Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Segunda-feira, 08 DE Dezembro 2008

A QUALIDADE das máquinas dos sul-africanos acabou superando a capacidade dos pilotos nacionais na VIII Prova Internacional de Karts Mcel, que se realizou sábado no kartódromo situado no autódromo do Automóvel Touring Clube de Moçambique (ATCM).

Os forasteiros conseguiram, deste modo, tirar a melhor vantagem dominando a maior parte das classes em que foi disputada a prova, com destaque nos Max Júnior e Max Challenge.



O piloto Aidan Hughes salvou a honra dos nacionais dominando a classe GP Júnior. Aliás, a hegemonia moçambicana esteve em evidência nesta categoria, sendo que Hughes foi acompanhado ao pódio pelos também nacionais Tomás Brazuna e Tiaz de Matos.

A organização inseriu ainda nesta prova as classes Mini Max e Super Rok. Porém, nenhum moçambicano dispunha de karts específicos para aquela categoria. A participação em cada uma destas duas classes acabou por se cingir a um concorrente. Trata-se dos sul-africanos Arrton dos Santos e Juliene Wood, que correram juntamente com os Max Júnior e Max Challenge, respectivamente. 

Entretanto, os pilotos moçambicanos ainda tentaram redimir-se na classe Max Challenge, a máxima, com as destacáveis prestações de Luís Moreira e Mauro Costa, que estiveram atrás do sul-africano Brandon Waugh, vencedor desta categoria.

Rui Vilela, que dominou a classe na última edição, defraudou as expectativas à volta de si ao ser relegado para a sexta posição, atrás de Conor Hughes, campeão da cidade da categoria. Foi nesta prova onde os moçambicanos provaram a sua capacidade, mas ela foi sufocada pela qualidade das máquinas dos sul-africanos. Luís Moreira e Mauro Costa encostaram-se permanentemente a Brandon Waugh.

Isto evidenciou-se durante os treinos cronometrados, ao fim dos quais Luís Moreira e Mauro Costa ficaram nas costas de Waugh, que deteve a pole position com 50.30, contra os 50.58 e 50.72 segundos. Este posicionamento acabou definindo o resto do percurso, pois Luís Moreira e Mauro Costa mantiveram-se no encalço do sul-africano até ao fim da prova. Aliás, Luís Moreira acabou demonstrando que é um piloto de grande qualidade e, para isso, esteve na dianteira na última manga, relegando Brandon Waugh para a terceira posição, sendo que Mauro Costa conseguiu igualmente o segunda melhor pontuação.

Porém, não aconteceu o mesmo nos Max Júnior, onde se esperava pela brilhante prestação de Norberto Varinde Júnior, detentor do troféu na edição anterior e campeão da cidade da categoria. Os sul-africanos dominaram completamente esta competição, ocupando as primeiras quatro posições. Norberto Varinde Júnior foi relegado à antepenúltima posição numa corrida que teve nove concorrentes, atrás dos nacionais Manuel Brazuna (quinto) e Benjamim Heyneke.

SALVADOR NHANTUMBO
publicado por Vaxko Zakarias às 13:10
 O que é? |  O que é? | favorito
Dezembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
13
14
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO