Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Sexta-feira, 30 DE Setembro 2016

 

A ASSOCIAÇÃO Moçambicana de Tang Soo Do homenageou na quarta-feira os atletas que desde o ano 2000 fazem desta modalidade a mais gloriosa do país nos campeonatos mundiais.

 

Num clima de “glamour”, os homenageados foram galardoados com troféus, numa cerimónia que contou com atletas dirigentes da modalidades e representantes do Governo, nomeadamente o director nacional do Desporto, Francisco da Conceição, e o director do Desporto da Alta Competição no Instituto Nacional do Desporto (INADE), Rui Albasine.

 

Desde a sua estreia em 2000 nos mundiais, os atletas nacionais já conquistaram mais de 300 medalhas, com a edição deste ano que teve lugar de 15 a 16 de Julho na Carolina do Norte, nos Estados Unidos, a ser a recordista com total de 32 medalhas.

 

Entretanto, das edições mais sonantes, os destaques vão para 2008, ano em que Etivaldo Boca conquistou o primeiro título para o nosso país em cinturões negros (a mais alta categoria) e Yara Chidiamassamba que ganhou título mundial pela primeira vez em cinturões a cores.

 

As edições de 2012, 2014 e 2016 também ficaram para a história pela quantidade de medalhas conquistadas.

 

Em 2014, o nosso país ficou na segunda posição na classificação geral e este ano em terceiro, mas com mais títulos individuais.

 

Na quarta-feira, para além de se homenagear os atletas, foram agraciadas igualmente algumas instituições que têm apoiado a modalidade, nomeadamente o INADE, o Fundo de Promoção Desportiva, algumas empresas e a Escola Comunitária São Vicente da Malhangalene, que passa a ser “Embaixadora do Tang Soo Do”.

 

A Gráfica Académica, responsável pela impressão e estampagem dos cartazes e timbres da modalidade desde a sua introdução em Moçambique, passa a ser considerado “Membro Honorário Vitalício do Tang Soo Do”.

 

Dentre vários atletas homenageados, o destaque vai para Alcino Muchenga, Cláudio Temporário, Edson Neves, Etivaldo Boca, Yara e Siquerane Chidiamassamba.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:52
 O que é? |  O que é? | favorito

 

QUARENTA atletas serão submetidos hoje à triagem final no âmbito do torneio de captação de novos futebolistas, vulgo “Caça Talentos” levado a cabo pelo Clube do Chibuto em parceria com o FC Porto.

 

Com efeito, ontem foram divulgados os nomes de 28 atletas que passaram dos testes a em que vinham sendo submetidos desde quarta-feira no campo do Afrin, na Matola, que se juntam aos 12 que foram seleccionados em Chibuto na segunda e terça-feira.

 

Os 40 jogadores vão fazer um torneio triangular hoje que culminará com a selecção de três ou quatro que irão fazer estágio de duas semanas na academia do FC Porto, no âmbito da parceria entre o emblema português e o Clube do Chibuto.

 

Dos 28 seleccionados, 14 foram escolhidos na quarta-feira e outros ontem. Questões como o domínio da bola, qualidade de passe e aspectos tácticos como o posicionamento são os principais requisitos que preenchidos apuram o atleta.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:38
 O que é? |  O que é? | favorito

 

O RENNES, do defesa internacional moçambicano Mexer, entra em acção esta noite na Liga Francesa para cumprir com a oitava jornada frente ao Guingamp, a partir das 20.45 horas.

 

Trata-se de um jogo importante para a equipa do internacional moçambicano que entrou de forma oscilatória para a nova temporada. Neste momento, o Rennes soma 10 pontos, em sete jornadas, 11.ª posição, fruto de três vitórias, igual número de derrotas e um empate.

 

O Guingamp, por sua vez, está na oitava posição com 11 pontos, pelo que um jogo antevê-se muito renhido, pois a margem de erro continua a ficar diminuta para ambos.

 

Tanto o Rennes, como o Guingamp estão cientes das pesadas consequências de uma eventual derrota e sabem, por outro lado, que vencendo podem dar um bom passo na tabela classificativa.

 

Em Portugal, o Nacional, de Witi e Geraldo, entra em acção amanhã, a partir das 22.30 horas de Maputo, menos uma que Madeira, para medir forças com o FC Porto, em partida da sétima ronda da Liga NOS.

 

Depois de um início periclitante, os “insulares” parecem ter reencontrado o caminho do sucesso, pelo que apesar de o FC Porto ser um adversário manifestamente superior, tudo pode acontecer no Choupana.

 

A equipa de Witi e Geraldo ocupa, neste momento, o 12.º posto, com seis pontos, enquanto o Porto está no terceiro lugar com 13.

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:29
 O que é? |  O que é? | favorito

 

O TÉCNICO do Maxaquene, João Figueiredo, afirmou que os últimos resultados têm estado a engrandecer os índices de confiança na equipa e espera para um jogo muito bem disputado, onde o espectáculo não faltará. Sem também assumir favoritismo, Figueiredo diz que a sua equipa tudo fará pela vitória.

 

Temos, comparativamente ao jogo da primeira ʻmãoʼ, uma equipa mais forte, mas que terá pela frente um adversário que tem mérito de ser campeão. Naturalmente que queremos, tal como o Ferroviário, salvar a época. Portanto, será um jogo difícil e muito bem disputado, mas faremos o máximo possível para chegar à final”, prometeu.

 

João Figueiredo fez um apelo à arbitragem para que os interesses desportivos sejam salvaguardados. “Que a arbitragem esteja ao nível do evento, seja isenta e tenha respeito pelo jogo e atletas com vista a engrandecer o espectáculo”, apelou.

 

Quanto à equipa e estratégia do jogo de domingo, o técnico do Maxaquene anotou que a vontade de fazer o melhor é crescente jogo a jogo.

 

A equipa está a evoluir para um nível que me permite afirmar que está mais forte e muito próxima daquilo que é nosso modelo de jogo. Preparamos uma estratégia que, a implementar, podemos sair felizes deste embate”, sintetizou.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:24
 O que é? |  O que é? | favorito

 

CARLOS Manuel (Caló), treinador do Ferroviário de Maputo, disse que ninguém é favorito entre os “locomotivas” e “tricolores”. Mas salientou que há uma grande motivação de vencer na equipa que dirige.

 

Para Caló, o sucesso do Ferroviário vai depender muito da frieza que os jogadores mais adiantados no terreno deverão ter no capítulo da finalização, porque, no seu entender, os “locomotivas” sempre estiveram bem em termos de jogo colectivo, razão pela qual a sua equipa tem chegado com facilidade ao último terço do adversário.

 

O facto de virmos de algumas vitórias coloca-nos numa situação estável e com muita motivação. A grande preocupação continua a residir no capítulo de finalização. Temos trabalhado muito a nível individual, porque colectivamente estamos bem. A equipa consegue chegar, com alguma facilidade ao último terço do adversário, mas falta essa frieza na finalização”, anotou.

 

O Ferroviário de Maputo tem na Taça de Moçambique/mCel a sua última esperança, uma vez já fora da corrida para o Moçambola e a Liga BNI. Porém, o técnico “locomotiva” negou que os “locomotivas” estejam engajados na luta para salvar a época.

 

Se for analisar o nosso percurso, vai perceber que começamos por conquistar a Supertaça e sempre estivemos a um bom nível no Moçambola e podemos terminar numa boa posição. Portanto, terminar a ganhar a Taça de Moçambique/mCel seria bom. Vamos a este jogo com a vontade de transitar. Aliás, o empate sem golos na primeira “mão” dá-nos vantagem, porque uma igualdade a um golo no domingo nos garante a transição. Porém, não vamos com o objectivo de empatar, mas sim de ganhar e passar à final”, assinalou.

 

Quanto ao adversário, Caló afirmou que respeita o Maxaquene, daí que não atribui favoritismo a ninguém.

 

Feitas as contas, estamos igualados a 50 por cento. Mas os índices de confiança na equipa são elevados e o espírito de grupo também é bom. Em suma, reina uma grande motivação nos jogadores”, concluiu.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:18
 O que é? |  O que é? | favorito

 

DOMINGO que espreita reserva-nos duelos de luxo pelo acesso à final da Taça de Moçambique/mCel, a segunda maior prova futebolística do país. Trata-se de embates referentes à segunda “mão” das meias-finais, com o Maxaquene a receber o Ferroviário no Estádio Nacional do Zimpeto e o Costa do Sol a deslocar-se a Songo ao encontro da União Desportiva.

 

Os “tricolores” e os “locomotivas” partem nas mesmas circunstâncias depois do empate sem golos no jogo da primeira “mão”. Em vantagem estão os “canarinhos” que ganharam em casa aos tetenses por 1-0.

 

Nas vésperas das partidas, os treinadores de Maxaquene e Ferroviário são prudentes nos diagnósticos. Mas a vontade de vencer e chegar à final está patente nos discursos de todos. Aliás, chegados a esta fase, nenhuma das quatro equipas descarta a possibilidade de conquistar o troféu.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:13
 O que é? |  O que é? | favorito

 

O ESTRELA Vermelha, líder isolado do Campeonato de Hóquei da Cidade de Maputo, defronta esta noite no seu recinto, a partir das 21.00 horas, o Ferroviário, em jogo da 11.ª jornada, que marca o arranque da terceira e última volta.

Trata-se de um teste a sério para os “alaranjados” ao estatuto de comandante, na medida em que os “locomotivas” são os melhores conjuntos da competição.

 

Mas, importa recordar que na primeira e segunda volta, o Estrela venceu o Ferroviário, o que lhe permite encarar o terceiro desafio com mais confiança e motivação.

 

De referir que a equipa “alaranjada” parte para esta jornada com 27 pontos, mais três que o Desportivo. Os “alvi-negros” jogam com o Dom Bosco, às19.00 horas, na abertura da jornada, e são favoritos.

 

Já o Desportivo “B” e Académica batem-se noutro encontro agendado para às 20.00 horas.

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:02
 O que é? |  O que é? | favorito
Quinta-feira, 29 DE Setembro 2016

 

No lugar de ficar à espera de relatórios e vídeos, normalmente recebidos de vários agentes de jogadores interessados em colocar os seus agenciados no clube, o FC Porto, acreditando que podem exitir muitos diamantes moçambicanos por lapidar, preferiu juntar-se ao Clube de Chibuto na busca de talentos no país, numa acção que terá lugar a partir do dia 26.

 

 

Numa iniciativa ímpar, um dos clubes de maior dimensão de Portugal, o FC Porto, está em Moçambique com jovens treinadores do projecto Dragon Force, que juntamente com o Clube de Chibuto organiza treinos de captação de talentos para o futebol, para posterior integração no projecto de formaçao do clube da Invicta.

 

 

A iniciativa está dividida em duas etapas, sendo a primeira no distrito de Chibuto e a segunda na província de Maputo (campo do Afrin, na Machava). No campo do actual terceiro classificado do Moçambola, a acção terá lugar nos dias 26 e 27 do corrente mês, enquanto no campo do Afrin (Machava) será nos dias 28 e 29, reservando-se o dia 30 para a divulgação dos nomes dos dois atletas escolhidos e para uma acção de formação para treinadores nacionais que trabalham nas camadas jovens.

 

 

Atanásio Zandamela

 

 

Fonte:Desafio

publicado por Vaxko Zakarias às 12:47
 O que é? |  O que é? | favorito

 

AS selecções nacionais de andebol de sub-20, em ambos sexos, têm vindo a registar um excelente desempenho no Torneio Challenge Trophy da Zona VI que decorre em Joanesburgo, África Sul, ao traduzir em vitórias os quatro jogos já realizados.

 

Com efeito, na terça-feira, ambas equipas apuraram-se para as meias-finais, agendadas para hoje, depois de vitórias sobre o Malawi (em masculinos) e Zimbabwe (em femininos).

 

A equipa masculina cilindrou os malawianos por expressivos 44-17, dando continuidade ao seu percurso vitorioso que começou com os triunfos sobre o Zimbabwe, o Lesotho e a Zâmbia, na fase de grupos.

 

Nas meias-finais, que se disputam esta tarde, Moçambique mede forças com a sua congénere da Zâmbia, um oponente que derrotara na primeira fase.

 

Já a equipa feminina teve resultados ainda mais expressivos na primeira fase, com vitórias sobre o Lesotho (48-9), a Suazilândia (55-31) e o Malawi (56-13). Nos quartos-de-final a vítima foi o Zimbabwe por 37-13.

 

Hoje a Selecção Nacional joga com a anfitriã África do Sul.

 

Refira-se que esta prova junta equipas da Zona VI do continente, nomeadamente África do Sul, Moçambique, Suazilândia, Lesotho, Zâmbia, Zimbabwe, Malawi, Angola e Namíbia.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:08
 O que é? |  O que é? | favorito

 

A CIDADE de Maputo acolhe de 26 de Novembro a 4 de Dezembro a fase final da Taça dos Clubes Campeões Africanos em Basquetebol, em femininos, com o Ferroviário da capital a ser o anfitrião do evento.

 

A prova terá lugar no pavilhão do Maxaquene e contará com a participação de 12 clubes que deverão passar pela fase preliminar, que se vai disputar de 29 de Outubro a 4 de Novembro em Luanda, capital de Angola.

 

Nas eliminatórias de Luanda, Moçambique far-se-á representar pelo Costa do Sol e Maxaquene, respectivamente, vice-campeão e terceiro classificado do último campeonato nacional da categoria, que decorreu em Maputo no passado mês de Junho.

 

As “canarinhas” e “tricolores” têm uma dura missão de conseguir o apuramento, numa prova onde, para além das poderosas equipas angolanas, estarão as não menos expressivas de países como Mali, Camarões, Nigéria, Costa do Marfim, Egipto e Tunísia, que são potências de basquetebol continental.

 

Na qualidade de anfitrião, o Ferroviário de Maputo tem o apuramento garantido e a possibilidade de, pela primeira vez na sua história, ganhar esta prova.

 

Refira-se que Moçambique não conquista a Taça dos Clubes Campeões de Basquetebol, em femininos, desde 2012, ano que a Liga Desportiva de Maputo venceu a prova que decorreu em Abidjan, na Costa do Marfim.

 

Maxaquene (1991), Académica (2001) e Desportivo (2007 e 2008) são outras equipas nacionais que já conquistaram o troféu.

 

Entretanto, em masculinos, a fase preliminar da Taça dos Campeões Africanos terá lugar em Angola, de 29 de Outubro a 4 de Novembro. A fase final vai decorrer no Cairo, capital do Egipto, de 8 a 17 de Dezembro.

 

Nas eliminatórias, Moçambique far-se-á representar pelos Ferroviários de Maputo e da Beira, campeão e vice-campeão nacionais, respectivamente.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:03
 O que é? |  O que é? | favorito
Setembro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
17
18
24
25
26
27
subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
Boa tarde so keria dar um tok au meu chara.inacio ...
Boa tarde so keria dar um tok au meu chara.inacio ...
ferroviario mais forca a taca ta volta no estadio ...
força f.beira a taça tm d voltar a chiveve
Boa noiteSou brasileiro e em 2017 estou indo morar...
Força ai seleccina mas e exclui alguns ai
Não kuero decepção sou grande adepto dos mambas pe...
blogs SAPO