Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Quarta-feira, 15 DE Outubro 2008

O PRESIDENTE da Gâmbia, Yahya Jammeh, decretou feriado nacional para permitir que os amantes do futebol comemorassem devidamente o afastamento do rival Senegal da corrida para o Campeonato Africano das Nações e Mundial de 2010, respectivamente.


Logotipo do Mundial 2010
O encontro, do Grupo VI, entre os vizinhos foi realizado em Dakar, Senegal, e terminou com um empate a uma bola. Neste grupo, apenas a Argélia conseguiu garantir a qualificação, ficando para trás os dois rivais juntamente com a Libéria.

Os “Escorpiões” da Gâmbia, que não conseguiram transitar para a fase seguinte, evitaram consentir uma derrota em Dakar, frente aos “Leões de Teranga”, feito que não acontecia desde 1962, altura em que lograram uma vitória por (3-2) no mesmo reduto.

“É feriado nacional porque o desempenho da selecção foi fenomenal”, disse Abdou Salam Jammeh, funcionário da Federação de Futebol da Gâmbia (GFA), apontando que há um misto de sentimentos, porque as coisas não aconteceram conforme o desejado em relação à qualificação para a fase final.

“Vencemos o nosso rival directo, resultado tão doce quanto podíamos imaginar”, disse o funcionário, apontando que a jovem selecção mostra que a Gâmbia está dentro da maturidade e o futuro será brilhante em relação à prática da modalidade.

Com o empate, os “Escorpiões” ficaram em segundo lugar na campanha de qualificação, pela primeira vez na sua história.

“Quando aterrámos no aeroporto, antes da partida, os senegaleses disseram que éramos pequenos e que perderíamos”, disse Ousmane Jallow, avançado gambiano, apontando que apesar de não estarem qualificados para a fase seguinte, eliminaram o Senegal.

Os “Leões de Teranga”, que chegaram aos quartos-de-final no Mundial de 2002, sofreram o golo de empate aos quatro minutos do final da partida, por intermédio de Aziz Corr, frustrando as aspirações do Senegal.

Paul Put, seleccionador belga, disse estar muito orgulhoso da prestação dos “Escorpiões” e que a soberba exibição não era apenas seu trabalho, mas sim de todo o colectivo que travou o Senegal.

“Estou muito orgulhoso de ser seleccionador da Gâmbia e espero continuar com a equipa, porque os rapazes têm um futuro brilhante pela frente”, disse Put, cujo contrato expira em Maio de 2009, mas a GFA reunir-se-á para discutir o seu futuro.

publicado por Vaxko Zakarias às 11:56
 O que é? |  O que é? | favorito
Outubro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
18
19
22
25
26
31
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO