Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Segunda-feira, 27 DE Outubro 2008

O FERROVIÁRIO de Nampula, somente pode se queixar de si mesmo, por este ano não ter carimbado o “passaporte” para a final da Taça de Moçambique mcel, na partida que no passado sábado realizou e perdeu frente à turma do Atlético Muçulmano da Matola, pois teve todos os condimentos a seu favor para que tal acontecesse.

A Equipe do Atlético Muçulmano
Entrou para o jogo mais esclarecido e a pressionar o seu adversário com jogadas de contra-ataque e, logo aos seis minutos poderia ter aberto o marcador, numa jogada em que Nando, inspirado naquela tarde teve um remate a roçar o poste esquerdo da baliza defendida por Pinto.

Com total controlo do jogo, os “locomotivas” nampulenses foram desperdiçando inúmeras ocasiões de golo para se adiantar no marcador, mas a verdade desse domínio viria a ser conseguido, aos 31 minutos, quando Nando se desfaz de um adversário e à entrada na grande área, dispara um tiro, sem hipóteses de defesa para o guardião muçulmano.

Mesmo depois do golo, viu-se um Ferroviário mais pressionante e não chegou ao segundo golo, porque Marufo, aos 41 minutos hesitou num lance que poderia marcar para alegria dos adeptos locais que já gritavam nas bancadas, saindo para o intervalo com o marcador seu a favor.

No reatamento, numa jogada que se afigurava inofensiva aparece Eboh a marcar o primeiro golo dos “muçulmanos” aos 47 minutos, num lance em que a defensiva “locomotiva” facilitou para a alegria dos treinados por Arnaldo Salvado.

A partir deste tento, assistiu-se a um Atlético Muçulmano com mais crença e que acreditou que, mesmo jogando fora de portas poderia fazer mais, pese embora o Ferroviário também ripostasse com alguns lances que punham em pânico a defensiva contrária.

Recordamos nesse período de um remate à “queima-roupa” de Elfídio que passou a milímetros da barra da baliza defendida por Pinto que neste jogo mostrou-se bastante seguro. Porque o jogo estava sob o controlo dos muçulmanos, regista-se um lance em que Mohamed teve que fazer um golpe de rins para sacar um golo certo, defesa que lhe valeu uma lesão, mas que depois de assistido continuou em jogo, até que o arbitro mandou recolher as duas equipas para o prolongamento, segundo as normas da competição.

Neste período, o Atlético Muçulmano foi mais esclarecido e clarividente tendo aos 110 minutos chegado ao golo, num lance em que Eboh cruza e Jonas faz o auto-golo que permitiu à turma matolense transitar para a fase final da Taça de Moçambique, com o Ferroviário de Nampula a correr atrás do prejuízo, até que Zinanga Xavier deu por terminada a partida.

A equipa de arbitragem, apesar de não ter influenciado no marcado, pecou por utilizar alguns critérios que prejudicaram o Ferroviário de Nampula, ao não marcar duas grandes penalidades que poderiam dar outra história ao jogo.

Ficha técnica:

Árbitros : Zinanga Xavier, auxiliado por Eduardo Gotoma e Bento Chencheranão

FERROVIÁRIO DE NAMPULA: Mohamed; Jonas, Faife, Kiki e Elídio; Marufo (Cuinica), Serginho (Pelembe), Leo e Nando; Elfídio e Leonel (Dula).

ATLÉTICO MUÇULMANO: Pinto; Clarêncio, Baúte, Amad (Caló) e Delcio; Gito, Anibal, Mucavel e Danito (Jojó); Dino, Eboh (Vitinho).

Acção disciplinar: Amarelo a Amad e Clarêncio todos do Atlético Muçulmano.

LUÍS NORBERTO

publicado por Vaxko Zakarias às 16:04
 O que é? |  O que é? | favorito
Outubro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
18
19
22
25
26
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO