Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Quarta-feira, 22 DE Fevereiro 2017

 

Sete anos depois da odisseia pelo estrangeiro, o internacional moçambicano, Eduardo Jumisse, regressa ao país pela porta da União Desportiva de Songo.

 

Segundo Chiquinho Conde, treinador da equipa, a sua última experiência de três anos ao serviço do 1º de Agosto de Angola vai ser determinante na prestação da União Desportiva de Songo.

 

Ele é um jogador fantástico, extraordinário. Sei que muitas das vezes na selecção ele é um jogador incompreendido pelo seu carácter forte, dinâmico. Mas o Jumisse é um jogador completamente diferente de nós com outra dinâmica e vai emprestar ao nosso futebol uma forma de jogar diferente”, disse Chiquinho Conde.  

 

Jumisse partiu da Liga Desportiva de Maputo para o Portimonense de Portugal, passando ainda pelo Leixões. Jogou também no Ermis Aradippou do Chipre e no Vaslui da Roménia, antes de rumar para Angola. No estrangeiro, Jumisse efectuou 134 jogos, tendo marcado 15 jogos, sendo seis no Leixões. Conta no seu historial com o título de campeão angolano, conquistado ano passado.

 

Olhando para a prestação da sua equipa, com derrota na supertaça, para o Ferroviário da Beira, e eliminação da Taça CAF, Conde considera que o tempo de preparação foi curto, além de ter sido privado de alguns jogadores.

 

 

 

Fonte:Opais

publicado por Vaxko Zakarias às 12:25
 O que é? |  O que é? | favorito

 

A Politécnica e Ferroviário de Maputo protagonizam, amanhã, às 18h15, no pavilhão da primeira formação, o jogo de destaque da 5.ª jornada da Taça Maputo de basquetebol em seniores masculinos.

 

É um jogo em que os “locomotivas”, campeões nacionais, poderão enfrentar algumas dificuldades, porquanto irão defrontar uma equipa que na época passada lhes criou muitas dificuldades.

 

Os “universitários”, com uma equipa jovem e combativa, querem contrariar o favoritismo dos campeões nacionais. No mesmo recinto, às 19h45, desta feita em seniores femininos, o Ferroviário de Maputo mede forças com a A Politécnica, num embate em que as campeãs nacionais são claramente favoritas a vencerem.

 

No pavilhão do Maxaquene, os donos da casa batem-se, às 19h45, com a frágil formação do Atlético em seniores masculinos. Este embate será antecedido do Maxaquene-Costa do Sol ao nível de seniores femininos. Bem ao lado, ou seja, no pavilhão do Desportivo, Matolinhas e Costa do Sol defrontam-se às 18h15.

 

No último embate da noite, o Desportivo de Maputo terá pela frente o Aeroporto. Entretanto, as competições ao nível dos escalões de formação iniciam no próximo dia 1 de Março. A Associação de Basquetebol da Cidade de Maputo refere que é obrigatória a realização das inspecções médicas dos atletas.

 

 

 

Fonte:Opais

publicado por Vaxko Zakarias às 11:30
 O que é? |  O que é? | favorito

 

É hora de se jogar as competições da CAF. Acabou-se os “futebóis” a brincar. Este fim-de-semana, os dois representantes nacionais colocarão as suas capacidades à prova e procurarão defender as cores de Moçambique lá fora. O campeão nacional, Ferroviário da Beira desloca-se a Zanzibar, aonde vai medir forças com o Zimamoto FC, para a Taça dos Campeões Africanos em futebol, enquanto a União Desportiva do Songo vai à África do Sul, para defrontar o Platinium Stars, na Taça da Confederação. São jogos da pré-eliminatória, competição que devido ao elevado número de clubes participantes, fez com que a CAF colocasse praticamente todos a iniciarem a competição pela pré-eliminatória, excepto os casos daqueles que, em 2016, atingiram a fase de grupos, cujo acesso é pelos 16-avos-de-final. A última presença do Ferroviário da Beira foi em 2015, onde deu, bons sinais, mas não ficou por aí, caindo aos pés do AS Vita Club de Kinshasa, a despeito da vitória caseira, por escasso 1-0.

 

Para a União Desportiva do Songo, é tudo novo nas provas africanas. Espera-se muita “ousadia” da equipa agora treinada por Chiquinho Conde, perante um adversário que foi observado pelo técnico, na última quarta-feira, num jogo do campeonato local.

 

Na Liga dos Campeões, e caso transite da pré-eliminatória, o Ferroviário da Beira terá pela frente, nos 16-avos-de-final, o vencedor da eliminatória entre BYC, da Libéria, e Stade Malien, do Mali. Por seu lado, a União Desportiva do Songo, na Taça da Confederação, caso ultrapasse o primeiro Platinium Stars, terá como adversários o Vipers SC, do Uganda, ou com Volcan de Moroni, das Comores, jogo que será disputado em Março. Quanto aos locais de realização dos jogos, os campeões nacionais disputarão as “Afrotaças” no seu relvado, o “caldeirão” do Chiveve, enquanto que a União Desportiva do Songo, em virtude de o seu campo ainda não reunir os requisitos exigidos pela CAF para acolher as provas, jogará em Maputo, no Estádio Nacional do Zimpeto.

 

No passado fim-de-semana, internamente, os dois conjuntos representantes do país nestas competições, abriram a época 2017, com a realização do jogo da Supertaça, que foi conquistada pelos “locomotivas” do Chiveve (2 -1). O futebol apresentado pelas duas colectividades foi mesmo de início de época, com pouca intensidade e perdas flagrantes de oportunidades de golo a sucederem-se, situação que eleva os níveis de preocupação dos adeptos, visto que quer o Zinamoto, assim como o Platinium Stars estão com um acentuado nível de rodagem dos seus jogadores, porque o campeonato já arrancou há mais tempo.

 

 

Jogo em Zanzibar é no sábado

 

 

A equipa principal de futebol do Ferroviário da Beira, campeã nacional, já está em Zanzibar.  Os “locomotivas” realizaram, na quarta-feira, duas sessões de treinos e, na tarde de ontem, o treino de adaptação ao revelado no estádio onde irão realizar a partida de sábado. Para esta campanha, a equipa técnica comandada por Aleixo Fumo, convocou 18 jogadores, nomeadamente Willard, Soarito, Cufa, Edson, Amorim, Gervásio, Mambucho, Fabrice, Andro, Amarachi, Áurio, Chelito, Nelo, Mussa, Shelton, Nelito, Maninho e Dayo.

 

 

 

Fonte:Opais

publicado por Vaxko Zakarias às 11:11
 O que é? |  O que é? | favorito
Segunda-feira, 20 DE Fevereiro 2017

 

O Estrela Vermelha conquistou a Supertaça da cidade de Maputo, ao vencer o Desportivo, por 6-3.


Os alaranjados começaram a desenhar a vitória muito cedo e ao intervalo já venciam, por 3-1. Kiko foi a figura do encontro ao apontar 2 golos. Maninho, Ilídio, Nuno Canaveira e Dino fizeram um golo cada para a turma alaranjada.


Do lado do Desportivo, marcaram Nuno, Kevin e David. De realçar que Ilidio e Nuno reforços do Estrela e Desportivo, respectivamente, estrearam-se a marcar.


Em juniores, a Supertaça foi ganha pelo Desportivo que venceu o Estrela Vermelha, por 4-3. Os alvi negros dominaram também em juvenis vencendo o Koka Missava, por 5-2.
 
 
Álvaro da Costa, Maputo
 
 
 
Fonte:Abola
publicado por Vaxko Zakarias às 14:00
 O que é? |  O que é? | favorito

 

O pavilhão do Estrela Vermelha, catedral moçambicana do Hóquei em Patins, recebeu três jogos da Supertaça, nas categorias de iniciados, juvenis e seniores.


E o grande vencedor nos escalões de formação foi o Desportivo de Maputo, ao conquistar dois troféus, o primeiro no escalão de iniciados, ao vencer o Koca Missava (5-2)– em juvenis, levou a melhor sobre o Ferroviário de Maputo (4-3).


Já em seniores, o Estrela Vermelha não deu hipóteses ao Desportivo, triunfando por 6-3.
 
 
Sérgio Costa, Maputo
 
 
Fonte:Abola
publicado por Vaxko Zakarias às 13:40
 O que é? |  O que é? | favorito

 

A União Desportiva do Songo foi na noite de sábado afastada da Taça CAF ao perder, no estádio nacional do Zimpeto, por 1-0, diante do Platinum Stars da África do Sul em jogo da segunda mão da pré-eliminatória de qualificação a fase de grupos.


A equipa sul-africana segue em frente com um agregado de 2-0, depois de na primeira mão ter ganhado por 1-0. O único golo do encontro foi apontado por Mabena aos 80 minutos, numa altura em que a UD do Songo procurava chegar o 1-0 e empatar a eliminatória.


A estreia da equipa treinada por Chiquinho Conde nas competições africanas termina da pior forma.


Domingo será a vez do Ferroviário da Beira defrontar o Zimamoto FC de Zanzibar na segunda mão da Liga dos Campeões Africanos. Os locomotivas têm a missão de anular a desvantagem de 2-1.
Álvaro da Costa, Maputo
 
 
Fonte:Abola
publicado por Vaxko Zakarias às 13:30
 O que é? |  O que é? | favorito
tags:

O Ferroviário da Beira venceu o Zimamoto do Zanzibar por 3-1, em partida da

 

O Ferroviário da Beira venceu o Zimamoto do Zanzibar por 3-1, em partida da segunda mão da primeira eliminatória da liga dos campeões, hoje, na Beira.

 

Com esta vitória, o campeão nacional qualificou-se para a segunda e última eliminatória de acesso à fase de grupos da Liga dos Campões Africanos.

 

Na primeira mão os locomotivas do Chiveve perderam por 2-1, e com este resultado o agregado das duas mãos termina em 4-2, favorável à equipa nacional.

 

 

Fonte:Opais

publicado por Vaxko Zakarias às 12:55
 O que é? |  O que é? | favorito

 

Referência obrigatória no futsal, Inácio Sambo foi assessor técnico da selecção nacional que ano passado ocupou o terceiro lugar no Campeonato Africano, na África do Sul, e conseguiu a inédita qualificação para o Campeonato do Mundo, na Colômbia.

 

Primeiro presidente da Comissão Instaladora do futsal e ex-seleccionador nacional, Sambo instalou-se em 2011 na província de Manica, Centro do país, onde tem estado a desenvolver um trabalho que visa a lapidação de novos valores da modalidade. Aliás, orgulha-se de a província de Manica ombrear hoje com a cidade de Maputo, epicentro da modalidade, sendo que o exemplo foi o segundo lugar alcançado ano passado pelo Clube Desportivo do Chimoio no Campeonato Nacional. Mais: o facto de três jogadores que evoluem em Manica, nomeadamente, Lamarques, Wild e Calton, terem sido convocados para a selecção nacional.

 

 

Fazendo uma avaliação do estágio actual da modalidade, Sambo disse que “registou melhorias significativas” depois de um período – três anos – menos bom em que o Campeonato Nacional não se realizou. Sambo enaltece o trabalho da Federação Moçambicana de Futebol (FMF) na promoção de cursos de formação que “elevam o nível competitivo e conhecimento dos treinadores”. Defende, no entanto, que a acção de formação deve “ser levada a outros pontos do país, onde existem sinais claros de crescimento da modalidade para se melhorar a qualidade dos treinadores e atletas”. E acresceu: Como se vê, neste momento, Manica vem a seguir a Maputo no futsal. Quando cheguei a Manica, depois de uma fase em que o ‘Nacional’ foi interrompido de 2009 a 2012, fizemos renascer a modalidade. Há um trabalho sério que foi feito, que culminou com a qualificação de Moçambique para o Mundial da Colômbia. Há muita adesão e, neste momento, o que temos que fazer é continuar a trabalhar arduamente. Veja que nós temos o fustal a ser praticado nos distritos e, depois, passamos para a fase provincial, e vem o apuramento nacional”, destacou.

 

Recordou, por outro lado, o Campeonato Nacional de futsal realizado ano passado, no Chimoio, prova em que o Clube Desportivo do Chimoio perdeu na final diante do Grupo Desportivo Iquebal, por 5-4. “Evoluímos de tal forma que, durante o ‘Nacional’, demos muita réplica aos representantes de Maputo. E veja que durante a competição o pavilhão esteve sempre cheio. Há muitas pessoas que não conseguiram ver os jogos porque o recinto estava lotado. Os miúdos tem que ser acarinhados. Precisam de conforto e apoio moral. Penso que seria muito bom que algumas estruturas desportivas do país tivessem marcado presença na prova tal como aconteceu com o “Nacional” de voleibol e outras provas em que a vice-ministra da Juventude e Desportos lá esteve”, observou.

 

 

Fonte:Opais

publicado por Vaxko Zakarias às 11:16
 O que é? |  O que é? | favorito
Sexta-feira, 17 DE Fevereiro 2017

 

Beira, vamos lá…

Domingo, as atenções estarão viradas para o fervoroso e infernal caldeirão do Chiveve, onde o Ferroviário da Beira recebe o Zimamoto do Zanzibar, em jogo da segunda "mão" da fase preliminar da Liga dos Campeões Africanos em futebol. Decerto, o público irá marcar presença em peso para espevitar os campeões nacionais.

 

O Ferroviário da Beira, que teve um trambolhão na primeira "mão" – perdeu por 2-1 –, tem que se transfigurar e apagar a pálida imagem deixada há sete dias. Os “locomotivas” não se encontraram e cometeram erros que acabaram sendo fatais. Aleixo Fumo terá que montar uma equipa com maior profundidade, capacidade de sofrimento e capaz de obrigar o Zimamoto a cometer erros.

 

Os “locomotivas” da Beira têm que jogar no limite e ser acutilante no ataque, onde Nelito, Dayo e Maninho são os personagens principais com a missão de tirarem melhor proveito do volume ofensivo que a sua equipa criar.

 

Nada de falhanços escandalosos como no embate da Supertaça Mário Coluna em que apareceram em situações privilegiadas para marcar e simplesmente fizeram aquilo que não se recomenda a um avançado. Os níveis de concentração devem ser elevados.

 

Andro, médio com capacidade de criar desequilíbrios, poderá ser uma peça fundamental na manobra ofensiva dos campeões nacionais.

 

Controlar os níveis de ansiedade é outra arma que o Ferroviário da Beira devera usar. Pois, na ânsia de querer chegar o mais cedo possível ao golo e caso tal não aconteça, os jogadores poderão em algum momento ficar apreensivos. Os primeiros 15 minutos serão determinantes, neste aspecto, para os campeões nacionais.

 

 

Fonte:Opais

publicado por Vaxko Zakarias às 10:49
 O que é? |  O que é? | favorito

 

Frustrada  a possibilidade do Moçambola deste ano arrancar mais cedo, isto é, na primeira data que seria a 18 de Fevereiro, a Liga Moçambicana de Futebol (LMF) remarcou para 04 de Março próximo, o início da maior prova futebolística nacional, Moçambola-2017.

 

Entretanto, a nova data está dependente de deliberação final que será feita após assembleia-geral que será realizada no dia 01 de Março.

 

Esta posição da remarcação data pela LMF, surge em consequência da realização, na passada segunda-feira, da sessão extraordinária alargada a todos os órgãos sociais, onde o organismo que gere a competição decidiu, além de remarcar a data, reconvocar a assembleia-geral, lembre-se, adiada no sábado último por falta de quórum alinhavado nos seus estatutos, que é de dois terços dos membros.

 

Lembre-se que dois 16 clubes que deviam participar da assembleia-geral pautaram pela ausência, Chingale de Tete, ENH de Vilankulo, Liga Desportiva, 1º de Maio de Quelimane, Desportivo do Niassa e Estrela Vermelha de Maputo.

 

Gilberto Guibunda

 

 

Fonte:Desafio

publicado por Vaxko Zakarias às 09:08
 O que é? |  O que é? | favorito
Fevereiro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
16
18
19
21
23
24
25
26
27
28
subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
Boa tarde so keria dar um tok au meu chara.inacio ...
Boa tarde so keria dar um tok au meu chara.inacio ...
blogs SAPO