Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Quinta-feira, 12 DE Novembro 2009

ROBERT Enke morreu na madrugada de ontem ao atirar-se para uma linha de comboio em Neustadt am Rübenberge, Hanover. “Posso confirmar que foi suicídio”, disse Robert Neblung, amigo e empresário do jogador, à agência SID.

ROBERT Enke morreu
O antigo guardião do Benfica, entre 1999 e 2002, recuperava de uma infecção que o afastou dos relvados nas últimas semanas e estava prestes a regressar à competição. Enke e a sua mulher, Teresa, ainda estavam de luto pela morte da filha Lara, ocorrida em Setembro de 2006, após complicações cardíacas decorrentes de uma operação aos ouvidos.

“É uma notícia horrível”, disse o presidente do Hannover 96, Martin Kind, que foi informado pela Polícia no aeroporto, quando regressava de uma reunião da Liga alemã. “Esperávamos muita coisa, mas algo assim não, não sei o que aconteceu e porquê”, disse Kind à agência dpa.

O presidente do clube da Bundesliga mostrou-se convicto, no entanto, de que a morte de Enke “não teve nada a ver com o futebol”.

Devido à infecção bacterial, o antigo guarda-redes das águias esteve algum tempo afastado dos relvados, tendo regressado na última ronda da Bundesliga frente ao Hamburgo (2-2). Apesar de não ter sido chamado para os jogos particulares com o Chile e a Costa do Marfim, a 14 e 18 de Novembro, o seleccionador alemão, Joachim Löw, tinha deixado claro que contava com ele para número um da baliza da Mannschaft no Mundial-2010, na África do Sul.

Enke, internacional por oito vezes, nasceu a 24 de Setembro de 1977, em Jena, na então República Democrática da Alemanha, e ao longo da sua carreira representou o Carl Zeiss Jena, o Borussia de Mönchengladbach, Benfica, Barcelona, Fenerbahçe, Tenerife e Hannover 96, clube no qual alinhava desde 2004.

A Federação alemã recebeu a notícia logo após um dos treinos do estágio que está a realizar em Bona para o jogo com o Chile. Entretanto, o organismo publicou um comunicado em que manifesta o seu “profundo pesar” pela morte de Robert Enke, e Joachim Löw e o director desportivo, Oliver Bierhoff, informaram os jogadores. “Estamos todos muito chocados e sem palavras”, disse Bierhoff à SID.

O governador da Baixa-Saxónia, Christian Wullf, mostrou-se também muito abalado com a notícia da morte de Enke. “A Alemanha perdeu um atleta de excepção e uma pessoa sensível, que foi um exemplo para muitos, estamos de luto e enviamos condolências à mulher, à família e aos seus muitos amigos”, disse Wullf num comunicado da chancelaria do governo regional, em Hanover.

publicado por Vaxko Zakarias às 14:19
 O que é? |  O que é? | favorito
Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
14
15
19
21
22
23
27
28
29
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO