Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Quinta-feira, 16 DE Outubro 2008
Destes poucos saiem
PODE ser que a direcção do Estrela Vermelha não tenha orçamentado, para este ano, um dinheiro para o tratamento oftalmológico do treinador principal da equipa, Xadreque Macuácua, mas as imagens que nos chegaram dos 90 minutos do jogo disputado ontem por aquela equipa contra o Ferroviário de Maputo indicam que aquele técnico está com sérios problemas de visão.

É certo que o líder do campeonato entrou pressionante, faminto de golos, empurrando os “alaranjados” para a área do guarda-redes Neco. Contudo, a persistência de Macuácua numa defesa em linha, com a intenção de apanhar os avançados contrários em posição de fora-de-jogo, acabou determinando a vitória folgada dos “locomotivas”.

Não que o Ferroviário não o tenha feito por merecer, mas houve muita cumplicidade do treinador do Estrela Vermelha, que insistiu numa táctica visivelmente improdutiva. Depois das ameaças de Momed e Butana, aos 15 e 34 minutos, o Ferroviário abriu o activo num remate forte de Wisky, fora da área, já perto do intervalo.

No arranque da segunda metade Neco brilhou, adiando o avolumar do marcador. Primeiro defendendo um remate de Jerry e depois um outro de Luís, este completamente isolado depois de tirar um adversário do caminho.

Perante a pressão dos “locomotivas”, o Estrela respondia com contra-ataques tímidos, proporcionando uma tarde tranquila ao guarda-redes Lama, e, paralelamente, subidas perigosas de jogadores defensivos do Ferroviário.

Aos 40 minutos, Butana escapou pela direita do ataque, cruzou rasteiro para Jerry finalizar vitoriosamente.

Dois minutos depois, Maurício respondeu de cabeça a um cruzamento perigoso, ampliando o marcador.

Já completamente perdidos no campo, desejando até o final do encontro, os jogadores do Estrela sofreram o quarto golo, por Luís, em tempo de compensação. Mais um tento obtido graças ao esquema defensivo montado por Xadreque Macuácua e muito mal interpretado pelos jogadores.

No final do encontro ficou a lição de que o Estrela Vermelha defendeu de forma péssima e atacou mal, nas poucas vezes que incomodou a defesa adversária, sendo de registar um único remate perigoso de Jordão na primeira parte.

O árbitro Dionísio Dongaze coordenou perfeitamente com os seus auxiliares e esteve em bom plano, merecendo, por isso, uma nota positiva.

FICHA TÉCNICA

Árbitro: Dionísio Dongaze, auxiliado por Edmundo Macamo e Januário Pastola. Quarto árbitro: Samuel Chirindza.

Fer. Maputo: Lamá, Butana, Tony, Jotamo (Eliseu), Zabula, Wisky, Momed Hagy, Maurício, Tchaka (Artur Manhiça), Jerry (Nadjuko) e Luís.

Estrela Vermelha: Neco, Alex (Aleluia), Pedrito, Sadique, Abel, Jordão, Paúnde, Gitinho (Shamauo), Tony, Joca (Kito) e Jair.

Acção disciplinar: Cartões amarelos para Maurício e Joca.

CUSTÓDIO MUGABE

publicado por Vaxko Zakarias às 13:11
 O que é? |  O que é? | favorito
Outubro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
18
19
22
25
26
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO