Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Quarta-feira, 30 DE Setembro 2009

COM as suas reconhecidas credenciais de treinador de futebol, o Prof. Neca não precisou de ficar muito tempo no desemprego, após o seu afastamento amigável da Liga Muçulmana.

Prof. Neca no Estoril já é treinador do Estoril
Regressou a Portugal, semana transacta, e imediatamente abraçou um novo projecto, ao ser contratado para dirigir a formação do Estoril, que milita na Liga de Honra.

Com uma trajectória invejável que inclui passagens por vários clubes lusitanos, entre eles da divisão principal, e ainda por África, onde dirigiu a selecção de Angola, Neca possui um arcaboiço técnico que lhe permitiu regressar ao seu país e sem demoras conseguir um novo contrato. À frente do Estoril, tem a nobre missão de reabilitar a equipa, dado que neste momento, decorridas cinco jornadas da Liga de Honra, os “canarinhos” dos arredores de Lisboa somam apenas três pontos, frutos de igual número de empates e seguem na penúltima posição.

Trata-se de um começo de campeonato bastante comprometer, visto que, na época passada, o Estoril chegou a estar entre os melhores da divisão secundária, tendo lutado pelo regresso ao escalão principal, donde foi despromovido já lá vão muitos anos.

Em Moçambique, veio para uma Liga Muçulmana que se apresentava no campeonato nacional pelo terceiro ano consecutivo, mas com ambições iguais às perseguidas pelos tradicionais candidatos ao título. Pediu à Direcção do clube jogadores que lhe possibilitassem erguer o sonho de conquistar o Moçambola, facto que lhe foi satisfeito, com contratações tanto internas como no estrangeiro.

Embora tenha tido um início de temporada titubeante, com uma passagem medíocre na Taça de Honra, com matéria-prima à altura das encomendas, montou um time altamente competitivo e colocando-se cedo como sério candidato ao ceptro.

O facto constituiu uma autêntica ameaça aos grandes, habituados a discutir entre si o título, sem quaisquer interferências. Apesar de constantes acusações infundadas, relacionando o sucesso da Liga Muçulmana com esquemas na arbitragem, Neca, mercê da sua experiência, nunca se deixou perturbar com essas ligações malévolas, conduzindo a sua equipa com a tranquilidade necessária.

E foi deste modo que os “muçulmanos”, inclusive, chegaram a comandar o Moçambola-2009 meritoriamente, pecando, no entanto, pelo facto de, no confronto com os outros candidatos ao título, ter acumulado derrotas imperdoáveis para um concorrente, tanto na primeira como na segunda volta.

Neste momento, a Liga Muçulmana é encabeçada por Miguel dos Santos, então adjunto de Neca, tendo no primeiro embate por si encabeçado ganho ao Maxaquene por 2-1. A duas jornadas da conclusão da prova, está a quatro pontos dos líderes, Desportivo e Ferroviário, e a um do terceiro classificado, Costa do Sol. Ainda não atirou a toalha ao chão definitivamente, continuando com a conquista do título no seu horizonte.

publicado por Vaxko Zakarias às 12:34
 O que é? |  O que é? | favorito
Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
18
19
20
21
25
26
27
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO