Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Quarta-feira, 13 DE Janeiro 2010



A UMA determinada altura, ontem à noite, no Estádio Nacional de Ombaka, em Benguela, o semba deixou de se ouvir.

Os adeptos angolanos, que desde a primeira hora não esconderam a sua simpatia pelos “Mambas” moçambicanos, com os quais existem muitas afinidades, transformaram a sua incredulidade numa festa que parecia estar a ocorrer no Vale do Infulene.

A forma destemida como os “Mambas” afrontaram a derrota por duas bolas sem resposta como algo perfeitamente ultrapassável – encarnaram muito bem a cartilha dos malianos – fez com que, naquele majestoso espaço da cidade das acácias rubras se dançasse ao ritmo da marrabenta, bem interpretado nas quatro linhas pelos jogadores, que diante do Benin alcançaram um empate 2-2, na jornada inaugural do Grupo “C” da 27ª edição do Campeonato Africano das Nações Angola-2010. Até aos 21 minutos, altura em que os “Esquilos” chegaram ao segundo tento, poucos acreditavam que a turma moçambicana pudesse mudar o curso dos acontecimentos.

No entanto, tal acabou acontecendo mercê de uma extraordinária entrega de toda a equipa e até com algumas revelações que “a priori” não estavam nos prognósticos e conjecturas de muita gente. Referimo-nos à magnífica actuação e Gonçalves, que, tendo entrado como elemento de recurso face à lesão intempestiva de Dário Monteiro, acabou por se tornar numa peça-chave do ataque dos “Mambas”, com a sua exibição a ser coroada com um golo oportuníssimo.

É verdade que nem tudo foi um mar de rosas para a equipa de Mart Nooij, particularmente quando, no início da contenda, entregou a iniciativa de jogos aos beninenses e estes souberam tirar partido de dois clamorosos erros para se adiantarem no marcador, mas, globalmente, acabou por fazer jus a um empate que até foi lisonjeiro para o Benin, tal como, aliás, o seu próprio treinador fez questão de o reconhecer.

A festa do futebol pelas terras de Ombaka teve início com uma espectacular partida entre Egipto e Nigéria, com o triunfo a sorrir para os “Faraós” por indiscutível 3-1. Os nigerianos abriram o activo aos 13 minutos, por intermédio de Obasi, deslumbraram-se e acabaram por pagar cara a factura, pois os campeões em título iniciaram a sinfonia do seu futebol pragmático e construíram uma preciosíssima vitória com golos de Meteeb (33 m), A. Hassan (54) e Gedo (86).

A segunda jornada do grupo benguelense disputa-se no sábado, com os “Mambas” a enfrentarem os egípcios, jogo precedido do Nigéria-Benin. Entretanto, a jornada inaugural do CAN Angola-2010 concluiu-se esta noite, no Lubango, com dois desafios do Grupo “D”, designadamente Camarões-Gabão e Zâmbia-Tunísia.

ALEXANDRE ZANDAMELA, em Benguela
publicado por Vaxko Zakarias às 14:16
 O que é? |  O que é? | favorito
Janeiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
14
16
17
23
24
30
31
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO