Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Quarta-feira, 16 DE Setembro 2009

CONTRA todas as expectativas, Juan Martín del Potro venceu segunda-feira o Open dos Estados Unidos, destronando, na final, Roger Federer que, assim, falhou o assalto ao seu sexto título consecutivo nos Estados Unidos.

Juan Martín del Potro venceu segunda-feira o Open dos Estados Unidos
Com uma direita poderosíssima, o tenista argentino venceu com os parciais de 3-6, 7-6 (5), 4-6, 7-6 (4) e 6-2, numa partida que durou pouco mais de quatro emocionantes horas.

Segundo o jornal português “maisfutebol”, foi um dia em cheio para o argentino de 20 anos que certamente não vai esquecer tão cedo, por mais que não seja por ter sido a sua primeira vitória num Grand Slam com o pormenor de ter batido o número um do mundo, por muitos considerado o melhor de todos os tempos. Roger Federer chegou a ter a vitória à sua mercê, mas falhou nos momentos-chave. O suíço até ganhou o primeiro “set”, em 40 minutos, com uma certa facilidade, deixando antever uma final rápida até à conquista do seu sexto título.

Mas logo no segundo “set” Del Potro valorizou a pequena fortuna que os espectadores despenderam para conseguir um dos 23.219 lugares do espectacular Estádio Arthur Ashe. Ao quebrar o serviço do suíço, Del Potro recuperou a confiança e venceu por 7-6. Depois de ter chegado a dar uma imagem de presa fácil, Del Potro passou ao ataque, com o seu fortíssimo serviço.

Federer voltou a pressionar e, recorrendo à sua maior experiência, tirou partido de uma série de erros do argentino para voltar a colocar-se em vantagem (6-4). O terceiro “set” voltou a ser equilibrado, com as bancadas cada vez mais inclinadas para o lado do argentino que obrigava o número um a cometer sucessivos erros e até a irritar-se com o árbitro. Del Potro voltava a vencer (7-6) e adiava a decisão para um quinto “set”.

Já estávamos a caminho das quatro horas, mas os dois adversários não davam mostras de cansaço, pelo contrário. Depois de uma oportunidade no segundo jogo, Del Potro acabou por reclamar a vitória no oitavo. De imediato deixou-se cair no court de braços esticados a celebrar um triunfo que ninguém previa. Federer, já com cinco taças do US Open em casa, aceitou a derrota com desportivismo, enquanto Del Potro lutava para suster as lágrimas de emoção. Foi bonito.

publicado por Vaxko Zakarias às 10:49
 O que é? |  O que é? | favorito
Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
18
19
20
21
25
26
27
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO