-2009, o ministro da Juventude e Desportos disse que, no quadro da estratégia de revitalização do desporto, foi lançado o projecto FUT-21, que contou com a aderência de vários parceiros.

Segundo ele, concebido para duas vertentes, o desporto nas camadas de formação e o apoio às actividades das selecções nacionais de futebol, a sua implementação veio contribuir sobremaneira para a elevação do nível competitivo dos “Mambas”, hoje uma referência no “ranking” africano.

“A despedida de Maria de Lurdes Mutola, o maior ícone do desporto nacional, das pistas de atletismo, após uma dourada carreira internacional de duas décadas, constituiu um dos momentos marcantes do nosso desporto no quinquénio prestes a terminar. Em reconhecimento aos seus feitos inigualáveis, o Estado moçambicano homenageou a atleta e glorificou-a com o título de Herói do Trabalho da República de Moçambique”, considerou aquele governante.

PAÍS ENGRANDECIDO

No seu primeiro conselho coordenador a dirigir na qualidade de ministro da Juventude e Desportos, Fernando Sumbana fez referência a uma série de acontecimentos que, segundo ele, engrandeceram o país, nomeadamente as conquistas da selecção de hóquei em patins, que com o título mundial do Grupo “B” conquistado em 2006 regressou à elite planetária da modalidade; do basquetebol feminino, dando como exemplos os dois campeonatos africanos de clubes ganhos pelo Desportivo e as medalhas de prata d’A Politécnica nas Universíadas Africanas.

“As modalidades de luta, nomeadamente judo, tang soo do e tae kwon do, a despeito de pouco divulgadas no país, deram um magnífico exemplo da perseverança dos seus praticantes, arrecadando títulos em diferentes frentes continentais e mundiais”, sublinhou.

Na sua intervenção, Sumbana disse ainda que tendo em conta a realização do Campeonato do Mundo de Futebol de 2010 na vinha África do Sul, o país está a desenvolver uma série de acções, turísticas, desportivas e de serviços, para a atracção de selecções que queiram efectuar o seu estágio de climatização antes da prova, que acontecerá um ano antes de Moçambique acolher a X Edição dos Jogos Africanos, na sequência da eleição feita pelo Conselho Superior do Desporto de África, após a desistência da Zâmbia.

Realizando-se sob o lema “Juventude inspirada nos ideais de Eduardo Mondlane”, Sumbana fez uma analogia ao facto de o presente Conselho Coordenador do Ministério da Juventude e Desportos se iniciar precisamente um dia depois de, na Aldeia de Nwadjahane, no mesmo distrito de Manjacaze, ter decorrido mais uma homenagem ao Doutor Eduardo Chivambo Mondlane, Arquitecto da Unidade Nacional, por ocasião do seu octogésimo aniversário natalício.

“Intelectual de prestigiada reputação, político e pensador com uma visão iluminada, nacionalista devotado e firme na causa libertadora do seu país e de África, o Doutor Eduardo Chivambo Mondlane, com os seus ideais perenes, continua a ser uma fonte de inspiração inesgotável da nossa juventude. Uma juventude cada vez mais comprometida com o desenvolvimento e o bem-estar dos cidadãos”, disse.

publicado por Vaxko Zakarias às 11:45
 O que é? |  O que é? | favorito
Junho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
14
15
20
21
24
25
26
27
28
29
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO